Mostrando postagens com marcador marfim. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador marfim. Mostrar todas as postagens

25/06/2017

Comissão Europeia proíbe a exportação de marfim em bruto

Nada disto vai adiantar.... só mesmo quando acabar humanos psicopatas ou os elefantes....
----------
A Comissão Europeia vai proibir a exportação de presas antigas de marfim em bruto a partir de 1 de julho.

A Comissão Europeia vai proibir a exportação de presas antigas de marfim em bruto a partir do dia 1 de julho. Depois desta data, os Estados-membros da UE não poderão emitir documentos de exportação para o marfim em bruto, exceto para fins educativos ou científicos.

Embora o comércio internacional de marfim esteja proibido em grande medida desde 1990, ano em que os elefantes obtiveram a proteção máxima da CITES, a UE permitia a comercialização do marfim adquirido antes desta data. Entre 2003 e 2014, 92% das exportações da UE – que é a maior exportadora do marfim adquirido antes da entrada em vigor da CITES em 1975 – tiveram como destino a China e Hong Kong. 

Por causa das suas valiosas presas de marfim, 100 000 elefantes africanos foram vítimas de caçadores furtivos, em apenas 3 anos (2010-2012). Em Moçambique, os caçadores dizimaram metade da população destes animais num período de cinco anos. 

O marfim contrabandeado, que parte do continente africano, pode passar pela Europa ou pelo Médio Oriente para chegar à Ásia. Nos últimos anos, têm sido efetuadas apreensões de marfim em vários aeroportos de países como a Alemanha, a Suíça e os Emirados Árabes Unidos. 

“A exportação legal de um número considerável de presas e outros produtos de marfim da UE para a Ásia criou um sério risco de que o marfim ilegal estivesse a ser branqueado e introduzido no circuito comercial legal”, declarou Joanna Swabe da Humane Society, organização que saudou a decisão da Comissão Europeia, defendendo, no entanto, que a proibição deveria abranger o marfim trabalhado. 

“A UE não deveria ser uma facilitadora do tráfico de marfim e da perpetuação do seu consumo. A procura global de marfim deu origem a uma epidemia de caça furtiva e à grave dizimação das populações de elefantes. Os lucros ganhos com este comércio cruel têm sido usados para financiar o crime organizado e o terrorismo”, defendeu a cientista. 

“Embora aplaudamos a CE por ter introduzido esta diretriz referente ao comércio de marfim, (…) acreditamos que a UE tem de ir muito além dela e agir de forma a terminar o comércio de todos os produtos de marfim trabalhado, independentemente da idade destes.” 

“Com o encerramento iminente do mercado de marfim da China até ao fim deste ano e as medidas tomadas recentemente para restringir as vendas de marfim nos EUA, compete aos restantes mercados importantes de marfim, como a UE, assumir as suas responsabilidades e fazer a sua parte. Apenas com estas medidas rigorosas poderá a UE ajudar a pôr fim ao tráfico de marfim e assegurar a sobrevivência dos elefantes no seu meio natural.”

FONTE: theuniplanet

17/06/2017

Surge uma nova arma na luta contra matança de elefantes na África

Quando eu falo estou coberta de razão. Olha a utilização da tecnologia.... Eu fico encantada vendo o avanço efetivo em favor dos animais.... Axé para estes jovens, principalmente, lá do Vale do Silício.
----------
São Paulo – Grupos de proteção da vida selvagem já utilizam uma variedade de métodos para combater o tráfico ilegal de marfim, incluindo aviões e drones. Agora, os elefantes no Quênia receberão mais proteção graças a uma nova tecnologia: sensores de ondas de choque balísticos  que, acoplados aos colares de rastreamento dos animais, informam as autoridades imediatamente após a detecção de disparos por caçadores.

O novo sistema é o primeiro a fazer uso da tecnologia de detecção de ondas de choque para impedir o tráfico ilegal e salvar elefantes africanos ameaçados. Chamada de WIPER, a tecnologia é fruto de um esforço conjunto entre a Faculdade de Engenharia Informática de Vanderbilt e a Universidade Estadual do Colorado.

Os caçadores de elefantes comumente usam dispositivos para abafar o som de suas armas de alta potência, mas a explosão também produz uma onda de choque acústica, que não pode ser suprimida. A tecnologia WIPER detecta que uma bala passou por um elefante protegido e, logo em seguida, envia um alarme com a sua localização.

Ter uma notificação em tempo real como essa dá às autoridades a chance de prender os caçadores no ato e até mesmo impedir a remoção das presas dos animais.

Segundo os pesquisadores, o objetivo é disponibilizar livremente o sistema para todos os fabricantes de colar de GPS, para que isso possa se tornar uma característica comum em todos os dispositivos de rastreamento de vida selvagem.

