Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta Austrália. Classificar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta Austrália. Classificar por data Mostrar todas as postagens

23/10/2015

Austrália cria aplicativo para localizar e matar os gatos selvagens

foto periódico italiano
1 - Em julho recente publicamos a postagem "Austrália quer matar 2 milhões de gatos da forma mais humana  possível" . O tema foi repercutido no mundo inteiro. Até Brigitte Bardot mandou uma carta esculhambando a situação. Só que o governo daquele país respondeu a ela dizendo que está tudo decidido. Aliás, o plano de extermínio já está sendo executado. 

2 - A Revista Época, publicou nesta semana a seguinte matéria:
Austrália tem um plano para defender sua fauna: abater 2 milhões de gatos
Governo diz que gatos estão destruindo a fauna nativa. Política de biodiversidade ou crueldade animal?

A Austrália elaborou um polêmico plano para proteger a sua rica biodiversidade: o abate de pelo menos 2 milhões de gatos pelos próximos cinco anos. Segundo o governo australiano, os gatos são

11/04/2016

Homem culpado pela extinção de animais gigantes na Austrália

Quando li esta matéria fiquei impressionada com a capacidade de pedração humana. Para os estudiosos, a informação é excelente.
------------------------
Eram gigantes, mas esse fator não foi o suficiente para sobreviverem à entrada predadora do homem moderno no continente australiano. Hoje, vários investigadores paleontologistas explicam o como e o porquê da extinção dos animais gigantes que só existiam na Austrália.

Um dos últimos continentes a ser conhecido e explorado pelo homem foi o continente australiano e,

29/05/2017

Austrália libera um vírus mortal para devastar populações de coelhos

Sinceramente, a Austrália se supera diariamente com seus costumeiros massacres.... Agora não bastava atingir seu território, ela coloca em risco todos os coelhos do mundo. Meu Deus, será que ninguém para com a loucura deste país? Em 2 meses já detonou mais de 40% dos animais.... Vejam aqui a quantidade de crueldade contra os animais praticadas por este país que está concorrendo com a China e Espanha como os mais cruéis com animais.
------------------
Especialistas alertam para efeitos potencialmente devastadores se o patógeno atinge Espanha

Autoridades australianas lançaram todo o seu território uma cepa mortal de um vírus para destruir suas populações de coelhos selvagens. O patógeno, o que provoca a doença hemorrágica, é tão letal quanto ebola e tão contagiosa como a gripe. Em apenas 2 meses, o vírus eliminou 42% dos espécimes selvagens, de acordo com dados preliminares do Governo da Nova Gales do Sul, o estado mais populoso da Austrália.

Coelhos europeus foram introduzidos em 1859 na maior ilha por um colono Inglês, Thomas Austin. Os animais, se reproduziram e estão sendo considerados uma praga. Um coelho fêmea pode ter mais de cinco crias de cinco coelhos cada a cada ano. Antes  dos orelhudos serem considerados “praga”, as autoridades australianas decidiram em 1900  levantar uma cerca de 1.700 quilômetros para impedir a entrada coelhos para a parte ocidental da ilha. Não funcionou. Na década de 1920, havia cerca de 10.000 milhões de coelhos selvagens na Austrália, de acordo com estimativas do governo.

As autoridades têm agora espalhados em cerca de 600 pontos da ilha, a nova estirpe K5 de vírus conhecido RHD. Strain, cientificamente chamado RHDV1 K5, foi isolado na Coreia do Sul e só afeta coelhos selvagens. “É muito pior do que o ebola. O vírus resiste meses ativos no ambiente. Os  coelhos morrem, sofrendo muito, em 48 horas e  a mortalidade chega a 90% , “diz virologista Francisco Parra , da Universidade de Oviedo.

Coelhos foram considerados uma praga na Austrália ao longo do século XX. CSIRO

A equipe de Parra identificou em 2012 na Espanha uma nova variante do vírus da doença hemorrágica e sua vacina funcionou. Na Península Ibérica, a escassez de coelhos ameaça a conservação de espécies como o lince ibérico e a águia imperial espanhola. Portanto, a guerra biológica na Austrália coloca arrepios aos peritos espanhóis.

