21/11/2013

Jornal O Globo publica opinião de Sheila Moura sobre o caso Instituto Royal

Os redatores do Jornal O Globo nos convidaram para falar sobre o tema. Tem umas coisas que acho legal do jornal que é seu Editorial ter sempre uma outra opinião oposta. Mas, lamentavelmente, sempre saímos perdendo porque nunca sabemos o que será falado. Nosso artigo foi comido em detalhes essenciais porque é assim que funciona, né mesmo? mas, alguma coisa saiu. Espero opiniões. 

Agradeço minha querida Helô que me socorreu por conta de estar enxergando quase nada naquela ocasião que tinha que entregar o material. Foi fundamental. CLIQUEM AQUI OU NA IMAGEM ABAIXO para ler e caso queriam enviar comentários para o Jornal O Globo usem o e-mail cartas@oglobo.com.br não se esquecendo que eles só publicam com telefone e endereço do autor:


------------x------------

O texto publicado no Jornal on-line está AQUI


------------ X ------------

Vejam o artigo original abaixo:

Não foi só pelos beagles...

A experimentação animal é uma fraude científica inicialmente questionada em 1968 por Hans Ruesch, através de seus dois livros -“Matança de Inocentes” e “A Grande Fraude” - onde prova
que animais não são anatomica e fisiologicamente semelhantes aos seres humanos e que tal metodologia só acontece para lucro da indústria médico-farmacêutica. Hans criou o grupo “1000 Médicos contra a Vivissecção” que aponta aspectos do porquê cientistas perpetuam tal erro:

HISTORICO: a “ciência médica” atual se conceituou como “a verdadeira” no final do século XIX, apoiada por interesses econômicos, pois até então a “ciência natural” era a mais usada no mundo.

Foram os magnatas norte americanos Carnegie e Rockfeller, interessados em investir na fabricação de remédios utilizando os subprodutos das suas empresas de siderurgia e petróleo, que  financiaram um estudo sobre a “Educação Médica nos EUA e Canadá”, encomendado ao educador Abraham Flexner.  

Antevendo as po$$ibilidades apontadas pelo Relatório Flexner (1910), o governo americano passou a dar total ênfase à microbiologia e farmacologia, começando, então, o uso de drogas pesadas e os testes sistemáticos com animais como método “científico”. No Brasil, tal reforma é implantada em 1968 sob os auspícios da Fundação Rockfeller.

SOCIAL: sendo o homem um animal de rebanho, deixa de pensar ou contestar se está seguindo um líder. As grandes reformas sócio-culturais foram feitas por minorias desertoras de rebanhos. Hoje ativistas ocupam essa função questionadora por saber que a experimentação animal é feita somente como garantia jurídica contra qualquer desastre farmacológico. Por isso, bulas quilométricas acompanham os medicamentos.

RELIGIÃO: a “ciência atual” investe na magia e não na lógica. O estudante é induzido a não pensar, a assimilar pensamentos alheios e se curvar às autoridades. Os médicos licenciados são sacerdotes dessa religião que não perdoa os opositores das “verdades” médicas-científicas. Bruxas continuam sendo queimadas.

PSICOPATIA: presente no perfil de pesquisadores como no exemplo histórico de1988. Alguns deles  anunciam à imprensa italiana que estavam descobrindo a verdade sobre o Santo Sudário, incluindo, a crucificação de vários cães para medir a duração da agonia de Cristo. 

ENFIM, o explosivo episódio do Instituto Royal  refletiu o cansaço de um segmento social desprezado, mas, capaz de comprovar  que experimentos com animais são feitos por pessoas comprometidas com o poder e que, covardemente, insistem em explorar o medo e a ignorância da população, incutindo em suas mentes que ela estará protegida com a continuidade de tais abusos.

Difícil avaliar o grau de manipulação efetuada pela pressão desses gigantescos interesses econômicos na mente humana, na formação da opinião pública e nas decisões da ciência. A reação não foi só pelos beagles, mas, por mais tecnologia e retorno da ciência baseada nas regras naturais do universo!

