Mostrando postagens com marcador macaco. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador macaco. Mostrar todas as postagens

28/09/2017

Indiano abusa e maltrata macaco durante passeio no Parque Ranthambore

Se um destes macacos pegasse este desgraçado e metesse o dente nele ia todo mundo chamar os bichos de violentos.... Quando eu falo que é uma grande ilusão achar que na Índia todo povo respeita os animais.... Pode até ser que no passado havia algum sentimento, mas, hoje é só isto que vemos... Cara nojento e podre mesmo....

22/09/2017

Filhote de macaco vítima de queimadas é encontrado debilitado em Palmas

Tenho lido na imprensa a quantidade de animais vítimas destas queimadas. Isto é o que a gente sabe, mas, os animais que não ficamos sabendo? quantos não morreram? pobres deles.... sem ajuda nenhuma dos humanos culpados do seu sofrimento...
---------- 
Animal estava em um laboratório da capital e a Polícia Militar Ambiental foi acionada por um funcionário.

O Batalhão da Polícia Militar Ambiental resgatou um filhote de macaco sagui que possivelmente foi vítima de queimadas em Palmas. O animal foi encontrado em laboratório da capital e a equipe foi acionada por um funcionário no fim da tarde desta terça-feira (19), por volta das 18h20. De acordo com a polícia, o animal estava debilitado e foi levado para o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), onde receberá os cuidados necessários para depois ser devolvido à natureza.

19/09/2017

Macaco ressuscita amigo após uma descarga elétrica

Já publicamos este vídeo, mas, a narrativa da pessoa que reeditou o mesmo é muito boa e descreve a cena com bastante objetividade. Informo que não achei o vídeo original. Quem souber me manda?Aproveito para publicar uma foto do Mural Animal da saudosa intrépida Marli Delucca que nos deixou há quase 2 anos. Saudade desta pessoa!!!!!
------------

14/09/2017

Fotógrafo vence batalha por direitos da selfie do macaco

Demorou, mas, saiu.... O que eu achei? ah, sei lá, entende?
------------------------
A Justiça americana decidiu que a lei dos direitos autorais não se aplica ao animal

A longa disputa judicial envolvendo o fotógrafo inglês David Slater e o macaco que em 2011 roubou sua câmera e ...

16/08/2017

Macaco é resgatado de dentro de canal em Pereira Barreto

Muita sorte do pretinho ter sido visto pelo bombeiro de folga.....
----------------
Bombeiros disseram que o animal estava cansado e não conseguiu nadar até o final do canal, que possui quase 10 quilômetros de comprimento.

Um macaco da espécie bugio foi resgatado de dentro de um canal artificial de Pereira Barreto (SP), que liga os rios Tietê ao São José dos Dourados, nesta segunda-feira. Segundo o Corpo de Bombeiros, o resgate foi feito por um bombeiro que estava de folga e um amigo. Eles estavam em um barco. O animal não conseguia sair de dentro do canal por conta das margens do local serem de concreto.

Os bombeiros disseram que o macaco já estava cansado e também não conseguiu nadar até o final do canal, que tem quase 10 quilômetros de comprimento. Os homens conseguiram capturar o animal com uma corda, o colocaram dentro do bar e o soltaram em uma mata próxima. Animal foi colocado dentro de barco e solto em uma mata. 

14/08/2017

Macaco volta a mexer a mão e segue em observação

No ultimo dia 08 de agosto publicamos: Macaco com lata presa na mão é capturado por populares - RS e era consenso que o pobrezinho ia perder a patinha..... Graças a Deus, ele está mexendo os dedinhos..... que notícia boa, não?
------------
O animal foi capturado por dois trabalhadores do Santa Cruz Country Club na manhã de segunda-feira

Boa notícia para quem aguardava a recuperação do macaco, que por cerca de um mês ficou com uma lata entalada na mão. Nesta quinta-feira, 10, ele voltou a utilizar o membro ferido e a expectativa é de que ela não precise ser amputada. Segundo a auxiliar do médico veterinário responsável pelo animal, Jaqueline Alves, nesta quinta-feira, o curativo foi removido e, depois de medicarem o machucado, os profissionais avaliam o comportamento do macaco.

