Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta SUBEM. Classificar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta SUBEM. Classificar por data Mostrar todas as postagens

07/03/2017

SUBEM e Universidade realizam exames nos animais da Fazenda Modelo

A notícia foi publicada no site da SUBEM em 03/03/17:

"Nesta quinta-feira (02) o médico veterinário, professor da Universidade Castelo Branco, Ary Dutra esteve com um grupo de estudantes do curso de medicina veterinária para realizar uma série de exames nos animais abrigados na Fazenda Modelo, Zona Oeste da cidade.
A subsecretária de Bem Estar Animal, Suzane Rizzo se mostrou bastante animada com a ação. Segundo ela, esse é o começo de um novo caminho para a proteção animal. "É muito importante que os alunos estejam envolvidos em trabalhos voluntários. Isso traz a conscientização da importância de ajudar animais carentes", explicou.
Nas próximas campanhas de adoção os cães e gatos que estiverem livres de doença irão receber uma carteira atestando a sua saúde."

Apesar de achar excelente a ação para sabermos qual a qualidade da saúde dos animais na Fazenda Modelo, fazemos:

QUESTIONAMENTOS 1:
- o Prof. Ary, nesta ocasião, estava a serviço da SUBEM ou da Universidade ao orientar os alunos na coleta de material? Não me respondam tanto faz porque daí ficaremos sabendo o quanto ignoram as questões didáticas, administrativas e éticas. Aliás, onde serão feitas as análises? 

- os alunos foram supervisionados por orientadores ou usaram os animais para aprender a tirar sangue? isto vai valer nota para o currículo dos alunos?

- esta ação foi,  apenas,  um mutirão com a participação da Universidade Castelo Branco ou um convênio já oficializado?

 -  no site da SUBEM, esta ação iria a ser feita com a Rural:  E não para por aí, no dia 18 de março a SUBEM vai realizar um mutirão de exames em todos os animais da Fazenda Modelo. A ação será em parceria com a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro(UFRRJ) e visa cuidar detalhadamente da saúde dos animais. Afinal é Castelo ou Rural?


QUESTIONAMENTOS 2, enviado por leitor:
 - uma pessoa sem nomeação pela prefeitura (salvo total desinformação geral), mas, que tem mando e desmando na Fazenda Modelo, pode falar em vídeo pessoal sobre a exoneração do ex-administrador daquela Unidade, Dr. Fernando Ferreira, alegando desvio de material (coleiras, seringas, luvas) que estariam "escondidos" em sala que só ele tinha acesso? Poderia esta pessoa, explicar no lugar da Subsecretária, que Dr. Alceu Cardoso foi exonerado por que eutanasiou uma égua em sofrimento sem cumprir a ordem de fazê-lo durante a noite para não chamar atenção da proteção?


QUESTIONAMENTOS 3, aqueles que ainda não obtivemos respostas:
- por que foram exonerados, NA VERDADE, os assessores Fernando Ferreira e Alceu Cardoso? se forem comprovadas as acusações de bastidores vamos querer saber porque os secretários antecessores CUMPLICIARAM com tudo? 

- por que os funcionários já nomeados não estão cumprindo as 40 horas semanais? Ouvi falar que um dos assessores vai uma vez por semana e outros apenas duas. Mas, não é obrigatório o horário? quem fiscaliza estes horários?

24/02/2017

SEPDA X SUBEM: interesses e jogo político prevalecendo na causa animal - RJ

Todos que me conhecem sabem da retidão, comprovação e comprometimento com que atuo na causa de defesa animal. 

A verdade é algo essencial neste sacerdócio que pratico há mais de 45 anos. 

Como não me calo e todos sempre esperam nossa posição sobre os fatos, aqui estão algumas. 

Em caso de dúvida nos escrevam, pois, em 2014, mesmo doente e sofrendo representação para calar minha boca, dei satisfação aos meus leitores: DEPUTADO FEDERAL AMEAÇA PROCESSAR SHEILA MOURA

1 - Há uns 15 dias que ando buscando respostas sobre a atual Subsecretaria de Bem Estar Animal - SUBEM (ex SEPDA), embora esteja com a promessa de obtê-las. Menos mal, né? só espero que não demore.... Algumas questões:

28/05/2017

Como foi a Audiência Pública que abordou denúncias sobre a Fazenda Modelo - SUBEM - RJ

Leitores nos perguntaram se tinha notícias de como foi a audiência pública de sexta-feira sobre denúncias de maus-tratos na Fazenda Modelo na atual gestão da Prefeitura do Rio. Vou apenas reproduzir ao final postagens do facebook de algumas protetoras que nos deram a ideia do ocorrido. 

Achei muito esquisito este negócio de camiseta e faixa com o nome da subsecretária da SUBEM que foi lá dar satisfação das denúncias. 

