RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador santuário. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador santuário. Mostrar todas as postagens

31 de agosto de 2017

Sobre Projeto GAP - Chimpanzés Cecília e Marcelino estão se conhecendo melhor

Juro por Deus, eu queria entender porque este Santuário deixa os chimpanzés cruzar para ter filhotes.... EU JURO MESMO!!!!!!!!! Não aceito isto como querer o bem do animal.... Primeiro porque o Santuário é uma selva de pedra e segundo deixar nascer filhotes é perpetuar o sofrimento de um animal prisioneiro...... Engraçado que tem várias ONG´s que acham isto formidável!!!!! eu hein.... tô fora..... Concordo que a vida daqueles animais era bem pior, mas, não consigo achar legal esta procriação e estes recintos de tijolo de concreto que deve ser um infernário quando verão. Aliás, falo isto há milênios desde quando foi levantado suspeitas já que o dono do santuário é dono de laboratório..... Se quiser conferir, veja nossas postagens ao final.
---------------

7 de agosto de 2017

O criador de gado vegetariano que decidiu salvar suas vacas do abatedouro

Será que um dia vamos abrir o jornal e ler que "JBS, o maior fornecedor de carne animal do mundo, fechou suas portas porque decidiu deixar de ser carniceiro"? Ebaaa!!!!! ora, sonhando e falando vamos emitindo energias que atingirão o objetivo..... ou não? Só vou informar, mais uma vez, que o título original desta matéria aqui publicada está errado: Animais de porte grande vão para o matadouro (bovinos, equinos e muares) e animais de porte pequeno (cabrinos, ovinos, suinos e aves) vão para o abatedouro.
------------
Jay Wilde abriu mão de R$ 184 mil, valor do rebanho de 63 vacas que enviou para santuário de animais, para mudar de ramo e 'limpar sua consciência'.

Um criador de gado resolveu desistir do negócio e enviou seu rebanho a um santuário de animais para protegê-los do abate.

Jay Wilde, de 59 anos, tem uma fazenda em Ashbourne (Reino Unido) e enviou 63 vacas para um centro de proteção de animais em Norfolk por não aguentar mais enviá-las para o abatedouro.

Wilde é vegetariano há 25 anos, cresceu cuidando de vacas e tomou conta do negócio da família quando seu pai morreu, em 2011.

“As vacas têm uma boa memória e uma variedade de emoções. Elas criam relacionamentos. Eu até as vi chorar”, diz ele.

Confira, no vídeo, a história de Jay Wilde.


“Era muito difícil dar o meu melhor para cuidar delas e então enviá-las para o abate, que deve ser uma morte horrível.”

A fundadora do Santuário Hillside de Animais, Wendy Valentine, disse que Wilde não é o primeiro criador de vacas a doar seu rebanho. Ela disse que alguns criadores eram produtores de laticínios e não queriam mais explorar os animais.


“Eu estou aliviado por ter tomado essa decisão de não criar mais animais, algo que eu sempre achei desagradável”, disse Wilde.

Seu cunhado disse a ele que era “completamente insano” doar gado que poderia ser vendido por R$ 184 mil no mercado. Wilde disse que “uma falta de imaginação” o impediu de mudar de mercado antes.

Agora, ele cuidará do cultivo de legumes e verduras veganos e orgânicos e tentará fazer fungicidas e fertilizantes sem matéria animal.

FONTE: G1

8 de junho de 2017

Leões resgatados de circo são envenenados em santuário na África

Meu Deus, eles se libertam da exploração nos circos e tem uma morte destas? Não é justo..... é muita covardia.....
------------------------
Os leões José e Liso tiveram a cabeça, pele, rabo e patas decepadas, o que levanta a suspeita de que foram mortos para serem usados em rituais

Dois leões resgatados de circos no Peru em 2014 e transferidos para um santuário na África do Sul, em 2016, foram assassinados neste sábado. Segundo a Animal Defenders International (ADI), instituição responsável pela remoção dos animais, eles ingeriram grandes quantidades de veneno, falecendo rapidamente. As cabeças, peles, rabos e pés dos felinos foram removidos pelos criminosos, o que levanta a suspeita de que eles foram mortos para serem utilizados em rituais.