O animal foi capturado por dois trabalhadores do Santa Cruz Country Club na manhã de segunda-feira. Ele foi encaminhado para a Clínica Faveco, onde passou por um procedimento para remoção do objeto. Não foi necessário realizar cirurgia.

Conforme o veterinário Flávio Castro de Andrade, a lata estrangulou a mão e cortou a circulação do membro. Havia a possibilidade de amputação, no entanto, como a recuperação vem ocorrendo de forma positiva, a tendência é de que isso não seja mais necessário.

Jaqueline comenta que o animal deve ficar em observação por mais uma semana. Segundo ela, a devolução dele ao Parque da Gruta nos próximos dias poderia prejudicar a recuperação ou provocar um novo ferimento no local afetado.

08/08/2017

Macaco com lata presa na mão é capturado por populares - RS

No último dia 4 publicamos a respeito: Chuva atrapalha buscas ao macaco com lata presa na mão - RS . Graças a Deus ele foi capturado, embora tenha sofrido grande estresse e isto não é bom. Enfim, que eu esteja totalmente errada, ele consiga ser recuperar e não perder a patinha que ficou presa na lata....
------------
Depois de duas tentativas frustadas dos técnicos do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em capturar o macaco que havia sido avistado no Parque da Gruta com uma lata presa na mão, desta vez a história teve um final diferente. Nas vezes em que o Ibama tentou encontrar o animal, ele não apareceu. Nesta segunda-feira, 07, funcionários do Country Club, em Santa Cruz do Sul, avistaram o animal e conseguiram capturá-lo.

Eles contam que estavam trabalhando quando viram o macaco em árvores próximas à sede do clube. Começou, então, a caça ao animal. Segundo Valdemir da Silva, um dos envolvidos na captura, foi preciso fôlego para dar conta do bichinho. Ele o colega Diomar tentaram cercá-lo e acabaram vencendo a disputa no cansaço. Quando o macaco caiu, um dos funcionários jogou uma jaqueta sobre ele e conseguiu, finalmente, resgatá-lo.

Valdemir e Diomar fizeram a captura do macaco na manhã desta segunda-feira
Foto: Bruno Pedry

Os Bombeiros foram acionados para ajudar na remoção do animal. A Prefeitura também esteve no local e levou o macaco para uma clínica veterinária. Ele já foi medicado. O médico veterinário da Clínica Faveco, Flávio Castro de Andrade, realizou uma avaliação preliminar no animal, que não corre risco de morte. No entanto, pode perder a mão que está presa na lata. O Ibama foi comunicado sobre o ocorrido e uma equipe deverá se deslocar a Santa Cruz do Sul.



Fonte: GAZ

04/08/2017

Chuva atrapalha buscas ao macaco com lata presa na mão - RS

Teve um outro caso no princípio do ano que me parece que não conseguiram pegar o pobrezinho. Confere: Macaco com lata presa à mão dá trabalho para veterinários de Umuarama
-----------
Ibama aproveitou a visita para orientar adaptações que evitem novos incidentes

Técnicos do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) estiveram em Santa Cruz do Sul nesta quarta-feira, 02, para resgatar um macaco que há cerca de um mês está com uma lata presa na mão, no Parque da Gruta. No entanto, a instabilidade atrapalhou os trabalhos.

De acordo com o médico veterinário do Ibama e responsável pela área de fauna silvestre do Rio Grande do Sul, Paulo Guilherme Carniel Wagner, e com o biólogo do Cevs, André Alberto Witt, os animais costumam estar mais recolhidos quando o tempo está nublado. Para capturar o macaco ferido, esperava-se a aproximação dele, já que a área de mata é muito extensa e a probabilidade de encontrá-lo nela seria pequena.

