Mostrando postagens com marcador incêndio. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador incêndio. Mostrar todas as postagens

05/08/2017

Animais silvestres encurralados por causa das queimadas - MT




A dó que a gente sente só de imaginar o que os animais sofrem durante um incêndio é indescritível, não? E quando tem pessoal para socorre-los é uma graça dos Céus!!!!!
---------

26/07/2017

As três cadelas que estão reflorestando bosques destruídos pelo fogo no Chile

Esta matéria já saiu há alguns dias e não podia deixar de publicar. Quando eu digo da superioridade dos animais, não é a toa.....
---------- 
Com uma bolsa cheia de sementes, os animais da raça border collie estão replantando a vegetação que foi arrasada por incêndios no início do ano.

Os nomes delas são Das, Summer e Olivia. E sua função é nobre: ajudar a replantar árvores em bosques do Chile que foram destruídos por incêndios florestais no início do ano. Cadelas da raça border collie, elas enfrentam uma tarefa difícil. Carregando uma bolsa, percorrem quilômetros de áreas devastadas pelo fogo e espalham sementes para tentar fazer ressurgir as plantas.

O fogo consumiu 467 mil hectares de terra na região de El Maule, área central do Chile. Os incêndios deixaram onze mortos e milhares de pessoas desabrigadas. Segundo o Ministério da Fazenda do país, houve um prejuízo de US$ 330 milhões (R$ 1 bilhão).

Depois de alguns meses, o reflorestamento feito pelas cadelas começou a dar resultados.

"Antes, quando caminhávamos pelos bosques, ouvíamos um silêncio absoluto. Agora, já escutamos o som de pássaros. Se levantamos uma pedra, encontramos insetos", diz Francisca Torres, diretora da Pewos, uma organização ambientalista que atua na região.

Torres começou a levar suas cadelas para as áreas destruídas em março, mas o trabalho com as sementes começou um mês depois. Bastante inteligentes, os animais foram treinados para a tarefa pela ambientalista.

O fogo havia transformado o solo em um tapete de cinzas. Agora, com as sementes e ajuda da chuva, começaram a surgir pequenas plantas e árvores, além de algumas flores, o que pode ajudar o retorno da fauna silvestre.

"Disseram para nós que nunca mais iria crescer alguma coisa nos bosques, mas decidimos tentar da mesma forma. Na época, pensamos: 'pelo menos os pássaros podem comer as sementes'", conta Torres.

Eficiência canina
Além de outros terrenos, as sementes, de plantas nativas do Chile, já reflorestaram 15 bosques queimados.

"Levamos boldo, araucária, calêndula, camomila, peumo e quilaia (plantas chilenas). Elas ajudam as abelhas e outros polinizadores na primavera", explica Torres.

Inicialmente, a ambientalistas e outras pessoas de seu grupo comeraçam a recuperar os bosques manualmente, mas depois perceberam que os cães poderiam cobrir áreas maiores, e de forma mais rápida.

Em cada uma das saídas, que ocorrem uma ou duas vezes por semana, as cadelas percorrem entre 30 e 40 quilômetros. Com o treinamento, Das, Summer e Olivia aprenderam a controlar os impulsos, diz Torres.

"Elas sempre atendem aos chamados. E se veem algum animal selvagem, como as lebres, não o atacam. Elas permanecem onde estão e nos avisam", explica. "Isso nos permite saber se os animais estão voltando para a floresta."

O retorno do verde
Por enquanto, o grupo de ambientalistas não tem planos de aumentar o número que cachorros que fazem o reflorestamento. Segundo Torres, treinar outros animais requer muito tempo, além de mais voluntários.

O projeto ainda é pequeno e depende do esforço do grupo - eles já ajudaram em outras tragédias desse tipo. "As pessoas aplaudem nossa causa, mas poucas ajudam", diz.

De todo modo, o grupo está orgulhoso do trabalho, pois a vida está retornando aos bosques. "Vimos cinco ou seis lebres. Pode não ser muita coisa, mas isso pode significar que as raposas podem voltar também."