Os felinos, José e Liso, foram levados a África pela ADI, junto com outros 31 leões depois de dez anos de trabalho da organização no Peru e na Colômbia. Os biólogos da instituição identificaram os animais em cativeiro, coordenaram campanhas em prol da liberdade dos animais e, finalmente, fizeram o resgate. Desde então, os leões viviam no Santuário Emoya para grandes felinos, uma propriedade privada de 5.000 hectares na província de Limpopo, nordeste da África do Sul.

“Este assassinato covarde de duas almas inocentes, leões doces e idosos, um dos quais sofreu danos cerebrais por golpes na cabeça no circo, não deve ficar impune”, afirmou a organização, em nota publicada em seu site.
Investigação

Leões costumam ser mortos na África do Sul para que seus membros sejam usados em rituais feitos por curandeiros locais. Frequentemente, os animais são envenenados antes que seus corpos sejam mutilados.

O crime está sendo investigado pela polícia da África do Sul e por unidades de combate à caça ilegal na região. A ADI também ofereceu ajuda, incluindo a oferta de uma recompensa por informações que levem aos suspeitos.

As medidas de segurança do santuário estão sendo revisadas, enquanto guardas armados protegem os felinos restantes. Demais providencias ainda estão sendo avaliadas, como a evacuação dos leões enquanto a segurança não é reforçada.

Confira o vídeo feito sobre a transferência de José e Liso ao Santuário (em inglês):


FONTE: VEJA

29 de abril de 2017

Animais apreendidos pela Polícia Ambiental ganham casa nova em Curitiba


O que fico só pensando é naqueles que não tem a sorte de serem resgatados, tratados e com a probabilidade de uma vida digna. Estes aí estavam com traficantes em Londrina.
----------------


14 de março de 2017

Shana e seus 300 cães: o santuário dos cachorros que ninguém quis - POA - RS


A história é tocante.....
------------------------
Matilha que vive em sítio na Lomba do Pinheiro com sua cuidadora, uma ex-moradora de rua, é formada por animais doados e abandonados 

Uns conhecem o lugar que abriga Dunga, Toco, Freeway, Trapiche, Achado, Sortudo, Gueijo, Dia e Sol junto a outros quase 300 cachorros como o santuário da causa animal. Shana Waechter prefere chamar de lar o sítio na Lomba do Pinheiro onde vive e cuida da sua família, uma matilha repleta de vítimas de maus-tratos e portadores de deficiências.

Ex-moradora de rua, ela teve o amor por animais despertado por um vira-lata que a encontrou sentada em um banco de praça chorando. Na ocasião, lastimava a falta de trabalho e o abandono que a levou a morar na rua e à prostituição. Levou para casa o cusco, e desde então, nunca mais negou colo, comida e chamego para um animal de quatro patas que lhe aparecesse abanando o rabo. Aceitou também alguns de três patas, outros sem olhos, ou sem pelos. Em sua casa, sempre há espaço para mais um peludo sarnento.

E são 300 espalhados pela propriedade que divide com o namorado Benhur. O terreno amplo, a 45 minutos do Centro, quase não tem vizinhos, mas possui espaço de sobra para receber cães — muitos de gente que estava acostumada a deixar na extinta Secretaria Especial dos Direitos Animais (Seda), localizada a três quadras dali.

— As pessoas querem adotar filhotes bonitos, ou cachorros de raça. Tem gente que se estapeia na internet para comprar, e gastam fortunas. Esses daqui são jogados na estrada. Tem gente que só larga eles no meu portão, queria ter câmeras para ver quem são — diz.A cachorrada segue Shana por todo lado: dezenas de guaipecas e vira-latas atrás da travesti de 1,80m, buscando comida ou atenção. Tirando um ou outro de conduta agressiva — esses, mantidos no canil —, a maioria fica solta correndo e latindo livres pela propriedade.

No sítio, os animais não ganham tratamento vip: o banho é uma vez por mês e a disputa por comida é acirrada, mas são bem cuidados. Shana trata problemas comuns, como bicheira ou sarna dermodésica. As únicas condições impostas pela cuidadora para aceitar doações é que os animais venham castrados e seus donos deixem comida.

As refeições, ela prepara em um panelão, com polenta, fígado e arroz. Serve misturada com um pouco de ração e pão velho. Alimentar os 300 de Shana exige 40kg de alimento por dia. Quando a comida falta, ela aciona a rede de colaboradores para novas doações. Mas não gosta de pedir - prefere quando a ajuda é espontânea.

