20/01/2012

APRESENTADOR QUE MANDOU OS CACHORROS P´RO INFERNO, REIVINDICA DIREITO AUTORAL

Galera, a pessoa em questão está no seu direito. Fazer o quê? Pior que nem precisava me prejudicar diante do Youtube... bastava me dizer que eu tirava... pois é, em vez de se redimir do "uso do termo inadequado" conforme ele mesmo nos escreveu, fica brabo com a gente. Que pena!!!!!



Postagens de Referência:
.

20 comentários:

  1. Para mim, sujou sua imagem. Farei questão de espalhar aos 4 ventos o que aconteceu aqui, e fazer boicote a quem patrocina o programa.

    ResponderExcluir
  2. direito de falar bobagem

    ResponderExcluir
  3. quer dizer então que o programa onde ele manda os cães pra o inferno era secreto? muita incoerência, que raio de direito é esse ? esconde o programa então com patrocinador e tudo!

    ResponderExcluir
  4. mas era só o que faltava....
    que direito é esse?

    ResponderExcluir
  5. Esse cidadão vai ter que pedir direitos autorais também pro papa. Obviamente o vídeo já foi replicado zilhões de vezes...

    ResponderExcluir
  6. Margarida Helena, teu comentário é perfeito!

    ResponderExcluir
  7. Kkkk, essa foi boa, agora conta a do papagaio!
    A Margarina Helena falou tudo.
    Ainda bem que Hitler não deixou descendentes, senão eles cobrariam os direitos autorais de Auschwitz.

    ResponderExcluir
  8. Este sacripanta fala as coisas e depois se arrepende... Todo mundo já sabe que o cara é um energúmeno.
    Por que ele não vai catar coquinhos?

    ResponderExcluir
  9. Só um pouquinho deixa eu ver se entendi? este cara tá requerendo "direitos autorais do quê????????" Por acaso é do vídeo onde ele manda os cachorros pro inferno? É isso que ele se acha no "direito"? Pois se for DÊ A ELE JÁ!!!!!! Só um imbecil pode reclamar por direitos autorais de algo que só tras vergonha pra ele como pessoa e como profissional e por tabela ainda denigre a imagem de seus anunciantes ou patrocinadores. Mas ele que vá se dar ao respeito! Até acharia graça de tanta imbecilidade se não tivesse ficado indignada com a afirmativa dele.

    ResponderExcluir
  10. E a tal da Lei S.O.P.A nem passou...

    Sheila, ele requereu retirada por vergonha absoluta de si mesmo. É que depois fica difícil, na hora de fazer barba e pentear o cabelo, encarar o espelho da verdade.

    Deve estar sendo apontado nas ruas e muito mal falado pela praga que rogou aos cães.

    Se vai arrepender-se depois, pense antes de dizer bobajada, ora bolas!

    Parabéns aos colegas comentaristas pelo showzaço nas respostas.

    ResponderExcluir
  11. eitaaaaaaaa insensível e burro ainda por cima, requerer direito de um programa que é público? isso é ter vergonha, e acreditar que com isso, ele não falou nada...

    ResponderExcluir
  12. Ele falou exatemente o que sentia pelos animais, descaso, depois se arrependeu por causa da reacao do publico, contra ele, somente por isso.
    Da proxima vez ele pensa duas vezes
    antes de abrir a boca, porque, ele pode nao se importar e achar que resgatar animais e "bobagem" porem
    nos nao.

    ResponderExcluir
  13. Engraçado, qdo aquele imbecil falou mal dos pobres na tv, eu não vi ele reclamar de direitos autorais. Primeiro, o programa que ele faz, é aberto ao público. Qualquer pessoa pode gravar. Se sentiu na pele a m... que ele fez, agora não adianta mais, só eu, compartilhei em todas as redes. Se f.... rsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
  14. queria ver a cara do juiz quando esse burro requerer seus direitos autorais kkkkk e do advogado dele que deve ser outro burro que deve ter aconselhado a requerer direitos autorais...patetico a situacao no Brasil. Assasinos nao vao presos mas protetores de animais sao perseguidos pela prefeitura para pagar a multa e denuncias, protetores e ativistas sao hostilizados e assasinos de bezerros processam a comunidade nas redes sociais por terem falado mal dele...assasinas enfermeiras pagam uma multinha e se mandam...ate quando as autoridades, juizes, prefeitos vao nos ignorar?

    ResponderExcluir
  15. Marcelo Silva Souza Prados, MG21/01/2012 12:23

    Sheila me socorre por favor:
    Há alguns meses minha namorada encontrou uma filhote de cao, linda, a qual recolhemos com todo carinho e demos o nome de mel.E linda. Adoro caes. Ela mora em uma cidade proxima a minha e na minha casa tambem adotei uma vira latas de rua. Em breve mudarei para a cidade dela e viveremos juntos...o problema é q a casa é alugada, pequena. Apesar de todo mimo e trato, a mel tem pouco espaço, fica dentro de casa com tres comodos disponiveis. a pouca área q lhe sobra pra brincar por um pequeno espaço de tempo na manha é uma passagem comum, de acesso aos demais moradores, pq sao tres casas. O problema é q tenho um vizinho q tem uma gata persa..diz q odeia cachorro e vive implicando com a mel.Implica tambem com a York da outra vizinha...Diz q ela estressa a gata dele, sendo q ela nem chega perto pq apanha da felina. Certo dia deixou o portao aberto e a mel ja ia fugindo...o cara vive da gata dele! Não faz nada da vida. A bichinha nao sai da prenhez e cada ninhada q ela gera ele conta os lucros. É um "cafetão de gata" e duvido q realmente goste, pq se gostasse pouparia a coitada de tanta prenhez....estou com medo q ele faça algo contra a mel...alguma dica de como eu poderia agir? Gostaria de encontrar um jeito de enfrenta lo mas sem prejudicar a gata, pq apesar de nao ser de alisar gato, acho bonito e respeito. Faço algluns cafunés, mas nao sou apegado como sou com caes. Na verdade já ate enfrentei minha familia pq nao deixei q matassem uma cascavel q estava na nossa horta. Respeito todos os animais. Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  16. Marcelo Silva Souza Prados, MG21/01/2012 12:56