Soube que foram convocados alunos de faculdade, protetoras, e até figurantes para representarem a "favor" da Subsecretária como se as tais acusações fossem pessoais.  Normalmente a gente vê este tipo de coisa em campanhas políticas e pelo que se tem conhecimento não é ela a candidata e sim dois de seus assessores (Tunico e Sandra Mara). Aliás, está tão descarado e imoral estas colocações politiqueiras pessoais que tem dado nojo... Por exemplo:

Em um vídeo da assessora Sandra Mara no facebook onde mostra a chegada dos containeres para castração em Bangu (seu reduto), ela se deixa trair e termina a gravação assim: "contem comigo". Se quiserem conferir, clique AQUI. Ou seja, nosso dinheiro está sendo usado para campanhas eleitorais? eu não consigo aceitar tamanha ilegalidade..... Pior que ela responde tranquilamente que a vitória é dela e ainda manda o povo que ela chama de fofoqueiros "enfiarem o dedo no.....". Confira
Outra coisa, esta assessora que deveria estar prestando serviços para os "bons e maus protetores" já que é paga com o dinheiro de ambos,  acha  lindo a exploração de cavalos.  É tão igual ou mais assustador quanto a notícia do outro assessor que exalta um prato de rabada... 
Será que estes "assessores" não respeitam a causa animal pela qual lutamos há tantos anos? isto é uma ofensa imperdoável, pelo menos p´ra mim que estou nesta praia há mais de 45 anos. TENHO TODA LEGITIMIDADE PARA ESCREVER O QUANTO NOSSOS ANIMAIS ESTÃO SENDO VILIPENDIADOS NESTA GESTÃO CRIVELA. Confira abaixo.


Recentemente (25/05), esta mesma assessora, por acaso, conheceu o CCZ do Rio de Janeiro que foi considerado o mais bonito e mais bem montado no Brasil quando reinaugurado em 2013. Noticiamos na época: Nosso CCZ é um espetáculo e melhor que tudo, FUNCIONA!!!!!!!. Pois bem, meio histérica e com um discurso populista fala em dois vídeos mostrando as dependências que "as pessoas estão enganadas com aquela unidade e que não é nada daquilo que falam". Ela descobriu isto depois de tantos anos metendo o pau no CCZ? Ela fala ainda totalmente histérica que lá é lindo, limpo e bem montado. Os vídeos estão AQUI E AQUI .

Só que ela não sabe que quem fez tudo aquilo foi o Dr. Fernando Ferreira, pessoa que ela fez questão de acusar de atos de improbidade que levou a SubSecretária a exonerá-lo (tenho vídeo) quando este lhe assessorava. Aliás, continuo aguardando a abertura do inquérito administrativo para que ele possa se defender de acusações idiotas como fizeram contra ele. 

Só vi pessoalmente o Dr. Fernando duas vezes nestes anos todos e quero completar que ele foi  exonerado em nome desta política nojenta e podre quando diretor do CCZ. Na SUBEM,  foi novamente vítima não da política, mas, da maledicência. Eu não gosto de injustiça, principalmente, contra um servidor que funcionou bem anos seguidos, inclusive como administrador durante 3 anos da Fazenda Modelo. No lugar dele entrou um atochado para dar água aos gatos do Campo de Santana enquanto, segundo denúncias, a Fazenda está no abandono. Recentemente, protetoras compraram dezenas de bacias para que os animais durmam nelas porque estavam dormindo no cimento frio..... Onde estão os palets?  Nojo.... nojo.... nojo.....

O que me leva a achar que vou ter outro AVC de tanto minha cabeça latejar é quando leio e releio o deboche em uma publicação (abaixo) dizendo que "acabaram os cargos políticos" nesta nova gestão Crivela. Perguntamos: como assim? e os dois principais assessores da SubSecretária que nunca tiveram nada  com a causa de proteção animal? 


Continuo achando que a Subsecretária está muito mal de assessoria. Por melhor intenção que ela tenha, todas estas ações que deveriam trazer satisfação para toda proteção do município, só estão trazendo muita antipatia sobre a pessoa dela já que permite que fatos deprimentes como este de "camiseta partidária" aconteçam. Esta história de estimular "protetores do bem" e "protetores do mal" é coisa mesmo de assustar. Afinal, a SUBEM está aí para atender protetores, independentes se são "do bem e do mal". Que horror...... Acho isto muito antiprofissional. Enfim, cada cabeça com sua sentença.....  

Agora, muita gente me telefonou contando lances da referida audiência que vou conferir no vídeo quando estiver à disposição. Mas, vou falar um:

- Miracildo, assessor da SubSecretária, parece que disse, em sua fala, que recebe pela SUBEM, mas, atua onde for necessário (?)... Como é que é? heeeiiin? E parece que foi elogiado por sua chefe pelo "bom trabalho" feito no Campo de Santana. Ele foi contratado, como já disse anteriormente, para dar água aos gatinhos, segundo informações de várias fontes. Pois bem, durante a audiência, D. Ione, uma mulher já idosa que zela por aqueles gatos há milênios, falou que ele havia atochado um monte de amigos na tal "coordenadoria do Campo" e que ela continuava com o mesmo desgaste de pedir ração para os animais e fazer o tratamento dos doentes. Daí ele chamou ela de mentirosa!!!! ishi.... que horror!!!!! pura falta de respeito e parece que até foi vaiado por esta atitude..... Que assessor, hein? A SubSecretária precisa de inimigos com este time de assessores?

Inegavelmente, este tipo de coisa não podemos culpar a SubSecretária já que Tunico, Sandra Mara e Miracildo, seus assessores, foram enfiados pela sua goela abaixo pelo prefeito Crivela. Então, realmente, ela só peca por permitir que seu trabalho seja usado para fins eleitoreiros e deixar que toda esta antipatia dos "maus protetores" (que absurdo!) recaia tão somente sobre ela. 

