RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador zoofilia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador zoofilia. Mostrar todas as postagens

11 de setembro de 2017

Santander fechou exposição com temática LGBT, zoofilia e pedofilia após receber críticas

Neste final de semana, vários leitores indignados nos enviaram a notícia: Pedofilia, zoofilia e ataque a cristãos financiada com verba pública em Porto Alegre. É sobre uma exposição chamada Queermuseu  que estava em cartaz desde dia 14 de agosto. 

Parece que só agora a galera da proteção animal teve conhecimento e daí meteu bronca. O patrocinador correu e tirou seu nome de algo que desagradou ao nosso segmento e a outros envolvidos, me parece. 

O detalhe é que chamavam zoofilia e pedofilia como "diversidade".... hã? pois é..... bando de sem noção....
___________
RIO — O Santander Cultural, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, anunciou neste domingo o cancelamento da exposição Queermuseu — Cartografias da Diferença na Arte da Brasileira, após protestos na instituição e nas redes sociais. Em nota, o centro cultural afirma ter entendido que as obras expostas "desrespeitavam símbolos, crenças e pessoas, o que não está em linha com a nossa visão de mundo" (leia abaixo a nota completa).

Críticos da mostra afirmaram nas redes sociais que alguns dos quadros representavam "imoralidade", "blasfêmia" e "apologia à zoofilia e pedofilia". As pinturas mais compartilhadas mostram a imagem de um Jesus Cristo com vários braços, crianças com as inscrições "Criança viada travesti da lambada" e "Criança viada deusa das águas" estampadas, além do desenho de uma pessoa tendo relação sexual com um animal.

O curador Gaudêncio Fidelis diz ter sido pego de surpresa com o cancelamento da mostra. — Não fui consultado pelo Santander sobre o fechamento. Fiquei sabendo pelo Facebook. Logo em seguida, recebi uma rápida ligação da direção do museu, em que fui comunicado da decisão. Perguntaram se eu queria saber a opinião do banco sobre o assunto. Respondi que não precisava, uma vez que a nota divulgada já dizia tudo — disse o curador.

Aberta no dia 15 de agosto e prevista para acontecer até 8 de outubro, a Queermuseu contava com mais de 270 obras, oriundas de coleções públicas e privadas, que exploravam a diversidade de expressão de gênero. Na época em que a exposição foi anunciada, o Santander informava que "valoriza a diversidade e investe em sua unidade de cultura no Sul do País para que ela seja contemporânea, plural e criativa". O GLOBO não conseguiu contato com a assessoria de imprensa da empresa.

 Para Fidelis, o fechamento da mostra foi "uma atitude arbitrária". 
— Já fiz duas bienais do Mercosul, nunca tinha visto algo parecido — afirma Fidelis, sobre a decisão "unilateral". As manifestações foram muito organizadas e se debruçaram sobre algumas obras muito específicas, que não dão a verdadeira dimensão da exposição. Esses grupos (de críticos) mostraram uma rapidez em distorcer o conteúdo, que não é ofensivo.

Entre os autores expostos na Queermuseu, estavam Adriana Varejão, Alfredo Volpi, Cândido Portinari, Clóvis Graciano e Ligia Clark. A mostra reunia pinturas, gravuras, fotografias, colagens, esculturas, cerâmicas e vídeos.

No Facebook, foi criado um evento de apoio à exposição, com um "ato pela liberdade de expressão artística e contra a LGBTfobia" marcado para a próxima terça-feira, no Centro Histórico de Porto Alegre.
— As pessoas estão indignadas (com o cancelamento), com razão — diz Fidelis. — Mais de 1,4 mil pessoas foram à abertura da mostra. Foi muito celebrada. O público cresceu desde então, manteve o ritmo. O prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, compartilhou a nota do Santander Cultural, afirmando que a exposição "mostrava imagens de pedofilia e zoofilia":

Fonte: O Globo

2 de setembro de 2017

Maracás: Idoso vai parar na delegacia após abuso sexual contra cachorra de rua - BA

