04/12/2010

EXPERIMENTAÇÃO ANIMAL: REFLEXÕES PROVOCADAS PELO IIº EMALT

Bem, eu confessei, ao divulgar o IIº EMALT que aconteceria nos dias 01 a 03 de dezembro aqui no RJ, que iria prestigiar aqueles profissionais que estão querendo fazer alguma mudança. Veja o LINK onde falo sobre o tema. Consegui, a duras penas, estar lá para assistir a Mesa Redonda sobre bem-estar animal. O vídeo de apresentação dos três palestrantes é este:


Agora, se alguem se interessar em ler reflexões e as minhas broncas,

Um comentário:

  1. Octavio Presgrave06/12/2010 02:05

    Prezada Sheila,

    Gostaria de, em meu nome particular, agradecer a divulgação que você fez do II EMALT - II Encontro sobre Métodos Alternativos ao Uso de Animais para Fins Regulatórios, bem como a sua presença no referido evento. Entretanto, gostaria de colocar alguns pontos, baseados na notícia que você ora divulga.

    1 - Quando você coloca que conseguiu "a duras penas" ir ao evento, passa a impressão de que você teve que superar inúmeros obstáculos advindos de uma resistência imposta pela organização do evento, o que não foi verdade. Você me telefonou, eu sugeri que fosse enviado um e-mail à Comissão Organizadora para que houvesse uma resposta oficial. Em função das atividades de última hora da Comissão, um e-mail de resposta não foi enviado, mas eu lhe telefonei, pessoalmente, informando que você poderia comparecer no dia que você havia selecionado como de seu interesse, o que efetivamente, ocorreu. Inclusive, como você mesma mostra no seu blog, foi possível fazer perguntas aos palestrantes, o que não corresponde à usa afirmação de que só foi possível a sua participação "a duras penas";

    2 - Embora eu conheça o seu jeito de ser e de falar, me permita dizer que no texto do e-mail de envio do link do seu blog, quando você pergunta quando os pesquisadores "vão tirar os antolhos", além de extremamente agressivo, você parece negar o evento que você cobriu como um todo. A partir do momento em que você generaliza, você está incluindo todos os que lá estavam na busca de altenativas, como sendo indiferentes a tudo isso;

    3 - A sua primeira chamada, anunciando o II EMALT, além de extremamente importante como reconhecimento do evento, mostrou que existem pessoas interessadas em buscar esses métodos alternativos. No entanto, na sua cobertura propriamente dita, você se limitou a falar somente (claro!!!) sobre as palestras que você assistiu. Infelizmente, você não pode comparecer à minha palestra e nem nas subsequentes onde você teria tido contato com o que está, efetivamente, sendo feito em termos de pesquisa por alguns dos grupos brasileiros. Temo que este fato possa deformar a informação recebida por seus leitores, dando a impressão de que o evento em si não serve (ou serviu) para nada. Mesmo com seus elogios a alguns dos pontos expostos pelos palestrantes, temo que no geral, a impressão de um evento negativo se sobreponha;

    4 - Faltaram informações de suma importância, tais como a presença de 5 pesquisadores internacionais, entre os quais o atual diretor do ECVAM (Centro Europeu de Validação de Métodos Alternativos) e o ex-diretor do mesmo Centro, pessoas, inclusive, que você poderia ter entrevistado para enriquecer o conteúdo do seu blog, já que nem sempre temos a oportunidade de estarmos em contato direto com os mesmos.

    Enfim, acho que, embora pertinentes, as suas colocações, não tenham refletido de modo integral um evento que você mesmo reconhece como importante. Assim, temo que a sua intenção de mostrar a realização de um encontro dessa natureza, ao contrário de divulgar o que está sendo pesquisado no Brasil e no mundo, aumente o abismo entre os que pesquisam alternativas e os que simplesmente, por ignorância específica no assunto, refutam as realidades enfrentadas nessa área.

    De qualquer forma, agradeço imensamente a sua presença e divulgação, esperando sempre contar com sua contribuição, da mesma forma que você pode contar comigo para as discussões saudáveis sobre o assunto.

    Um grande abraço,

    Octavio Presgrave.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