— Nunca tive nada, mas gosto de fazer pelos outros. A gente que já passou necessidade valoriza muito todo tipo de ajuda, e sabe que no final, dá-se um jeito — diz a travesti, que também aluga o espaço dos canis e promove brechós para completar o orçamento.

Natural de São Luís Gonzaga, Shana passou a infância como Alexandre Oliveira Waechter. Decidiu assumir a identidade feminina mais tarde, quando já morava em Caçapava do Sul.

Sofreu abusos quando criança e, até virar cuidadora de animais, teve uma vida difícil. Prostituiu-se, fez shows à noite, pulou de bico em bico. Na companhia dos cachorros, achou força para se manter em pé:

— Me comparo a eles. São os esquecidos da rua, e eu fui esquecida em muitas coisas.

FONTE: zh.clicrbs

11 de março de 2017

Caminhos Cruzados - matéria excelente da Revista Piauí

.



Leitora Fabíola nos mandou esta matéria faz uns dias. Demorei para ler tudo. E a conclusão é que é muito bom e bem revelador....

CLIQUE AQUI para ler a matéria de setembro/2016 da Revista Piauí

22 de fevereiro de 2017

Canguru resgatado abraça seus salvadores o tempo todo

Que coisinha mais meiga e querida...
-------------------
Abigail ou rainha Abi é um canguru fêmea que por viver abraçando seus salvadores é considerado um dos mais afetuosos do mundo. Ela deixa seus cuidadores sentirem como ela está grata, dando-lhes abraços todos os dias. Ela chegou ao Santuário do Canguru Alice Springs quando ela ainda era um bebê de 5 meses. 10 anos se passaram e ela se tornou a rainha do santuário.
Crédito Imagens e Vídeo: Kangaroo Sanctuary Alice Spring 
Fonte: LiveLeak

9 de fevereiro de 2017

Final feliz para o jegue arrastado por um trator - BA

O caso recente: Idoso flagrado arrastando um jegue por um trator é preso - BA, teve um final feliz. A Vereadora baiana foi lá pegar o pobrezinho...
--------------------
Ontem, na companhia do presidente de UNIMAIS, Carlos Ferrer, fui até o município de ADUSTINA-BA fazer o resgate e providenciar acolhimento para o Jeguinho que foi brutalmente amarrado e arrastado por seu ex-guardião no fundo de um trator. Um santuário localizado em Governador Valadares-MG receberá este indefeso animal, onde viverá livre de maus-tratos. O agressor foi advertido e responsabilizado criminalmente , embora tenha inúmeras vezes demonstrado arrependimento do seu ato bárbaro. Parabenizo e agradeço ao delegado de Polícia Civil, Dr. Inaldo da Silva Santana (e à sua equipe), que lavrou o Termo Circunstanciado a ser remetido para o Poder Judiciário baiano. Vou pedir liminar em ação cível para que o autor da crueldade se abstenha de ter animais em sua companhia. Graças a Deus por mais uma vida salva!

3 de fevereiro de 2017

Chimpanzé foge de santuário e mobiliza equipe em Sorocaba - SP

Desculpe, mas, não gosto deste santuário porque os animais ficam em "selvas de pedras" e procriam alegando que eles precisam de "família". 

Ora, me poupe!!!!!! ter família numa selva é uma coisa, agora, ter família nestas muralhas sem uma árvore, não dá!!!!! aliás, o Santuário deveria ser somente para dar uma vida boa para aqueles animais que foram resgatados e não para dar continuidade a animais prisioneiros..... 



Eu até gostava das ações do GAP, mas, quando comecei a acompanhar e saber destas coisas estranhas, me tornei uma questionadora. Até hoje não entendi para que tanto chimpanzés...... E fico muito grilada por outras coisas também... 







------------------------
Fuga foi confirmada pelo projeto GAP Brasil, mantenedor do local.
Moradores da região afirmam que orientação é não sair de casa.

Um chimpanzé fugiu do santuário de primatas mantido pelo GAP (Great Ape Projec / Projeto dos Grandes Primatas), na manhã desta quinta-feira (2), em Sorocaba (SP). A fuga foi confirmada em nota pelo GAP informando que todos os procedimentos de segurança foram tomados. A equipe do santuário afirma que está empenhada no resgate, seguindo os protocolos de segurança, e o Corpo de Bombeiros já está de sobreaviso para dar qualquer suporte, caso seja necessário.