A intenção é que os dois retornem ao município na sexta-feira, se o clima estiver a favor da operação, ou na semana que vem. Segundo Wagner, a necessidade de deslocá-lo para atendimento médico dependerá da situação em que for encontrado. "Provavelmente ele terá que ser deslocado. Deve estar com alguma lesão pois se não consegue tirar a lata é porque está muito presa. O mais provável é que esteja com as farpas da lata encravadas na pele. Acredito que teremos que levá-lo para o hospital veterinário da UFRGS para realizar algum procedimento". Depois que estiver bem, o macaco será devolvido à natureza.

Os técnicos fizeram uma série de apontamentos para a Prefeitura a fim de evitar que novos incidentes envolvendo os animais silvestres sejam registrados no local. Entre as sugestões, estão adaptações no parque e uma campanha de conscientização da população para que não alimente os bichos.

Conforme o secretário municipal de Comunicação, Régis de Oliveira Júnior, o Executivo espera instalar 30 placas a partir da semana que vem nas áreas de maior circulação do parque, perto das churrasqueiras e nas trilhas, informando que é proibido fornecer alimentos aos animais. O descumprimento da regra, inclusive, está sujeito a penalidade conforme a Lei de Crimes Ambientais.

Além disso, o Município realizará a troca de lixeiras abertas, instalará câmeras para flagrar quem alimentar os bichos e fará uma campanha para conscientizar moradores dos arredores. O secretário destacou ainda que a Prefeitura vai adquirir equipamentos necessários para novas operações – entre eles, rifles, anestésicos, gaiolas, pistolas e armadilhas – e irá fornecer treinamento para uma equipe de servidores municipais, os quais estarão aptos a realizar os procedimentos. 

FONTE: gaz.com

26/07/2017

Macaco-prego é flagrado furtando biscoito de uma banca de revistas - RJ

O Jardim Botânico e a Gávea são bairros que tem muito macaco e saguis, mas, não sabia que chegava a este ponto....
-----------
A espécie é bastante comum nesta região e não deve ser alimentada

Um furto inusitado surpreendeu quem passava durante a manhã desta segunda-feira, 24, pelo bairro Jardim Botânico, zona sul do Rio de Janeiro. Um macaco-prego foi flagrado furtando um pacote de biscoito de uma banca de revistas.

Nas imagens gravadas, provavelmente, por câmeras de segurança é possível ver o momento em que o animal se aproxima da banca e tenta pegar um pacote de biscoitos. Ele se assusta com uma mulher passando e corre, mas depois retorna e consegue arrancar o biscoito e sai em correndo.

Essa espécie de macaco é muito comum nesta região do Rio, mas os ambientalistas recomendam que não se deve alimentar os animais silvestres, principalmente com alimentos industrializados.

FONTE: O povo

22/07/2017

Filhote de macaco que perdeu a mãe em Mato Grosso é levado para viver no RJ

O problema de animais viverem em cidades passam pelo risco da eletrocução.... Dá muita dó, gente!!!!
------------ 
Mãe do filhote morreu eletrocutada em Juína (MT) e macaco foi resgatado em janeiro. Animal tem 6 meses de vida e vai começar um processo de reprodução e perpetuação da espécie.

Um filhote de macaco bugio-ruivo, que foi resgatado depois de ficar órfão ao perder a mãe, foi enviado para crescer e viver no Centro de Primatologia do Rio Janeiro (CPRJ), situado em Guapimirim. De acordo com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), o animal, que tem seis meses de vida, chegou ao Rio de Janeiro na terça-feira (18).

O macaco foi resgatado em janeiro deste ano, no município de Juína, a 737 km de Cuiabá, por uma equipe do Batalhão de Proteção Ambiental. Segundo a Sema, a mãe do animal morreu eletrocutada e ele ficou sob os cuidados de uma moradora até as equipes providenciarem o transporte para levá-lo ao batalhão.

Animal tem 6 meses de vida e vai começar um processo de reprodução e perpetuação da espécie no Rio de Janeiro (Foto: Sema/MT)

Em Cuiabá, uma pessoa ficou com a guarda provisória do filhote até que a transferência dele para o Rio de Janeiro estivesse oficializada.

