Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta Venezuela. Classificar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta Venezuela. Classificar por data Mostrar todas as postagens

18/05/2012

Pará volta a exportar búfalos para Venezuela.... e vivos....

.
Como alguém pode matar um animal?


Quinta-feira, 17/05/2012, 07h37

Pará volta a exportar búfalos para Venezuela

Retomando o comércio de bubalinos com o mercado exterior, interrompido desde o final do ano passado, o Estado do Pará iniciou, há pouco mais de 15 dias, o embarque para a Venezuela de 4.500 búfalos comercializados vivos. Os navios carregados com os animais, parte deles ainda em quarentena, zarpam do porto de Vila do Conde. Do total comercializado, cerca de 3.000 búfalos são procedentes do Marajó e os restantes 1.500, de outros municípios paraenses.

03/06/2017

Animais de zoológico na Venezuela sofrem por escassez de alimentos

A situação dos animais é dramática e já é de conhecimento de toda Venezuela. Todos os animais, inclusive os domésticos, estão sendo abandonados nas ruas e existem algumas ONG´s que estão tentando socorre-los. O camaradinha negar tudo é que não dá para aceitar.... Temos várias postagens publicadas, inclusive contando que venezuelanos estão caçado cães, gatos e pombos para comerem. Confiram AQUI.
----------------
Funcionários denunciam más condições; ovelhas, macacos e aves morreram

CARACAS — Animais do Parque Zoológico Caricuao, localizado na região sudoeste da capital venezuelana, Caracas, tiveram sua alimentação diária reduzida devido a crise de abastecimento do país, segundo denúncia de conselhos comunitários locais.

— Já morreram duas ovelhas por causa do clima frio e pela falta de alimentação na quinta passada. Faleceram também dois macacos, três papagaios e duas araras — assegurou Laura Polanco, líder comunitária de Caricuao, para quem a alimentação oferecida aos animais não é suficiente — dão pasto para os animais, mas não dão verduras.

Representantes de redes de ecologistas informaram que ao menos Ruperta, a elefanta que adoeceu este ano por má alimentação continua, recuperando-se.

— A bactéria foi controlada e pelo menos estão alimentando-a, mas ela não é o único animal e não a podem esconder — apontou Harisson Gómez, porta-voz do lugar.

Em março, usuários do Twitter haviam realizado campanha para coletar donativos e levá-los às instalações do zoológico. Porém, os alimentos não foram permitidos pelas autoridades por “medidas de segurança”.

Gómez contou que o Instituto Nacional de Parques (Inparques), instituição governamental responsável pela fiscalização dos parques na Venezuela, está de mãos atadas porque “a administração passada deixou dívidas com os fornecedores”.

Chegou-se a cogitar que os jardins do parque fossem usados para fazer plantações de alimentos, porém tal ideia não foi bem aceita pela comunidade local.

Em 2016 o ministro de Ecossocialismo e Águas, Ernesto Paiva, desmentiu que na Venezuela morressem animais por desnutrição e assegurou que lhes era garantida uma dieta adequada.

Fonte: O Globo 

30/07/2016

Animais morrem de fome em zoológico na Venezuela

É o caos!!!!!! como um governo assiste a morte de animais sem fazer nada? e o povo de lá, onde está? Meu Deus, o que podemos fazer? confesso que não consigo imaginar algo viável que possamos fazer por aqui..... Será que lá as ONG´s estão fazendo alguma coisa? não consegui achar nada pelo Google.....
------------------------
Maior zoológico de Caracas registrou a morte de cerca de 50 animais.
País passa por uma crise econômica generalizada.

Em meio à crise econômica na Venezuela, o maior zoológico de Caracas sofre com a escassez de alimentos e já contabilizou a morte de cerca de 50 animais nos últimos seis meses. Outros estabelecimentos também enfrentam dificuldades no país.

Os animais do zoológico público de Caricuao, o

05/05/2016

Com fome graças ao socialismo, venezuelanos caçam gatos, cachorros e pombos para comer

Eu fui dar uma conferida e achei a notícia em vários periódicos, como este: Alcalde de Venezuela dice que la gente está 'cazando' perros, gatos y palomas para comer. Este prefeito parece que está sendo um dos poucos com coragem para botar a boca no trombone. 