A tecnologia é suficientemente sensível para cobrir um raio de 50 metros, de modo que basta colocá-la nos colares de apenas alguns elefantes por manada.

Com uma bolsa de US$ 200 mil que receberam da empresa de telefonia móvel Vodafone, os pesquisadores começarão a desenvolver neste mês os protótipos e a realizar testes no norte do Quênia. O desafio do momento é desenvolver um colar de rastreamento que tenha energia na bateria suficiente para durar 12 meses. De saída, a meta do projeto é cobrir 100 elefantes por ano.


FONTE: diarioonline

10/03/2017

Foi morto no Quénia um dos últimos elefantes de "presas gigantes"

.
Que coisa mais lamentável..... O que falar diante destas tragédias?
------------------------
A morte de Satao II significa que não existem agora mais do que 25 elefantes desta espécie no planeta. Quinze deles estão no Quénia

Um dos mais velhos e maiores elefantes de África foi morto por caçadores furtivos num parque do sul do Quénia, informou esta segunda-feira uma organização de proteção da fauna selvagem.

Satao II, com o mesmo nome que um outro

09/03/2017

Polícia reprime tráfico de tartarugas e marfim na China

.
É pena que não sabemos se os caras foram liberados, para onde foram as tartarugas e o que fizeram com o marfim apreendido..... É nesta região autônoma da China que fica Yulin, cidade que tem o festival de carne de cachorro.... Que horror!!!! o mundo precisa de gente assim, meu Deus?
-------------------
As forças policiais de fronteira locais recentemente reprimiram dois casos de tráfico de animais selvagens e prenderam sete suspeitos na região autônoma de Guangxi Zhuang, no sul da China. A polícia recebeu uma denuncia na tarde de domingo de que suspeitos estariam traficando animais selvagens em um bairro na cidade de Fangchenggang e correu para investigar. Localizaram uma casa com cerca de 70 tartarugas ensacadas.

A polícia resolveu a varreu o bairro e encontrou três homens processando produtos de marfim. Mais tarde eles admitiram a venda de produtos de animais selvagens no WeChat. A polícia encontrou um total de 133 peças com um peso de 33 quilos de produtos de animais selvagens, incluindo marfim, chifres de rinoceronte, chifres antílope, presas de tigre e couro de vison na sala. Os casos ainda estão sob investigação.

05/01/2017

China anuncia que irá proibir mercado de marfim em 2017 para proteger elefantes

Demorô!!!!!! outros países já baniram a comercialização do marfim e era a China a maior consumidora.....
------------------------
País é expoente no comércio, que levou a redução drástica na população de animais

RIO - O governo chinês anunciou em comunicado, nesta sexta-feira, que o mercado de marfim no país terminará em março de 2017, como forma de minimizar a devastação em massa de elefantes africanos.

A China já havia anunciado anteriormente seus

30/09/2016

População de elefantes na África cai devido à caça ilegal

Isto está sendo falado faz tempo e até agora não vejo nada de concreto para por um BASTA nisto!!!!!! me dá um nervoso falar este lance de "Caça ilegal"... nojo.... toda caça deveria ser ilegal, pô!!!!!!
------------------------
JOANESBURGO (Reuters) - A população de elefantes na África caiu cerca de 20 por cento entre 2006 e 2015 devido a um aumento na caça ilegal de marfim em todo o planeta, informou a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês) em relatório divulgado neste domingo.

A entidade, cuja sede é na Suíça, é considerada a maior autoridade em fauna selvagem no mundo e a divulgação do relatório na conferência sobre comércio internacional de animais selvagens vai conferir certa urgência ao tema, com alguns

01/09/2016

Cão que perdeu uma perna salvando animal na África se recusa a parar de trabalhar

Só o nome dele já diz que tenacidade ele tem..... O nome é lindo Shaya.... que ser maravilhoso ele é..... mesmo explorado, responde dignamente a confiança que humanos lhe depositam..... se bem que neste caso nem considero uma exploração.... é algo para o bem de outros animais.....
------------------------
O cão, que passou por duas cirurgias, se adaptou muito bem a sua nova condição, segue fazendo tudo o que fazia antes e parece não saber que agora possui uma perna a menos

Shaya é um cão da raça Pastor Belga que trabalha no continente africano prestando serviços em duas organizações criadas por Craig Spencer (a Transfrontier Africa e a Black Mamba Anti-Poaching Unit) que ajudam a proteger rinocerontes, elefantes e outras espécies ameaçadas em uma

20/07/2016

Comissão Europeia alimenta a indústria da vaidade


Nossa amiga Margarida lá de Portugal nos manda este excelente artigo.
-------------------
Vários especialistas têm vindo a alertar há anos para o desaparecimento do elefante africano a curto prazo, vítima da caça furtiva para obter marfim, se não forem tomadas medidas enérgicas


