Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta Latino. Classificar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta Latino. Classificar por data Mostrar todas as postagens

24/09/2015

Congresso vegetariano traz mais de 100 palestrantes ao Recife

Começou ontem e parece que será um marco para o VegFest... queria tanto estar lá!!!!!
--------------------- 
Neurocientista Philip Low é um dos destaques da programação.
VegFest acontece de 23 e 26 de setembro na UFPE.

O Recife vai ser sede da 5ª edição brasileira e a 9ª edição latino-americana do VegFest, congresso vegetariano que acontece entre os dias 23 e 26 de setembro, na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

O evento, que conta com uma parte aberta ao público em geral, vai reunir especialistas em diferentes áreas, indo da saúde à economia e proteção dos animais.

A questão da alimentação viva e crua também entra em debate, com a presença do médico e ativista Alberto Gonzalez. “Há diversas preparações, mas sem cozinhar os alimentos. Vamos ter também duas salas de demonstração culinária, uma voltada para a gastronomia crua e outra

19/08/2015

Patagônia, depois de denuncia da PETA, deixa de comprar lã da Argentina


A PETA  noticiou que a Patagônia, maior compradora de lã da Argentina, suspendeu a compra deste material depois de ver o vídeo que investigadores da ONG fizeram nos chamados galpões de tosa. 

A barbaridade é indescritível e aconselho a não ver o vídeo se tiver estomago fraco. Mas, a PETA Latino continua recolhendo assinaturas para atingir a outros países com tal denúncia. Por favor, não precisa ver o filme, mas, ASSINE A PETIÇÃO (o local para nome fica ao final do texto)
--------------------------------------------

PETA tem o prazer de informar que a Patagônia suspendeu todas as compras de lã após a divulgação de que a prova de vídeo altamente perturbador de crueldade violenta aos animais em fazendas que fazem parte da rede de fornecedores de lã da Argentina.

Publicado em 13 de ago de 2015 
Trabajadores asesinaron a corderos plenamente conscientes. Un trabajador amputó las colas de los corderos sin ningún alivio para el dolor. Una oveja que tenía una pata rota fue esquilada de todas formas y abandonada en un corral. CEO da Patagônia anunciou que a empresa não vai comprar novamente lã até que seja assegurado "o tratamento humano dos animais". 

PETA elogia o novo movimento, como todos os passos são bons passos, mas adverte que, como Patagônia se aprofunda na cadeia de abastecimento de lã, ele vai achar que a crueldade será sempre

24/04/2015

Vitória em Porto Rico! San Juan não terá mais charretes

Helo nos manda esta notícia maravilhosa.... Enquanto isto, aqui no Rio, em Paqueta, em Juiz de Fora, em Petrópolis, etc, etc, etc........naaaadaaaaaaa!!!!!!!!!!!
--------------------------------------

VITORIA EN PORTO RICO! SAN JUAN NÃO TERÁ MAIS CHARRETES
Os advogados de direitos animais de Porto Rico já podem comemorar sacudindo suas maracas.  No último fim de semana a prefeita  Carmen Yulín Cruz Soto proibiu as charretes puxadas por cavalos na capital San Juan. 


A prefeita assinou o decreto no último fim de semana depois que um cavalo que puxava uma charrete teve um colapso no meio da rua. Em uma declaração ela disse que a decisão tinha sido resultado das "deploráveis condições de exploração e maus-tratos às quais os cavalos eram submetidos nas ruas da parte antiga da cidade de San Juan" e que tinha o objetivo de "proteger os cavalos dos maus-tratos a que eram expostos diariamente"

A prefeita pediu aos moradores de San Juan que ajudassem na vigilância do decreto dizendo:  "Convoco os cidadãos a relatar qualquer situação de animal sendo maltratado. Não vamos permitir atividades que ameacem as vidas ou a segurança dos animais. Estou comprometida com o bem-estar dos animais e minha administração combaterá qualquer atividade que venha a ameaçá-los"
Obrigada Prefeita Cruz Soto!

Fonte: PETA Latino

22/12/2014

Latino continua promovendo maus-tratos com o aval de autoridades que se omitem

Palavra de honra, eu não acredito que nenhum funcionário do IBAMA, ou mesmo uma autoridade policial, não tenha visto isto. Ele confirma que o pobre do coitado do animal não gosta das roupas que ele lhe coloca bem como o barulho a que ele é exposto..... Alô, autoridades!!!!!!!

Altas Horas - 20/12/14

02/12/2014

Justin Bieber abandona sua cadela bulldog, a Karma

P´ra quem não lembra deste panaquinha que deveria andar de camisa de força, quando abandonou seu hamster, leia aqui: "Justin Bieber doa seu hamster durante um show"... O que esperar de um pobre coitado cheio de arte, mas, que não sabe o que fazer por sua pouca idade? 