O macaco saiu do Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, na noite de segunda-feira (17), e enfrentou 17 horas de voo para chegar ao destino.

De acordo com a médica veterinária da Sema, Isabela Ferreira, a viagem foi tranquila. O animal passa bem e se prepara para o processo de adaptação ao novo lar.

Conforme a Sema, o CPRJ fica em um cenário florestal integrado ao Parque Estadual dos Três Picos, ocupando uma área de quase 270 hectares, em meio a uma riqueza biótica extremamente significativa. O local possui uma metodologia de trabalho voltada para a manutenção e reprodução das espécies de primatas da Mata Atlântica.

De acordo com o coordenador de Fauna e Recursos Pesqueiros da Sema, Christiano Justino, a espécie desse macaco apresenta uma dentição não muito especializada, alimentando-se de uma grande variedade de alimentos, principalmente frutas. Por isso, são importantes para os ecossistemas onde vivem, sendo os dispersores de sementes e, consequentemente, formadores de florestas.

FONTE: G1

10/07/2017

Latino acha macaco de estimação e publica vídeo agradecendo ajuda

O Latino pergunta ao Twelves: por que você fugiu, meu filho? Vamos contar para ele? ele ficou de saco cheio de você abusar da paciência dele não deixando ser o macaco que é..... Que horror!!!!! A fuga aconteceu quando o Latino e ele chegaram dos EUA. 

Leiam tudo que publicamos registrando a exploração descarada deste animal CLICANDO AQUI. P´ra gente entender bem quem é o cantor, olha só: Mãe de Latino cobra atenção do cantor após sumiço de macaco: "Eu andei doente e você nem quis saber"
--------------
Twelves, macaco de estimação de Latino, foi encontrado próximo ao Aeroporto de Jacarepaguá, um dia após o desaparecimento. O cantor postou um vídeo do reencontro com o animal e agradeceu ao público a mobilização.
"Quero agradecer imensamente aos anjos de Deus, César Augusto e José da Rádio (voluntários da limpeza das Lagoas), por terem conseguido capturar e prender meu filho numa jaula improvisada", escreveu.
Fonte: O Povo


Achamosssss !!! 🐒🐒👏🏼👏🏼 Muito obrigado Brasil pelas orações !!! Tive fé que Deus não iria nos deixar na mão. Depois de passar por um riacho, por matas e entrando em mais de 30 condomínios pelos complexos da Barra da Tijuca, conseguimos finalmente acha-lo, detalhe, bem distante da minha casa, numa residência humilde proximo ao lago do aeroporto de Jacarepaguá. Quero agradecer imensamente aos anjos de Deus Cesar Augusto e José da radio (voluntários da limpeza das Lagoas) por terem conseguido capturar e prender meu filho numa jaula improvisada. Quero agradecer todos aqui das redes sociais que absorveram a minha dor e proliferaram a notícia, fazendo com que o amigo dos senhores acima fizesse contato com a gente, quando ainda estávamos numa mata. Foi emocionante ! Minha vontade era de esmagar o Twelves de raiva, mas a felicidade de ter o encontrado falou mais alto. Olha a carinha dele de desorientado. Vai ficar de castigo ! 😡 Sem palavras pra agradecer meus vizinhos @sauloleite82 e @gabriela.r.araujo que lideraram um grupo de amigos, que saíram incessantemente (a madrugada a fora) pra tentar localiza-lo. Obrigado @je_rodriguesoficial, @leotorres_oficial_, @carolborbatv pelo apoio emocional e pelos corres junto comigo. Desculpem as choradeiras mas sou muito emotivo mesmo, tive que cancelar até os compromissos de shows por causa disso, não teria cabeça pra nada, quem já teve um primata em casa, sabe que os macacos reagem como os seres humanos e no caso do @macacotwelves é como um filho pra mim. Deus é mais! 🙏🏼♥️ Um agradecimento especial @xuxamenegheloficial @hugogloss @euleodias @zezedicamargo sem palavras ! 👏🏼👏🏼
Uma publicação compartilhada por LATINO (@latino) em
Veja o vídeo do apelo para quem achar o animal avisar a ele:
Cantor Latino faz apelo nas redes sociais para encontrar macaco de estimação