Sheila Moura
Presidente-fundadora da Sociedade Educacional “Fala Bicho” – www.ogritodobicho.com
Colaboração de Heloisa Arruda
30/10/13

________________________________

Nossas postagens a respeito:
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 20 
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 19
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 18 - nova invasão
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 17 
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 16
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 15
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 14
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 13
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 12
Carta Aberta de representantes do direito brasileiro sobre Experimentação Animal
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 11
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 10
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 9 
Experimentação animal: Jorge Pontual da Globo News, Nota 10 - Revista Época , Nota 0
Experimentação animal: entrevista com Deputado Capez e a importância do momento 
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 8 
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 7
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 6
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 5
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 4 
Experimentação animal: opinião, sugestão e homenagem 
Pensamento do dia: o que penso sobre experimentação animal
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 3
Experimentação animal: entrevista, informações e matérias para seu conhecimento 
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal - 2 
Experimentação Animal: ocupa São Roque - Instituto Royal 
Cães usados em experimentação são retirados do Instituto Royal - São Roque - SP 
Convocação: Ocupa São Roque - SP 
Militantes acampam na porta do Instituto Royal. Vamos ajudar? São Roque - SP


28 comentários:

  1. Excelente, grande mestra, é isso mesmo, parabéns !
    Marli

    ResponderExcluir
  2. Sheila, achei seu artigo perfeito, diz o quê e responde ao por quê. É uma pena que não tenha sido publicado na integra para realmente esclarecer os leitores, é uma prática nada louvável da nossa imprensa.
    Mas de toda essa história o que realmente lamento e muitas vezes me deixa indignada, é as pessoas dizerem 'é para salvar vidas humanas' 'queria ver se fosse seu filho que precisasse do remédio que estava sendo testado', como se o Homem tivesse mais direito 'a vida do que os outros seres vivos. Sinto este movimento de libertação animal tão importante quanto foi a abolição da escravatura, e sempre digo que crueldade e injustiça são as mesmas só mudaram as vitimas.
    Obrigada pela sua militância, Guida - São Paulo - SP

    ResponderExcluir
  3. Sheila, parabéns pela opinião. Está clara e racional. Ao contrário da opinião do Globo, retrógrada e tacanha. Incrível como as pessoas são cegas, totalmente influenciadas pelo Sistema que vc menciona em seu artigo. Acho que ainda temos muito chão pela frente...

    Abraços,

    Beatriz Pacheco

    ResponderExcluir
  4. Excelente, Sheila... ótimos argumentos...mostrando que a "ciência" pode ser um saber à serviço do poder e do capital

    ResponderExcluir
  5. Maravilhoso! Já havia dito que, se realmente, alguém se importasse com a ciência e a cura de doenças, não colocaria no mercado um medicamento ao custo de R$15mil, onde um assalariado jamais terá condições de comprar para se tratar. Como sou abusada de natureza, penso que, se são tão favoráveis aos testes em seres vivos, que sejam as cobaias de suas experiências. Se der certo, parabéns! Se der errado, terão morrido pelos seus próprios ideais. Assim, não veja nada de mal mas, matar animais para ganhar dinheiro, NUNCA!!! Deixem os beagles, os coelhos, os ratinhos, nossos peludinhos em paz!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns! Ótima entrevista. Precisamos realmente entender mais sobre esse assunto, e você com certeza está contribuindo para isso. Obrigada!

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pela entrevista. Com certeza estará auxiliando na elucidação sobre o assunto pois como você mesmo disse, estes tais "cientistas" utilizam do medo e da ignorância das pessoas para praticar atos contra a vida. Obrigada!

    ResponderExcluir
  8. Sheila vc poderia disponibilizar o texto na íntegra que foi enviado à globo sem os cortes?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Criatura, tem horas que acho que vc. come amarula.... kakakakaka... o texto está aí publicado

      Excluir
    2. Amada mestra, acho que eles tiraram o parágrafo onde lê-se sobre a experiência com cães no mistério do Santo Sudário rubbish... bjs

      Excluir
  9. Ahh acho que é o texto acima, só cortou algumas palavras...é isso?