Aproveitando, vou cantar a bola aqui: aquele cantor Latino anda p´ra lá e p´ra cá com um macaquinho.... Não demora vai deixá-lo dentro da gaiola porque ele vai se tornar um adulto e vai meter-lhe o dente como qualquer animal faz.... Neste dia, se tiver viva, vou gritar muito aqui..... fiquem avisados!!!!! nossos leitores fora do país vão ouvir.... ai, que raiva!!!!!!!! aliás, vou achar a matéria do patifaria do IBAMA que já tinha me esquecido porque esta instituição é a única culpada!!!! pera aí...... 
-----------------------------------
A cadela Karma, uma bulldog: abandonada com o adestrador
Dirigir alcoolizado, brigar em restaurante e ser grosso com fotógrafos. O currículo encrenqueiro de Justin Bieber agora ganhou novo item: abandonador de cachorro.

Em fevereiro, o cantor de 20 anos levou a sua cadelinha fofa Karma para o adestrador. Desde então, Bieber não a buscou mais. O adestrador Trevor Dvernichuk conta que ligou para o cantor, mas nada de ele retornar.

FONTE: Veja

13/09/2014

“Os interesses da saúde são substituídos pelos do mercado” - médico denuncia

Fiz um grifo na entrevista deste médico que esculhamba, com todas as letras, a industria 
farmacológica.... muito bom!!!! 
------------------------
  Para o médico venezuelano Oscar Feo, a indústria que produz sementes transgênicas e agrotóxicos é a mesma que está produzindo medicamentos

Expoente do pensamento da Medicina Social latino-americana, o médico venezuelano Oscar Feo visitou a Escola Politécnica no dia em que a instituição completou 29 anos. Coordenador nacional da Universidade de Ciências da Saúde da Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América (Alba), Feo tem um profundo conhecimento da dinâmica da cooperação internacional em

29/04/2014

Congresso no RS e Dia Mundial do Animal de Laboratório em PT

Estou publicando duas matérias que nos oferece bastante informações sobre a quantas andam as questões sobre a experimentação animal no Brasil e Portugal. Vale a pena ficar a par.
______________________
Fepagro participa de Congresso sobre ciências em animais de laboratório
Integrantes da Comissão de Ética no Uso de Animais da Fepagro participaram do evento - Foto: Solange Brum/Fepagro

Integrantes da Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA) da Fepagro Saúde Animal participaram do 13º Congresso Brasileiro e 2º Encontro Latino-americano de Ciências em Animais de Laboratório, realizado na PUC-RS de 14 a 16 de abril. O tema do evento foi “Integração, Legislação e Conhecimento”.

O Congresso reuniu 350 participantes do Brasil e de países da América Latina, que trocaram

08/04/2014

Foto do dia: coisas lindas da natureza... colibri porta-espada



EM GUARDA, PATIFE! Corajoso e temerário, este colibri (à esquerda) correu um grande risco. Já que seu congênere a quem veio desafiar tem, pelo menos, uma boa "extensão" de vantagem! " É um pouco curto, meu jovem!", parece lhe dizer seu adversário, um pouco espantado de ter se entregue a um combate tão assimétrico. De fato, este espadachim porta bem seu nome: colibri porta-espada (Ensifer ensifera). Pardal latino-americano , ele decidiu defender, com bico e unhas, seu território. Tanto faz se seu triunfo é sem glória. Apesar de tudo, não é sua culpa se a natureza lhe há bem dotado para o esgrima. Pesando 12 gramas em média, ele faz parte da única espécie de pássaro do mundo a ter um bico mais longo que seu corpo. Crédits photo : Jan van der Greef/ Minden/BIOSPHOTO

Fonte: Le Figaro
Tradução do nosso leitor Nelson

12/07/2013

Gangue fazia cães engolirem cocaína para tráfico

Fala sério!!!! o tal "serumano" tem jeito? tem não.... tem que capar estes caras para extinguir esta classificação de humanos, né não?
__________________________
Cães eram enviados do México para a Itália e depois sacrificados.

Cão da raça dogue de Bordéus, usada pelos traficantes
Foto: AFP
Uma gangue latino-americana desbaratada na Itália está sendo acusada de usar cachorros para traficar cocaína do México e depois sacrificá-los para retirar a droga de seus estômagos.

Segundo as investigações, um veterinário forçava os cães a engolir pacotes da droga para depois embarcá-los em um voo para Milão.