“É um movimento perigoso para outras partes do mundo em que tentam preservar coelhos. Os vírus não conhecem fronteiras. Qualquer australiano pode trazê-lo para a Espanha em suas botas. É uma medida irresponsável “, lamenta Parra.

A Austrália já introduzia em 1951 o vírus da mixomatose no  Uruguai -discovered para dizimar populações de coelhos. Em 1952, dada a letalidade alcançou na Oceania, um médico francês aposentado decidiu liberar o vírus em suas terras. Mixomatose se espalhou pela Europa, atingindo 99% coelhos. em algumas regiões.

“É um movimento perigoso para outras partes do mundo em que tentam preservar coelhos. Os vírus não conhecem fronteiras “, lamenta virologista Francisco Parra

“Jogar com o vírus patogênico é perigoso. Um país não deve ser capaz de tomar uma decisão. Deve ser uma questão regulada pela Organização Mundial de Saúde Animal , “diz o biólogo Rafael Villafuerte , o Instituto de Estudos Sociais Avançados (CSIC) em Córdoba. O pesquisador, um especialista em gestão do coelho em lugares como o Parque Nacional de Doñana, teme mutações do vírus. “Os coelhos são adaptados à doença e em vírus de resposta estão se tornando mais letal , ” avisa. Ambos Parra e Villafuerte também alertam para um possível salto do  vírus da doença hemorrágica  para outras espécies.

” É claro que os objecivos da Austrália e da Espanha são muito diferentes. Estamos tentando exterminar uma praga, enquanto a Espanha tenta a preservar uma espécie nativa , “admite Mark Schipp , responsável pelos assuntos veterinários do governo australiano. Schipp sublinha a “enormes danos”, causando 150 milhões de coelhos selvagens na ilha: a perda de mais de 200 milhões de dólares um ano para os agricultores, de acordo com o Centro de Pesquisa Cooperativa Invaders animais.

Os  coelhos considerados pragas são acusados de serem também ameaça a sobrevivência de mais de 300 espécies de flora e fauna, incluindo 24 em perigo de extinção crítico, como a orquídea dançarino, periquito e ventrinaranja pequena marsupiais burramyidae, de acordo com o mesmo corpo, ligado a governo. “A Espanha tem em vigor medidas eficazes para controlar o risco de qualquer importação de coelhos ou agentes biológicos, em conformidade com as normas internacionais de saúde. E a Austrália tem o prazer de cumpri-las “vala Schipp.

Fonte:  carolstein e El Pais
========
ATUALIZAÇÃO em 30/05/17
Leitora nossa nos enviou um artigo de 2009 dizendo que este processo de liberação de vírus para matar coelhos data daquela época. O que deve ter acontecido é que o vírus não funcionava mais e eles liberaram outro para terminar o que o primeiro não conseguiu, né mesmo? barbaridade!!!! Leia COELHOS NA AUSTRÁLIA

20/07/2015

Austrália quer matar 2 milhões de gatos "da forma mais humana" possível

No sábado dei uma esculhambada na Austrália pela maneira de resolver seus problemas. Veja ao final a relação de algumas matança que já fizeram.... Esta aqui dos gatos só vai aumentar a lista.....
---------------------------------------
Todos os estados australianos concordaram em considerar os gatos selvagens como “uma praga”, devendo ser abatidos a tiro, por envenenamento ou armadilhas, adianta o The Independent.


Reporta o The Independent que o governo australiano planeia eliminar dois milhões de gatos selvagens até 2020 por forma a preservar espécies nativas cuja sobrevivência é ameaçada pela

06/06/2014

Estudo culpa gatos selvagens por extinção de mamíferos na Austrália



É para levar a sério as coisas que acontecem na Austrália? não bastasse exterminar cangurus, cavalos, coelhos,  raposas, e etc. agora querem exterminar os gatos selvagens que foram introduzidos por europeus durante a colonização.... agora que se deram conta que eles estão dizimando a fauna local... sinceramente, gente, reconheço este país como um dos que mais interferem no meio ambiente. 
-------------
Revista Eletônica "O Grito do Bicho" - www.ogritodobicho.com
Um estudo australiano culpa os gatos selvagens pela extinção de mamíferos nativos e alerta que umas 100 espécies estão sob ameaça por causa destes animais que no passado viveram nos lares dos primeiros colonos britânicos.