E, por causa desta situação naquele país acabei lendo coisas horrorosas vindas de pessoas veganas respeitáveis sobre a atual situação política do nosso Brasil. Terminei achando um artigo que me pareceu muito equilibrado Todo vegano tem que ser comunista? escrito por Marcos Fêo Spallini. 

Sou pessoa política como todo ser humano deve ser, mas, sinceramente, devido ao meu  full time dedicado a causa de defesa animais, sempre vejo o interesse dos animais em primeiríssimo

08/12/2016

Sem recursos, venezuelanos abandonam seus cães

Meu Deus, a situação da Venezuela está cada vez mais grave. Será que uma ONG internacional destas não tinha como fazer uma campanha para resolver tal situação? se bem que não vão poder fazer muita coisa, né? Vejam nossas postagens anteriores sobre a situação: 
Animais morrem de fome em zoológico na Venezuela
------------------------
Os animais são amarrados em postes ou apenas deixados em ruas próximas aos poucos abrigos, que estão superlotados

A crise econômica levou muitos venezuelanos a abandonarem seus animais de estimação. Na região de Los Teques, nos arredores de Caracas, o abrigo da Fundação de Amigos e Protetores dos Animais (FAMPROA) é um dos poucos a recolher animais deixados para trás por seus donos.

05/12/2015

Com porto de Barcarena interditado, 51 mil bois aguardam exportação no Pará

Que gente nojenta mesmo... todos só pensam na "grana" que estão perdendo...... Só que li que está havendo  FORTE QUEDA NA EXPORTAÇÃO DE BOIS VIVOS . Tinha que acabar com esta desgraceira..... Se quiserem ler sobre o que está rolando nesta questão de embarque de bois vivos, CLIQUE AQUI.
------------------------
O návio Haidar adernou no porto de Vila do Conde (PA) com cerca de 5 mil bois vivos no início de outubro

Pecuaristas do Pará estão com 51 mil bois vivos "presos" no Brasil prontos para exportação para a Venezuela e para o Líbano, mas não podem embarcar os animais porque o porto de Vila do Conde, no município de Barcarena, nordeste do

30/01/2015

Exportação de gado vivo recua 6% em 2014

Esta desgraceira tinha que recuar 100%.... o transporte destes bichos é um terror para eles.... Se quiser ler nossas postagens a respeito CLIQUE AQUI
--------------------------------
Principal cliente brasileira, Venezuela teve crescimento tímido e Líbano registrou queda expressiva

A exportação de gado em pé recuou 6,2% em 2014. Foram embarcadas 645 mil cabeças no ano passado ante 688 mil em 2013, conforme dados do Ministério da Agricultura (Mapa). Em receita, a retração foi de 5,8%, para US$ 647,9 milhões. 

A Venezuela continua sendo o principal cliente brasileiro neste segmento e foi responsável por 82% da receita total do Brasil com a venda de animais vivos no ano de 2014. Foram US$ 555,1 milhões para 526 mil cabeças. As vendas para

01/07/2014

Crescem os embarques de boi em pé pelo porto de São Sebastião - SP



Sinto falta que aqui no país não tenhamos uma ONG com condições de peitar uma situação desta. É preciso ter um povo com cultura suficiente para bancar as despesas de um trabalho como este. Precisamos nos tornar profissionais na defesa animal como as grandes ONGs como PETA, Animals Austrália, SPCA e outras tantas.... Chegamos lá um dia....
--------------------------
Crescem os embarques de boi em pé pelo porto de São Sebastião  © 2000 – 2014. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.   Leia mais em:  http://www.valor.com.br/agro/3588558/crescem-os-embarques-de-boi-em-pe-pelo-porto-de-sao-sebastiao#ixzz3615RLK5z
As exportações de boi em pé têm crescido no porto de São Sebastião, em São Paulo. Segundo a Wilson Sons Agência, a demanda está sendo puxada pela valorização do dólar. 