O que é bom nisto tudo é que, graças a divulgação pela internet, estes mequetrefes podem ser pegos mesmo que não seja lá grande coisa a penalidade por tamanha nojeira.
---------------
Um idoso foi levado à delegacia de Maracás, no Vale do Jiquiriçá, nesta quinta-feira (31) após abusar sexualmente de uma cadela. Segundo a delegada titular da cidade, Viviane Rosa de Alcântara, um vídeo com as cenas do abuso chegaram a circular pelo WhatsApp. O acusado, um idoso de 70 anos, foi visto por um vizinho no quintal da casa onde mora cometendo o abuso.  Após a repercussão do caso, familiares do acusado levaram o idoso até a delegacia, onde ele foi ouvido e depois, liberado. Ele responderá por crime de maus-tratos a animais, que prevê detenção de três meses até um ano. Ainda segundo a delegada, o objetivo agora também é localizar a cadela para tentar prestar assistência ao animal. “Nós estamos tentando encontrar o animal porque não sabemos qual o estado dele”, disse ao BN. O abuso cometido em Maracás repercutiu para além da cidade. Ligada à causa animal, a vereadora de Salvador Ana Rita Tavares usou uma página no Facebook para protestar contra o crime.

17 de agosto de 2017

Jovem morre asfixiado enquanto mantinha relações com sua anaconda

Credooooo!!!! isto jamais tinha imaginado.... Só não entendi se foi a cobra que penetrou nele ou vice-versa.... Minha Nossa, uma anaconda? tá difícil de acreditar...
-----------
David Brown, de 22 anos, foi encontrado pela polícia nu e enrolado em sua cobra, uma anaconda, na Flórida, Estados Unidos, na semana passada, segundo o site  peplnews.com.

O corpo foi encontrado por um amigo, que imediatamente acionou as autoridades na esperança de socorrê-lo com vida, mas ele não respirava mais. Segundo a polícia, foram necessárias várias horas para separá-lo do animal.

No IML, verificou-se que o rapaz teve penetração com o animal.

De acordo com a família, Brown tinha vários animais de estimação, entre cobras, escorpiões, tartarugas, serpentes e até um porco bebê.

Essa não foi a primeira vez que Brown teve problemas com animais. Meses atrás foi levado à emergência do hospital por seus familiares com problema semelhante.

Fonte: Metro
========
ATUALIZAÇÃO em 19/08/17
O site E-farsas desmentiu a história. Confira em http://www.e-farsas.com/um-jovem-morreu-asfixiado-enquanto-mantinha-relacoes-com-sua-anaconda.html

15 de agosto de 2017

Fazer sexo com animais virou cotidiano?

Agora virou moda ou por causa da internet estamos sabendo de mais casos? Juntei duas matérias para terem ideia do quanto isto está sendo banalizado.... Por isto tem dois países que estão reconhecendo a relação humana com animais.... Jesus amado, dá uma voltinha por aqui e resolve estas paradas?
---------------
Preso por fazer sexo com o cão de um amigo

Um homem que fez sexo com o cão de um amigo, de raça Labrador Retrivier, e que partilhou imagens do ato na Internet foi preso, avança o jornal The Mirror.

Mark Hook, de 38 anos, admitiu que penetrou o animal pelo menos em sete ocasiões e que lhe chegou a fazer sexo oral.

O tribunal de Bristiol condenou o homem a três anos e dois meses de prisão.

O homem partilhava imagens e vídeos de conteúdos perversos nas redes sociais para outros utilizadores, tais como pedofilia. Entre eles estavam os vídeos de Hook a fazer sexo com o cão.

Hook estava a morar na casa dos pais, depois de o seu relacionamento de longa data falhar. O homem tinha um passado e um presente ligado à dependência de drogas, à pornografia infantil e à zoofilia.

FONTE: cmjornal.pt



Casal é apanhado a fazer sexo com cão polícia

Um casal, que treinava cães destinados à missão policial, no centro Imperial Kennels, na Virgínia, EUA, foi apanhado a ter sexo com um dos animais.

Richard Allen Patterson, de 46 anos, e Christina Patterson filmaram a relação sexual com um Doberman Pinscher, de nome Demon, num vídeo confiscado pelas autoridades da casa do casal.

O homem era suspeito de ter, ilegalmente, várias armas em casa, o que levou as autoridades a invadir a casa do casal e verificar as suspeitas.

Nicholas Ivone, uma das agentes envolvidas no processo, encontrou um vídeo no computador do casal, onde é possível ver os dois a terem relações sexuais com um Doberman Pinscher no quarto.