14/06/2017

ONG que defende direitos dos animais critica filme Piratas do Caribe

Hoje em dia, graças a tecnologia não há mais necessidade do uso de animais em filmagens, né mesmo? 
----------
Relato sobre mal-estar de macaco-prego durante as filmagens foi o estopim do protesto.
De acordo com o tabloide britânico The Sun, a atriz Kaya Scodelario teria afirmado que um macaco-prego usado nas filmagens de Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar, passou mal durante as cenas rodadas no mar por ter se sentido enjoado.

Após a notícia ser veiculada na imprensa inglesa, a ONG PETA (sigla em inglês para Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais) publicou um comunicado direcionado ao produtor da franquia, Jerry Bruckheimer, e à The Walt Disney Company para que animais não sejam mais usados para fins de entretenimento em produções cinematográficas.

"Homens mortos podem não contar histórias, mas os relatos de que macacos-pregos vomitaram incontrolavelmente e morderam um maquiador no set de Piratas do Caribe falam por si mesmos", diz o texto, assinado por Colleen O'Brien, vice-presidente sênior da PETA. 

Em 2015, foi relatado que um macaco-prego que interpreta o companheiro do Capitão Barbossa, vivido por Geoffrey Rush, teria ferido uma pessoa da equipe, o que indicaria o stress ao qual o animal estava submetido.

"A PETA convida os produtores do filme a serem sábios e se juntarem à era moderna de imagens geradas por computadores e pararem de forçar animais selvagens sensíveis a atuar diante de câmeras."

Orçado em US$ 230 milhões, Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar arrecadou US$ 508 milhões nas bilheterias mundiais até então. Com Johnny Depp de volta ao papel do Capitão Jack Sparrow, o filme recebeu críticas mistas da imprensa especializada, sendo boa parte delas negativas.


FONTE: Adoro Cinema

12/05/2017

Macacos morrem eletrocutados perto de área de preservação ambiental - SP

Vão podar as árvores e depois ver o que vão poder fazer? faça-me o favor!!!!! que providências!!!! quando? quando morrer mais 50 macacos?
-----------------
Moradores da Vila dos Comerciários, na Zona Oeste de Marília, encontram quase todos os dias - macacos mortos eletrocutados pela fiação elétrica em uma área de conservação ambiental. Eles reclamam da negligência das autoridades competentes, que parecem não se importar com os bichos. 

O representante comercial Belmiro de Oliveira mora na região e já testemunhou muitas dessas mortes.“Tem bando de 30, 40 macaquinhos que sobem nos postes e não é a primeira vez que caem, sempre acontece. Acho que umas cinco, seis vezes já caíram macacos no chão e provavelmente todos eles morrem", acredita.

Foi o que aconteceu com um macaquinho prego que morreu eletrocutado quando tentou passar de uma árvore a outra. "Esse aí continuou no fio e como tem a barrinha que separa um fio do outro, ele pegou nos dois polos e ficou grudado”, afirma o aposentado Antônio Viana Trindade.

Já outro macaco, que também foi eletrocutado, conseguiu escapar com vida, só não escapou das sequelas de ficar sem uma das mãos. A área onde os macacos ficam é de preservação ambiental, mas que nem por isso ficou livre dos postes.

E como as árvores continuam crescendo, os galhos avançam sobre os fios e quando os macacos passam pelo local, pulando de galho em galho, eles acabam encontrando muitas vezes um fio energizado pelo caminho.

Alguns moradores tentam ajudar. Toda vez que o aposentado vê os macacos ele corre para o meio da mata e começa a assoviar, chamando os animais, para impedir que eles cheguem aos fios de alta tensão. Mas, os moradores cobram uma atitude das autoridades, como a poda das árvores, para evitar a aproximação dos macacos. “Faz 13 anos que moro aqui e nunca vieram cortar as árvores” afirma a moradora Eunice Evaristo Moura.