FONTE: Terra

21/07/2017

Bombeiros salvam cão de incêndio com massagem cardíaca

Nossos bombeiros mereciam ter todo equipamento como estes americanos, não? Ou será que ele tem e nós não sabemos?
-------------
O incidente ocorreu na Califórnia, nos Estados Unidos da América
Os bombeiros de Bakersfield salvaram um cão, que aparentemente tinha morrido num incêndio, esta quarta-feira, na Califórnia, nos Estados Unidos da América.

O animal estava inconsciente quando foi resgatado de uma casa em chamas. No entanto, os bombeiros não desistiram e aplicaram-lhe oxigênio e fizeram uma massagem cardíaca ao cão, fazendo com que este voltasse a respirar.

Fonte: Sapo

16/07/2017

Biólogo estima 300 veados, corços e javalis mortos na Serra da Lousã - Portugal

O saldo de mortes provocadas por aquele recente incêndio em Portugal é uma tragédia. O número se refere aos animais selvagens de porte grande que deu para contabilizar, aproximadamente, mas, quantos milhares de pequenos, quantas aves e quantos domésticos/domesticados se foram? Na ocasião publicamos até a história de Como um cão sobreviveu às chamas perto da estrada da morte . Pobres animais......
-----------
Pelo menos 300 veados, corços e javalis terão morrido, na Serra da Lousã, nos incêndios que assolaram os concelhos da região desde o dia 17, disse hoje à agência Lusa o biólogo Carlos Fonseca.

No entanto, "apesar de não ser extraordinário, o cenário é bastante positivo, tendo sobrevivido muitos destes animais que, pelo seu instinto natural, conseguiram escapar à frente das chamas", revelou o professor da Universidade de Aveiro, que monitoriza estas populações há mais de 20 anos.

Durante vários dias desta semana, a equipa de Carlos Fonseca percorreu centenas de quilómetros, nos municípios ligados à Serra da Lousã, "numa tentativa de avaliar o impacto deste intenso e extenso incêndio" nas comunidades de javalis, veados e corços.

FONTE: destak.pt

04/07/2017

Cabras ajudam donos de mansões da Califórnia a evitar incêndios

Pois é, o cara explora as cabras, e espero que não as descarte depois disto. A mulher dele é veterinária e pode ser que haja salvação...
-------
Animais são alternativa barata e natural para controlar o mato nas propriedades.

Há 21 anos, George Gonzales "salva mansões" dos incêndios de verão na Califórnia com um exército de cabras que comem tudo o que pode arder no mato antes de surgir a primeira faísca.

"Se a casa queimar, você pode reconstruir, mas fotos e objetos pessoais, por exemplo, você perde para sempre. É preferível ter cabras em volta da sua casa, cuidando do seu terreno para que não pegue fogo", explicou à Agência Efe Gonzales, proprietário do Ranchito Tivo Boer Goats, na cidade de Chino, na Califórnia.

Gonzales não gostava dos animais até se casar com a veterinária Elizabeth, que o mostrou o amor por burros, vacas, galinhas, cachorros e cabras.

Em 1996, ele começou a oferecer o serviço de corte de mato com o pastoreio de cabras e hoje possui um rebanho de 400 da raça "Boer" da África do Sul, atendendo diversos clientes do sul da Califórnia. Os que dão preferência ao uso desses animais enxergam muitas vantagens: elas não dão defeito, não fazem barulho e quando fazem as necessidades ajudam a fertilizar a terra.

"Se você colocar pesticida pode matar a planta e os animais. Com as cabras é natural. É como se fazia antigamente", disse Gonzales, que conhece pelo menos outros dez ranchos como o seu que usam os animais para evitar incêndios no estado.

Para a prefeitura de Duarte, por exemplo, ele pastoreia 100 animais que ajudam a reduzir em 7,6 centímetros de altura o mato, "para que existam raízes vivas ao chover e não acontecer um deslizamento".