De acordo com a empresa, o primeiro embarque do ano, realizado no mês passado, exportou 1.973 cabeças de búfalo, tendo como destino o porto de Puerto Cabello, em Carabobo, na Venezuela.

O próximo embarque, de 2 mil cabeças, é previsto para o dia 24 deste mês. A expectativa da filial é de

10/01/2013

Brasil firma acordo para exportação de animais vivos e carne bovina à Venezuela


A desgraça não para.... será que eles vão, ao menos, se informar sobre o abate naquele país? é, porque para o Egito e outros tantos países já publicamos aqui como é feito, né mesmo? gente nojenta.... nojenta mesmo!!!! poder econômico maldito!!!! raça humana desgraçada!!!!! ô nojo!!!!!



Publicado em 03/01/2013 NBR NOTÍCIAS - 02.01.13: 
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) firmou protocolos sanitários com a Venezuela para dar continuidade às exportações de animais vivos e carne bovina para aquele país. Entre janeiro e novembro de 2012, o Brasil exportou para a Venezuela US$ 388 milhões de carne bovina. Para o secretário executivo do Ministério, José Carlos Vaz, a medida demonstra a transparência dada pelo Brasil aos processos sanitários, reforçando a eficiência e a segurança dos mecanismos de controle brasileiros.

07/04/2012

Cavalos cruzam rio em competição na Venezuela

.
A gente acha cada coisa...
A nossa leitora Marianna nos mandou o link do UOL com várias fotos sobre esta competição que acontece na Venezuela. Daí fui pesquisar e achei outro site com mais fotos. Venezuelan horse race preserves cowboy customs

O negócio é o seguinte: Cavalos pulam no rio Apure, em San Fernando de Apure, na Venezuela, durante tradicional competição em que são puxados por seus donos, que, sobre canoas, guiam os animais de uma margem à outra. Como sempre, a tradição de explorar os animais.... ô nojo!!!!


Só achei imagens boas de 2008 e acho que dá uma idéia exata de como é a "competição".




.

18/08/2017

Polícia acredita que ladrões roubaram animais de zoológico da Venezuela para comê-los

A situação deste país está dramática... faz tempo que a população caça gatos e pombos p´ra comer, os animais dos zoológicos passam fome e um monte de outras coisas mais.... CONFIRAM AQUI. Que horror!!!!
---------
MARACAIBO, Venezuela (Reuters) - Autoridades venezuelanas estão investigando o roubo de animais de um zoológico no Estado de Zulia, no oeste do país, que podem ter sido levados para serem comidos, em mais um sinal de fome em um país que luta contra escassez crônica de alimentos.

Uma autoridade policial disse que dois caititus, que são similares em aparência a javalis, foram roubados durante o fim de semana do Parque Zoológico Metropolitano de Zulia, na quente cidade de Maracaibo, próxima à fronteira com a Colômbia.

“O que nós supomos é que eles foram levados com intenção de comê-los”, disse na terça-feira Luis Morales, uma autoridade da divisão de Zulia da Polícia Nacional, a repórteres.

O caótico colapso do modelo econômico do país criou escassez crônica de alimentos, que aumentou a desnutrição e deixou milhões de pessoas buscando por comida em qualquer lugar em que podem encontrá-la, incluindo latas de lixo.

O presidente Nicolás Maduro coloca a culpa da escassez de alimentos em protestos da oposição, que bloquearam ruas e rodovias e em uma “guerra econômica” mais ampla liderada por adversários com a ajuda dos Estados Unidos.

Mas o chefe do zoológico, Leonardo Nunez, disse que uma onda de roubos que nas semanas recentes afetou 10 espécies, incluindo um búfalo que ele disse ter sido cortado em pedaços, foi orquestrada por “traficantes de drogas” buscando vender os animais.

“Eles levam tudo aqui! Os animais não foram roubados para serem comidos”, disse Nunez em entrevista nesta quarta-feira.

Mauricio Castillo, um ex-diretor do zoológico, disse que ladrões roubaram duas antas, um animal de florestas similar a um porco e que é descrito como vulnerável à extinção pela União Internacional para Conservação da Natureza.