A CPFL informou que vai fazer podas, imediatamente, no local e analisar a possibilidade de instalar cabos que não dão choque nos animais.

11/05/2017

Mãe de um macaco se desespera com mau súbito de seu filhote

Juro que ao ver a foto, abri um berreiro.... é impactante....
--------------

O toque de cura da mãe angustiada: 

Uma fêmea se desespera com o espasmo de seu filhote e o aperta como se estivesse implorando que alguma força superior a ajudasse.  Dois minutos depois ele recupera a consciência.

A imagem mostra uma mãe que abraça seu bebê, parecendo lamentar-se na angústia enquanto a saúde dele se desvanece. Felizmente o bebê fez uma recuperação completa logo depois.

A angústia de uma mãe foi capturada em uma imagem única de fêmea de macaco segurando sua prole desmaiada. Ela, que parece estar lamentando enquanto segura o corpo flácido de seu bebê, foi fotografada em Jabalphur, na Índia, por Avinash Lodhi, de 31 anos. 

Avinash disse: "Esta foto está muito perto do meu coração, porque durante toda a minha carreira de fotografia nunca vi nada assim."

Foi tomada em Madhya Pradesh, na Índia central, e Avinash disse: "Foi tão rápido que eu nem sabia o que estava acontecendo quando eu tirei a foto, mas logo que confirmei a imagem, fiquei em silêncio por uma hora. "Esse momento é raro, especialmente com animais.", disse encerrando.

Fonte: Daily Mail
Tradução livre do Google para "O Grito do Bicho"

29/04/2017

Macaco obeso é levado para check-up pelas autoridades tailandesas

Gente, será que só eu vejo que tem alguma coisa errada? Não acho que seja gordura e sim um tumor. Estou errada?
-----------------
'Tio Gordo' vai passar por dieta. Segundo ONG local, ele está bem acima do peso porque turistas o alimentam mal.
Um macaco obeso virou alvo de preocupação das autoridades na Tailândia. Ele foi levado pelo departamento de Parques Nacionais e Conservação da Vida Selvagem para fazer testes de saúde, segundo informam os tabloides "Metro" e "The Sun".

O bicho vivia solto com outros macacos perto de um mercado flutuante de Bangkok, onde recebe muita comida de turistas. Uma ONG local disse que o animal não está doente, apenas come demais. A organização defendeu que o macaco, conhecido como "Tio Gordo", fique solto, pois seria uma espécie de líder para os mais jovens do bando.

Tio Gordo vai ser colocado de dieta num centro de vida selvagem e deve se exercitar até retornar a um peso normal para sua espécie.




Fonte: Globo Natureza e Daily Mail

15/04/2017

O macaco Riki é o mais novo tenista do Japão

O macaco está sendo explorado e ridicularizado em sua essência, evidentemente. As pessoas não percebem que humilhamos os animais quando tentamos fazê-los iguais a nós, a única sub-espécie do planeta.
----------
Vídeo de um macaco pelo nome de 'Riki' jogando tênis está varrendo a internet
O macaco japonês mostra suas habilidades  com uma raquete de tênis na mão
Começando por praticar suas voleios, o macaco continua a bater smashes no meio do ar.

Um macaco do Japão com o nome de 'Riki' está sensibilizando a internet pela sua habilidade de jogar tênis.Usando uma raquete de tamanho adequado, o macaco joga tênis com um homem que é aparentemente seu proprietário.

O macaco de seis anos de idade começa por praticar suas voleios, antes de saltar no ar para acertar uma série de tiros de quebra de cabeça.

No final de sua aula de tênis o macaco é felicitado, antes de posar para uma foto com o homem.

Enquanto uma parte do público demonstra simpatia para o adorável macaco outros criticaram considerando a filmagem cruel apontando para o fato de Riki estar amarrado a uma corda.  Em menos de 6 horas o vídeo do macaco tenista foi visto por mais de 300.000 vezes nesta ultima quinta-feira.