O Plano de Ação para Mamíferos Australianos, compilado ao longo de três anos, descobriu uma taxa mais elevada do que o conhecido na extinção de mamíferos, afirmou nesta quarta-feira o co-autor do estudo, John Woinarski, da Universidade Charles Darwin.

Woinarski disse que a taxa de extinção de mamíferos na Austrália era a mais alta do mundo, com mais de

07/05/2013

Monstruosa crueldade nos matadouros do Egito indigna australianos

Sobre a suspensão de exportação de animais de consumo da Austrália para o Egito, estou estranhando porque no site da Animals Austrália destaca a investigação feita na Indonésia e estende ao Oriente médio sem especificar quais países. Chegamos a publicar até a campanha aqui no nosso blog. Tem muitas matérias rolando na mídia, mas, tudo em inglês. Só achei esta da Voz da Rússia em português:


A Austrália suspendeu as exportações de gado para o Egito devido à crueldade com que os animais são tratados nos matadouros deste país. Esta decisão surgiu após uma organização de defesa dos animais ter transmitido aos australianos imagens gravadas em matadouros egípcios. O Conselho dos Exportadores de Animais da Austrália comentou que as gravações atestam uma monstruosa crueldade no tratamento dos animais. O grupo Animals Australia declara que “nos matadouros do Egito os animais são mortos de maneira cruel, maldosa e não profissional” e exigem a proibição total das exportações de gado para esse país.
_________________

Egito nega notificação a respeito
(Google tradutor)
O governo egípcio não recebeu qualquer notificação oficial dizendo que a Austrália suspendeu as exportações de gado para o Egito depois de um vídeo

04/05/2017

Austrália proíbe venda de cosméticos testados em animais

A crueldade praticada em animais de laboratório é inominável..... Além de queimar as córneas dos coelhos, eles ficam impedidos de se mexer..... E olha que quem pratica esta barbárie são pessoas consideradas "do Bem".... Jesus me eletrifica, por favor!!!! não dá para aceitar isto!!!!!!
------------------------
A comercialização de cosméticos, perfumes, maquilhagens e até pastas de dentes que tenham sido testadas em animais ou possuam componentes de origem animal será proibida, a partir de Julho, na Austrália

Mais uma boa notícia para os animais: o Governo australiano aprovou uma lei que vai proibir a venda de qualquer cosméticos que tenha sido previamente testado em animais ou que contenha algum produto de origem animal.

Em 2015, a Nova Zelândia baniu por completo as experiências com cosméticos em animais e, agora, a Austrália está a trabalhar numa lei similar que será implementada em Julho deste ano. A nação australiana irá, assim, juntar-se a vários países da União Europeia que também pretendem efectivar as medidas de proibição de testes de cosméticos em animais, como a Noruega, a Turquia e Israel.

Devido à insistência de diversos grupos comunitários e da campanha #BeCrueltyFree (Sê livre de crueldade), todos os cosméticos testados em animais serão banidos. A realidade é que ainda são várias as marcas que usam animais para testar os seus produtos e, por esse motivo, a PETA (People for the Ethical Treatment of Animals) criou uma lista de todas as marcas “cruelty free”, ou seja, marcas que não usam animais nas suas experiências.

A Sociedade Internacional Humana declara que o Governo liberal da Austrália atraiu o apoio de quase todo o país com esta reforma legislativa. O ministro adjunto de saúde australiano, Ken Wyatt, anunciou a medida em Junho de 2016 e declarou que testar produtos cosméticos em animais não se revela uma necessidade e, inclusivamente, “muitos países, incluindo a União Europeia, já proibiram o uso de produtos testados em animais”.

Esta nova lei terá algum impacto e deve afectar grandes marcas e variadas gamas, como é o caso da L’Oreal, Avon, Chanel, Shiseido, Colgate, Estée Lauder e Johnson & Johnson.

No entanto, produtos que já se encontram à venda nos estabelecimentos comerciais não poderão ser retirados do mercado. A lei irá fiscalizar, apenas, os novos produtos e, tal como o governo australiano garantiu, a fiscalização será de extremo rigor. O objectivo é que a exclusão no mercado se dê de forma progressiva.