Grupos de defesa dos direitos dos animais criticaram a ação dos traficantes e acreditam que muitos cães teriam chegado mortos à Itália, já que um pequeno vazamento de cocaína seria suficiente para matá-los.
Acredita-se que os 49 suspeitos, que teriam idades de entre 19 e 37 anos, fariam parte de uma gangue de tráfico de drogas conhecida como "pandillas".
O juiz italiano Fabrizio D'Arcangelo acredita que o grupo armado, desbaratado em março, estaria envolvido em vários crimes em Milão e arredores.
Os homens, de nacionalidade equatoriana, peruana e salvadorenha, serão julgados em outubro, na Itália.

Fonte: Portal TERRA
http://noticias.terra.com.br/mundo/america-latina/gangue-fazia-caes-engolirem-cocaina-para-trafico,d9d1f135b58cf310VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html

13/10/2012

CNPq recebe propostas sobre métodos alternativos ao uso de animais em pesquisas


Este é o caminho.... pena que a entrevista foi feita com pessoa errada.... Morales é um camarada resistente....


"Thais Leitão

Repórter da Agência Brasil
Brasília – O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) está selecionando propostas para estruturação da Rede Nacional de Métodos Alternativos ao Uso de Animais em Pesquisas (Renama). O prazo para inscrições vai até quinta-feira (18).

16/12/2011

AGRESSÃO ATÉ A MORTE DE UM CÃO DA RAÇA YORKSHIRE - FORMOSA - GO

POSTAGEM INICIAL: 13:53 (acompanhe as atualizações)

Como rastilho de pólvora, um vídeo de uma mulher agredindo um cãozinho da raça yorkshire rodou pelas listas e redes sociais ligadas a proteção animal na data de ontem. Tentei falar com a delegacia e não consegui, mas, falei com um inspetor de outro setor da polícia que me informou que o assunto está pegando fogo e que estariam lá vários veículos da imprensa.


Gente, meu sangue latino só me permite ver o vídeo quando esta infeliz tiver recebido o que merece, ainda mais depois do que ela disse nesta reportagem de ainda agora:
Internautas se revoltam contra enfermeira que espancou cachorro; ela se defende no Twitter

Quem quiser ver o vídeo, se prepare pois dizem que é revoltante.




MATÉRIA MUITO BOA PUBLICADA PELA RECORD ÀS 14:32



___________________
ATUALIZAÇÕES: 17:23 -
Já estou com celular do Delegado Firmino porque a Dra. Renata, responsável pelo caso, não está hoje na delegacia. Mas, apurei o seguinte com pessoas envolvidas no caso:
1 - a denuncia foi feita pelos moradores do andar de cima e as imagens foram coletadas por duas menores que se revoltavam com os constantes maus-tratos contra o animal.
2 - foram feitas várias filmagens, mas, a ultima culminou com a chamada da polícia porque o animal gritava desesperado. Todos os vizinhos deixaram de temer a acusada pelo crime pois era super agressiva e desafiava que ninguém tinha nada com o que ela fazia;
3 - as imagens foram colocadas na Internet porque ela teria desafiado a todos os moradores que não ia dar em nada;
4- ela briga muito com o marido, segundo informações de vizinhos. Parece que são brigas ouvidas por todos. As menores responsáveis pelas imagens tinham medo dela por causa da violência que a acusada costuma agir;
5 - parece que a acusada trabalha em Brasília, são moradores novos da cidade porque o marido estaria trabalhando lá. Formosa fica 50 minutos de Brasília.
6 - ela está em local ignorado com medo de ser linchada, segundo seus advogados informaram. A cidade inteira está demonstrando toda sua revolta e quer pegar ela...

Vou tentar falar com o delegado hoje ainda. Amanhã vou ver se encontro a pessoa que tentou socorrer o cãozinho. Já estou com o nome e direção de como achá-la.

____________
ATUALIZAÇÕES: 21:33HS

Entrevista exclusiva que fizemos com o Delegado
que nos dá conta de ótimas notícias.
Clique no microfone para ouvir.



Entrevista publicada no youtube caso não consiga acessar a de cima




link para petição

http://www.peticaopublica.com/PeticaoListaSignatarios.aspx?pi=Yorkshir
.

25/02/2011

EXPERIMENTAÇÃO ANIMAL: PESQUISA CARACTERIZA UMA POSSÍVEL PATOLOGIA HUMANA

Dentro dos diversos temas na luta pelo direito animal, a experimentação animal é o que mais me fascina. Primeiro porque é uma comprovação de que humanos não são naturais deste planeta já que os verdadeiros seres nativos não precisam pesquisar nada em busca de coisas que nós destruimos em outros mundos; segundo porque não suporto a covardia que estes humanos praticam contra seres que estavam/estão no seu lugar lutando pela sobrevivência que, para nossa espécie, tem pouco sentido; e, terceiro porque vão pesquisar com seres que tanto amamos nos quintos dos infernos!!!!! Chega, né?