Eu penso que seus inimigos não são os ex-secretários da SEPDA como ela pensa, mas, sim seus atuais assessores. No seu lugar eu daria uma prensa no Crivela para que ele substituísse pessoas tão dispensáveis à um bom resultado, pois, do contrário será difícil levar adiante seus possíveis bons planos.

============
Patricia Ballard compartilhou a publicação de Bruna Franco.
QUE ABSURDO!!!!!! MEIA DÚZIA DE GATOS PINGADOS INTIMIDANDO OS VOLUNTÁRIOS QUE TÃO BEM CONHECEM A SITUAÇÃO DA FAZENDA MODELO E QUE FORAM RELATAR TUDO QUE ASSISTEM DIARIAMENTE!!!!!!! PARECE ATÉ COISA DE PETISTA! MEU REPÚDIO À ESSA GENTE E MEUS PARABÉNS A TODOS QUE COMPARECERAM, EM ESPECIAL À Bruna Franco E AO VEREADOR Luiz Carlos Ramos Filho!!!!!!

===========
Bruna Franco adicionou 3 novas fotos.
Amigos, hoje fomos a Audiência Pública na Câmara de Vereadores do RJ discutir sobre direitos dos animais, ou seja, sobre a subsecretaria.
Foi um vexame! Seus correligionários vestidos com camisas onde se lia: Dra Suzane Rizzo me representa" tentavam intimidar os protetores e ativistas. Gritos, calúnias, ofensas, deturpações, "olhares intimidadores" eram lançados sobre nós durante todo o tempo.
Estive junto com a Comissão da Câmara que averígua a situação dos animais na Fazenda Modelo. Pude fazer parte da vistoria realizada lá e apresentei hoje meu relatório em conjunto com as outras protetoras e ativistas ao Presidente da Câmara, Vereador Luiz Carlos Ramos Filho .
Gravíssimas denuncias foram entregues nos nossos relatórios, tudo com sua devida comprovação técnica, documental e testemunhal. Apesar de tudo Dra Rizzo me convidou a visitar a Fazenda Modelo alegando que eu nunca havia estado lá. 🤔
Assim que tivermos autorização soltaremos aqui pra vcs nosso relatório e vídeos de tudo o que encontramos lá.
Vcs ficarão tão consternados qnt nós, ou até mais.
Agradeço muito ao apoio que tivemos para superar mais esse obstaculo.
Muito obrigada a todos.

============



  • Quem quiser ler tudo que publicamos sobre a SUBEM, clique AQUI
  • Quem quiser ler tudo que publicamos sobre o CCZ/RJ, clique AQUI

23/06/2017

SUBEM, todo dia um flash... queimado, claro! Viva os protetores adestrados!

Palavra de honra, eu queria esquecer esta Secretaria de Bem Estar, a tal SUBEM que nem tem na sigla o "A" de animais....  Mas, a cada dia ela nos oferece um flash.... queimado e é impossível perder a oportunidade de comprovar nossa opinião, claro!!!! 

Reparem a incompetência até mesmo para fazer uma notinha mixuruca destas..... Sempre tive razão ao dizer que esta Subsecretária  tendo os assessores que tem não precisa de inimigo nenhum..... kakakakaka....

Fiz questão de printar com endereço para ninguém achar que estou mentindo.... "protetores adestrados"..... Acho que foi o inconsciente desta Subsecretaria que funcionou, ou seja, querem adestrar os protetores a ponto de fazê-los uns idiotas de plantão acreditando em tudo que é falado por lá..... kkkkkkkkk.... ô turma incompetente!!!!!!!!


Corrigiram o texto e, na verdade, só queriam dizer:
"A SUBEM informa que a nova forma de agendamento de castração para protetores cadastrados na SUBEM é através do WhatsApp 21 97029-3330. Este número é exclusivo para atendimento via WhatsApp, não sendo possível receber ligações. Atendimento exclusivo para protetores."

10/04/2017

Sobre formação de Conselho na SUBEM

Olha, para quem quiser acompanhar, planos existem.... Daí a concluir, só aguardando.  
---------------
Subsecretaria de Bem Estar Animal
Curtir esta página · 6 de abril 
 SUBEM inicia Conselho de Proteção Animal
A Subsecretaria de Bem Estar Animal (SUBEM) deu inicio nesta quarta-feira(06) ao Conselho de Proteção Animal, anunciado pela subsecretária, Suzane Rizzo. A reunião aconteceu no auditório do Centro Administrativo São Sebastião (CASS), na Cidade Nova, Centro da cidade. Médicos veterinários e protetores vindos de diversas regiões do Rio estiveram presentes. 

Além da fundação do conselho, assuntos relacionados ao bem estar dos animais e as problemáticas que envolvem abrigos e protetores também foram abordados durante a convenção. 