Escassez de alimentos também deixou zoológicos sem comida suficiente para alimentar animais, com cerca de 50 animais mortos por inanição no ano passado em um zoológico de Caracas, segundo um líder sindical.

O governo negou que os animais tivessem morrido de fome, insistindo que eles foram tratados “como família”.

(Por Lenin Danieri e Isaac Urrutia)

Fonte: EXTRA

10/09/2016

Animais de estimação estão sendo abandonados na Venezuela por causa da falta de recursos

Eu fico impressionada que o governo não faz nada diante desta tragédia..... Em julho publicamos esta postagem falando que mais de 50 animais morreram de fome:  Animais morrem de fome em zoológico na Venezuela. E agora, os animais domésticos. É muita covardia a pessoa largar seus bichos na rua para "se virarem"....  Eu preferia vê-los morto do que saber que estão desesperados procurando comida que não existe nas ruas. Vejam as cenas..... Será que uma destas ONG´s bacanas e poderosas não estão podendo bancar uma ajuda nesta situação? Pô, vieram p´ro Brasil se promoverem por causa das Olimpíadas e agora não podiam fazer uma campanha por estes animais que estão lá nas mãos de companheiros nossos? Olha, eu já estou com o cartão de crédito pronto p´ra passar e ajudar...... Tô errada, gente? Minha ONG está fora de ação, mas, estas companheiras poderosas bem que podiam dar uma força contando com todos nós..... Será que já tem alguma campanha e eu não sei? 
-------------------------



25/04/2015

Mujica, ex-presidente do Uruguai dá uma aula de bom caráter.

Amo este homem!!!! meu ídolo!!!!! esta postagem é meio off-topic porque fala mais de política. Desculpa aê, galera!!!! mas, não resisti em dividir com vocês.... Bom caráter, retidão moral, honestidade, competência e sinceridade.... características que certas criaturas asquerosas, por não as terem, preferem considerar como loucura e esclerose.... ô,nojo!!!!!!!!!!


'Quem gosta de dinheiro tem que ser tirado da política', diz Mujica 
Em entrevista à BBC, ex-presidente uruguaio fala sobre possível retorno ao cargo e diz que tráfico de influência é 'doença' no Brasil. Prestes a completar 80 anos, o ex-presidente uruguaio José Mujica diz que

13/09/2014

“Os interesses da saúde são substituídos pelos do mercado” - médico denuncia

Fiz um grifo na entrevista deste médico que esculhamba, com todas as letras, a industria 
farmacológica.... muito bom!!!! 
------------------------
  Para o médico venezuelano Oscar Feo, a indústria que produz sementes transgênicas e agrotóxicos é a mesma que está produzindo medicamentos

Expoente do pensamento da Medicina Social latino-americana, o médico venezuelano Oscar Feo visitou a Escola Politécnica no dia em que a instituição completou 29 anos. Coordenador nacional da Universidade de Ciências da Saúde da Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América (Alba), Feo tem um profundo conhecimento da dinâmica da cooperação internacional em

21/09/2017

Venezuela pede que população coma coelhos para matar fome

É lamentável ler e ouvir um idiota deste falar..... A frase dele dizendo que coelhos não são animais de estimação e sim 3 quilos de carne, é nojenta mesmo.... A senhora que aparece em seguida dá a dimensão do que são as pessoas que amam os animais. Não sei se sabem, mas, o Lula tem uma criação de coelhos. Não sei se vendeu, mas, era num sítio dele. Sempre convidava a cambada para a famosa "coelhada".... outro "podrão" mesmo!!!!!
----------

21/06/2017

Pelo fim das exportações de gado vivo

Tenho algumas diferenças quanto às diretrizes do Fórum Animal, inclusive sobre o provável destino da causa animal equivocadamente incluída no PL do Código Penal. Isto será um desastre total se continuar com a tendência do Senado em transformar o crime contra os animais em um simples processo administrativo. Sou, também, uma crítica do Fórum pelo apoio à condução errônea das ações contra as vaquejadas. E outras coisinhas mais.