A lei representa um grande avanço, ainda que os testes em animais, quando se trata de desenvolver medicamentos, continuem a ser permitidos. Segundo estatíticas relativas a 2015 do Animals Australia, estima-se que cerca de 10.27 milhões de cobaias sejam, anualmente, usadas na Austrália para testes de produtos cosméticos. Mundialmente falando, o número de animais utilizados neste género de experimentações é avassalador, segundo dados do site Cruelty Free Internacional — no mínimo, 115 milhões. Pesquisas apontam ainda que os países que mais recorrem ao uso de animais como cobaias são, por ordem, os Estados Unidos da América, Japão, China, Austrália, França, Canáda, Reino Unido, Alemanha, Taiwan e Brasil.

Em Portugal, tal como o P3 escreveu no ano passado, a ANIMAL (organização não-governamental) criou uma campanha para acabar com a experimentação animal, apelidada de "Pat-ição". Até ao momento, 68.143 pessoas assinaram, mas continua a não ser o suficiente.

FONTE: p3.publico.pt

05/02/2016

Na Austrália fazendeiros reclamam que as raposas são uma praga

O tal "serumano" é podre.....E tudo acontece na Austrália.... mais uma podridão deste país.... Como pode acontecer isto lá já que é tão avançado e dito "civilizado"? Pior é ler que existem recursos para matar os animais, supostamente, com "menos sofrimento".
Fonte: Daily Mail
Colaboração: Helô Arruda
Tudo sobre Austrália AQUI
-------------------------
Fotos chocantes mostram uma matança generalizada de raposas que agricultores locais estão caçando para proteger o gado e animais nativos.
A RSPCA diz que esse tipo de caça amadora introduzida é muitas vezes 'cruel', mas controlar as raposas é amplamente considerado um mal necessário.
Residentes em Riverina, na Austrália, compartilharam as fotos das raposas que eles caçavam no Facebook.


A raposa vermelha colocou em perigo e contribuiu para a extinção de uma miríade de espécies nativas australianas depois que foi introduzida na década de 1870, de acordo com o Instituto de NSW

18/07/2015

Mulher de Johnny Depp é acusada por entrada ilegal de animais na Austrália

Parece que o bicho vai pegar para o Johnny e Amber.... ah, é tão chato a gente falar de países que levam as leis a sério!!!!! Publicamos sobre o assunto, mas, questiono a Austrália por sua rigidez que não chega as doideiras qe acontecem por lá. A última que publicamos foi deles matarem o excesso de coalas sendo estes animais símbolos do país.... Vai entender?
-----------------------
Ela teria cometido dois crimes: transgredir a Lei de Quarentena e produzir documentos falsos

A atriz americana Amber Heard, esposa de Johnny Depp, terá que prestar esclarecimentos à Justiça da Austrália em setembro após ter sido acusada de entrar ilegalmente no país com seus dois cachorros, informou nesta quarta-feira (15) a imprensa local.

A Promotoria Pública da Austrália acusou Heard, segundo a emissora local "ABC, de ter cometido dois crimes vinculados à importação ilegal de

13/04/2017

Ornitorrincos são decapitados em Jardim Botânico da cidade de Albury - Austrália

Estes bichos são tão mansos e pacatos..... pura maldade... é o tal "serumano"...
-------------------
Dois ornitorrincos foram encontrados decapitados na Austrália, com autoridades de vida selvagem afirmando ter sido deliberadamente mortos em "desprezíveis" atos de crueldade.

Três dos mamíferos raros foram descobertos mortos em um jardim botânico na cidade rural de Albury, em Nova Gales do Sul, dois com suas cabeças cortadas.

O veterinário local Hazel Cook, que mandou inspecionar os corpos por um veterinário, disse ao jornal Border Mail que as mortes "definitivamente" não foram causadas por outro animal. "Você pode realmente ver onde eles tentaram cortar as vértebras", disse ele, acrescentando que não havia como saber se estavam vivos quando foram decapitados. Nós não temos ideia por que alguém faria isso, especialmente para algo tão gentil como um ornitorrinco."

Os Parques Nacionais e Serviços de Vida Selvagem de Nova Gales do Sul disseram que os ornitorrincos foram encontrados nas últimas cinco semanas.

"Esses animais parecem ter sido deliberadamente mortos em um ato desprezível de crueldade a um dos animais mais amados da Austrália", disse uma porta-voz.