Na ocasião, também foi apresentado o programa que será implantado pela SUBEM, o BECA. Bem estar, educação, castração e adoção compõe o programa. Alguns objetivos que serão implantados daqui pra frente foram citados, são eles:

- O aumento do número de vagas para castração por protetor;

- Assistência social aos tutores de cães nos postos de castração, durante a espera do procedimento cirúrgico;

-Disponibilização gratuita de vacina antirrábica e Itraconazol ns mini centros de atendimento;

O desenvolvimento e implementação de um programa institucional (IPLANRIO) de marcação online de atendimento clínico e esterilização para protetores e população;

-Aperfeiçoamento da ouvidoria, com o suporte técnico de profissionais treinados e capacitados para fazer uma abordagem técnica, educacional e preventiva em relação às ocorrências atendidas.

- Exposição de Seminários que abordam temas ligados ao bem- estar, voltados para protetores, médicos veterinários e adotantes.

-Desenvolvimento de um programa de mapeamento das ocorrências de resgate e abandono de animais;

- Desenvolvimento e implantação de um programa online de lar temporário (IPLANRIO).

-Revisão e aperfeiçoamento das técnicas de esterilização;

- Revisão da localização dos mini-centros (prédios próprios da Prefeitura), entre outros assuntos.

-A subsecretária se mostrou bastante animada e disse que este é o primeiro de vários encontros. "Alguns protetores aqui eu já recebi pessoalmente e vamos continuar nos encontrando. Vamos dividir as reuniões por regiões e atender a todos", informou.

25/02/2017

Subsecretária da SUBEM publica Carta Aberta e manda mensagem no Whats app sobre castrações

1 - Numa tremenda conjunção astral, na mesma hora que publicávamos a postagem SEPDA X SUBEM: interesses e jogo político prevalecendo na causa animal - RJ a Subsecretária Suzane Rizzo colocava no Facebook da SUBEM uma  

"Carta Aberta aos Defensores da Causa Animal:
Comunicamos aos amigos, protetores e pessoas de Bem, que como nós verdadeiramente se importam com os animais, que estamos revendo procedimentos técnicos e operacionais em

25/04/2017

Esclarecimentos sobre assuntos da SUBEM... Haja paciência...



Pois bem, vou esclarecer. Recebo informações sobre a atuação da SUBEM e costumo apurar. Vamos à elas:

1 - no dia 10 de abril foi publicado este post no Facebook da referida Secretaria. Nele noticiava que foram operados 70 animais no sábado e 80 no domingo. 
Achei absurdo o número até porque no sábado, havia faltado luz na Fazenda Modelo até meio-dia, mais ou menos. Então como? Daí perguntei e fui informada sobre os números certos do mutirão: dia 8 foram 19 animais castrados e 17 voluntários... já no dia 9 foram 52 castrações e 14 voluntários. Fui informada que a postagem seria corrigida, mas, salvo meu Tico e Teco estarem  dormindo, não achei mais a mesma. Foi retirada?

2 - andei questionando como foi a seleção destes animais para este mutirão noticiado até pelo Prefeito Crivella que chama os postos de castração de abrigos. Não obtive uma resposta oficial, mas, ele atendeu a um reduto político de funcionário da SUBEM.

3 - desculpe, mas, o Crivella está querendo imitar o Prefeito Dória lá de Sampa e está ridículo. Agora inventou um bonequinho e aí mandou este vídeo no Facebook dele. Fala sério!!!! Continuo sentindo uma certa pena da Subsecretária Suzane porque não sei se percebe o quanto está sendo usada.

4 - tive informação que a apresentadora Xuxa Meneguel iria visitar a Fazenda Modelo acompanhada da esposa do Prefeito Crivella. Todo mundo quer ajudar, né? que bom!!!!! Vai ajudar nas adoções? legal!!!!! Mal sabem eles da péssima repercussão de uma outra visita da Xuxa a um abrigo particular aqui em Jacarepaguá em 2011. Foi um desespero geral porque o abandono foi sextuplicado naquele abrigo. Acho que muita gente da proteção aqui do Rio lembra:
Agora, eu lembro, também que,  no final do ano passado, o programa da Xuxa mandou a Nany fazer uma matéria lá. Achei ótima! Nanny People visita um local que cuida de animais abandonados no RJ . Não tenho informação se houve um bom aproveitamento.

5 - outra coisa que me questionaram foi sobre os famosos exames feitos na Fazenda Modelo dos animais lá abrigados. Daí recebi o resultado que ficou pronto em março. Pode ser lido CLICANDO AQUI. Só achei um numero pequeno diante da lotação do abrigo. Foram 57 cães e 42 gatos examinados. Aliás, aproveitando, creio que está demorando sair a estatística dos animais abrigados (entrada e adotados) naquela Fazenda, incluindo os óbitos, castrações, atendimentos e tudo mais cabível.

6 - Estava aqui matutando com os meus botões diante de todo esse cenário que estamos acompanhando no nosso pais e conclui o quanto a política podre é soberana em tudo. Relembrando o vídeo publicado pelo atual prefeito Crivella falando de mutirão de castração podemos comprovar o uso de pura politicagem na causa animal A ideia e iniciativa são ótimas, mas, faltou transparência, em todos os momentos. Ele anuncia o terceiro mutirão de castração de fim de semana da Fazenda Modelo e aqui ficamos pensando: de que forma isso acontece? Quem esta participando do processo? Quantos e quem são os profissionais envolvidos e os profissionais responsáveis? 