    Gostaria sinceramente de q alguem me desse uma luz, pq se continuar assim, minha vizinha vai embora, pq nao pode ter um york, e nos vamos ter de doar a mel, sabendo se la q futuro ela tera. Tudo pela manutençao da renda do "cafetão de gata"!

    ResponderExcluir
  17. sheila moura21/01/2012 13:19

    Marcelo

    As relações humanas são sempre complicadas. Então, tentamos resolve-las da melhor maneira possível. Minha opinião é de que:

    1 - fale com o seu vizinho do mesmo jeito que nos falou. Com toda sua calma, educação e condecendência (porque ele é um ignorante) explique sua dificuldade. Fale bem baixinho... mas, muito baixinho mesmo, obrigando-o desta forma a prestar muita atenção ao que fala.

    2 - diga que vc. voltará a abordar o assunto em dois dias para ele ter tempo de pensar sobre a sua dificuldade e a da outra vizinha, Se ela puder ir com vc. , melhor ainda. Proponha uma solução, afinal, ele pode ser incapaz disto.

    3 - de todo não dando jeito, procure um advogado (se não puder pagar vá a defensoria publica) e mova uma ação por ele estar lhe provocando um "constrangimento ilegal" (art. do código penal), ou seja, vc. poderá se tornar um criminoso ao abandonar seu animal, exatamente, porque seu vizinho está levando ao desespero e não quer discutir normas de boa vizinhança.

    Diga ao advogado para ver se não cabe o direito de vizinhança que é saude, segurança e sossego. Vc. não consegue ter sossego com a gata invadindo seu espaço.

    Esqueça que ele é cafetão da gata porque, infelizmente, animal é propriedade de humano. Não alegue isto pois não é de sua competência, entende?

    Quem sabe a gatinha se perde um dia e alguma protetora ao acolhe-la acaba castrando ela, né? Gatas que sempre estão no cio costumam muito a fugir...

    abraços e boa sorte
    sheila

    ResponderExcluir
  18. Marcelo Silva Souza Prados, MG21/01/2012 13:41

    Sheila, primeiramente agradeço a atençao. Não creio q conversa vá resolver..."Cachorro é bicho fedorento, nojento" ele diz. Estressa a gata dele. É mto injusto. Estou tendo dificuldades de manter minha mel q foi encontrada, e fora mto trabalho, rsrs nada mais me da q mto carinho e amor. Agora ele nao mede esforços pra manter seu amor por gatos(450 R$ cada filhote). Temo q faça alguma maldade...procurar um advogado eu ainda n cogitei, mesmo pq temo q escute uma bela gargalhada(sabe como se trata animais no nosso pais né?). Pesquisei a respeito de comercio ilegal de gatos e caes, na esperança de poder, legalmente, fechar a fabrica de gato dele e assim em uma tacada baixar o topete dele e de quebra aposentar a pobre felina q arrasta as tetas no chao. Sou da paz, gostaria de resolver na legalidade, mas ta dificil. Se algo aconteçer com a mel, cogito adotar um pitbul, ai sim a convivencia vai ser dificil...abçs

    ResponderExcluir
  19. Marcelo

    se você se diz mesmo da paz, pense melhor, nós protetores, que gostamos de animais temos que ser "superiores" às pessoas ignorantes, devemos usar de inteligência e humildade pra resolver questões assim e não nos igualarmos aos ignorantes.

    Se é pelo bem dos animais mesmo que você quer agir, e não por implicação também ao seu futuro vizinho.

    Há dois anos atrás tive problemas com um vizinho, que pra piorar além de ignorante era alcóolatra, após várias tentativas frustadas, eu me mudei (era de aluguel que eu morava). Sei que não é fácil ter que mudar, procurar outra casa, gastos, tempo... etc.
    Mas hoje vejo que foi o melhor que eu fiz e não me arrependo.

    Também pensei em me "vingar" desse meu vizinho, pensei em prejudicá-lo de alguma forma (como ele me prejudicou)... mas não o fiz. Eu não ganharia + nada com isso. Ganhei muito mais me mudando e ficando bem longe de pessoa tão ignorante e desagradável. A cidade é grande, eu não precisava tanto ficar morando naquele lugar ao lado daquele maldito.

    O engraçado é que depois tive notícia por uma outra vizinha de que o maldito também se mudou poucos meses depois de mim.

    Então te peço que pense melhor, vai haver uma solução que não prejudique vocês e nenhum dos animais.

    Sobre a gatinha do gigolô, veja a "dica" que a Sheila dá: "quem sabe a gatinha não se perde um dia e alguma protetora a resgate e castre" ....

    E não coloque por favor os já discriminados e sofridos Pit Bull no meio dessa história.... ele acabaria sendo o vilão...

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