Texto de André Silva • 14/07/2016 - 10:45
André Silva, Porta-voz e Deputado do PAN

No dia 1 de Julho a Comissão Europeia (CE) apresenta um documento no qual sustenta a sua decisão de se opor a uma proibição global do comércio de Marfim. Por incrível que pareça esta não foi uma notícia com relevância suficiente para

25/05/2016

Luta contra extinção dos elefantes vira moda entre famosos

Moda ou não, o importante é que se dispõem a falar sobre o tema.... Só não dá para ser incoerente como o Principe Willian e sua mulher Kate que falam sobre preservação dos animais na África e caçam no Reino Unido, né mesmo? 
------------------------ 
Leonardo DiCaprio e a duquesa de Cambridge visitaram os santuários na África

RIO - Lutar pela preservação do animais e seus santuários na África está cada vez mais na moda entre artistas e celebridades. A hastag #SaveTheElephants tornou-se um grito de guerra na classe artística. A pedido do governo do Quênia, a atriz Elizabeth Hurley viajou para Nairobi, há alguns dias, onde presenciou a destruição de 105

03/05/2016

Governo queniano queima 105 toneladas de chifres de marfim

Agora, que me respondam os universitários: a matéria fala em 33 mil elefantes mortos em "caça ilegal", mas, e a "caça legal"? quais os dados corretos? Tem que chamar todos os santos para ajudar nesta causa, pessoal!!!!! E o governo do Quênia diz que está com medo de extinção dos elefantes..... Ué, não quer ganhar dinheiro com caçadas? que nojo!!! Clique AQUI para ler tudo que publicamos sobre marfim.
---------------------

O governo do Quênia queimou 105 toneladas de marfim: foi a maior quantidade de chifres de marfim da história destruída. Para obter os chifres, caçadores matam elefantes e rinocerontes e extraem o "produto" exótico; por conta disso, os animais podem correr risco de extinção. O quilo do marfim custa, aproximadamente, quatro mil reais.

01/04/2016

“Lei da Conservação” não criminaliza o abate ilegal do elefante em Moçambique, onde ainda é permitido caçar desportivamente o paquiderme

Esta questão da caça e o seu uso como fonte de renda para um país, é de uma confusão proposital e atende somente aos interesses econômicos. Países da África vivem a contradição da legislação. É bom a gente conhecer para entender melhor esta crueldade praticada contra animais covardemente caçados naquele continente.
------------------------ 
A Lei nº 16/2014 é um marco importante na defesa da biodiversidade em Moçambique porém, a chamada “Lei da Conservação”, ainda não criminaliza o abate ilegal do elefante deixando os paquidermes à mercê dos caçadores furtivos que, entre 2010 e 2015, mataram cerca de dez mil animais para lhes retirarem os seus dentes de marfim e venderem-nos ilegalmente para fins ornamentais. Ademais, na chamada “Pérola do Índico”, ainda é permitido caçar legalmente e desportivamente o maior mamífero

19/03/2016

Bruxelas adota plano de ação contra o tráfico de animais selvagens

Resta saber se vai funcionar..... tomara que sim.... 
A matéria é originária de periódico de Portugal e por isso a escrita é diferente, ok?
------------------------
A Comissão Europeia apresentou nesta sexta-feira um plano de acção para combater o tráfico de animais selvagens na União Europeia (UE), que visa, por exemplo, suspender a exportação de artigos antigos de marfim.

O plano inclui 32 acções a realizar até 2020, centrando-se em prioridades como a prevenção do tráfico e a redução da oferta e da procura de produtos ilegais da fauna e da flora selvagens.

26/02/2016

Na Tanzânia caçadores de marfim acusados de matar piloto conservacionista podem ser condenados à morte

.
Deus será justo e deixará a justiça mandar estes filhos do "coisa ruim" encontrarem com o papai no inferno!!!!! 
Fonte: Daily Mail
Colaboração: Helô Arruda
------------------
Nove 'caçadores de marfim' estão sendo acusados de abater um piloto de helicóptero britânico enquanto este tentava salvar elefantes na Tanzânia.
Roger Gower foi morto a tiros, atingido por baixo por um rifle ao participar de uma

23/06/2015

Uma tonelada de objetos de marfim é destruída no coração de Nova York

Funcionários do Departamento de Vida Selvagem dos EUA colocam peças de marfim em máquina trituradora na Times Square, em Nova York, na sexta (19) (Foto: Andrew Burton/Getty Images/AFP)


Acho que este tipo de evento é muito importante porque mostra o que está acontecendo com os animais que são massacrados para que as pessoas tenham objetos de marfim.... muito bom!!!
-----------------------------





Operação na Times Square denunciou contrabando e morte de elefantes.
Itens confiscados foram colocados em máquina trituradora sob aplausos.