Ora bolas, a população não tem o direito de saber como se dá este processo? Convênio com Universidades? Excelente, mas, isso é oficial? Já foi assinado? Onde estão os termos? Falta transparência. Minimamente a população tem o direito de saber quem esta operando o seu animal, que experiência e qualificação o profissional possui, ou não? precisa saber se será ou não operado por estagiários, mesmo que acompanhados por professores. Isto seria um direito de escolha, ou não?

Até por que em caso de algum problema, que sabemos não é impossível, quem será o responsável, o veterinário que não é funcionário, nem terceirizado e nem conveniado? Alias fico me perguntando, isso é permitido? É permitido colocar profissionais estranhos aos quadros dentro de instalações públicas, para atender a população em nome da prefeitura sem as formalidades devidas? Onde estão estas formalidades? 

Extrapolando o raciocínio: Será que a Secretaria Municipal de Saúde fez a mesma coisa quando realizou aqueles mutirões de cirurgias de humanos logo no início do governo do Crivella? Será que foram chamados os amigos do secretário e fizeram o mesmo?  Pode um médico estranho aos quadros fazer cirurgias com equipamentos públicos em mutirão sem formalização ou até mesmo com? A população tem o direito de saber como isso está sendo conduzido. Falta, indiscutivelmente, transparência e informação. 

Tudo me parece assustador neste governo quando vemos um prefeito que prometeu usar somente quadro técnico, atochar pessoas comprometidas com uma politicagem podre, barata e nojenta nos quadros da SUBEM. Assusta sim, ouvir um prefeito falar que vai mandar vir uma certa argamassa dos EUA para blindar(?) as escolas que estão na linha de fogo da bandidagem das comunidades da nossa pobre cidade Rio de Janeiro. Não fosse um troço tão doido, a gente ainda fica sabendo que nunca houve tal encomenda no fabricante e que a chegada anunciada do material por navio, era uma balela. 

Estamos perdidos!!!!!! pensei em listar as desgraças vividas pelo Rio de Janeiro, mas, desisti.... Tá russo!!!!!

24/10/2017

SUBEM: serviços parados, gatos transferidos para o CCZ, veterinários sem pagamento - RJ

Ufa, que cansaço!!!! é tanta coisa que a gente fica derrubada...

No domingo foi divulgado nas redes sociais um banner mostrando uma gatinha que era do Campo de Santana e que foi para a Fazenda Modelo algum tempo atrás bem sadia. Só que que agora estaria com seu focinho todo comido por esporotricose e que não fora tratada devidamente.

22/03/2017

Respostas dos Ex-assessores da SUBEM sobre denúncia de funcionária daquele órgão


No último dia 20 do mês, fizemos a postagem: Assessores exonerados da SUBEM foram acusados de práticas inacreditáveis

Nela publicamos um vídeo com acusações sem comprovações e que nos pareceram somente com objetivo de desmoralizar e difamar dois profissionais que muito respeitamos e que, até então, sempre tiveram uma ficha limpa perante às suas funções. 

Não discutimos em hipótese nenhuma o direito de não serem mais necessários aos novos planos da SUBEM, mas, acusações sem comprovações, sem abertura de inquérito administrativo e sem direito de defesa, nos pareceu injusto.

Coincidência ou não, mas, com a saída do Dr. Fernando Ferreira, foi nomeado em seu lugar uma pessoa chamada Miracildo Ferreira da Silva que, segundo informações, é uma "pessoa que gosta de dar água aos gatos do Campo de Santana". Ganhar mais de 9 mil com tamanha referência não é para qualquer um, né mesmo? Tudo pode ser conferido  em Nomeações contraditórias do atual Prefeito do Rio, Marcelo Crivela. E viva a Crivelândia!!!!!!

Em nome da justiça que permeia nosso trabalho, aqui estão as Cartas Abertas dos profissionais acusados, aos quais agradeço pela confiança em autorizar a expô-las em nosso espaço:

=====================================

Fernando Ferreira
(20/03/17)

Boa noite a todos
Eu Fernando Ferreira decidi me pronunciar, pois entendo ser pertinente nesse momento visto que o assunto da minha saída da Subsecretaria de Bem Estar Animal ainda reverbera como pauta de algumas discussões, e como o Blog muito bem cita “tudo tem explicação” o que faz todo o sentido, assim já de cara devemos acreditar que assessora autora do vídeo tem sim todas as explicações e provas contundentes para o que divulga na mídia. Será?

Vamos fazer uma breve reflexão inicial: Por que essa necessidade de fazer postagens somente de seu rosto, sem nada mostrar, sem fatos, somente palavras? O vídeo talvez possa nos dar uma dica, logo no inicio é falado “Devo esse esclarecimento a todos os meus eleitores”.  Em seguida a expressão “voluntariamente” aparece na fala por cerca de cinco vezes, para que fique isso bem claro a todos. E onde estão os argumentos contundentes? Onde estão as provas? Eu como homem de princípios e servidor público que sou há mais de 23 anos nunca tive nenhuma anotação em minha ficha funcional ou em qualquer outro lugar.

Assim é publicada em redes sociais, uma lamentável denúncia que não merece prosperar, pois apresenta um conteúdo pobre, inventivo, que pode levar a erros de interpretações que gerem vantagens por falsos argumentos.