Gary Myrick, detective na polícia de Suffolk, arquivou o ficheiro de forma a acusar o casal de "crimes contra a natureza".

De acordo com a lei, na Virgínia, é expressamente proibido "conhecer carnalmente qualquer animal". Se alguém for acusado de tal, submete-se a um ano de prisão e ao pagamento de 2,500 euros.

Patterson foi indiciado do crime de ter em sua posse 17 armas de fogo ilegais – incluindo armas de bolso, caçadeiras e armas militares.

O casal ainda não foi acusado do crime relacionado com o animal.

FONTE: cmjornal.pt

29 de julho de 2017

Homem é flagrado em ato sexual com égua em Dourados - MS

Gente do céu, nem mesmo publico a matéria e já tem a atualização. Olha isto: Homem detido após fazer sexo com égua é flagrado com outro animal no Jardim Universitário. Detalhe? foi autuado como ato obsceno e pronto. Agora, na verdade, no interior isto é muito comum, né mesmo? pobres cabras, éguas, galinhas e quem o doido resolver pegar.... "Serumanos" estão em tudo que é lugar....
---------------
Um homem foi flagrado por um sargento do Exército Brasileiro praticando ato de zoofilia, tendência patológica de para pratica de relação sexual entre homens e animais, com uma égua.

Segundo boletim de ocorrência, o proprietário do animal, identificado como Rodolfo, teria levado o animal até o campo da brigada para pastar, quando por volta das 20h10, o sargento viu um homem não identificado, em cima de um cupim, segurando o traseiro do animal e praticando o ato sexual.

O autor estava visivelmente embriagado conforme informações passadas pela polícia ao O PROGRESSO.

A Guarda Municipal foi acionada e encaminhou o homem até a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário, a Depac de Dourados, onde o caso foi registrado como ato obsceno.

FONTE: progresso

22 de junho de 2017

Crime de zoofilia pode ser incluído no código penal

O deputado apresentou "Indicação"? o que vale isto, na verdade? publicidade pessoal, tão somente..... ah, me poupe!!!!
-----------
Em sessão na Assembleia Legislativa foi proposto pelo deputado Marcio Fernandes (PMDB) que a zoofilia deve ser enquadrada como crime hediondo, diante a vulnerabilidade dos animais frente aos humanos

Durante sessão na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (20), o deputado Marcio Fernandes (PMDB) apresentou indicação para ser encaminhada ao presidente Michel Temer, com cópia aos senadores Simone Tebet e Waldemir Moka, além do deputado federal Carlos Marun, solicitando que inclua no Código Penal Brasileiro o crime de zoofilia.

A prática da zoofilia, que é o envolvimento sexual de humanos com animais tem sido recorrente no Brasil e em Mato Grosso do Sul não é diferente, recentemente em abril deste ano teve um caso em Nova Andradina, de um cidadão não identificado que foi flagrado praticando zoofilia em dois cães, no portão de uma residência.

Segundo o parlamentar que também é médico veterinário, esta agressão praticada contra os animais precisa ter punição. “Eles são indefesos, precisamos proteger aqueles que não podem se defender, e punir aqueles que cometem esta atrocidade”, explica Marcio Fernandes.

Foi sugerido no texto da justificativa, que a zoofilia deve ser enquadrada como crime hediondo, diante a vulnerabilidade dos animais frente aos humanos, e a extrema confiança que os mesmos depositam nestes, é necessário acabar com a maldade dos humanos contra os animais.

INTERIOR
Outra indicação apresentada pelo deputado Marcio Fernandes, nesta terça foi encaminhada ao superintende regional do DNIT (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transporte), Thiago Carim Bucker, solicitando que as obras de recuperação da BR 463 nas intermediações do município de Ponta Porã, sejam realizadas na via de entrada e saída, tendo em vista esta rodovia federal ser o principal acesso a uma das mais importantes cidades turísticas de Mato Grosso do Sul.

FONTE: acritica

15 de maio de 2017

Grupos de zoofilia serão investigados pela Polícia Federal - MT

Que safado, hein? O infeliz do estudante que publicou o vídeo transando com uma cachorra está escondido e em pânico..... muito bom!!!! Leiam sobre o caso e outros mais sobre zoofilia clicando AQUI.
------------
Polícia Federal deve assumir investigação de ação de grupos de zoofilia (adeptos da prática de sexo com animais) que tem ramificações em Mato Grosso, promovendo intensa troca de vídeos de cunho sexual com animais. Apuração ainda está na esfera da Polícia Civil de Mato Grosso, mas pelas ramificações com membros de outros países, será remetida para Polícia Federal.