Cerca de uma tonelada de estátuas, presas esculpidas, joias e objetos de decoração feitos em marfim foi destruída na sexta-feira (19) na Times Square de Nova York, em uma operação feita pelas autoridades para denunciar o contrabando que mata milhares de elefantes anualmente.

Sob as luzes de néon da praça mais famosa do mundo e em meio a aplausos dos espectadores,

23/05/2015

Seis milhões de dólares em marfim contrabandeados

Nossa Helô, ao mandar a matéria, disse o quanto impressiona a imagem.... realmente chocante!!!! quantas vidas mortas... perdidas....
-----------------------------------------------


Autoridades em Singapura fizeram, no dia 19 de maio, a maior apreensão de contrabando de marfim da década, escondido sob folhas de chá em dois containers que seguiam do Kenya para o Vietnã. A carga ilegal continha presas de marfim, chifres de rinocerontes e dentes de felinos. Paula Kahumbu, líder ativista de Nairóbi da ONG Wildlife Direct está pressionando o governo do Kenya para investigar como esse embarque foi conseguido.

Fonte: The Guardian

-------------------------------------
Outra matéria sobre o comércio de marfim no site do Esquerda.Net:
Rinocerontes e elefantes na fábula do mercado

06/03/2015

Em visita à China, príncipe William pede fim do comércio de marfim

Gente, eu acho este príncipe um cara de pau sem tamanho!!!! o cara é um tremendo caçador e fica fazendo campanha como um bom moço.... quem não te conhece te compra!!!!!
--------------------------------------



O príncipe William, do Reino Unido, pediu nesta quarta-feira (4) o fim do comércio de marfim durante visita a um santuário de elefantes na província de Yunnan, no sudoeste da China, no final de

05/09/2014

Marcha pelos Elefantes quer salvar animais da extinção

Será que ainda há salvação?
-----------------------------
Marcha pelos Elefantes quer salvar animais da extinção
Ele é uma das espécies mais imponentes, inteligentes e carismáticas do reino animal. Todavia, a existência dos elefantes está ameaçada.

Estima-se que mais de 36 mil elefantes sejam mortos pela caça predatória por marfim todos os anos, segundo dados das Nações Unidas e a organização United for Wildlife*. 

Pelos cálculos, uma vida se perde a cada 15

14/08/2014

Dia Mundial dos Elefantes

Nossa leitora Cecília nos mandou um vídeo documentário sobre o "Dia Mundial dos Elefantes" comemorado no dia 12 de agosto. Impressionante..... não deixe de ver.... No canal do Youtube Elephant Reintroduction Foundation tem muitos outros sobre o assunto. Assine a petição deles clicando na imagem abaixo onde pode ser visto o vídeo, também.



"Em 12 de agosto de 2012, o Dia Mundial do Elefante foi lançada para chamar a atenção para a situação urgente de elefantes asiáticos e africanos. O elefante é amado, reverenciado e respeitado por pessoas e culturas ao redor do mundo, mas podemos estar à beira de ver o último desta magnífica criatura."

"Marfim é o mesmo material dos nossos dentes e chifre de rinoceronte o mesmo de nossas unhas. Queremos deixar claro que essas partes de animais devem ser inúteis, sem nenhum valor científico". (Dr. David Jones, diretor do Zoológico da Carolina do Norte, USA).

28/02/2014

Hanko - carimbos japoneses que valem a vida de um elefante

Jesus amado, eu não sabia disto, aliás, nem imaginava.... O blog do "Esquadrão Pet" fez uma ótima matéria sobre o tema. Aliás, o dia que descobri que as teclas do piano eram de marfim, parei de tocar..... Hoje são feitas de material sintético que imita o marfim. Mas, no meu tempo de pianista, todos eram de marfim sim..... CLIQUE AQUI para ler.


21/02/2014

Príncipe William quer destruir marfim no palácio para dar exemplo

E adianta? ô cara de pau..... alguém acha que a realeza vai deixar? só rindo mesmo!!!!! imaginem o menino nervosinho entrando nos palácios para recolher os objetos de marfim..... só rindo mesmo!!!! até podem pegar um ou outro para fazer a encenação.....
_________________

O príncipe William revelou que pretende destruir todos os objetos de marfim no Palácio de Buckingham, em Londres, e dar assim o exemplo a outros líderes mundiais.

William falou do tema num encontro sobre o tráfico de animais. O Duque de Cambridge, que costuma participar em ações de defesa dos direitos dos animais, defendeu uma política de «tolerância zero» em relação à caça de elefantes e ao tráfico ilegal de marfim.

A posição de William também já foi contestada por amantes do mundo da arte, que consideram a destruição dos objetos de marfim como uma ação radical.

FONTE: A bola PT

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