A fuga do animal preocupa donos de chácaras na região que estão trancados dentro de casa. Cerca

28 de dezembro de 2016

Leitor quer negociar sua propriedade para fazer santuário para animais - Viamão - RS

Nosso leitor Olinto tem uma área que gostaria de oferecer para alguma ONG ou alguém que queria fazer um santuário para animais. Veja as informações que ele nos enviou: 

A chácara está situada em local distante de cidades, com mata nativa e duas casas de alvenaria, além de um galpãozinho de madeira. Tem água de poço (chega por força da gravidade/ sem precisar de motor-bomba), energia elétrica (CEEE), escritura, além de alguns móveis, utensílios, ferramentas, etc., com área de 7000 m2, no município de Viamão, próximo à Reserva Indígena do Cantagalo, e da divisa com Porto Alegre. A terra não é indicada para cultivos, de modo intensivo, pq está coberta por mata nativa, na maior parte. A 200 m, defronte a uma escola, há onibus para Viamão (com poucos horários), e para Porto Alegre (apenas 2 horários de ida e um de retorno).

Interessados, mandem e-mail para ele:
olinto2@yahoo.com.br

31 de outubro de 2016

Príncipe Harry participa de projeto para mover 500 elefantes para santuário na África

Eu queria entender a cabeça da Família Real inglesa..... Todos são amantes da caça e volta e meia um membro desta família faz estas "ações" midiáticas...... São muito caras de pau porque caçam raposas e tudo mais na Grã-Bretranha (e até mesmo na África) e aí vão dar uma de bonzinho nestas horas.... Ah, me poupem.....
-------------------
A família real britânica divulgou fotos e vídeos do Príncipe Harry num dos maiores projetos de conservação ambiental do mundo. Ele participou voluntariamente de uma iniciativa para levar 500 elefantes para um santuário no Malawi, na África.


No vídeo divulgado pelo palácio de Kesington, o príncipe fala sobre a importância da preservação das espécies e diz que foi uma experiência incrível, e os animais de alguma forma sabem que eles

28 de outubro de 2016

Países que caçam baleias derrubam proposta de proteção dos animais

Mais uma derrota...... estes países alegaram que caçam em nome do turismo.... Podemos considerar pessoas do bem destes países? Me impressiona o Japão, tão civilizado, educado, com tanta gente querida, com nobres sentimentos e ter um governo que decide que vai continuar matando baleias por causa de investimentos turísticos...... eu morro e não entendo isto!!!!!
------------------------
Ideia de fazer um santuário no Atlântico foi rejeitada. Japão, Noruega e Islândia lideram defesa da caça dizendo que têm investimentos no turismo

Eslovênia - Os países que caçam baleias conseguiram derrotar nesta terça-feira mais uma tentativa das nações do hemisfério sul, entre elas o Brasil, para proteger esses animais da caça comercial e fazer um santuário no Atlântico. As baleias foram praticamente extintas por conta da caça no século 20. A proposta a favor da

26 de outubro de 2016

No Paraguai cavalos são resgatados e trocados por motos

Pois é, ao final da matéria, dizem que outros países da America Latina usaram expedientes com estes. Bem, aqui no Brasil, só lembro de uma cidade lá no RS que trocou os animais pelos famosos "cavalos de lata". Aqui no Rio, os cavalos saíram de Paquetá dando lugar aos troles elétricos. Mas, tirando estes, não recordo de nenhum outro caso. Se alguém lembrar, fala p´ra gente registrar aqui?
Fonte: Daily Mail
Colaboração: Helô Arruda
---------------------

Cerca de 100 cavalos que trotavam pelas ruas de Assunção, capital do Paraguai, durante anos transportando cargas pesadas de lixo, estão sendo retirados para um santuário em uma fazenda. Os

14 de outubro de 2016

Elefantas resgatadas de circo em MG chegam ao primeiro santuário do país, em MT

Bem, já falei aqui e vou repetir: onde estariam os possíveis 50 elefantes da América do Sul para serem levados para o Santuário? Perguntei duas vezes à direção desta ONG e, na ocasião do seu lançamento, não recebi resposta. Mas, vamos ver como vai funcionar, né mesmo? Todo sucesso do mundo para que os pobres animais sejam beneficiados.....
---------------------

10 de outubro de 2016

ONG faz campanha para construir um santuário de animais no interior de SP

Quem puder ajudar, o Link da Kickante é este.
------------------------
Empresário doou sítio e integrantes querem construir estrutura em Piedade.
Em 12 anos de atividade, associação acolheu milhares de animais.