Se pararmos para pensar um pouco, um dos absurdos citados na fala está em "esconder material no almoxarifado que só ele tem a chave!". Pelo que entendo todo material de qualquer empresa deve ficar no almoxarifado, ou estou errado? Também acho que faz sentido que a chave do almoxarifado não seja de domínio público, afinal existe patrimônio guardado em seu interior.

Seguindo o raciocínio, entendo que se faz necessário descrever com maiores detalhes o que estaria supostamente escondido. Pequenas observações sobre os materiais como “tipo de coleira”, “tamanho das luvas”, “calibre das agulhas”, “data de validade” e etc. não foram considerados. Sem comentar que uma voluntária em uma área restrita é no mínimo diferente.

Também foi omitida a informações de que no serviço público o almoxarifado exige uma pessoa especifica responsável (que nunca fui eu), devidamente publicada em diário oficial e treinada. Todos os materiais existentes em qualquer almoxarifado da Prefeitura do Rio de Janeiro constam em programa informatizado especifico, onde somente o responsável tem acesso e qualquer movimentação é unicamente registrada por ele.

Regularmente tudo isso é auditado pelo Tribunal de Contras do Município, onde um relatório é emitido em processo administrativo, ou seja, muito simples de ser auditado e esclarecido!

Recomendo as pessoas que me conheceram, ou as que conhecem pessoas que sabem quem sou que volte um pouco no tempo, antes das coisas acontecerem e reflitam. Livre-se do rumo errado que criaram para vocês. Tudo é uma questão de praticar. Confiar é preciso, seguir em frente é necessário, dar à volta por cima é mais que natural. Sempre caminhei com coragem e com dignidade, sempre lutei pela melhoria da Fazenda modelo e acreditei que poderia fazer a diferença.

Na Fazenda Modelo, trabalhava todos os cinco dias da semana, cumpria horário, chegava cedo! Sempre com muita responsabilidade! Assim como sempre fiz em outros lugares. Acredito que algo bom, atrai algo de bom, simplesmente querer, querer e crer que tudo vai se concretizar. Trabalho muito!

Todos os que frequentam e trabalham na fazenda sabem, não sou de ficar parado esperando que a melhora venha ao meu encontro. Não criava expectativas, explorava o novo, buscava mudanças e tentava fazer com que essas coisas novas surpreendessem, e não decepcionassem.

Na vida temos escolhas do bem e do mal, somos capazes de perceber o que é bom, tenho certeza que aqui todos me entendem. Erros? Existem muitos, sempre falei isso abertamente, não só disse como fiz diversas comunicações formais sobre eles. Todos os dias as pessoas cometem erros, porque comigo seria diferente? Aprendo com eles e busco a superação sempre.

Falar continuamente de seus feitos e resultados não é sinônimo de competência e sim de insegurança. Quem sabe fazer apenas faz, os elogios e reconhecimento são consequências de um trabalho bem feito e de qualidade.

Agradeço aos que estiveram esse período comigo e compartilharam a esperança de transformar a Fazenda num local que fosse modelo de atenção integral à saúde dos animais, em especial, agradeço a confiança de muitos protetores de animais, grandes parcerias nesta luta.

Gostaria de oportunizar uma ultima reflexão. Não julgue sem saber. Não fale, sem conhecer. Não conquiste se não merecer, confiem no que vocês viram e presenciaram e não no que lhes foi falado! Sejam somente vocês!
Lembrando sempre que a maior tragédia social é o nosso próprio descaso.
Muito obrigado


=====================================

Alceu Cardoso
Rio de Janeiro, 21 de março de 2017.

“Tudo que for ilícito é crime, tem que ser apurado e punido, mentira tem pernas curtas, todavia cauda longa".
               Antes de acreditar em tudo que você lê, se pergunte: é isso mesmo, a fonte tem credibilidade?

               Em função dos recentes acontecimentos, amplamente divulgados nos meios midiáticos, envolvendo o meu nome e a minha capacidade profissional; diante das insanas, maldosas, caluniosas, descabidas e intencionais acusações que imputam a mim e, por conseguinte, aos demais servidores da extinta SEPDA (hoje SUBEM), decidi, por meio dessa carta aberta ao público, dirimir quaisquer dúvidas e me pronunciar acerca da realidade da dinâmica dos fatos.

Para iniciar, vale lembrar que em fevereiro de 2009, vocacionado, convidaram-me para integrar o quadro dos Médicos Veterinários da extinta SEPDA, que, de imenso grado, imediatamente assenti. Com sangue, suor, lágrimas, agressões (não só físicas, como ameaças a minha família ( vide os episódios de Paquetá, dentre outros), defendi o direito dos nossos amigos indefesos, regido pelo amor à minha profissão, dedicação aos animais e estrito critério ético, até dia 22 de fevereiro de 2017.

Na mudança da chefia do governo municipal, como a quase totalidade dos Cargos Comissionados, fui exonerado. Com a determinação, publicada no Diário oficial do Município, da nova gestão da Secretaria (agora reduzida ao status de Subsecretaria), a Subsecretária, Dra. Suzane Rizzo convidou-me para continuar o meu trabalho, sendo renomeado no dia.
               