Ontem, depois de ler a matéria abaixo da Folha de São Paulo, lembrei de um pesquisador para o qual perguntei o seguinte:
Se eu conseguir uma técnica válida para substituir o animal na sua pesquisa, você deixa de usa-los? Resposta: NÃO. Neste dia eu vi o lado negro de cada pesquisador que defende este paradigma para alimentar sua patologia. Ele sabe que está no caminho errado, mas, não pode deixar de fazer.... é a doença de cada um deles sob o disfarce de que estão pensando na humanidade. Existe alibe maior e mais convincente?

Um outro pesquisador, depois de uma longa conversa e argumentos contraditórios disse:
"eu preciso saber da reação em um organismo vivo"... Só que o que ele vai observar, será um erro desde que iniciar o protocolo de sua pesquisa considerando os diferentes organismos. Enfim, não vou encher o saco... ainda vamos ganhar esta parada... é questão de tempo e de nossa militância:

Leiam a matéria a qual me referi:

"DEFENSOR DE ANIMAIS JÁ AFETOU UM EM CADA QUATRO CIENTÍSTAS"


Maioria, porém, não alterou pesquisa, diz enquete da "Nature"

Giuliana Miranda
se São Paulo

Cientistas estão assustados com as atitudes de alguns ativistas dos direitos animais, que deixaram de lado as manifestações pacíficas em frente aos laboratórios e partiram para depredações e até agressões físicas.

Segundo levantamento on-line feito pela revista "Nature" com cerca de mil cientistas da área biomédica, um em cada quatro deles diz que já foi "afetado negativamente" por protestos contra o laboratório, vandalismo, "libertação" de cobaias e agressão física e verbal, ou conhece quem passou por isso.
Desse grupo, apenas 15% disseram ter mudado alguma prática ou algum direcionamento de pesquisa por causa da ação dos ativistas.
A grande maioria dos pesquisadores -mais de 90%- considera que o uso de modelos animais é essencial para o sucesso de seus estudos.
Ainda assim, cerca de 16% afirmaram já ter tido sérias dúvidas sobre o papel dos animais nas pesquisas.
Os cientistas que lidam com macacos são minoria entre os pesquisados (apenas 38), mas são os que se consideram mais afetados negativamente pelo ativismo, embora afirmem que têm padrões muito rígidos para seus experimentos. Embora a pesquisa indique que casos extremos são raros e não parecem estar se intensificando, alguns países estão fechando o cerco contra agressões praticadas por ativistas, inclusive criando legislação visando à punição desses crimes. Estados Unidos e Reino Unido já têm legislações específicas. Os americanos, aliás, são o grupo que mais acha que o ativismo animal cresceu. Os britânicos, por outro lado, dizem ter percebido uma redução.

BRASIL "LIGHT"

Para Marcelo Morales, presidente da comissão de ética com animais da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e da Federação Latino-americana de Biofísica, os ativistas brasileiros não costumam ser agressivos.
"Eles são radicais em suas opiniões, mas apresentam seus pontos de vista através do diálogo", diz. Segundo ele, episódios como o "banho de tinta" levado por uma pesquisadora em um evento na Unicamp, em 2008, são raros e isolados.
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ciencia/fe2402201102.htm



Caso queiram ler a matéria original da tal pesquisa da NATURE, clique no título abaixo
Animal research: Battle scars ou

TRADUÇÃO QUEBRA GALHO DO GOOGLE

Pesquisando, achei uma matéria muito boa.
CLIQUE AQUI PARA LER

Achei, também, o presidente da Comissão de Proteção Animal da Câmara do RJ apurando a questão do uso de animais na Fiocruz
CLIQUE AQUI PARA LER
.

22/02/2011

PARA OS VET´S, UM BLOG DE VET´S.... COMENTEM!

PARA OS VETERINÁRIOS E TODOS NÓS
ESTAMOS PUBLICANDO UM BLOG COM INFORMATIVOS DA UNIÃO LATINO-AMERICANA DE CLÍNICOS DE PEQUENOS ANIMAIS

Achei algumas coisas interessantes, mas, não gostei de um artigo no boletim n°1 onde as ONG´s são acusadas de estarem na contramão da medicina veterinária.... Meio forte para meu gosto... Acho sim é que muitos veterinários estão se formando sem saberem nada de nada.... Isto sim é estar na contramão...

Cliquem na imagem para ler

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