A Associação Maxmello de Amparo à Vida Animal realiza uma campanha de arrecadação de fundos para construir um santuário de animais em Piedade, no interior de São Paulo. Neste sábado (1), a ONG havia arrecadado 2,5% dos R$ 950 mil necessários para a realização projeto. O santuário tem como objetivo cuidar de animais que carregam sequelas de maus tratos, com

27 de agosto de 2016

Tigre resgatado de 'pior zoo do mundo' chega à África do Sul

O grandão teve sorte, mas, seus companheiros.....
------------------------ 
Laziz, de nove anos, foi retirado com outros 14 animais de zoo em Gaza.
Ele irá viver em santuário após dividir pequena jaula com tigre empalhado.

Um tigre resgatado do que ativistas chamavam de “o pior zoológico do mundo” chegou ao seu novo lar na África do Sul na quinta (25), depois de viver em uma pequena jaula em Gaza, ao lado de um tigre empalhado.

O macho de nove anos de idade, chamado Laziz, chegou de avião. Os cuidadores disseram que ele

19 de agosto de 2016

Depois de 7 anos de cativeiro, ursa vai para Santuário do Animals Asia - Vietnã

Que sorte desta pobrezinha tanto pelo dono quanto da possibilidade de colocação em um santuário feito por uma ONG. A maioria destes animais roubados ainda filhote de suas mães, vão para fazendas de extração de bilis depois de viverem em cativeiro e descartados quando não interessa mais. A foto é de quando sua chegada ontem no santuário. Acompanhem  tudo no Facebook da Animals Ásia.
---------------------------
É um dia de alegria para Annemarie o urso do sol, que, depois de sete anos miseráveis ​​, está finalmente começando a ver a vida fora dos limites de sua gaiola. O urso do sol foi comprado ilegalmente como um animal de estimação exótico no Vietnã e mantido em uma pequena gaiola de metal enferrujado com um mínimo espaço para se movimentar. Felizmente, depois de perceber os requisitos legais necessários para abrigar um urso do sol, o filho do proprietário original que havia falecido, decidiu fazer a coisa certa e se propôs a doar a ursa.


Felizmente, Animals Asia entrou em ação e veio em auxílio de Annemarie. Eles a trouxeram a um centro de resgate de urso  no Vietnã para fornecer seus cuidados e reabilitação. Um dos trabalhadores

17 de agosto de 2016

Tigre impede ataque de leopardo ao fundador de santuário no México

Sempre que leio uma notícia, vou pesquisar. Quando me chegou esta Tigre impede ataque de leopardo em zoológico no México, lá fui eu. 

Estas imagens foram feitas em out/2015 e o próprio santuário intitulou o vídeo: Enquanto brincava com as crianças, Aztlan me salvou do ataque de Dharma.

Este santuário se chama The Black Jaguar-White Tiger Foundation e no Canal do Youtube deles tem vários vídeos que todos nós já assistimos. Aliás, o fundador do santuário colocou ontem no Facebook a história do Dharma quando reparou que o vídeo estava viralizando pela internet.  A linda foto acima é do Santuário e o seu presidente prova que as espécies quando nascem em um mesmo ambiente conseguem conviver sem problemas. Leiam aqui sobre tal filosofia.

20 de julho de 2016

Mulher abre mão da vida pessoal para fundar um asilo de cachorros abandonados pelos donos

Em setembro do ano passado publicamos: Mulher transforma sua casa em santuário para animais idosos abandonados - EUA. Como eu amo demais cachorros velhos e o assunto voltou a rodar nas redes sociais, estou de novo falando sobre a Sher e sua ONG chamada House With A Heart Senior Pet Sanctuary mostrando um dos seus vídeos. Amo tudo isto.....
------------------------
Por causa da idade avançada e das condições de saúde, os cachorros mais velhinhos são sempre deixados de lado pela sociedade. É mais comum do que você imagina: muitos cachorros acabam sendo mandados, por seus donos, para abrigos quando chegam na velhice- seja pela impaciência de cuidar dos bichinhos, pela aparência ou pelos tratamentos caríssimos.

Mas uma mulher está fazendo a sua parte para