Fonte:Daily Mail
Tradução livre do Google para "O Grito do Bicho"



12/04/2017

Macaco que viu massacre da família se conforta com bichos de pelúcia

Ô dó, meu Deus!!!!!! ainda bem que está sendo atendido como merece....
------------------------
Animal está recebendo cuidados e logo será transferido para cativeiro

Mongkood, um macaquinho que presenciou o massacre de toda a sua família e foi vendido como animal de estimação, busca conforto em bichinhos de pelúcia.

Segundo a organização não governamental Wildlife Friends Foundation in Thailand (WFFT), o animal foi separado da família ainda muito pequeno, quando tinha menos de dois meses. Ele foi resgatado em 24 de março em estado de trauma.

Em comunicado divulgado na internet, a ONG informou que "o pequeno Mongkood ainda está perplexo e confuso com a falta da mãe. Ele ainda chora pelos cuidados e pelo amor dela, assustado e inseguro com o futuro".

Segundo publicado pela RedeTV, Mongkood está recebendo cuidados e logo será transferido para um cativeiro. "Faremos todo o possível para tornar menos estressante a transição dele para a vida em cativeiro. (...) Mantenha os animais selvagens selvagens e não como animais de estimação", apelou a organização.

24/03/2017

Bebê macaco chora sobre corpo da mãe morta e vídeo viraliza

Só peço a Deus que este pobrezinho tenha tido um destino condizente com sua perda.... Que dó!!!
----------------------
O filhote estava em uma árvore a espera da mãe
A imagem de um bebê macaco que perdeu sua mãe em um acidente de carro vem comovendo a internet. 

O animal foi atropelado por um veículo em alta velocidade perto de Elanthur, na Índia.

O filhote estava em uma árvore, quando percebeu que a mãe estava morta, começou a chorar, agarrado ao corpo no chão. “Perder um ente querido é doloroso não só para os seres humanos, mas também para os animais. Vimos o jovem macaco chorando sobre o corpo de sua mãe”, disse K Saravanan, que testemunhou o incidente.

22/03/2017

Chegada da febre amarela ao Rio põe em risco até micos-leões-dourados

Jesus amado, olhe por estes bichos..... mesmo a imprensa informando que os macacos não devem ser mortos, todo dia tem notícia de um caso .....
------------------------
Além de ter causado a morte do pedreiro Watila dos Santos, de 38 anos, e de ao menos três macacos no interior do Rio de Janeiro, a febre amarela ameaça também um dos mais bem sucedidos projetos de reintrodução na natureza de animais em extinção.

A Reserva Biológica de Poço das Antas, vizinha a Casimiro de Abreu (RJ), onde Watila vivia, fica na única região do mundo onde ainda existem micos-leões dourados.

Na década de 1980, esses animais eram presença rara nas áreas de Mata Atlântica da região. Havia apenas 200 na floresta. Graças ao programa conduzido na Reserva, hoje eles são 3.200, em oito municípios. 

"Não há o que fazer, só esperar. Os micos são tão vítimas quanto os humanos. Infelizmente, não há vacina contra febre amarela para primatas", diz o geógrafo Luís Paulo Ferraz, secretário-executivo da Associação Mico-Leão-Dourado (AMDL), organização não-governamental que faz o acompanhamento dos micos na natureza.

O programa de reintrodução contou com o apoio de zoológicos internacionais, que doaram os animais para serem readaptados ao meio ambiente. Técnicos treinaram os micos para agir novamente como animais silvestres. Em cativeiro, os micos desaprendem a subir em árvores e a encontrar frutas para se alimentar, por exemplo. 

Um programa de conscientização dos proprietários rurais da região levou à transformação de 22 fazendas em Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs). Separados em famílias, os micos têm um colar que permite aos técnicos da AMLD acompanhar seus deslocamentos, reprodução e ciclo vital. "Até agora só tivemos mortes de micos por causas naturais, atacados por predadores, ou atropelados. Não há registros por doença", disse Ferraz.