Estes animais são tímidos e noturnos que vivem em tocas profundas do waterside, é um dos dois mamíferos do mundo que colocam ovos. Encontra-se apenas no leste da Austrália. Ferir animais nativos na Austrália pode resultar em multas de até Aus $ 11.000 (US $ 8.200) ou seis meses na cadeia.

Fonte: Daily Mail
Tradução livre do Google para "O Grito do Bicho"

27/02/2017

Raposas escalam árvores para caçar coalas na Austrália

A Austrália só faz maluquice e os bichos é que pagam com a vida..... Introduziram raposas e agora vão fazer outra matança alegando preservação de animais nativos. A primeira foi em 1997 e foi por isso que sugeri o art. 31 da Lei de Crimes Ambientais que foi aprovado: "Introduzir espécime animal no País, sem parecer técnico oficial favorável e licença expedida por autoridade competente". Detalhe? introduziram raposas para matar coelhos que por sua vez foram introduzidas para alimentar felinos nativos. Tudo deu errado, claro!!!!
------------------------
Predadores são flagrados pela primeira vez andando no alto das árvores

RIO — Pela primeira vez, cientistas flagraram raposas vermelhas escalando árvores na Austrália, provavelmente atrás de presas antes consideradas seguras, como o coala. A espécie foi introduzida no país no século XIX para a caça recreativa, mas se adaptou rapidamente ameaçando espécies nativas, como wallabies e

04/02/2017

Humanos, e não mudança climática, destruíram a megafauna australiana

Em se tratando de Austrália, qual a surpresa?
------------------------
Novas evidências envolvendo a antiga megafauna que uma vez percorreu a Austrália indicam que a causa primária de sua extinção, cerca de 45.000 anos atrás, foi provavelmente a ação de seres humanos, não a mudança climática.

O estudo, feito por pesquisadores da Universidade Monash, em Victoria, na Austrália, e da Universidade do Colorado em Boulder, nos

20/01/2017

Austrália se diz decepcionada com Japão por continuidade de caça a baleias

Só a Austrália? gente e governo de muitos países...... Eu acho o Japão um país espetacular, mas, não entendo tendo um povo tão inteligente, disciplinado e educado ser capaz de admitir tamanha barbárie....
------------------------
Declaração do ministro do Meio Ambiente australiano acontece dias após líderes discutirem a questão.

A Austrália disse nesta segunda-feira (16) estar “profundamente decepcionada” com o Japão pela continuidade da caça a baleias. A declaração do ministro do Meio Ambiente do país foi dada após ativistas terem publicado uma fotografia de uma baleia morta dois dias após líderes australianos e japoneses terem discutido a

12/10/2016

Sapo-cururu faz 'ligações de longa distância' para acasalar, afirma estudo

Gente, olha que coisinha mais engenhosa..... e somos nós, humanos, os inteligentes, né? Agora, a Austrália dá mais um exemplo das loucuras que faz ao introduzir animais para resolver problemas. Depois vira tudo uma praga e aí arrasam os animais.....
------------------------
Pesquisadores australianos querem aperfeiçoar armadilha para pegar o bicho.
Ele foi introduzido na Austrália há 80 anos e virou praga.

O sapo-cururu é capaz de fazer "ligações de longa distância" para acasalar e seus sons podem chegar a ser escutados a cerca de 120 metros, segundo um estudo divulgado nesta terça-feira (3) na Austrália.

"Isto significa que podem ser escutados por mais indivíduos e podem atrair mais casais potenciais

01/07/2016

Na Austrália, abrigo de cavalos fecha depois de acusado por ativistas de desvio de recursos

Como sou descolada nesta terra de injustiça, estou achando que é mais um caso daqueles massacres em cima de ONG´s feito por pessoas interessadas em "não sei o quê".... Enfim, dá uma lidinha e diga o que acha.....
Fonte: Daily Mail
Colaboração: Helô Arruda
-----------------
Um abrigo de cavalos foi forçado a fechar suas portas e deixar os animais doentes a morrer depois de ter sido invadida pela polícia em meio a alegações de um grupo de ativistas on-line de que os fundos estavam sendo mal utilizados.