Ocorre que, certo dia, a Dra. Suzane convocou-me para uma reunião, sem, no entanto inteirar-me do teor da mesma, junto com o Sr.Tunico de Souza, seu assessor, no seu gabinete, na sala 348, do CASS, ocasião na qual ambos convidaram-me para ocupar o cargo do colega Dr. Fernando Ferreira, na época, codificado como Assessor Especial 10-B, recém-exonerado. De pronto não aceitei, alegando que não concordava com as acusações imputadas ao colega,das quais sequer lhe deram o direito de defesa constitucional.
               
Não vislumbrei ali um aumento do status e sim um ato deliberadamente covarde, que feria mortalmente a Deontologia profissional!

A partir daí, certamente, um entrave fora criado, mas continuei desenvolvendo o meu trabalho. 
               
Passados pouquíssimos dias, em conversa com o Dr. Rodrigo Hanke, responsável pela Fazenda Modelo, tomei conhecimento de um acidente (de circunstâncias não esclarecidas) com uma égua idosa, que atendia pelo nome de “Vovó”, sendo que o mesmo concordou com o meu diagnóstico e a gravidade do caso e que certamente já resultava no sofrimento e padecimento do animal, pois o mesmo se encontrava em decúbito e, como havia previsto,do momento em que deitasse, não teria mais condições de se levantar.

No dia 18 de fevereiro de 2017, como de costume, fui a Fazenda Modelo e deparei-me com a égua em profundo sofrimento e pautado no meu juramento e consciência profissional, decidi abreviar o quadro em questão. Após o ato encaminhei uma correspondência eletrônica (vide anexo nº1) aos superiores, relatando o ocorrido.

No dia 20 de fevereiro de 2017, uma vez mais, estava na Fazenda Modelo, quando recebi uma chamada telefônica do Sr. Tunico de Souza informando-me que a Dra. Suzane requisitava a minha presença para uma reunião. Dirigi-me ao CASS e qual não foi a minha surpresa, quando, na presença dos dois (Sr. Tunico e Dra. Suzane), fui informado que estava exonerado do meu cargo, a partir daquele momento, em virtude da insatisfação de determinados segmentos da Proteção Animal, que sem quaisquer critérios técnicos, fizeram-me críticas severas, aceitas pela Subsecretária.
   
Sem dúvidas, entendo que, muito embora “ESTEJA” Subsecretária, antes de qualquer coisa, “É” Médica Veterinária, e professora de futuros colegas profissionais, portanto sabedora que a prerrogativa de um ato extremo com esse, é de decisão única e exclusiva de um profissional formado e capacitado, ainda mais em se tratando de um que dispendeu 36 anos de sua vida profissional na Hípica do Rio de Janeiro e em muitos Haras, nacional e internacional (tanto que foi qualificado pela Federação Equestre Internacional para ser Técnico do Anti-Doping, nas Olimpíadas, no Rio de Janeiro, em 2016).

Estes são os fatos!

Como disse certa feita, um governante:
“Não é o Governo quem paga os salários dos funcionários públicos. Ele apenas os transfere. Quem paga são os contribuintes!”
E hoje o fazem indignados por bancarem salários nababescos, de marajás, tão legais quanto imorais, sem retorno algum, na forma de serviços.

Quero aqui finalizar, afirmando que por ser um argumento tão fraco quanto risível, não posso, nem quero crer que inexistam outras circunstâncias de características bem mais profundas, que escapam ao meu conhecimento, porém que, mesmo não sendo apresentadas, não deveriam, de forma alguma, tentar denegrir uma imagem, que foi forjada a duras penas e sacrifícios ao longo de tantos anos, uma vez que não possuo anotação alguma em minha ficha funcional ou em qualquer outro lugar, que macule a minha vida, quer seja profissional ou pessoal.

A proteção Animal não precisa de aproveitadores e sim de pessoas que ame os animais!

Anexo nº1


26/09/2017

Rodeio aqui na cidade do Rio de Janeiro é cancelado

Não sei se já sabem, mas, o tal do Rio Rodeio Festival melou!!!!! Escrevemos em nossa postagem Rodeio no Rio de Janeiro? nunquinha, seus mequetrefes.... no dia 25 de agosto, o seguinte texto:
"Ontem, pela manhã, quase morri ao receber de várias fontes a informação sobre a possível realização de rodeio aqui na cidade do Rio de Janeiro. Fiz alguns contatos com

03/09/2017

Protetores tinham denunciado às autoridades a demolição de prédio cheio de gatos - Rio de Janeiro

Ontem pela manhã, a proteção animal do Rio de Janeiro meteu bronca contra uma empresa de demolição que soterrou vários gatos ao ignorarem as vidas que tinha ali.O fato foi denunciado desde quarta-feira, inclusive na Delegacia do Meio Ambiente, conforme informado no Facebook Gatinhos de São Francisco. Na verdade, foi uma tragédia anunciada.
-------------
RIO - A demolição de uma casa abandonada na Rua São Francisco Xavier, no Maracanã, na manhã deste sábado (2), gerou revolta entre moradores e protetores dos animais. Eles denunciam que no local viviam cerca de 30 gatos, e que os animais não foram retirados antes da derrubada do imóvel. Nesta sexta-feira, um grupo se reuniu em frente ao casarão para tentar impedir a ação com os animais ainda dentro. A polícia foi chamada e, de acordo com os manifestantes, os responsáveis pela obra se comprometeram que não voltariam ao local até a próxima segunda-feira. — Como eles ficaram de voltar na segunda-feira, acordei hoje cedo para ir ao Tribunal de Justiça em busca de uma liminar para impedir essa demolição. Nós tínhamos conseguido um abrigo para os animais, em Nova Iguaçu, mas eles nos pediram 30 dias para conseguir fazer os preparos para recebê-los. Bastava esperar esse tempo e todos seriam retirados — afirma a engenheira Alessandra Saraseno, uma das voluntárias que cuidavam dos animais.