Existência de grupos que fomentam a prática foram revelados em depoimento do estudante Emerson Fernandes Pedroso, 30, preso depois de publicar um vídeo onde aparece fazendo sexo com uma cadela.

Vídeo vazou nas redes sociais no dia 19 de abril, causando grande comoção e revolta, principalmente por parte dos grupos de proteção aos animais. Emerson teve decretada a prisão temporária por cinco dias e foi preso ao se apresentar na Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Sema). A cadela "Branquinha", alvo dos abusos, foi localizada e encaminhada para exames. Outros dois cães do estudante foram retirados da guarda dele.

Segundo o delegado Gianmarco Paccola Capoani, titular da Dema, em depoimento Emerson confirmou que o vídeo foi feito para um dos grupos de zoofilia que participava. O primeiro, do qual acabou excluído, era integrado mais de 100 membros, inclusive de outros países onde havia intensa troca de material pornográfico no grupo e ele foi excluído por não compartilhar material. Depois foi adicionado no segundo grupo, do qual participavam membros do grupo anterior.

Foi para este grupo que ele produziu o vídeo que vazou e o levou a prisão. Segundo Paccola, o inquérito está em andamento e seis pessoas já foram ouvidas. Os demais depoimentos virão a partir do resultado dos laudos periciais no celular que o estudante usou para fazer o vídeo e compartilhar as imagens.

Fonte: Folha Max

4 de maio de 2017

Homem é preso por matar uma galinha através de abuso sexual

Quem pode aceitar uma barbárie desta?
----------------
JACKSON COUNTY, Oregon ( KATU ) - Um homem do Oregon é acusado de assassinar sexualmente uma galinha.

Joshua Brian Woltmon, de 27 anos, foi preso  na Cadeia do Condado de Jackson nesta semana sob acusações de agressão sexual de um animal, indecência pública, conduta ameaçadora e desordenada.

Documentos alegam Woltmon  que é doente mental por ter praticado um ato de gratificação sexual através de órgãos genitais de uma galinha.

Woltmon também foi preso por violação de liberdade condicional por posse de metanfetamina; Sua fiança é fixada em US $ 20.500.

30 de abril de 2017

Justiça solta estudante que filmou estupro de cadela em Cuiabá - MT

Pois é, se acontecer alguma coisa com o cara vão culpar quem?
----------
Delegado afirma que soltura do suspeito pode comprometer a investigação
A Justiça liberou na noite de sexta-feira (28) o estudante Emerson Fernandes Pedroso, que filmou um vídeo em que aparece abusando sexualmente de uma cadela.

Ele estava sob prisão preventiva no Centro de Ressocialização de Cuiabá desde a última segunda-feira (24). A liminar foi concedida pela juíza Flávia Catarina Oliveira de Amorim, da Vara do Meio Ambiente.

O advogado do estudante, Rodrigo Lázaro de Souza havia pedido a revogação da prisão de Emerson na terça-feira (25), argumentando que o estudante havia se apresentado espontaneamente à Delegacia na segunda-feira, colaborando com as investigações do caso.

Durante depoimento, o acusado indicou onde estaria a cadela que ele havia estuprado. O animal, de nome “Branquinha”, foi encontrado naquele mesmo dia no bairro Pedra 90 e foi entregue para uma entidade de proteção aos animais.

A decisão ocorreu depois que o delegado Gianmarco Gianmarco Paccola Capoani, titular da Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), pediu a prorrogação da prisão preventiva de Emerson na quinta-feira (27).

De acordo com o delegado, a liberação do estudante comprometeria o andamento das investigações, por isso foi pedido à concessão de manter Emerson preso por mais cinco dias. Além disso, o pedido também seria para manter sua integridade física, já que ele está sendo ameaçado de morte .

“Se ele fugir, por exemplo, por causa das ameaças, eu já não tenho acesso a ele. Amanhã pode aparecer uma informação nova, em que terei que interrogá-lo novamente, fazer uma outra perícia. E existe também um risco de atentado contra a segurança. No caso pode acontecer um homicídio”, explicou ao MidiaNews.

