Mostrando postagens classificadas por data para a consulta SUBEM. Classificar por relevância Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por data para a consulta SUBEM. Classificar por relevância Mostrar todas as postagens

24/10/2017

SUBEM: serviços parados, gatos transferidos para o CCZ, veterinários sem pagamento - RJ

Ufa, que cansaço!!!! é tanta coisa que a gente fica derrubada...

No domingo foi divulgado nas redes sociais um banner mostrando uma gatinha que era do Campo de Santana e que foi para a Fazenda Modelo algum tempo atrás bem sadia. Só que que agora estaria com seu focinho todo comido por esporotricose e que não fora tratada devidamente.

22/10/2017

A SUBEM está se encrencando cada vez mais e a Crivelândia vai de mal a pior!

Pois é.... Não sei o que será de nós!!!!! Ontem todos os jornais publicaram sobre os problemas da saúde do Município do Rio de Janeiro. Confiram. Nosso ex-prefeito, o DuduPaes, se mudou para o exterior quando passou o governo para o Crivella e curte sua vidinha como executivo. Confiram. Enquanto isto ficamos sofrendo a agonia de um dizer que o governo deixou dívidas enormes e o outro insinuar que falta

03/10/2017

Afinal, vai ter ou não rodeio aqui no Município do Rio de Janeiro?

ATUALIZAÇÃO às 09:15hs:
Pelo jeito nossa denúncia funcionou. Mas, a ameaça velada no tweets do evento continua. Vamos ver se no decorrer do dia resolvem a tirar....
----------------
Quando eu falo não é a toa!!! Este pessoal de rodeio não  é mole!!! Ontem o Fabiano Jacob mandou p´ra

30/09/2017

Criado o Grupo Técnico de Esporotricose no município do Rio de Janeiro

Foi criado na Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro uma Resolução instituindo um Grupo técnico para resoluções referente a questão de esporotricose. Protetores que lidam com tratamento de gatos doentes devem ficar cientes e acompanhar os trabalhos.
---------------
RESOLUÇÃO SMS Nº 3422 DE 28 DE SETEMBRO DE 2017

29/09/2017

Reconhecimento e agradecimento aos protetores voluntários da Fazenda Modelo - RJ

Para quem não sabe, o Município do Rio de Janeiro tinha uma secretaria de proteção animal (SEPDA) criada em 2001 que se tornou uma subsecretaria ligada a Secretaria da Casa Civil, na atual gestão do Prefeito Crivella. Devido a tal mudança passou a se chamar SUBEM. Na segunda gestão da SEPDA, a Fazenda Modelo passou a fazer parte desta secretaria e lá foram construídos vários canis e um enorme gatil para atender aos animais abandonados que não tivessem condições de adoção.

26/09/2017

Rodeio aqui na cidade do Rio de Janeiro é cancelado

Não sei se já sabem, mas, o tal do Rio Rodeio Festival melou!!!!! Escrevemos em nossa postagem Rodeio no Rio de Janeiro? nunquinha, seus mequetrefes.... no dia 25 de agosto, o seguinte texto:
"Ontem, pela manhã, quase morri ao receber de várias fontes a informação sobre a possível realização de rodeio aqui na cidade do Rio de Janeiro. Fiz alguns contatos com

23/09/2017

A Prefeitura do Rio continua fazendo.... o que todos já sabem....

Venho recebendo muitas informações a respeito da politicagem podre feita nos bastidores da Prefeitura do Rio que, ironicamente, chamo de Crivelândia. Temos um advogado em nossa cidade que, revoltado com tanta patifaria, mete bronca na justiça e tem sido um calo no pé do atual Prefeito, Marcelo Crivella, por contrariar seus desmandos. Ele presta um excelente serviço à sociedade mostrando o que todo cidadão deveria fazer. Pelo que me informaram, ontem mesmo soltou esta Nota:
=====
"Caros Amigos,
Hoje eu estou no Rock in Rio com o único objetivo de fotografar os camarotes da RioTur e da Prefeitura. Amanha pela manha vou entrar com uma ação judicial requerendo todos os contratos da Prefeitura com a organização do evento. Afinal, os cidadãos não esperam que o aumento do IPTU seja para pagar camarotes em festas privadas. 

09/09/2017

À todos meus grandes amigos, feliz Dia do Médico Veterinário

Meu abraço a todos os veterinários que cuidam da saúde dos nossos animais!!!!! Homenagem póstuma ao meu vet muito querido que tanto contribuiu  com a nossa ONG "Fala Bicho", Hugo Belo. Ele nos deixou faz um ano e ainda sentimos muitas saudades....

Hoje, meus bichos são tratados pelo igualmente querido e amado Veterinário Rogério Lobo, filho do grande veterinário Jorge Lobo que, desde a minha juventude, atendeu muitos bichos que eu socorria na rua, incluindo muitos frangos de macumba. Grande Lobo!!!!!
Dr. Rogério, hoje presidente da Anclivepa/RJ, tem se superado diariamente nos atendimentos curando centenas de animais que vão diariamente ao seu encontro. Olha ele com um dos seus "meigos" clientes!!!! Logo a seguir, atendendo a minha pequenina Florzinha.


Sobre os veterinários da Prefeitura do Rio de Janeiro que foram excepcionais comigo no passado abrindo o espaço para que realizássemos pioneiramente o Programa de Castração Gratuita no Brasil em 1995, destaco o meu queridíssimo Márcio Figueiredo e Rose Fernandes juntamente com Carlos Eduardo e Gilda. 


Dr. Márcio Figueredo (ex-diretor do IJV a quem devemos o início da castração no Rio)

Rosinéa Fernandes (querida Tia Rose - ex-diretora do IJV)

Dra. Gilda - chefe cirurgia IJV quando iniciamos as castrações

Dr. Carlos Eduardo (ex-chefe cirurgia e ex-diretor IJV)

Destaco, também,  os vets do CCZ na pessoa do Dr. Fernando Ferreira, recentemente injustiçado durante sua passagem pela SUBEM, por seu excepcional trabalho ao transformar aquela Unidade no CCZ mais bonito e funcional do país. Confiram.