Jennifer Malloch, gerente de mídia da ONG Save a Horse da Austrália que resgata e cuida de cavalos doentes e do Santuário em Queensland disse que a invasão aconteceu após dois anos de cyber

03/05/2016

Orfanato de Cangurus, oferece estadia em troca de trabalho voluntário

Agora, veja isto: Há 4 anos atrás a Austrália autoriza abate de cangurus. Em 2014 Austrália vai abater 1600 cangurus e hoje, o mesmo Parque promove um lance deste tão bacana..... Juro que não entendo aquele país.....
------------------------ 
A iniciativa é de um Parque Nacional na Austrália

Você já imaginou poder viajar para a Austrália e ter hospedagem e alimentação gratuitas em troca de trabalho voluntário para cuidar de cangurus em um orfanato? Sim, isso é possível! A iniciativa é oferecida por um refúgio que abriga várias espécies de animais nativos, entre eles os cangurus órfãos ou machucados, próximo a um Parque Nacional, ao norte da Austrália.

A brasileira Amanda Barbosa conta no site Por

19/12/2015

Cães australianos são exportados para sentença de morte na Ásia

Gente, estou colocando a Austrália na lista dos países que mais praticam atos de crueldade contra animais.... Vejam a relação de barbaridades que acontecem neste país e que já publicamos CLICANDO AQUI
------------------------
Dezenas de galgos considerados “lentos demais” para corridas na Austrália foram enviados para a Ásia para sustentar uma indústria de corridas cruel onde os cães são mantidos em celas quase prisionais e frequentemente mortos. As informações são do The Sydney Morning Herald.

Dezenas de treinadores e tutores australianos exportaram seus cães para países como a China e Macau, revelou uma investigação pelo programa da ABC 7,30. Até 30 galgos australianos estavam sendo enviados para Macau a cada mês para

24/07/2015

Brigitte Bardot critica plano para sacrificar gatos selvagens na Austrália

É a nossa BB!!!!! Saiba mais informações em nossa recente postagem a respeito das doideiras da Austrália. E dizer que tem uns jovens ativistas  panacas que andam por aí criticando pessoas que envelheceram.... Como não sabem discutir no plano das ideias e do conhecimento, apelam logo nos chamando de velhas.... ô humanidade podre!!!! e eu achava que em nosso meio isto jamais haveria.... credo!!!!!  Quem consegue levantar uma mídia mundial pelos animais como nossa BB? sorry periferia.... Com certeza o governo da Austrália vai ouvir as palavras dela....
---------------------------
A atriz francesa Brigitte Bardot escreveu ao governo da Austrália para pedir que suspenda um plano para sacrificar cerca de 2 milhões de gatos selvagens, 10% do total do país, informou nesta quarta-feira a imprensa local.

Bardot dirigiu a carta ao ministro do Meio Ambiente, Greg Hunt, que na semana passada anunciou o projeto para reduzir a população de gatos selvagens nos próximos cinco anos com o objetivo de proteger outras espécies autóctones, segundo a agência "AAP".

Hunt, que qualificou os felinos como um

01/06/2015

Risco de abate de coalas em colônia australiana superlotada

Pára tudo!!!!!!!!!!!!! Mais uma da Austrália!!!! aquele país moderno, avançado e que vive fazendo caquinha com os animais, sabe qual é? Agora vão abater os coalas.... é, os coalas... os animais símbolo do país..... Como esta gente consegue promover verdadeiros massacres com toda pomba e legalidade? eu juro que não entendo!!!!!
Fonte: Daily Mail
Colaboração: Helô Arruda
-------------------------------------------------------

Na Austrália uma colônia superlotada, com cerca de 1.000 coalas, está sendo avaliada esta semana sobre um possível problema de saúde em uma pesquisa que pode levar a um abate, levantando objecções de lobistas de bem-estar animal.

O governo do estado de Vitoria está preocupado com a possibilidade de que muitos coalas estejam subnutridos devido ao fato de a colônia de Cape Otway ter crescido mais do que o suprimento da goma de maná cujas folhas são sua dieta básica.   

Uma equipe de especialistas vai examinar uma amostra da população, marcando as orelhas e implantando um controlador de fertilidade nas fêmeas antes da liberação.

"Coalas serão capturados e avaliados por veterinários usando protocolos de avaliação rigorosos e qualquer animal que seja considerada em

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