No ano passado, terrenos com torres de energia elétrica pegaram fogo, o que poderia ter sido evitado com as cabras, já que empregar força humana para aparar o mato é caro.

"O empregado vale mais dinheiro. As prefeituras pagam US$ 28 (cerca de R$90) e a cabra custa U$1 por dia (US$3,20)", ponderou Gonzales, completando que os animais também não precisam de benefícios ou pensões.

Com 200 bichos, Gonzales poda 1 acre (4.050 metros) por dia e por isso recebe, aproximadamente, US$ 400 (cerca de R$ 1.300).

Troy Wittenbrock, gerente de serviços de Duarte, disse à Efe que há oito anos a prefeitura trabalha com os pastores de cabras para prevenir incêndios e assim protege propriedades de até US$ 1 milhão.

"Não gostamos de usar equipamentos mecânicos no mato seco porque pode pegar fogo. Por isso preferimos usar as cabras. Com elas fica mais barato", argumentou.

Já Diley Greiser, paramédica do Departamento de Bombeiros do Condado de Riverside, contou à Efe que certa vez recebeu uma chamada de atendimento em Mijai Valley de um incêndio que começou exatamente quando uma pessoa começou a cortar o mato com máquina ao meio-dia, no auge do calor.

"Acho maravilhoso essa maneira antiga de limpar o gramado nos parques e nas casas, porque é uma forma natural que beneficia a terra", destacou.

Na Califórnia, 95% dos incêndios acontecem por negligência ou razões intencionais, de acordo com o Departamento Florestal e de Proteção contra Incêndios da Califórnia (Calfire). Atualmente, 11 estão ativos.

Gonzales trabalha com a ajuda de mais duas pessoas, que transportam os animais e instalam os bebedouros, e fica satisfeito em saber que contribui para "salvar casas" do fogo.

"As pessoas são agradecidas. Elas gostam porque estamos cuidando da propriedade delas, concluiu.

FONTE: G1

26/06/2017

Incêndio obrigou a que se soltassem 11 linces ibéricos do centro de reprodução de Doñana

Meu Deus.... soltaram eles à própria sorte..... os doentes, velhos e que não eram reprodutores.... Como terão chances? 
--------------
Com a aproximação do incêndio que começou em Moguer, no sul de Espanha, e com o fumo a tornar-se cada vez mais asfixiante, os responsáveis do Centro de Reprodução de Linces Ibéricos de El Acebuche puseram em andamento o seu plano de evacuação.

Os pares reprodutores e as crias de lince – cinco crias e nove adultos – começaram a ser transferidos para outros centros na vizinhança. 

Os restantes 11 animais, criados em jaulas e em regime de semiliberdade, linces doentes, velhos ou sem capacidade reprodutora, foram libertados. Os seus cuidadores abriram as portas das jaulas para que pudessem escapar do fogo, ficando assim entregues à sua sorte.

21/06/2017

Donos de Rex foram dados como mortos, mas afinal estão todos bem - Portugal

Ontem publicamos sobre Como um cão sobreviveu às chamas perto da estrada da morte lá em Portugal que está vivendo um drama enorme por causa dos incêndios florestais. Mas, hoje estamos atualizando o caso porque muita gente queria saber o que aconteceu com o cão que se chama Rex. Vejam aí a matéria que Margarida nos mandou:
------------- 
Rex é um cão de seis meses que numa reportagem televisiva foi dado como tendo escapado ao fogo de Pedrógão Grande, ao contrário dos donos. Afinal, ninguém morreu.

Naquela propriedade de Barraca da Boavista, perto da Estrada Nacional 236 (EN 236), o fogo causou danos materiais, mas poupou pessoas e animais, disse ao JN, ao final da tarde desta segunda-feira, Rodrigo Coelho, um dos donos do cão. "O cão sobreviveu ao incêndio e não morreu ninguém", resumiu.