Apesar do parecer favorável do Ministério Público, a juíza Flávia Catarina decidiu por liberar o estudante. A decisão não foi disponibilizada. 

Fonte: MidiaNews
Leia tudo sobre o caso CLICANDO AQUI

26 de abril de 2017

Cadela "estuprada" por estudante é encontrada pela polícia e passará por perícia

Que maravilha!!!!!! todo mundo devia ficar sabendo o que acontece com estes bestaloides..... Tiro no carro, casa invadida e tudo mais..... 
-----------------
A Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) resgatou a cadela que aparece sendo estuprada em um vídeo gravado pelo estudante Emerson Fernandes Pedroso. O animal, de nome “Branquinha”, foi encontrado no bairro Pedra 90, na manhã desta terça-feira (25) e ainda deve ser passar por perícia.

Após os procedimentos, “Branquinha” será entregue para uma entidade de proteção aos animais, assim como os outros dois cães resgatados no  último sábado (22).  Emerson alega que somente estes dois últimos são seus cães de estimação, ele contou ao delegado Gianmarco Pacolla na noite da última segunda-feira (24), após se entregar à polícia, que “Branquinha” foi encontrada na rua. Os policiais, no entanto, trabalham com a possibilidade da cadela pertencer à algum morador do Pedra 90, bairro onde Emerson também mora.

O jovem teve o mandado de prisão temporária de 5 dias cumprido no começo da noite de ontem, após se apresentar na Delegacia. Ele responde inquérito policial por maus tratos de animais e associação criminosa, em razão de haver suspeita que ele  seja membro de um grupo de zoófilos - pessoas que têm atração e envolvimento sexual com animais de outras espécies.

O rapaz aparece em imagens mantendo relação sexual com uma cadela. O vídeo circulou na semana passada nas redes sociais e causou revolta na sociedade e em diversas Organizações Não-Governamentais (Ongs) de proteção aos animais.

A cadela estava em poder de uma pessoa que recebeu o animal e entrou em contato com os policiais da Dema, para fazer a entrega. Conforme a Dema, desde a notícia do vídeo, a Polícia Civil realizou diversas diligências pela região de moradia do estudante e fez contato com mais de 50 moradores.

Aos policiais, Emerson contou que "Branquinha" estava há cerca de 4 meses em sua casa, local onde havia mais outros três animais. Ele também disse que desde a divulgação do vídeo passou a receber ameaças e sua casa foi invadida e saqueada por pessoas revoltadas com a repercussão do caso. 

Fonte: Olhar Direto
-----------------
Leia Mais:

25 de abril de 2017

Polícia resgata dois cães de estudante PRESO que aparece em vídeo de zoofilia.

ATUALIZAÇÃO às 09:04hs.

Este carinha quando for encontrado.... caraca..... nem quero pensar.... O pior é que cachorra sumiu também..... Eu vi o vídeo e não publiquei porque é nojento demais.... podre....
--------------------
A Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) resgatou dois cães da raça Lhasa Apso, de propriedade do estudante, Emerson Fernandes Pedroso, indiciado por maus tratos de animais e associação criminosa. 

Emerson, que ainda não foi localizado para prestar esclarecimentos, é investigado por suspeita de ser membro  de um grupo de zoófilos - pessoas que têm atração e envolvimento sexual com animais de outras espécies.

Na última semana, em 18 de abril, foi divulgado um vídeo onde ele aparece mantendo relação sexual com uma cadela. O vídeo causou revolta na sociedade e em diversas Organizações Não-Governamentais (Ongs) de proteção aos animais. 

Segundo a Polícia Civil, o suspeito tem quatro cães, dos quais dois já foram resgatados. A cadela que aparece na filmagem ainda não foi encontrada.

Os dois cães apreendidos, uma fêmea e outro macho, estavam sob os cuidados de uma pessoa, amiga da família do envolvido, que após saber das diligências ininterruptas realizadas pela Polícia Civil durante todo o feriado de sexta-feira (21) e sábado, para apreender os animais, entrou em contato com os policiais para entregar os cachorros.

"Identificamos essa pessoa. Diligenciamos até o endereço dela no Pedra 90, mas não a encontramos. Ao saber que estávamos a sua procura, ela entrou em contato com os policiais e negociamos a entrega dos animais. Ela foi ouvida no sábado à noite", explicou o delegado Gianmarco Paccola Capoani.

