05/12/2013

Cresce número de cães abandonados nesta época do ano... é verdade?

Olha, eu posso estar errada, mas, alguns protetores aqui do Brasil começaram a repetir a realidade do que acontece SÓ nos países europeus onde as "férias" é algo sagrado. Lá, um pouco menos hoje em dia devido as campanhas, ainda amarram cães em árvores pelas estradas quando a gentalha vai passar o mês em ferias. Na França é  onde mais ocorrem estes atos.

Não existe uma estatística nem comprovações sobre este costume aqui no Brasil.

Esta realidade não é a nossa, pois, o brasileiro não tem a "religiosidade" da chamada férias. O abandono é constante por N motivos, menos por férias.... Acho muito ruim considerarem e divulgarem (por pura ignorância) algo que só dá mais idéia na cabeça destes tais "serumanos" tão presentes em nossa sociedade.

Hoje em dia - Rede Record - 04/12/13

_____________
Nota pós-postagem:
Marli Delucca fez uma postagem a respeito. Ela, também, concorda.


12 comentários:

  1. Oi Sheila. A realidade de férias "religiosamente" pode não ser nossa. Mas as pessoas viajam em feriados, Natal e Ano Novo. A ideia do abandono em qsq circunstâncias já está aí, não vejo pq uma matéria como essa corre o risco de "dar ideia ao tal serumano", só pq estatisticamente não somos a França, por exemplo. Eu tive uma conhecida fisioterapeuta, ai no Rio, que dizia ter um vício profissional: Na praia ela reconhecia primeiro as pessoas pela coluna, antes de ver o rosto. É algo comum tb nas militâncias, feminista, negra, etc. O recorte feito não é igual o das pessoas em geral. Dificilmente criticar abandono nas férias, mesmo que não ocorram na mesma época, dá automaticamente novas ideias às pessoas. O "serumano" já é "serumano".

    ResponderExcluir
  2. O abandono aumenta em cerca de 40% no período Dezembro-Fevereiro, Sheila. A imprensa noticiou uma realidade.

    Existe ainda aumento de abandono em periodos posteriores a filmes que relacionam cães (Marley e Eu, 101 Dálmatas, etc).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alan, não existe nenhum estudo acadêmico sobre o assunto. O que há é um achismo" inconsequente e irresponsável. A imprensa se baseia no que protetores dizem e aqui no Brasil, e incontestável, que a realidade de abandono acontece em qualquer época do ano. Já pesquisei isto com os maiores abrigos do brasil e ninguém me provou com estatísticas.... Pode ser por qualquer outro motivo, menos por causa de férias.... Agosto, o mês do cachorro louco, ficou marcado como o mês que mais abandono acontecia.... é nunca foi provado.....

      Excluir
    2. Bem Sheila, se todos os envolvidos em um determinado setor conhecem um fenômeno periódico que nunca deixa de acontecer, mas não há evidências científicas, se prova que não existe pesquisas hoje que possam comprovar tal evidência. Como podemos comprovar se sequer temos estatísticas precisas sobre abandono de animais? Não há interesse nesse setor de se incentivar quaisquer artigos científicos ou pesquisas do tipo; não há retorno envolvido.

      O que temos é uma realidade constatada por todos os protetores de animais não só no Rio, como em várias outras capitais e cidades que há aumento de abandono.

      Excluir
  3. É sheila, pelo visto estamos sintonizadas, postei ontem e atualizei hoje com o seu post http://muralanimal.blogspot.com.br/2013/12/reflexao-campanha-que-comeca-com-nao.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Criatura, vc. tem dúvida da nossa sintonia? kakakaka... eu não tenho..... Inclui na minha, a sua postagem com o tema.

      Excluir
  4. E uma realidade, e só observar, o abandono aumenta nestas datas, pelo menos aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AQUI AONDE, ANÔNIMO? quais os seus dados? observação? precisa de dados para afirmar.... que datas se refere? Natal? Ano Novo? férias?

      Gente, é por isso que digo que as pessoas que falam vivem no achismo....

      ISTO É MUITO PREJUDICIAL A NOSSA CAUSA!!!!!!

      Excluir
  5. Sheiloca, uma pesquisa sobre abandono em Sampa http://www.usp.br/aun/exibir.php?id=5715&edicao=1010

    ResponderExcluir
  6. Pelo menos, no local onde moro, com a chegada das férias, especialmente em finais de ano, mais e mais animais são abandonados nas avenidas e na rua onde moro. Todos viajam, descansam... Menos é claro, protetores de animais. É fato!

    ResponderExcluir
  7. Eu posso garantir que aqui no RS temos, sim, o mesmo costume da Europa, as férias de verão pra ir à praia, já que no restante do ano o clima não ajuda e há o problema das aulas. É um horror o abandono generalizado, nas ruas das cidades, nas estradas, enfim, largam em qualquer lugar. Testemunhado por amigas: em plena rua do centro da nossa cidade, vinha uma caminhonete carregada de badulaques pra praia. Pararam, empurraram uma cachorrinha porte pequeno, mestiça poodle, e foram embora, tranquilamente, veranear!!! Pode? Foi recolhida imediatamente e adotada. Uma pessoa vinha passando, viu e a recolheu. Na semana seguinte, aconteceu novamente a mesma coisa, por carro diferente. Pode? E se vão embora, na maior, sem qualquer preocupação, salgar o traseiro na praia, depois de ter cometido um crime!!! Realmente, este país não tem mais jeito. A IMPUNIDADE ACABOU COM O RESTO DE BONDADE QUE O SER HUMANO AINDA PRESERVAVA, COM MEDO DA PUNIÇÃO. Como não há punição, pode praticar crimes a vontade. Não é assim???

    ResponderExcluir
  8. Ana Lucia Nunes10/12/2013 11:17

    Infelizmente os filhos daquele cara de chifres atuam em qualquer país e em qualquer período.
    Para a felicidade de alguns peludinhos, anjos aparecem para resgatá-los.
    É muito triste !!!

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