Bem, mas, inegavelmente, está sendo a única ONG no país a tomar as rédeas de algo que venho noticiando há tempos. É sobre a questão da exportação de milhares de animais vivos para países que promovem barbáries com eles por conta de religião e desrespeito pela vida, alem da crueldade praticada durante este transporte.

Minha sequela de um AVC, como todos sabem, limita minhas ações para agir neste segmento dramático da causa de defesa animal. Portanto, nesta questão, estaremos enfileirados com o Fórum porque nossa causa é animal e não pessoal como muitos conduzem seu dia a dia..... Vejam a campanha que estão fazendo e não deixem de ler o RELATÓRIO citado para que saibam a realidade que precisamos modificar urgentemente com nosso empenho:

-------------------
Você sabia que o Brasil exporta centenas de milhares de animais vivos todos os anos para países muito distantes, como Líbano, Egito e Venezuela? Esses animais sofrem imensamente pois são submetidos a viagens extremamente longas - de até semanas - em navios onde não podem se movimentar e expressar muitos de seus comportamentos naturais.

Quando chegam em seus destinos no Oriente Médio, são abatidos pelo método Halal, que muitas vezes não permite que os animais sejam insensibilizados antes de serem  mortos. Ou seja: eles são degolados  quando ainda estão totalmente conscientes e morrem de uma forma  lenta e dolorosa.

E pior: acidentes horríveis têm  acontecido com esses animais. Em  2015, um navio afundou no Porto de  Pará e centenas de bois morreram  afogados ou abatidos no local (foto). Em 2012, o sistema de ventilação de  um desses navios parou de funcionar  em alto mar, e 2.750 bois morreram.

Esses acidentes são a prova absoluta  de que não existe maneira segura e  humana de se transportar animais  vivos por vias marítimas e em  percursos tão longos. Não podemos tolerar tamanha crueldade e estamos lutando pelo fim dessa prática.

PARCERIA INTERNATIONAL
Em 2016, o Fórum Animal deu início a suas ações contra o transporte de gado vivo  em parceria com a  Animals International (braço internacional da ONG Animals Australia).  Estivemos em Brasília em reunião com Sr. Rodrigo Padovani, Ponto Focal da OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) e especialista do Departamento de Quarentena e Trânsito Animal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para apresentar nossos argumentos contra a exportação de animais vivos do Brasil - comumente chamada de exportação de gado em pé.

Em março deste ano, a Secretaria de Defesa Agropecuária/MAPA submeteu à Consulta Pública o Projeto de Instrução Normativa Regulamento Técnico para Exportação de Bovinos, Bubalinos, Ovinos e Caprinos Vivos, Destinados ao Abate e Reprodução, para divulgá-lo e receber sugestões de órgãos, entidades e pessoas interessadas. O Fórum Animal enviou sua proposta, que pode ser visualizada aqui.

Em maio, a Deputada Estadual Regina Becker convocou a Audiência Pública “Transporte de animais vivos para abate e exportação no estado do Rio Grande do Sul”, na Assembleia Legislativa estadual, em  Porto Alegre, onde o Fórum Animal foi representado pela advogada Elisa Bernkopf, que entregou nossa posição oficial sobre o tema.

No mesmo mês, aconteceu a reunião técnica do MAPA no município do Rio Grande, para o qual o Fórum Animal foi convidado. Nessa ocasião, além de discussão sobre o tema, foi feita visita ao porto, um dos pontos de saída de gado vivo do Brasil.

O Fórum Animal foi representado pelo diretor da Animals International, Luis Carlos Sarmiento, que apresentou relatório, traduzido para português pelo Fórum Animal. Tal documento é crucial na defesa animal, pois foi realizado pela médica veterinária Dra. Lynn Simpson, que navegou por mais de uma década no transporte de gado da Austrália a portos do hemisfério norte, e fotografou as péssimas condições dos animais, com total falta de bem-estar, intrínseca a jornadas de longo curso por via marítima.