O veterinário Paulo Sousa, da Zoosaúde - Serviços Médicos, com sede em Penela, foi uma das pessoas que se deslocaram ao local para verificar o estado do animal, após a emissão da reportagem, depois de ter sido contactado por diversas pessoas "indignadas" por, aparentemente, o cão ter sido lá deixado.

Só que Paulo Sousa encontrou Rex "todo bem disposto" - "veio lamber-me as mãos" - e com "água fresca" à disposição. O veterinário constatou que o cão "não está maltratado", tem chip e está vacinado. O mesmo garantiu Daniela Patriarca, voluntária da associação Agir pelos animais que também foi ao local: "O animal não está negligenciado".

Rex escapou, de facto, ao fogo, como explicou Rodrigo Coelho. Quando o pai de Rodrigo Coelho chegou ao local, já as chamas tinham consumido duas carrinhas de uso profissional, uma delas funerária, um barracão com material diverso e a parte velha da casa, mas tudo o resto, incluindo a zona onde estavam os animais, ficou intocado, explicou.

Os animais são outras das vítimas da tragédia. Daniela Patriarca, que nesta segunda-feira correu a zona de Castanheira de Pera de carro, à procura de bichos que precisassem de ajuda, devolveu dois cães aos donos e recolheu um terceiro, que ficará disponível para adoção caso não se descubra o seu lar.

"O cenário é macabro", segundo Daniela, que viu vários cadáveres de veados, cães e outros animais que não conseguiu identificar.

Fonte: JN - PT

20/06/2017

Como um cão sobreviveu às chamas perto da estrada da morte - Portugal

Acho que todos sabem que Portugal está em chamas, não? todo dia leio notícias desesperadoras de donos de animais declarando que não tiveram como salvar seus animais.... Muita gente já morreu, também. Agora, vejam este caso que nossa querida Margarida lá da Terrinha nos mandou. Não fosse a sorte dele, teria morrido acorrentado.... que horror!!!!!
Foi criado um grupo no Facebook chamado Portugal Fire Animal Help para ajudar os animais. 
--------------
Perto da N236, que já ficou conhecida como a estrada da morte, um cão sobreviveu às chamas. As imagens captadas por drone começam por mostrar um cenário de destruição para depois se perceber que, ao lado de um bebedouro com água e preso com trela, o animal escapou ao incêndio.

A garagem e tudo o que estava no interior ficou reduzido a cinzas. Os donos não sobreviveram, mas o animal ficou sozinho e numa área que lhe permitiu ficar em segurança.

Cães ajudam bombeiros na busca por sobreviventes de incêndio em Londres

Animais demonstram a cada momento o quanto são superiores à espécie humana. Mesmo com todo "desenvolvimento", perante à natureza, não somos nada.....
-------------
De acordo com a Brigada de Incêndio, não houve até hoje registro de um dos animais feridos durante seu trabalho.

A Brigada de Incêndio de Londres está trabalhando dia e noite desde que o prédio Grenfell Tower foi destruído por um incêndio, que deixou 58 pessoas presumidamente mortas, na madrugada de quarta-feira. Policiais e membros de outras corporações estão ajudando os bombeiros, que contam também com o apoio de cachorros especialmente treinados para ajudar nas buscas por sobreviventes.

Os animais estão sendo amplamente empregados no trabalho, informa uma reportagem do site britânico “The Mirror”. Bem mais leves que os bombeiros, os cães podem acessar locais dos escombros impossíveis para uma pessoa, como pisos deteriorados pelo fogo que consumiu o edifício de 24 andares. Assim como seus colegas humanos, os cachorros recebem equipamentos, como botas para proteger suas patas de calor, cacos de vidro e outros objetos cortantes.

De acordo com a Brigada de Incêndio, não houve até hoje registro de um dos animais feridos durante seu trabalho. Os cães são usados em diferentes situações de risco. Seu olfato apurado é capaz de superar até mesmo tecnologias criadas para identificar substâncias inflamáveis. Segundo os bombeiros, eles podem até mesmo indicar se um incêndio começou de forma deliberada.