Queria mandar, por último, um beijo especialíssimo àquela turma excepcional da SUIPA na pessoa do Dr. João Wassita que nos deixa ver nos vídeos abaixo o quanto é dedicado a salvar nossos amados animais. Lembram do caso do São Francisco de Assis, o cachorrinho jogado na lixeira na porta da SUIPA? Vejam, então.....


07/09/2017

Resgate de gatinho soterrado e instalação de placas educativas - Maracanã

Não sei quem deu a ideia, mas, tem todo meu apoio. Educar é a única saída para mudar o respeito pela vida animal. Trabalho para isto há mais de 45 anos.
--------------
Placas colocadas no Maracanã pedem respeito aos animais
Placas que pedem respeito aos animais tomou conta do Maracanã, zona norte do RIo, na manhã desta quarta-feira (6). A campanha tem como objetivo mostrar que abandonar e maltratar animais é crime. A iniciativa surgiu depois que a ONG Centro de Reabilitação Pata Amiga denunciou que gatos estavam sendo mortos de forma brutal nos arredores do estádio.


Aproveitando, vejam estes vídeos do resgate de um gatinho, ontem, lá do prédio que foi demolido no bairro do Maracanã soterrando dezenas de gatinhos. Saiba mais nossas postagens ao final:



Postagens a respeito sobre resgate dos gatos vítimas da demolição de prédio no Maracanã:

Postagens a respeito da matança de gatos no Estádio do Maracanã:
===========
IMPORTANTE (publicado no Facebook)
12 h · 
Nos dois últimos dias, saí da casa que pertence ao INSS da rua Francisco Xavier após meia noite. A casa foi demolida com gatos dentro. Já foram retirados mais de 50 gatos vivos. Embaixo da casa há uma espécie de porão. Este parece ser dividido em 4. Após abrirem um buraco no piso da casa dando acesso a um dos espaços do porão, foram encontrados mais de 10 gatos ainda vivos. Existe a possibilidade que outro espaço ainda tenha gatos vivos. 
Ontem, abrimos espaço no entulho para tentar abrir um acesso ao espaço do porão que fica ao lado do que já está aberto, mas só encontramos terra. Parte está comprometida, mas queremos acreditar que o não tenha comprometido todo.
No vídeo, eu estava procurando uma prova de que poderia haver algum gato dentro dos escombros que tivesse vivo, uma gatinha aparece saindo de escombros. Certamente, ela não estava presa, estava apenas se escondendo. Porém, se ela entra e sai de uma determinada área, pode ser que hajam áreas com gatos que não estão conseguindo sair. O grande problema é se tem ar para respirarem e se estão contundidos.
Quanto a alimentação e hidratação, está lotado de baratas. Para o gato elas fornecem alimento e hidratação porque são compostas de 70% de água. É nojento, mas é a sobrevivência.
A retirada dos entulhos devem ser feitas com cuidado e o mais rápido possível. Acredito que deva ser manual com maquinário apenas para as pedras muito grandes. Um mutirão para retirar o entulho com pelo menos 50 pessoas se alternando em grupos porque não podem ficar muitas pessoas. 
Sete de setembro, quinta-feira, amanhã, é feriado. Seria um dia perfeito para executar o mutirão.
Agora temos que agir. Por favor, compartilhe para que todos saibam o que está acontecendo.

06/09/2017

Após denúncia de morte de gatos, protetores dos animais terão livre acesso ao Maracanã

O caso de crueldade contra gatinhos no Estádio do Maracanã recebeu um grande apoio, em especial da classe de artistas amantes dos animais. Publicamos aqui: Artistas e defensores de animais denunciam matança de gatos dentro do Complexo do Maracanã

Esta denúncia (com vídeo e fotos) foi feita no último dia 30 de agosto pela mesma ONG que está envolvida diretamente no resgate dos gatinhos vítimas da demolição do prédio do INSS que fica no mesmo bairro ocorrida no dia 02/09/17. O nome da ONG é Centro de Reabilitação Pata Amiga citado na própria matéria.

Pois bem, para correção do devido mérito, no dia 01/09, esta ONG publicou a postagem abaixo provando que esteve com a direção do Estádio do Maracanã no dia 01 de setembro e que tinha sido acertado, neste encontro, o que foi publicado na matéria do Jornal O Globo do dia 05/09/17(ontem), dando a ideia de que tudo teria sido resolvido pela SUBEM:

Facebook de Randel Silva adicionou 29 novas fotos  
1 de setembro às 14:42 ·
Reunião com o Diretor do Maracanã.
Fomos eu, Chris e Jackson. Combinamos de eles liberarem acesso para 3 protetoras entrarem para alimentar os gatos lá dentro. Acabou isso de elas terem que alimentar pelas frestas da grade. O Diretor e sua equipe do Maracanã se colocaram a disposição para ajudar. Alinhamos várias coisas e nos reuniremos novamente semana que vem. Eles explicaram que o local que os gatos estão sendo mortos é da SUDERJ que é do Governo. Agora temos que cobrar também da SUDERJ, porém já apareceram gatos mortos na parte do Maracanã também. Essa história é longa e ainda temos um longo caminho. Vamos continuar de olho. Semana que vem teremos uma nova reunião. O criminoso continua lá, não podemos parar. Encontramos dois corpos de gatos hoje durante nossa reunião. A luta continua.. Temos que pegar esse criminoso.

Confiram, então, a reportagem do Jornal O Gobo:
-------------- 
Consórcio credenciará três voluntários e agente da subsecretaria municipal de Bem estar animal do Rio

RIO - Depois do protesto de artistas e defensores dos animais nas redes sociais contra maus-tratos e a suposta matança de gatos que vivem no Complexo do Maracanã, na Zona Norte do Rio, a Subsecretaria de Bem Estar Animal firmou em reunião, na manhã desta segunda-feira, um acordo com a diretoria e a segurança do complexo. Agora, três protetores de ONGs defensoras dos animais e um agente da subsecretaria serão credenciados para ter livre acesso à área, 24 horas por dia. Até então, os voluntários e os membros da subsecretaria não podiam entrar no local.