Os animais foram entregues, na Dema, ao delegado Gianmarco Paccola Capoani, que na quinta-feira (20), entrou com pedido de prisão temporária contra Emerson Fernandes Pedroso, ponderando na representação a repercussão social das "cenas criminosas filmadas pelo próprio indiciado e publicadas posteriormente nas redes sociais, que geraram repugnância maciça na sociedade", inclusive extrapolando os limites locais.

"Trata-se um fato que abalou o sentimento social, e certamente, além das questões criminais aqui investigadas, é certo que deverá haver paralelamente sanções de reparação de dano extrapatrimonial ambiental", disse o delegado.

A prisão do estudante ainda não foi decretada pelo Judiciário.

22 de abril de 2017

VÍDEO completo do homem praticando zoofilia no portão de residência

Pessoas, me desculpem, mas, achei por bem publicar o vídeo na íntegra para que possamos avaliar o grau de doença de humanos miseráveis...... Nossa postagem do dia 19 - VÍDEO: homem é flagrado praticando zoofilia em cães no portão de residência, mostra um pequeno trecho da filmagem. A delegacia local está tentando localizar o camarada.

video
O vídeo estava neste facebook, mas, ele foi tirado do ar. 
SOMOS TODOS Mendigos
Galera cuidado aqui no Jardim Lurdes -Guaianazes Divisa com Ferraz de Vasconcelos tem um velho tarado ele anda nas casas pedindo dinheiro nas casas ... Aí olha o que ele teve capacidade de fazer .Com cachorros Pitibul.Imagina Imagina si ele entra na sua casa e faz isso com seus Filhos.

21 de abril de 2017

Jovem é indiciado e polícia busca supostos membros de grupo de zoofilia

Ontem publicamos sobre: Universitário grava vídeo estuprando uma cadela e gera revolta em Cuiabá. Daí a polícia foi atrás.... só que o crápula fugiu.... 
---------------------
O estudante de Cuiabá que gravou o vídeo fazendo sexo com a sua cadela é procurado pela polícia ambiental
A Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) da Capital indiciou e pediu a prisão do estudante Hemerson Fernandes Pedroso, acusado de ter abusado sexualmente de uma cadela. 

Nesta quarta-feira (19), um vídeo em que o jovem aparece fazendo sexo com o animal ganhou repercussão nas redes sociais e causou revolta da sociedade e de diversas Ongs (Organizações Não Governamentais) de proteção aos animais, que prometeram registrar boletim de ocorrências contra o acusado.

Morador do Pedra 90 em Cuiabá-MT, o rapaz deve responder por crimes de maus tratos e associação criminosa. Segundo a Polícia Civil, Hemerson seria membro de um grupo de zoófilos – pessoas que têm atração e envolvimento sexual com animais de outras espécies –, com isso, policiais buscam identificar outros integrantes do grupo.

Após tomar conhecimento do vídeo, que ainda circula nas redes sociais, o delegado Gianmarco Paccola Capoani iniciou as investigações para identificar o homem que aparecia nas imagens.
“Os trabalhos se prolongaram por toda a noite de quarta-feira até a manhã desta quinta-feira (20), com a representação do pedido de prisão do rapaz, que não foi localizado pelas equipes policiais", disse o delegado.

Hemerson teria fugido de casa na noite de quarta-feira, depois de saber que o vídeo tinha sido vazado e que estava sendo procurado pela polícia. No pedido de prisão, o delegado ponderou a repercussão social das "cenas criminosas filmadas pelo próprio indiciado e publicadas posteriormente nas redes sociais, que geraram repugnância maciça na sociedade", inclusive extrapolando os limites locais.

Associação Criminosa
Por conta das investigações da Dema, Hemerson Fernades foi apontado como membro de um grupo de zoófilos. "Essas pessoas teriam por prática ilícita o contato físico com animais e, na sequência, a filmagem de tais atos e sua especulação do referido material, que circularia entre os indivíduos do grupo", explicou o delegado.

Testemunhas confirmaram o indício de envolvimento de outras pessoas na prática do crime. As buscas identificaram postagens de redes sociais, vinculadas a Emerson, além de outras fotografias (animais) ligadas a mais indícios de ilícitos penais.