Nos últimos dias, porém, equipes da AMDL passaram a vasculhar a mata com mais atenção, em busca de primatas que possam ter sido vítimas da febre amarela. "Se ocorrer o pior e tivermos uma catástrofe, temos 250 micos em cativeiro. O jeito será recomeçar o trabalho todo de novo", declarou Ferraz.

Silêncio. Na última quinta-feira, um dia depois de exames confirmarem que Watila havia morrido pela doença, a equipe do biólogo Waldemir Vargas, da Fundação Oswaldo Cruz entrou na floresta de Córrego da Luz, bairro rural onde o pedreiro vivia. "A mata era só silêncio", relatou Vargas. A falta de som é mau sinal, explicou. Significa que os bugios podem ter deixado a região ao perceber que outros animais adoeceram. 

O biólogo afirma que o bugio é o primata mais sensível à doença. "Ele tem o metabolismo mais lento e movimentos vagarosos. Acaba sendo presa mais fácil para o mosquito. O mico também adoece, mas o bugio é a primeira vítima", afirmou.

"O primata é um sentinela importante. Se ele adoeceu, indica que há febre amarela na região", afirmou o subsecretário de Vigilância em Saúde do Estado do Rio, Alexandre Chieppe. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

13/03/2017

'Macaco é sentinela', diz agente sobre preocupação com matança de animais


E os pobres dos macacos são vítimas desta ignorância..... Olha o caso deste pobrezinho que ficou sem a mãe......
------------------
O medo da febre amarela no noroeste paulista levantou uma suspeita de que macacos estão sendo mortos por humanos. Neste ano, em São José do Rio Preto (SP) e região, dezenas de animais apareceram mortos com lesões graves e até envenenados. A Vigilância Epidemiológica diz que isso é um grave erro, já que os animais também são vítimas.

“O macaco se ele adoece com febre amarela e vier a falecer a gente vai fazer a investigação e verificar que o vírus está circulando, ele é sentinela para a gente. Se a pessoa acaba agredindo e esse macaco morre por uma causa externa a gente vai está direcionando toda uma ação para uma suspeita que não é pela doença”, afirma Andreia Negri, gerente de Vigilância em Rio Preto.

video

Isso porque é a partir do registro da morte desses animais que as secretarias municipais de Saúde conseguem identificar que o vírus está circulando na região. De janeiro do ano passado até agora 228 macacos foram encontrados mortos no Estado de São Paulo. Um levantamento da Secretaria Estadual de Saúde revelou que a maioria pode ter sido executada já que apresentava traumatismos e lesões.

Só em Rio Preto já foram encontrados 50 animais mortos e apenas dois estavam com febre amarela. “Cerca de 60% desses animais, a gente encontrou alguma causa externa, seja traumatismo, choque elétrico, tivemos um animal carbonizado e outro que foi ferido por uma arma”, afirma a enfermeira Michela Dias Barcelos.

A morte mais recente foi de um macaco bugio em Cardoso (SP). O filhote, recém-nascido, se salvou. Ele foi resgatado pela Polícia Ambiental num condomínio de chácaras. A mãe dele foi encontrada morta com sinais de envenenamento. “Foi achado um pote de veneno com comida, do lado do corpo da mãe. O macaquinho estava grudadinho como é o caso de recém-nascido, e ele chegou desidratado e hipoglicêmico”, diz a veterinária Fernanda Segobi Pegolo.

Os macacos são os primeiros afetados pela febre amarela silvestre: uma fêmea de mosquito infectada com o vírus, ao picar o animal, acaba transmitindo o vírus a ele, que fica doente. As fêmeas de mosquitos não infectadas quando picam um macaco doente, passam a ter o vírus e a transmiti-lo para outros macacos.

O caso reforça a suspeita de que os macacos estão sendo caçados e mortos por causa do medo da febre amarela. Além de um erro grave, matar ou machucar animais é crime. “Qualquer tipo de conduta que constitua uma agressão a animal silvestre ou não; com febre amarela ou não é uma conduta considerada crime ambiental e tem pena de detenção de até um ano, além de uma multa que parte de R$ 3 mil”, afirma o capitão da Polícia Ambiental Cassius Oliveira.

RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