Ela e outras pessoas estão em frente ao local, neste momento, tentando entrar para resgatar os animais, mas estão sendo impedidos. Alessandra é administradora de uma página no Facebook chamada "Gatinhos da São Francisco", que reúne voluntários da colônia de animais que vivia no local: — Cuidávamos dos gatos e já tínhamos conseguido castrar 17 dos 30 animais que viviam por lá. Não somos contra a demolição da casa, mas o que fizeram foi uma monstruosidade. Vamos lutar na justiça para que eles paguem por isso, sem sombra de dúvidas — disse a engenheira. Não há nenhuma placa informando o engenheiro e a empresa responsáveis pela obra no casarão.

— Estou aqui no local da demolição e não estão nos deixando entrar para resgatar os animais. Isso é um crime. Tem gatos lá dentro ferido, morto. Eles estão matando os gatos — afirmou Christiane Neri, responsável pela ONG Centro de Reabilitação Pata Amiga, acrescentando que está marcando para este domingo um abraço simbólico ao entorno do Maracanã, às 14h, contra os maus tratos aos bichinhos.

De acordo com o presidente da Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da OAB do Estado do Rio de Janeiro, Reynaldo Velloso, caso a ação seja confirmada, os autores da demolição responderão pelo crime de maus tratos aos animais com o agravante de morte. — Me informei de que foram feitos dois registros de ocorrência ontem na Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente denunciando maus tratos aos animais neste imóvel. Isso torna a situação ainda mais grave, pois os autores tinham pleno conhecimento de que havia seres vivos dentro da casa e mesmo assim a derrubaram — explica Velloso, ressaltando que a comissão irá se inteirar sobre a situação no local.

Procurada pela reportagem, a Subsecretaria de Bem Estar Animal (Subem) informou que não tem equipe de plantão aos finais de semana, e que enviará agentes ao local na segunda-feira para uma fiscalização.
Fonte: O Globo

=============
A presidente da ONG ANIDA, Dra. Andrea Lambert, que chegou lá no momento da demolição, foi negligenciada no atendimento. Vejam que absurdo a desconsideração com que ela  foi tratada ao tentar impedir que parassem com as máquinas:

Fotos da ONG ANIDA:






A DPMA foi acionada e o Inspetor Bruno levou o responsável da Obra (barbudo à direita) para a delegacia para depoimento:

Representantes da SUBEM estiveram no local

Com o decorrer do dia, graças as matérias que começaram a sair na mídia, chegaram bombeiros, batalhão florestal, e foi conseguido uma liminar para suspender a demolição:

Vejam o Facebook de Rendel Silva que publicou vários lives sobre os resgate dos gatinhos e que estava lá até a publicação desta postagem:
Muitos gatos mortos e outros presos nos escombros.
A empresa que cometeu esse crime foi a DEMOLIÇÕES ABC.
Pelo amor de Deus, compartilhem esse crime.
Uma das lives que foi ao ar às 20:00 hs, mais ou menos:
Foto publicada no Facebook Leandro Guarani

Video da equipe SUBEM que apareceu, também:

29/07/2017

Prefeitura do Rio realiza maratona de adoção de animais com ONGS, na Tijuca

Olha, eu quero é mais!!!! tomara que os animais sejam adotados e que haja uma supervisão após a adoção. A SUBEM, por dever de ofício, tem obrigação de acompanhar o pós adoção para evitar aqueles problemas que todos nós conhecemos, né mesmo? Boa sorte para toda bicharada!!!!!
-------------
No próximo dia 30 de julho a prefeitura do Rio, através da Subsecretaria de Bem Estar Animal (Subem) vai realizar uma grande maratona de adoção.

O evento vai contar com animais do abrigo público municipal e mais oito instituições que realizam trabalhos com animais abandonados. A maratona será no Clube Municipal da Tijuca, de 10h. às 15h. Cães e gatos, adultos e filhotes, vacinados, castrados e vermifugados vão estar disponíveis para dar e receber muito amor.

Na ocasião, também terá exposto um bazar com venda de produtos variados, além de sorteio de brindes e serviços para animais e humanos.Toda a renda arrecadada com a venda no bazar será revertida para a manutenção dos abrigos presentes.

Para adotar é necessário ser maior de 18 anos, levar os documentos pessoais, passar por uma entrevista com o departamento responsável e estar disposto a dar um lar para um peludo carente. A entrada é franca mas, a organização pede que cada pessoa leve um quilo de ração para cão ou gato, que será doada no final do evento para as associações participantes. Compareça e contribua mudando a vida de um animal!

Serviço: Maratona de adoção da Subem e ONGs
Data: 30 de julho, de 10h às 15h
Local: Clube Municipal da Tijuca - R. Hadock Lobo, 359, Tijuca

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