Maus tratos
O crime de maus tratos foi vislumbrado pelas imagens do vídeo, que demonstram detalhadamente que Emerson está naturalmente se referindo aos membros do grupo e também por transparecer de que aquela não seria a primeira vez da prática sexual com a cadela.

"Isso está evidente quando, ao destinar o vídeo, utiliza as expressões “para os amigos que ainda não tinha visto meu vídeo”, ”aí vocês vão gostando ai óh”, ”galera ela tá no cio”", diz trecho do indiciamento.

A Polícia Civil também destacou a necessidade mandado de busca e apreensão para coleta de provas, como eventuais computadores e/ou celulares, bem como do resgate de animais que possam estar no endereço do indiciado, para maior profundidade do resultado das investigações.

Defesa dos animais
Para fortalecer a luta em defesa dos animais, a presidente da Organização de Proteção Animal de Mato Grosso (Opa), Michele Scopel, vai registrar nesta quinta-feira (20) um boletim de ocorrência, junto a outros representantes protetores dos animais contra o Emerson Fernandes.

“O que ele fez é uma monstruosidade. Infelizmente tem muito disso e a não é divulgado. Nunca tinha visto uma coisa dessas, a pessoa pra ter coragem de filmar é um demente, um monstro mesmo”, disse revoltada.

Há dez anos trabalhando no amparo aos animais, a voluntária diz que o caso não pode ficar impune, mas que o mais preocupante é saber que ele tem outros animais em casa.

“Esperamos que ele pague por isso. Mas principalmente, o que me preocupa são os animais. Nem dormi pensando nos animais, porque ele tem mais de um. A preocupação é saber como eles estão, o que ele fez com esses animais. A gente tem que descobrir pra poder resgatar. Porque pelo visto não é de agora que ele faz isso”, afirmou Michelle que irá acompanhar o caso para não cair no esquecimento.

Denúncias
Para informações sobre o paradeiro do rapaz procurado e de outros crimes contra animais e o meio ambiente podem ser feitas no 197 ou 181 da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso.

20 de abril de 2017

Universitário grava vídeo estuprando uma cadela e gera revolta em Cuiabá

Tem que denunciar sempre.... Que coisa impressionante a cara de pau destes perturbados mentais!!!! Se alguém salvou o vídeo, manda p´ra gente?
-----------------
Entidades ligadas a defesa dos animais vão registrar ocorrência da Dema
O estudante universitário Hemerson Fernandes, de Cuiabá, gravou um vídeo em que aparece fazendo sexo com um cachorro. O ato ocorre no banheiro de uma residência.
O vídeo “viralizou” na tarde desta quarta-feira. Diversas entidades de defesa aos animais já anunciaram que irão denunciar o estudante a polícia.

O estudante trata da relação sexual com o animal de forma natural. Ele, inclusive, tece “elogios sexuais” a cachorra. . "Ela sempre aguenta tudo, sempre, impressionado. Ela está no cio. Gostosa demais", assinala o jovem, que retirou sua página do ar após a repercussão do vídeo.

Um dos militantes da defesa dos animais, o Sargento Vidal, anunciou que irá registrar a ocorrência na tarde desta quinta-feira na Delegacia Estadual do Meio Ambiente (Dema). A representação solicitando será proptocolada às 13 horas. “Queremos que a delegacia identifique esse rapaz e recolha todos os animais que vierem a ser encontrados na casa dele”, declarou.

Vidal disse que a punição ao estudante é importante para que a população se conscientize. “O que esse rapaz fez é um ato repugnante. E se passar em branco pode incentivar outras pessoas a fazerem o mesmo ou algo pior”.

O defensor da causa animal esclareceu que Hemerson Fernandes deve ser enquadrado na Lei 9.605/98, que trata dos maus-tratos e engloba a zoofilia (sexo com animais). A pena é de 1 a 3 anos de prisão, que pode ser convertida em medidas alternativas.

Fonte: FolhaMax

19 de abril de 2017

VÍDEO: homem é flagrado praticando zoofilia em cães no portão de residência

Mas que safado!!!!!!
---------------------
Um homem ainda não identificado foi flagrado na manhã, desta segunda-feira (17), praticando zoofilia em dois cães, no portão de uma residência, Nova Andradina, a 297 km de Campo Grande. Nas imagens, o suspeito recebe sexo oral dos animais.

O vídeo foi enviado ao Jornal da Nova e conforme publicado pelo site local a gravação foi feita por volta das 10h50, no Bairro Centro Educacional. Nas imagens, o suspeito está do lado de fora do portão, quando retira seu órgão genital e aproxima dos cachorros, que começam a lamber.

“Se faz isso com um cachorro, imagina com uma criança. É bom divulgar para que todos fiquem atentos”, afirmou o internauta. Segundo o Jornal da Nova, até o momento nenhuma denúncia do gênero foi registrada nos órgãos competentes.

O Jornal Midiamax tentou contato com a 1ª Delegacia de Polícia de Nova Andradina, mas até o fechamento da matéria não obteve retorno.

Fonte: Midiamax

17 de fevereiro de 2017

Criminoso que seviciou e matou éguas em Palmeira foi condenado a prisão - PR

Uma notícia muito boa e que não me lembro de ter visto outra nem parecida. Foi sobre um tarado nojento que andava estuprando e matando éguas naquela cidade. O caso foi em out/2015 e  julgado agora em janeiro de 2017. A Juiza Cláudia Sanine Ponich Bosco decidiu prisão de 3 anos, sete mil de multa, mil e oitocentos de advogado, regime semi aberto onde ele deverá "Recolher-se em sua residência nos dias feriados e finais de semana e nos dias úteis das 22:00 às 05:00 horas do dia seguinte. Deixo de determinar o recolhimento em casa de albergado em razão de inexistir este tipo de estabelecimento penal nesta Comarca, não se prestando a cadeia pública local para suprir-lhe a falta"

Leia a sentença clicando neste link abaixo do

Sobre o caso

17 de novembro de 2016

Detidos por sexo com oito rottweilers - Virgínia - EUA

Pergunto a quem me lê: o mundo precisa de gente deste tipo? estes nojentos tem conserto?
------------------------
Os dois amigos tinham ainda na sua posse pornografia infantil.

Dois homens, que partilhavam um apartamento em Lakeside, no estado norte-americano de Virginia, foram detidos por violarem pelo menos oito cães de raça rottweiler, que mantinham na habitação de ambos. 

Craig Knox, de 36 anos, era já suspeito de posse

8 de julho de 2016

Laura Muller fica constrangida com pergunta sobre sexo com animais

Só faltou ela dizer que abusos contra animais é crime..... Não deveria ter informado ou ela não sabe?
------------------------
Laura Müller, sexóloga do programa “Altas Horas”, da Globo, ficou em uma saia justa no último sábado (2). Durante o quadro sobre sexo, um jovem da plateia quis saber se saliva de cachorro faz mal para o pênis.

“Eu tenho um amigo que tem vários cães, certo? E ele pediu para perguntar se saliva de cachorro em excesso faz mal pro pênis”, disse o rapaz.

A morena ficou sem reação por alguns instantes

1 de julho de 2016

DENUNCIAR sites de zoofilia 2. Faça sua parte, por favor!

Gente, vamos denunciar até sair do ar? Leitor nos mandou. Já fiz do UOL e da Safernet. O link é  http://inforumzoofilia.blogspot.com.br/2012/01/voce-ja-fez-sexo-com-algum-animal.html


As denúncias deverão ser feitas ao http://www.safernet.org.br/site/denunciar. Eu sugiro, também, a polícia federal no e-mail crime.internet@dpf.gov.br e a página do UOL que funciona bem: https://denuncia.uol.com.br/

14 de junho de 2016

Canadá legaliza “parcialmente” sexo com animais

Helpeeeeeeeeeeeeeeee!!!! socorrooooooooo!!!!!!!!! tira o tubo!!!!!!!!!!!!!
------------------------
Desde que não haja penetração, bestialidade é "aceitável"

A Suprema Corte do Canadá decidiu nesta quinta-feira (9), que determinados atos sexuais entre humanos e animais são legais. Em uma decisão inesperada, absolveram um homem que estava sendo julgado por estuprar suas próprias filhas da acusação de “bestialidade”.

O homem teria “passado manteiga de amendoim nas genitais de suas vítimas enquanto o cão da família lambia, ele filmou o ato”.
Por sete votos a um, os juízes decidiram que é