A subsecretária de promoção e defesa dos animais, Suzane Rizzo, contou que além do credenciamento, o consórcio se comprometeu a posicionar as câmeras da área de forma estratégica para cobrir melhor a região. Foi sugerido ainda uma renovação na equipe de segurança.

Após a reunião, Suzane ressaltou a importância da fiscalização: — A gente tem, primeiramente, que garantir os direitos dos animais, mas também queremos manter a boa imagem do Maracanã, que é um patrimônio nacional.

Segundo relatos, desde a sexta-feira, 25 de agosto, aconteceu uma suposta matança de gatos dentro complexo. Pelo menos três felinos foram encontrados mortos na área. Desde 2010, segundo testemunhas, animais têm sido encontrados mortos dentro do Maracanã. O último caso aconteceu em março do ano passado, quando equipes da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente e da Secretaria de Promoção e Defesa dos Animais do município fizeram uma diligência no local e encontraram ossadas de animais.

FONTE: oglobo

05/09/2017

Notícias do resgate dos gatinhos soterrados depois de uma demolição de prédio no Rio

Faz tempo que eu não me emocionava com a proteção animal aqui do Rio. Ontem, à noite, minha garganta fechou e senti vontade de chorar. Eu que achava que este esprit de corps estava abalado na minha cidade, me enganei. Ao ver este vídeo no Facebook do Randel Silva que com sua Cris está a frente do resgate dos gatinhos vítimas de soterramento de uma demolição feita em um prédio do INSS, senti meu espírito revigorado. O interesse e o conjunto de atendimentos estão possibilitando o resgate de vários gatinhos que ainda se encontram presos no porão do referido prédio. Sugiro que vejam o vídeo que nos trás informações preciosas, vitoriosas e muito satisfatórias. Na verdade, nunca tinha visto uma decisão judicial parecida..... Isto está sendo muito bom.....

Facebook do Randel Silva.
👆👆👆👆VENCEMOSSS 👆👆👆👆
Saiu a decisão judicial. Podemos ficar no terreno fazendo os resgates por tempo indeterminado.
É uma grande vitória de toda causa animal. 
Confiram aqui a decisão judicial.
==========
Segundo moradores, mais de 50 gatos viviam no local e apenas 35 foram resgatados. Na semana passada também houve denúncia de que gatos estavam sendo torturados e mortos na região.

A polícia está investigando a demolição de uma casa abandonada com diversos gatos dentro no Maracanã, na Zona Norte do Rio. Em poucos dias, é o segundo caso que provoca indignação na região. No fim da semana passada, houve uma denúncia de que gatos estavam sendo torturados e mortos no interior do complexo do Maracanã. Artistas chegaram a fazer uma campanha na internet contra as mortes dos animais.

O prédio demolido é do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) e quando os moradores souberam que ele seria demolido avisaram para a empresa que havia muitos gatos no local e pediram que a empresa aguardasse um pouco para que os gatos fossem retirados. De acordo com os moradores, os responsáveis pela empresa fizeram um acordo verbal e disse que retornaria nesta segunda (4) para realizar a demolição.

No entanto, no sábado (2) o prédio começou a ser demolido e não houve tempo para as pessoas retirarem os animais. No sábado mesmo os moradores conseguiram resgatar uma parte dos animais, totalizando 35 gatos. Desses, 21 estão recebendo tratamento em clínicas veterinárias e serão levados para ONGs para serem colocados para adoção. Segundo os moradores, cerca de 50 gatos viviam no local.
“A gente tem certeza que aconteceu um crime aqui. Não poderia ter sido feito dessa forma, nós entramos num acordo que segunda-feira os resgatistas viriam tirar os animais com os protetores. Segunda-feira a secretaria viria verificar se não teria nenhum animal e, assim, fazer a demolição. Nós fomos surpreendidos com a notícia”, afirmou Sezane Rizzo, subsecretária Municipal de Bem-estar Animal, destacando só foi possível salvar um número razoável de animais porque, apesar da surpresa, os resgatistas foram rápidos.

Na sexta-feira (1), após a denúncia de que gatos estariam sendo torturados e mortos no Maracanã, alguns artistas começaram uma campanha nas redes sociais pedindo o fim dessa violência e postaram fotos com a hashtag "SOS Gatos Maracanã". Entre os atores que se manifestaram contra a crueldade contra os animais estão: Heloísa Périssé, Evandro Mesquita e Betty Goffmann. "Tem um monstro matando de forma cruel os gatos do Maracanã", criticou Heloisa.

============
Nossas postagens a respeito:
Ativistas fazem força-tarefa para recolher gatos em imóvel demolido - RJ
Nojo: Assessora da SUBEM usa resgate de gatos em proveito político
Protetores tinham denunciado às autoridades a demolição de prédio cheio de gatos - Rio de Janeiro

04/09/2017

Ativistas fazem força-tarefa para recolher gatos em imóvel demolido - RJ

Os resgatistas estão apostando que ainda tem mais animais.... Jesus amado... o problema maior é que são ferais e aí complica o recolhimento..... Agora, esta empresa de demolição está ferrada p´ro resto da sua existência.....
-------------- 
Neste domingo, até as 17h, cinco gatos haviam sido resgatados com vida
Bombeiros auxiliam no trabalho de resgate dos animais  

RIO — Ativistas de dois grupos de protetores de animais, com a ajuda de voluntários das zonas Norte e Oeste da cidade e de Niterói, fazem neste domingo uma força-tarefa para recolher gatos do imóvel que foi demolido na manhã de sábado, no bairro Maracanã, na Zona Norte do Rio. Até o fim da tarde, 21 tinham sido resgatados dos escombros e, após receberem atendimento veterinário, foram levados para um outro imóvel do bairro. Pelo menos um gato foi encontrado morto. O trabalho conta com cerca de 30 pessoas, que chegaram ao local às 7h30m deste domingo.

Segundo a administradora Ana Cláudia Arêas, de 40 anos, do grupo Gatos da São Francisco, o trabalho é realizado mesmo sem a autorização para entrar no imóvel. 
— Estamos usando gatoeiras. Ontem, foram resgatados 16 gatos com vida — ressalta Ana Cláudia.