Entretanto, as esperanças de encontrar sobreviventes diminuem com o passar do tempo. Segundo a Polícia Metropolitana de Londres, há 58 moradores da Grenfell Tower desaparecidos, e não há mais chances de que sejam encontrados com vida. “Infelizmente, neste momento, há 58 pessoas que nós sabemos que estavam na Grenfell Tower naquela noite e estão desaparecidas, então preciso assumir que elas estejam mortas”, disse o comandante Stuart Cundy.

24/10/2016

Idosa fica em estado grave e 9 cães morrem após casa pegar fogo em Lages



Gente, que drama!!!!! quem for da área não deixe de ajudar..... que situação.... Meu Deus!!!!  Entrem em contato com o tel.: 49 - 88505033
----------------------




29/08/2016

Seriema é flagrada na 112 Norte - Distrito Federal


Estes incêndios que estão rolando naquela área está dizimando a fauna
------------------
A seriema caminhava tranquila pelo gramado, perto das árvores. Depois, passeou também pelo asfalto e quase foi atropelada. 


11/08/2016

SPAD já recuperou 102 dos animais soltos ontem por causa do incêndio - Funchal

Não sei se estão acompanhando o desenrolar do Incêndio no arquipélago da Madeira ameaça centro histórico de Funchal. Na hora que tomei conhecimento fiquei imaginando se as pessoas estariam fugindo do fogo levando seus animais. Agora, jamais imaginara que a sociedade protetora de lá tivesse que soltar os animais para salvar a vida deles.  Que horror!!!!
----------------------------------
Da decisão tomada num momento de perigo eminente, já só restam recuperar 18 cães
Muitos animais foram salvos pelos donos, mas muitos outros vagueiam ainda pela cidade. A SPAD pede ajuda para encontrar 18 cães. Foto Rui Silva/Aspress
A SPAD Funchal - Sociedade Protectora dos Animais Domésticos informou há pouco que já conseguiu recuperar 102 dos 120 animais, cães e gatos, soltos ontem numa altura em que havia o

24/06/2016

Incêndio em pet shop mata animais que estavam à venda em MT

Pobres animais..... que tragédia......
------------------------ 
Cadela, tartarugas e pássaros que estavam no prédio morreram. 
Proprietário avalia que incêndio pode ter sido causado por curto-circuito.

Uma cadela, quatro tartarugas aquáticas e cinco pássaros morreram em um inêndio a um pet shop, em Guiratinga, a 334 km de Cuiabá, na noite de segunda-feira (20). Os animais estavam à venda, segundo o proprietário do estabelecimento, Diego Carolino dos Santos. Um gato de estimação do dono e funcionários, porém, conseguiu se esconder e se salvou.

26/05/2016

Conheça Freddy, a tartaruga salva graças a impressão em 3 D

Que coisa impressionante... maravilha!!! ô, Meu Deus, os caras quando usam as coisas para o bem, dá nisso... muito bom!!!
-------------
Quando a tartaruga Freddy foi encontrada no meio de um incêndio, aqui no Brasil, suas chances de sobrevivência eram muito poucas. Mas, graças à coragem de um grupo pioneiro de voluntários, The Animal Avengers, Freddy não só foi salva, mas tornou-se a proprietária da primeira concha de tartaruga impressa em 3D.


Na verdade, Freddy foi a primeira tartaruga que o grupo de voluntários decidiu tentar ajudar dessa forma. O grupo nasceu em São Paulo e o designer Cícero Moraes, um de seus membros, projetou no

14/05/2016

Incêndio no Canadá: protetores desafiam autoridades e tentam resgatar animais

Peço a Deus para nunca passar por isso, mas, fico pensando como as pessoas vão embora deixando seus animais..... 
------------------------
Um pequeno grupo de protetores está resgatando os animais domésticos abandonados em casas na cidade canadense Fort McMurray, atingida por um incêndio florestal de grandes proporções desde o dia primeiro de maio.