    ResponderExcluir
  10. Apesar de "O Globo" não ter publicado o texto na íntegra, como estamos vendo no seu blog, sua opinião foi de grande valia Sheila.

    ResponderExcluir
  11. Amada mestraaaaa ! Excelente, pena que o povão não irá ler mas sendo O Globo um jornal de massa, acredito que tenha tido um bom retorno.. Parabéns!

    ResponderExcluir
  12. Parabéns!
    Rosanna

    ResponderExcluir
  13. É isso aí...falou e disse!

    ResponderExcluir
  14. Parabéns Sheila, adoro seus artigos. Pena que você não possa entrar na política! Digo isso, porque se você entrasse, teria um ataque de acesso de raiva múltipla por causa da oposição. Sabemos que na maioria das vezes, político bom é aquele que não existe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Victória, amiga
      ouvi de um prefeito há algum tempo que eu não sirvo para a política porque "não sou condescendente"..... isto foi um grande elogio, podes crer!!!!!! kakakakaka.... bjs

      Excluir
  15. No "Fora de Foco" eles esquecem de dizer que as vacinas só deram resultado porque foram experimentadas diretamente nos humanos em momentos de epidemias. Se bem me lembro, aos onze anos, durante a epidemia de meningite, tivemos que tomar de duas a três doses da vacina para que esta fizesse efeito. Duvido que no meio daquele inferno, tivessem experimentado em animais, pois nunca vi nenhum animal com meningite, além do homem.

    ResponderExcluir
  16. Fádua - POA22/11/2013 10:30

    Como Educadora e Ambientalista, deixo meus sinceros parabéns à Sheila que abordou de forma impecável as questões culturais que permeiam a formação das pessoas, que não passam de produtos feitos nos padrões dos interesses daqueles que detém o poder. Realmente Sheila, és esclarecida demais para a política. Espero que consigas deixar em nós teu legado e que sejamos corajosos o suficiente para seguir o mesmo caminho. Mais uma vez, parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aproveitando seu comentário que me deixou toda boba, queria agradecer a todos que nos enviaram suas palavras elogiosas ao material que foi publicado.

      Fádua, realmente vc. pegou o "íntimo" do meu trabalho. Pura sensibilidade sua. Obrigado mesmo.

      Ah, aproveito, também, agradeço os e-mails da galera que não acerta postar aqui no blog.... Eu vou tentar dar um jeito nisto assim que conseguir uma brechinha no tempo... vou ver se faço um formulário personalizado...
      bjs e muito obrigado a todos, mais uma vez

      Excluir
  17. Conceição22/11/2013 11:04

    Quem sabe, FAZ.
    Maravilhosooooooooo
    Parabénsssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  18. Falou com propriedade do assunto. Merece sempre os nossos parabéns.

    ResponderExcluir
  19. Sheila,PARABÉNS menina,vc sabe subir no salto com muita classe!!!!

    ResponderExcluir
  20. É muito bom sermos representados por pessoas coerentes como você. Parabéns por tudo! O que cortaram não invalida o seu trabalho.

    ResponderExcluir
  21. Quem duvida que a cura da AIDS já tenha sido encontrada, mas que não é divulgada porque não tem o mesmo retorno financeiro que tem o coquetel que hoje é oferecido aos pacientes? Tudo é pesquisado para gerar lucro, apenas isso e nunca porque os cientistas estão preocupados com a saúde do povo, salvo raras exceções. Parabéns Sheila! O texto está mais claro do que água, melhor? Só desenhando...

    ResponderExcluir
  22. Parabéns Sheila! Mesmo a edição ter cortado algumas partes, ficou bem explicado, e fiquei sabendo de coisas que ignorava.

    ResponderExcluir
  23. Gostaria de saber mais sobre o caso da crucificação de cães na pesquisa do "santo" sudário.
    Onde posso encontrar mais informações?

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