Segundo o relatório:
Os assuntos realçados refletem os riscos e impactos potenciais para o bem-estar dos animais ao longo de todas as rotas internacionais. A evidência visual deste relatório mostra que as atuais consequências para a saúde e bem-estar animal e segurança alimentar nas embarcações utilizadas para transporte de animais são inaceitáveis pelos padrões da OIE, de médicos veterinários e da saúde pública.
O gado transportado por mar muitas vezes tem seu bem-estar comprometido. Muitos animais sofrem de problemas de saúde, incluindo e não limitado a disseminação de doenças, lesões e dor desnecessárias causadas pela infraestrutura, estresse e sofrimento por serem transportados por longos períodos de tempo.
As doenças contagiosas comumente encontradas são pneumonia (“febre de embarque”), Salmoneloses e Moraxella bovis (“olhos vermelhos”). Essas doenças se disseminam devido à natureza artificial do ambiente das embarcações, alta densidade, higiene deficiente e ventilação forçada, geralmente resultando em óbitos.
As “cinco liberdades” são muitas vezes comprometidas devido ao manejo, à infraestrutura e aos riscos inerentes a esse tipo de transporte, que inclui avarias mecânicas tais como danos na ventilação, falhas na distribuição de forragem ou de água, e lesões nos animais causadas por mar revolto pois são jogados de um lado para o outro contra paredes sólidas e grades dentro de seus reduzidos recintos.
Todo ano morrem muitos animais devido à sua má adaptação às rações dadas a bordo, ao estresse térmico causado pela deficiente aclimatação durante o trânsito por grande distância e mudanças climáticas sazonais. As doenças propagadas devido a higiene deficiente e alta densidade de animais exacerbam esses desafios assim como a capacidade do sistema de imunidade do animal para fazer face a seus efeitos.
Lesões são comuns, como membros quebrados e septicemia devido a abrasões prolongadas nas patas, causadas pelo piso duro e leitos insuficientes. Essas lesões exigem geralmente que animais sejam eutanasiados devido à duração e gravidade delas nesse ambiente artificial. Seus corpos são então jogados ao mar.

O Fórum Animal expôs, em seu posicionamento, as exigências mínimas vindicadas, num cenário hipotético em que normas públicas regulamentassem o transporte de ruminantes vivos e em que profissionais estivessem aptos a fiscalizar as condições de manejo e estrutura das embarcações e caminhões, até que este transporte seja totalmente proibido.

Em outubro, o Fórum Animal e a Animals International novamente participarão de reunião promovida pelo MAPA, desta vez no Pará, um dos estados de exportação por via marítima de animais vivos, do Brasil.

Fonte: Fórum Animal

05/01/2017

Voluntários de Chipre lutam para alimentar a crescente população de gatos

Noutro dia uma leitora me perguntou: é melhor matar ou deixar morrer em situações de calamidade onde não há como salvar os animais? Ela se referia aos animais que estão morrendo de fome e doença na Venezuela devido a situação financeira do país. Se fosse comigo, preferia morrer sem sofrimento. Não sei se será o caso destes gatos. Enfim..... vamos ao debate.....
Fonte: BangkokPost
Colaboração: Helô Arruda
----------------------
A lenda diz que uma imperatriz romana trouxe gatos para Chipre para lutar contra cobras venenosas, mas séculos depois é a crise financeira da ilha que está provocando um boom populacional.

Cerca de 1.700 anos depois que a imperatriz Helena enviou os caçadores de bigodes para o país mediterrâneo, os amantes dos animais estão lutando para cuidar de uma população de gatos dispersos

19/09/2016

Animais estariam morrendo de fome no Batalhão Ambiental, deputada pede explicações - MT

A deputada não sabe de nada...... a maioria dos lugares que recolhe animais silvestres está na maior penúria porque nosso país não leva a sério o caso do tráfico de animais.... Tomara que ela tenha sorte de arrumar comida lá em Mato Grosso. Detalhe que a gente está tão preocupada com os animais morrendo de fome no Zoológico de Gaza e na Venezuela, né mesmo?
------------------------
"O que nos chega é que os animais estão inclusive passando fome", denuncia Janaina Riva.
A deputada estadual Janaina Riva (PMDB) apresentou nesta quarta -feira (14) requerimento em regime de urgência para que o governo do Estado, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, preste informações sobre a situação que se encontram os animais apreendidos, que estão alocados no Batalhão Ambiental de Mato

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