O grupo planeja continuar a salvar os animais do destino na “vala comum” apesar de ter sido expulso na semana passada, informa o The Star.

Os protetores afirmaram ter recebido

01/04/2016

Incêndio destrói centro de criação de camundongos na USP em Ribeirão

Sinceramente, imaginem o que é um Centro de Criação de Camundongos Especiais? nem quero imaginar...... Até quando, meu Deus?
--------------------
Universidade diz que laboratório abriga animais e estudos de todo o país.
Bombeiros dizem que chamas começaram na serragem usada nos viveiros.
Um incêndio destruiu um dos laboratórios do Centro de Criação de Camundongos Especiais da Faculdade de Medicina da USP em Ribeirão Preto (SP) na manhã desta quinta-feira (31). Ninguém se feriu e o prejuízo está sendo avaliado.


Por telefone, a assessoria da USP informou que o Centro é um dos mais importantes do país, porque armazena estudos e animais de pesquisadores de diversas universidades públicas. Pesquisadores que

19/03/2016

Galpão com cães resgatados de canil irregular sofre incêndio - Campinas - SP

Galera que puder ajudar nesta tragédia, liguem para a Marinês
------------------------
A Polícia Civil de Louveira vai investigar o incêndio que atingiu, na noite de terça-feira (15), um galpão na cidade que abrigava dezenas de cães de raça resgatados no mês passado de um canil irregular em Jarinu. Praticamente todos os medicamentos destinados aos animais foram destruídos pelas chamas, que também danificaram parte da estrutura da construção.

O incêndio foi lamentado pela protetora independente Marinês Silva, de Campinas e responsável pelo resgate em Jarinu. Considerada uma das mais atuantes do Estado de São Paulo, ela informou que os medicamentos ficavam no

09/03/2016

Vídeo que mostra bombeiros fazendo de tudo para trazer um cão de volta a vida vai te impressionar

Podíamos bem reivindicar o equipamento para nossos bombeiros... eles iam adorar, não?
---------------------------
Uma pequena casa em East Vancouver, no Canadá, pegou fogo acidentalmente, com todos os familiares sendo retirados às pressas de lá.  Mas alguém tinha sido esquecido lá dentro: o cachorro da família, encontrado minutos depois pelos bombeiros. O animal, inconsciente, foi levado para a rua e os bombeiros fizeram de tudo para trazê-lo de volta à vida. O vídeo mostra o exato momento em que isso ocorre e traz cenas impressionantes desse resgate. Vale cada minuto do seu tempo. Veja:


Fonte: Best of Web

24/02/2016

Cãozinho é resgatado de um incêndio


Que cuidado com o pobrezinho...... reparem na máscara especial.... será que nossos amados bombeiros não mereciam ter, também, um equipamento decente?
--------------


Publicado em 18 de fevereiro de 2016 
Um cão resgatado de um incêndio tem uma nova chance na vida graças aos bombeiros de Los Angeles. Um incêndio, que eclodiu em Koreatown nas primeiras horas da manhã de quinta-feira, foi contida a um apartamento, onde o cão foi achado sozinho, NBC Los Angeles relata. Depois de receber a ajuda de uma máscara de oxigênio especial para cães, água e uma massagem nas costas, o cão resgatado foi capaz de respirar normalmente e caminhar.

16/02/2016

Mãe e seu bebê orangotango resgatados de uma floresta incendiada - Borneo

Esta mãe e seu filhote foram salvos, mas, e os outros, né? que dó, meu Deus.... Se quiseem ler mais sobre que publicamos sobre orangotangos, clique AQUI.
-------------------
Incêndios que devastaram grandes áreas de Bornéu  continuam a afetar a vida selvagem que chama a área densamente floresta da casa, deixando muitos feridos, desabrigados e famintos. Alguns dos animais mais vulneráveis ​​

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