Só estão autorizados a entrar no imóvel para fazer o resgate agentes públicos em serviço e pessoas ligadas à ONG Pata Amiga, de acordo com uma liminar expedida sábado à noite pelo advogado Reynaldo Velloso, presidente da Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da OAB-RJ. A liminar também suspendeu por tempo indeterminadoa continuidade de obra.

De acordo com Velloso, os autores da demolição poderão responder pelo crime de maus tratos aos animais com o agravante de morte. 
— Me informei de que foram feitos dois registros de ocorrência na Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente denunciando maus tratos aos animais neste imóvel. Isso torna a situação ainda mais grave, pois os autores tinham pleno conhecimento de que havia seres vivos dentro da casa e mesmo assim a derrubaram — explica ele

Os gatos recolhidos estão sendo levados para um imóvel do Grupo Bem Animal, na Tijuca. De acordo com a integrante Ivanise Lopes, eles receberão atendimento veterinário e depois serão enviados à lares de animais

— Já fechamos com oito lares. Quem quiser continuar nos ajudando, basta entrar em contato conosco pelo facebook.

Pessoas de diversos bairros como Realengo, Catete e também de Niterói seguem no local. De acordo com elas, o grupo não tem hora para encerrar o trabalho. Randall Silva, membro da ONG, que está ajudando, diz que há ainda animais vivos no local.

— Agora é um jogo de paciência. Os que estão embaixo dos escombros com certeza estão sem vida. Mas muitos estão em cima de árvores e dos telhados, assustados com tudo isso. Então, estamos tendo que botar armadilhas para pegá-los com calma. Pois se formos correr atrás deles, não iremos conseguir, porque são muito ariscos - diz ele, que comemorou a expedição da liminar — Agora teremos mais tempo.

Moradora de Realengo, Amanda de Oliveira, que doou rações, classifica como covardia a demolição e reclama do abandono dos animais pelo poder público:

— Fiquei sabendo pelo facebook. Então vim aqui fazer minha parte.É inadmissível essa covardia. Nós, seres humanos, estamos abandonados pelo poder público, e o mesmo acontece com os animais.

A polêmica começou na sexta-feira quando moradores do entorno, que costumavam alimentar os gatos, denunciaram a demolição de parte do prédio, com os animais dentro do local. Os responsáveis pela obra então afirmaram que voltariam na segunda, para dar tempo dos animais serem retirados. No entanto, no sábado de manhã, houve a demolição do resto do prédio, o que causou a indignação e a comoção por parte dos ativistas.

Fonte: O Globo
==========
Nossas publicações a respeito:

03/09/2017

Nojo: Assessora da SUBEM usa resgate de gatos em proveito político

Não fosse eu, Sheila Moura, ficaria calada. Mas, quem me conhece sabe que nunca compactuei com nenhuma injustiça nem aceitei ficar calada diante de situações que podem parecer mau-caratismo.

Já citei aqui no blog e vou falar a frase que sempre repito para a atual SubSecretária da SUBEM: "Com os assessores que você tem, não precisa de inimigos". E ontem, mais um vez, houve demonstração do quanto estou correta. Fiquei de estomago embrulhado.

Com referência a tragédia de ontem quando uma firma demoliu um prédio abandonado soterrando os gatinhos que lá moravam  e que publicamos hoje pela manhã, informo que a cronologia dos fatos foi, mais ou menos, assim:

Os protetores chegaram no prédio por volta de 10:30hs e, sem conseguir entrar no local para retirar os sobreviventes, chamaram a polícia (DPMA) que, ao chegar, garantiu a entrada do protetor Rendel que iniciou os trabalhos. Por volta de 16hs, outro protetor (Marcos Ferreira) foi ajuda-lo até a madrugada de hoje. 

O Pres. da Comissão de Proteção Animal da OAB foi chamado e chegou lá por volta de 13:30 e daí foi para a justiça conseguindo uma liminar para suspensão das obras até que todos os gatos fossem resgatados.

Pelo que apuramos, por volta de 14:00hs, apareceram dois veterinários da SUBEM que também, foram impedidos de entrar no local. Daí, ao comunicarem com a chefia, todos resolveram a ir para lá, chegando por volta de 17:30 segundo registro dos vídeos lives postados. Mas, a esta altura, vários jornalistas já tinham estado no local e divulgado seu material na imprensa.

No empenho de atrair todo o mérito da retirada dos gatinhos vítimas da demolição de um prédio abandonado aqui no Rio de Janeiro, uma das assessoras da SUBEM, fez alguns vídeos ao vivo falando mentiras.... MENTIRAS.... sobre o que ocorria no local. 

Uma delas, aliás a que mais me revoltou, foi a de usar até a ambulância deste protetor para tirar fotos como se fosse da SUBEM. Veja:

Durante toda ação, os vídeos eram feitos por esta assessora ignorando a presença do Randel e Marcos lá no meio dos escombros e sendo falado como se a "equipe" SUBEM é que estava atuando. Aliás, gostaria de saber o nome de todos as pessoas usando "colete" da subsecretaria dando parecer que havia muita gente nesta tal "equipe" que só atuou na calçada, segundo mostrado nos vídeos. Sinceramente, me pareceu figuração. 

Na verdade, eu ouvi e vi a SubSecretária dizendo que ficaria ali com seus veterinários para prestar socorro a todos os animais, embora, avisando que eles estariam indo para uma clínica próxima no caso de uma avaliação melhor. A atuação da SUBEM não teria sido considerada ruim não fosse o NOJENTO APROVEITAMENTO POLÍTICO realizado por esta assessora com suas deslavadas MENTIRAS. 

Olha o nojo desta informação no seu Facebook:
Hoje, depois do Rendel falar sua versão dos fatos comprovada nos vídeos ao vivo publicados na sua página,  esta assessora modificou os textos em seu Facebook dizendo que este protetor havia "ajudado" a SUBEM resgatar os animais. Pô, ele não ajudou, ele resgatou.

Apurei, ainda agora, algumas informações:
- o protetor Randel já está agora no local tentando achar mais algum gatinho soterrado.
- os gatos resgatados estão divididos com as protetoras que tomavam conta deles
- a segunda equipe de bombeiros que chegou no final da tarde facilitou o trabalho do Randel e do Marcos, desobstruindo  locais para que ele chegasse. A primeira equipe chamada logo cedo disse que não tinha nada a ver com isto e foi embora.

Fontes para obtenção de uma avaliação mais profunda:
Facebook do protetor Randel Silva onde sua esposa Cris, fez uma boa cobertura nos informando corretamente o que acontecia no local com transmissões ao vivo. Chamo atenção para esta postagem AQUI onde ele esclarece tudo e com informações importantes dos dois lados da questão do atendimento ao caso.

Outra informação que dá ideia errônea que a ação foi feita pela SUBEM foi a explicação de uma outra assessora que diz que os protetores eram de uma prestadora de serviços da Prefeitura. Que eu saiba, não são. Fica aberto o espaço para a devida comprovação.

link
Finalizando, gostaria de dizer que a argumentação da SubSecretária sobre a falta de qualidade de seus assessores (e é verdade) é que foram "atochados" pelo Prefeito Crivella, chefe mor da "crivelandia". Realmente, aí fica difícil né?
=========

ATUALIZANDO:
Vídeo (sem audio) de gatinho que estava preso nos escombros e que foi resgatado por volta de 16:30:

Protetores tinham denunciado às autoridades a demolição de prédio cheio de gatos - Rio de Janeiro

Ontem pela manhã, a proteção animal do Rio de Janeiro meteu bronca contra uma empresa de demolição que soterrou vários gatos ao ignorarem as vidas que tinha ali.O fato foi denunciado desde quarta-feira, inclusive na Delegacia do Meio Ambiente, conforme informado no Facebook Gatinhos de São Francisco. Na verdade, foi uma tragédia anunciada.
-------------
RIO - A demolição de uma casa abandonada na Rua São Francisco Xavier, no Maracanã, na manhã deste sábado (2), gerou revolta entre moradores e protetores dos animais. Eles denunciam que no local viviam cerca de 30 gatos, e que os animais não foram retirados antes da derrubada do imóvel. Nesta sexta-feira, um grupo se reuniu em frente ao casarão para tentar impedir a ação com os animais ainda dentro. A polícia foi chamada e, de acordo com os manifestantes, os responsáveis pela obra se comprometeram que não voltariam ao local até a próxima segunda-feira. — Como eles ficaram de voltar na segunda-feira, acordei hoje cedo para ir ao Tribunal de Justiça em busca de uma liminar para impedir essa demolição. Nós tínhamos conseguido um abrigo para os animais, em Nova Iguaçu, mas eles nos pediram 30 dias para conseguir fazer os preparos para recebê-los. Bastava esperar esse tempo e todos seriam retirados — afirma a engenheira Alessandra Saraseno, uma das voluntárias que cuidavam dos animais.

Ela e outras pessoas estão em frente ao local, neste momento, tentando entrar para resgatar os animais, mas estão sendo impedidos. Alessandra é administradora de uma página no Facebook chamada "Gatinhos da São Francisco", que reúne voluntários da colônia de animais que vivia no local: — Cuidávamos dos gatos e já tínhamos conseguido castrar 17 dos 30 animais que viviam por lá. Não somos contra a demolição da casa, mas o que fizeram foi uma monstruosidade. Vamos lutar na justiça para que eles paguem por isso, sem sombra de dúvidas — disse a engenheira. Não há nenhuma placa informando o engenheiro e a empresa responsáveis pela obra no casarão.

— Estou aqui no local da demolição e não estão nos deixando entrar para resgatar os animais. Isso é um crime. Tem gatos lá dentro ferido, morto. Eles estão matando os gatos — afirmou Christiane Neri, responsável pela ONG Centro de Reabilitação Pata Amiga, acrescentando que está marcando para este domingo um abraço simbólico ao entorno do Maracanã, às 14h, contra os maus tratos aos bichinhos.

De acordo com o presidente da Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da OAB do Estado do Rio de Janeiro, Reynaldo Velloso, caso a ação seja confirmada, os autores da demolição responderão pelo crime de maus tratos aos animais com o agravante de morte. — Me informei de que foram feitos dois registros de ocorrência ontem na Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente denunciando maus tratos aos animais neste imóvel. Isso torna a situação ainda mais grave, pois os autores tinham pleno conhecimento de que havia seres vivos dentro da casa e mesmo assim a derrubaram — explica Velloso, ressaltando que a comissão irá se inteirar sobre a situação no local.

Procurada pela reportagem, a Subsecretaria de Bem Estar Animal (Subem) informou que não tem equipe de plantão aos finais de semana, e que enviará agentes ao local na segunda-feira para uma fiscalização.
Fonte: O Globo

=============
A presidente da ONG ANIDA, Dra. Andrea Lambert, que chegou lá no momento da demolição, foi negligenciada no atendimento. Vejam que absurdo a desconsideração com que ela  foi tratada ao tentar impedir que parassem com as máquinas:

Fotos da ONG ANIDA:






A DPMA foi acionada e o Inspetor Bruno levou o responsável da Obra (barbudo à direita) para a delegacia para depoimento:

Representantes da SUBEM estiveram no local

Com o decorrer do dia, graças as matérias que começaram a sair na mídia, chegaram bombeiros, batalhão florestal, e foi conseguido uma liminar para suspender a demolição:

Vejam o Facebook de Rendel Silva que publicou vários lives sobre os resgate dos gatinhos e que estava lá até a publicação desta postagem:
Muitos gatos mortos e outros presos nos escombros.
A empresa que cometeu esse crime foi a DEMOLIÇÕES ABC.
Pelo amor de Deus, compartilhem esse crime.
Uma das lives que foi ao ar às 20:00 hs, mais ou menos:
Foto publicada no Facebook Leandro Guarani

Video da equipe SUBEM que apareceu, também:

25/08/2017

Rodeio no Rio de Janeiro? nunquinha, seus mequetrefes....

Ontem, pela manhã, quase morri ao receber de várias fontes a informação sobre a possível realização de rodeio aqui na cidade do Rio de Janeiro. Fiz alguns contatos com colegas da causa e pedi informação a atual SubSecretária da SUBEM que me respondeu que, tanto ela quanto a Dra. Marcia Rolim, Superintendente da Vigilância Sanitária, estariam já consultando os canais jurídicos para cancelar esta patifaria. Aqui no Rio não, seus manés!!!!


O evento está sendo produzido por esta 2MW Produções e Eventos e tudo pode ser conferido no site do chamado "Rio Rodeio Festival" . A companhia de rodeios é Cia de Rodeio Falcão.


Agora, caiam duros!!!!!! Um vereador chamado Italo Ciba aqui da nossa cidade, está "APOIANDO" o evento. Falei com sua assessora de imprensa e ela ficou de conversar com ele para me dar uma entrevista para entendermos como ele apoia o crime contra animais. O Fecebook dele é este caso queiram perguntar também. Minha conversa com ela pode ser ouvida abaixo:


Os caras são tão atrevidos que, mesmo sem a devida licença, estão vendendo os ingressos.... Olha só:




Para quem não sabe, existe uma lei específica sobre o assunto feita pelo falecido Claudio Cavalcanti e se esta gentalha está achando que aquela tal PEC vai valer aqui, estão enganados:
LEI N.º 3.879 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2004
Proíbe a realização de rodeios, touradas ou eventos similares no Município do Rio de Janeiro.
Autor: Vereador Cláudio Cavalcanti
O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, faço saber que a Câmara Municipal decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
Art. 1.º Fica proibida, em todo o Município, a realização de rodeios, touradas ou eventos  similares que envolvam maus tratos e crueldades de animais.
Parágrafo único. Excetua-se do disposto neste artigo, exposições de animais, provas hípicas, utilização de animais em procissões religiosas e desfiles cívicos e/ou militares.
Art. 2.º As despesas com a execução desta Lei correrão por conta de dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário .
Art. 3.º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Cesar Maia

19/08/2017

Deputado agride verbalmente e quase fisicamente uma protetora por conta de denuncias contra a SUBEM

Lamentavelmente, sou obrigada a registrar o comportamento do Deputado Paulo Ramos, contra a protetora Raquel que atua no Rio de Janeiro. Todos sabem que protetores lutam pelos animais no seu estado emocional no máximo. Agora, mesmo supondo que esta protetora estivesse totalmente sem razão, não me parece cabível o descontrole do referido deputado que ontem esteve na Fazenda Modelo, juntamente com o Deputado Carlos Osório, para uma visita devido as denúncias que estão sendo apresentadas contra a atual gestão da SUBEM. Ambos deputados são da Comissão de Proteção Animal da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro.

Transcrevo a ação publicada em um Facebook:
"Hoje teve vistoria na fazenda modelo da Comissão dos Direitos dos Animais da ALERJ.
Pois bem! Vou resumir bem objetivo.
O circo amardo entre confusões e discussões devido a Fazenda maquiar para esconder o caos e irregularidades e proibir os protetores de acompanharem a vistoria. A protetora Raquel Barreto, fala que não participará daquele "CIRCO", eis que o Deputado Estadual Paulo Ramos, em um ato enlouquecido e histérico, resolve de forma truculenta e agressiva começar a gritar com a protetora que resolveu junto com outras protetoras não endossar as irregularidades da Fazenda Modelo, foi quando no auge do seu destempero totalmente desequilibrado e aos GRITOS, o DEPUTADO bate na mão da protetora ao ponto de derrubar o celular dela. Será que o deputado faria isso com um Protetor HOMEM e sem se prevalecer do cargo de "OTORIDADE"?

Transcrevo ainda, as palavras de uma das protetoras que lá estiveram:
"Vistoria na Fazenda vira mera visita. 
Afinal, apos a discussão intempestiva movida aos berros do deputado do PSOL, o mesmo confessou que era uma mera "visita" e disse pra quem quisesse ouvir que era " amigo de infância " do chefe de gabinete Tonico. 
A verdade é que não queriam de jeito algum que as protetoras críticas ao governo estragassem o roteiro planejado para os visitantes, evitando os locais onde seriam facilmente constatáveis a sujeira e o desleixo.  A discussão para afugentar e intimidar as protetoras foi um mero detalhe"

As tais denúncias sobre a atual gestão da SUBEM são de que funcionários (de tratadores à veterinários) estão trabalhando como voluntários porque não há mais contratos para manutenção e administração daquela fazenda e dos 10 postos de atendimento para castração; que existe uma mortalidade excessiva de animais abrigados na Fazenda Modelo; que as castrações pararam em função do fim do material cirúrgico para tal; que não existe medicamento para tratamento dos animais da fazenda; e outras mais.

A atual direção da SUBEM tem respondido as questões e alega, principalmente, a falta de dinheiro que o prefeito, aliás,  resolveu a liberar recentemente. Confere:

 

Aliás, pelo jeito que liberaram o crédito suplementar, a Sub-Secretaria de Bem Estar Animal - SUBEM,  ainda não tem seu código já que tal verba saiu  através do Gabinete do Prefeito para o FUNPREVI. Gente, a Crivelandia, vai de mal a pior. Sabe o que é FUNPREVI? olha aí e me digam o que tem a ver.....

Minha opinião, é conhecida por todos:
1 - sou radicalmente contra o enfrentamento da direção da SUBEM contra protetores. Hoje foi mais um exemplo já que  o tempo todo as protetoras convidadas para acompanhar a visita dos deputados foram filmadas, intimidadas e monitoradas como se fossem criminosas. Não está certo isto. Na audiência pública que houve alguns meses atrás, foi um verdadeiro confronto de forças. Isto não é certo. Não existem protetores do bem e protetores do mal. Existem pessoas safadas infiltradas na proteção que usam as castrações gratuitas para ganharem dinheiro como já denunciamos aqui no blog várias vezes; existem protetoras apaixonadas que perdem a razão pela paixão; existem lobos na pele de cordeiros que na verdade só usam a causa visando interesses pessoais (em SP já vimos muitos casos); existem protetores que dedicam suas vidas honestas pelo bem dos animais; existem pessoas desequilibradas que estão atuando na causa como em qualquer outro segmento; enfim, são vários os perfis de pessoas que estão no nosso metier, mas, aqueles que estão no poder deveriam agir profissionalmente já que existe o compromisso com a gestão pública;

2 - na verdade, e isto é inegável, existe um descompasso total na administração do atual Prefeito, Marcelo Crivella. Todas as secretarias estão um caos. O que sempre falei sobre ele e outros tantos, é que quando alguém se elege para um cargo executivo, TEM OBRIGAÇÃO DE POSSUIR UM STAF PROFISSIONAL DE CARREIRA, se quiser obter sucesso. Mas, não, hoje em dia são atochadas, na direção dos diversos setores, pessoas para atender os "compromissos políticos" assumidos durante a campanha eleitoral independente do seu conhecimento e categoria. Veja na própria SUBEM: os cargos melhores remunerados são ocupados por pessoas sem nenhum compromisso e qualificação com animais. Estão lá capitaneando recursos para as próximas eleições. Isto, aliás, pode ser comprovado na gestão anterior onde o secretário (atualmente eleito vereador) trocava castração por votos. Denunciamos aqui no blog

3 - o que me parece mais equilibrado é o desarme nesta guerra declarada aqui no Rio de Janeiro já que nosso objetivo é atenção aos animais. Ninguém imagina o quanto sofro ao lembrar que em 1995 lutei tanto para conseguir pioneiramente que uma prefeitura iniciasse um programa de castração gratuita em todo Brasil e que hoje se tornou uma desgraceira geral.  O sucesso do nosso trabalho na ocasião foi que desencadeou a entrada da maldita política na nossa causa. Roubaram meu trabalho para fazer isto? juro que é a maior tristeza da minha vida...... 

Saibam tudo o que publicamos sobre a SEPDA e atual SUBEM
é um dossier surreal  destes últimos 17 anos
===========
ATUALIZAÇÃO ás 19:49hs
Em função das ultimas notícias,  a Prefeitura do Rio publicou este vídeo convidando as pessoas a irem na Fazenda Modelo. 



Publicado pelo Jornal Extra de hoje:
BO da agressão do Deputado Paulo Ramos
===========
ATUALIZAÇÃO: a matéria do Jornal O Dia de 23/08/17 está bem pesada....

05/08/2017

Voluntários doam cochos para animais não passar frio nesse inverno - Campina Grande - PB

Todos que nos acompanham sabem o quanto procuro ser justa apontando o que vai em rumo errado e o que vai em rumo certo na causa de defesa animal. Estes meus apontes são, evidentemente, para que as pessoas reflitam e definam melhor sua condução dentro da causa.

Este trabalho mostrado na matéria abaixo eu quero aplaudir com todas as minhas forças!!!!! Temos que ficar ali, ao lado do executivo, pentelhando, cobrando, mostrando como fazer, contribuindo e mostrando o que é trabalhar bem e direito. 

Parabéns à estas pessoas muito promissoras em se tratando de conseguir melhoras para as condições dos animais. Fiquei encantada e, também, ao conhecer estes cochos feitos de pneus velhos que serão muito aproveitados. Alô SUBEM aqui no Rio. Reciclagem de material que é uma desgraceira para o meio ambiente. O Face da Cassandra que é dona de um pet shop é este . Acho que do Projeto 4 Patas é este.

29/07/2017

Prefeitura do Rio realiza maratona de adoção de animais com ONGS, na Tijuca

Olha, eu quero é mais!!!! tomara que os animais sejam adotados e que haja uma supervisão após a adoção. A SUBEM, por dever de ofício, tem obrigação de acompanhar o pós adoção para evitar aqueles problemas que todos nós conhecemos, né mesmo? Boa sorte para toda bicharada!!!!!
-------------
No próximo dia 30 de julho a prefeitura do Rio, através da Subsecretaria de Bem Estar Animal (Subem) vai realizar uma grande maratona de adoção.

O evento vai contar com animais do abrigo público municipal e mais oito instituições que realizam trabalhos com animais abandonados. A maratona será no Clube Municipal da Tijuca, de 10h. às 15h. Cães e gatos, adultos e filhotes, vacinados, castrados e vermifugados vão estar disponíveis para dar e receber muito amor.

Na ocasião, também terá exposto um bazar com venda de produtos variados, além de sorteio de brindes e serviços para animais e humanos.Toda a renda arrecadada com a venda no bazar será revertida para a manutenção dos abrigos presentes.

Para adotar é necessário ser maior de 18 anos, levar os documentos pessoais, passar por uma entrevista com o departamento responsável e estar disposto a dar um lar para um peludo carente. A entrada é franca mas, a organização pede que cada pessoa leve um quilo de ração para cão ou gato, que será doada no final do evento para as associações participantes. Compareça e contribua mudando a vida de um animal!

Serviço: Maratona de adoção da Subem e ONGs
Data: 30 de julho, de 10h às 15h
Local: Clube Municipal da Tijuca - R. Hadock Lobo, 359, Tijuca

26/07/2017

Subsecretária do governo Crivella ignora a história do Instituto Jorge Vaitsman - RJ

Não é por nada não, mas, considero uma tremenda injustiça com a história e com os valores de tanta gente que trabalhou em prol da causa de bem-estar animal aqui no Rio de Janeiro. 

Ao ver esta entrevista de ontem, dada pela subsecretária de saúde, fico satisfeita pela atenção que vem acontecendo com o IJV, mas, dar a ideia de que a Crivelândia está promovendo um programa de castração inédito naquela Unidade,  é uma sacanagem sem igual. Há mais de 20 anos que existe o programa lá.

Para quem não conhece a história, em 1995 consegui fazer uma parceria com o o Instituto de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman para castrar animais encaminhados através do meu quadro sobre animais no programa Francisco Barbosa, na Rádio Globo. Daí fomos avançando e fizemos outra parceria para o Atendimento de Comunidade (favelas) do Rio. Sucesso total nos dois programas, em 1999 assinei Convenio com a Secretaria Municipal de Saúde e realizamos inúmeros programas de atendimento.

Dr. Márcio Figueiredo e Dra. Rosinea Fernandes eram os diretores e foram parceiros da maior qualidade. Além, tivemos a adesão total da equipe técnica liderada pela Dra. Gilda e Dr. Carlos Eduardo. Tudo ia às mil maravilhas quando umas loucas da proteção, que nunca acreditaram que eu conseguiria o chamado "impossível" (um programa gratuito de castração), resolveram a inventar uma Secretaria de proteção animal. Conseguiram com a eleição de Cesar Maia em 2001 e daí em diante, tudo virou uma tragédia inenarrável.

Descaradamente, roubaram meu trabalho exigindo o rompimento do meu convênio. Até hoje, nenhuma das gestões (9 ao todo) conseguiu implantar nenhum dos programas que fazíamos recebendo, apenas, 8 mil reais/mês para todas as despesas do convênio. Não acreditam? nem  um bando de gringos que vieram no Brasil e conheceram nosso trabalho. Nos olhavam como se eu fosse um ET.... Pois é, "modéstia às favas" , sempre tivemos uma coisa que até hoje não conseguiram: competência e idealismo. Sempre fui pioneira, exatamente, por conta de minha competência que a causa merece, ou não?

Esta cambada de políticos que ocuparam o cargo na direção da tal SEPDA, atual SUBEM, usaram e abusaram com o uso de castração e programa de adoção em troca de votos ou de benefícios pessoais. Muito triste p´ra mim. Mais a crueldade de protetores invejosos e incompetentes que em 2001 me traíram não foi suficiente na minha trajetória.

Recentemente, fui indicada pela Secretária da SUBEM para participar como homenageada das comemorações do centenário do Instituto devido à esta minha pesença na sua história. Aliás, é preciso que se esclareça que, sem nenhuma dúvida, usei o nome da minha ONG Fala Bicho para promover o IJV, posto que, sua fama era de matadores de animais já que lá funcionava a tal carrocinha. Estamos falando de mais de 20 anos arás, não se esqueçam.

A fama que tinham era de cirurgiões que operavam animais com gilete no lugar de bisturi. Pois bem, chequei tudo e lá encontrei veterinários que odiavam protetores, mas, que eram ótimos profissionais. Com a convivência, passaram a ter outra visão de nossos ideais, graças à minha postura. 

Criei uma parceria e todos trabalhavam em harmonia sempre respeitando o possível e o legal. Tínhamos veterinários estagiários que brigavam, literalmente, para trabalhar conosco devido ao entusiasmo coletivo. Íamos aos poucos trazendo o grande público para aquele Instituto e através das minhas matérias em jornais e TV, trouxe todo prestigio que ninguém tinha dado, até então, àquele órgão. E olha, tudo que estou falando pode ser comprovado. Basta que confiram nos links que estão na barra no topo do blog. Nossa ONG era muito requisitada pela imprensa devido ao ativismo que praticava.

Como estava dizendo, a crueldade praticada por pessoas da proteção animal contra mim, foi, infinitamente, pequena diante do que aconteceu recentemente. Meu nome foi "rejeitado" para ser lembrada no centenário do IJV. Porque? segundo o diretor que era um  "amigo pessoal" e que participava de reuniões conspiratórias na minha casa contra a direção do CCZ imposta pela primeira secretária da SEPDA, justificou a negativa de forma inacreditável . 

Vale lembrar que, na ocasião que a primeira secretária da SEPDA criou um verdadeiro inferno nas duas instituições (IJV e CCZ). Todos os funcionários se revoltaram e me usavam para explodir suas queixas com minhas denuncias na imprensa e órgãos públicos. Por isso, minha casa passou a ser o QJ de denuncias sobre os absurdos que aconteciam. 

Então, há dois meses, o atual diretor do IJV alegou que meu nome não foi aprovado porque ninguém gostava de mim e só me tratavam bem porque tinham medo. Uma outra funcionária de lá comentou que eu havia processado o Instituto e que eu, ao sair de lá quando meu convênio findou, levei até as cortinas da sala que eu ocupava. Hein? acontece que tudo que tinha na sala era meu. Minha sala era pintada, muito limpa, tinha tapete, ar refrigerado, armário, estantes, computador  e até persiana porque eu paguei tudo com o meu dinheiro. Ela achava que tudo aquilo iria ficar para ela já que fez de tudo para ocupar a sala tão logo eu saí. 

Pois é, meu nome foi rejeitado diante de toda esta história. Disseram até que eu não fazia nada além de agendar as castrações do programa que eu criei. Quando soube do que estes profissionais que tanto considerava "pensavam" de mim, chorei 4 dias sem parar. Algumas pessoas até viram a foto dos meus olhos inchados que se negavam a abrir para encarar tamanha crueldade contra alguém que trabalhou por aquela Instituição com tanta dedicação. 

Inclusive, há alguns anos, quando um dos superintendentes resolveu a fechar vários serviços do IJV, um grupo de veterinários vieram na minha casa pedir ajuda. Até a chefe da cirurgia, conhecida por sua grosseria, ligou p´ra mim pedindo para ajudar o IJV. Conseguimos vencer. Minha participação foi tanta que  foi por meu intermédio que o Prefeito Eduardo Paes mandou avisar que ia cancelar o decreto que iria acabar com tudo lá. Tudo isto está registrado em nosso blog. 

Agora, vendo este vídeo de ontem volto a lamentar que pessoas roubem a história e se aproveitem de algo que nunca souberam o preço da conquista. Era igual ao Claudio Cavalcante que fazia o possível para roubar o mérito da criação do programa de castração gratuita que criei de forma inédita no país com apoio dos diretores do IJV, na ocasião.

Enfim, estava para registrar esta ingratidão dos veterinários do IJV e dizer que vou me curar desta dor porque tudo na vida passa e eles estão lá temporariamente. Um dia vão sair com a mudança de Prefeito e aí vão falar o quê? Vão sentir na pele o que fizeram comigo porque a vida tem a tal Lei do Retorno, né mesmo? Tomara que eu morra antes.....

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