RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador hospital veterinário. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador hospital veterinário. Mostrar todas as postagens

15 de agosto de 2017

Tudo pela Vida: duras situações de hospitais veterinários encerram série

Gente, eu chorei pacas!!!!! vocês tem ideia do que estas imagens funcionam para uma jurássica da causa animal que nem eu? Quando eu podia imaginar que assistiria cenas do cotidiano de um hospital veterinário para cães de pessoas de baixa renda? o entusiasmo destas veterinárias posso dizer que são um alento na área de saúde animal.... Axé para toda esta gente boa que pensa nestes serem com prioridade.....
----------
Depois de revelar a realidade de emergências em todo o Brasil, especial em quatro episódios termina mostrando o esforço para salvar vidas de animais.
No episódio final de Tudo pela Vida – Quando o Remédio É Tentar o Impossível você vai ficar com o coração apertado com as duras situações enfrentadas pelas equipes que trabalham em emergências de hospitais veterinários. Vai ser difícil de segurar as lágrimas! Veja no vídeo abaixo:
video

31 de julho de 2017

Câmeras de segurança flagram homem abandonando cachorro dentro da UEL - PR

É triste ver o desespero do animal abandonado. Graças a Deus, ele foi recolhido e está para adoção. Vejam o vídeo:
-----------
Câmeras de segurança da Universidade Estadual de Londrina (UEL) flagraram o abandono de um cachorro na manhã de sexta-feira (28), nas proximidades do Hospital Veterinário (HV). 

De acordo com a professora do curso de Medicina Veterinária da UEL Patrícia Mendes Pereira, um homem chegou até a triagem do hospital para o atendimento de um cachorro com um ferimento na orelha. Como o animal estava sem coleira, o guardião foi orientado a colocar a guia, que é uma norma de segurança do HV.

"Ele chegou com o cachorro sem coleira na sala de triagem. Ele disse que iria no carro buscar a coleira e saiu [com o cachorro atrás]. As câmeras viram ele indo até o carro, que estava na esquina do HV, com outra pessoa dentro. Ele entrou no carro e foi embora", conta Patrícia. Quando o carro saiu, o cão ficou apavorado. "Ele começou a uivar, completamente desesperado", acrescenta. Segundo Patrícia, medidas legais serão tomadas, uma vez que o abandono de animais é crime previsto em lei. 

Caso recorrente 
Segundo a professora, apenas nesta semana quatro cães foram abandonados no interior do campus. "Esse foi o quarto animal que foi abandonado nesta semana. Um deles foi abandonado preso a uma corrente, em frente à reitoria." 

Patrícia ainda desabafa: "Isso é crime. E outra, o animal sente dor, medo, amor e sofre quando essas coisas acontecem. Ninguém precisa ter animal algum. Gato, passarinho, cachorro. Mas a partir do momento que você pega um animal, você tem de saber que é responsável por ele a vida inteira." 

Adoção 
Batizado pela equipe do hospital como Otto, o cão do vídeo em breve poderá ter um novo lar. O animal, um sem raça definida (SRD) jovem adulto, será castrado, vacinado e colocado para adoção. 

Quem tiver interesse em adotá-lo, pode entrar em contato com a redação do Portal Bonde, em horário comercial, de segunda a sexta-feira, pelo telefone: (43) 3374-2387.

Fonte: Bonde News

18 de julho de 2017

MP cobra melhorias no atendimento do Hospital Veterinário do Recife


Mas, que situação.... Em junho publicamos: Em menos de uma semana de funcionamento, Hospital Veterinário do Recife é alvo de denúncias de donos de animais . E agora sabemos que a coisa já está sob controle do MP. Que pena, porque órgãos como estes são preciosos para a proteção. Tomara que se resolva tudo bem rápido....

-----------
Órgão deu prazo de 15 dias para Prefeitura da cidade mostrar soluções para problemas encontrados na unidade inaugurada em junho

A Prefeitura do Recife tem 15 dias para apresentar ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) uma resposta aos problemas no recém-inaugurado Hospital Veterinário da cidade identificados pelo órgão e pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV). As duas instituições fizeram um relatório sobre vistoria realizada na unidade, em junho passado, e o material foi entregue à gestão municipal em audiência nesta quinta-feira (13).

A reunião ocorreu na sede do MPPE, esta tarde, e contou com representantes da Secretaria Executiva de Direitos dos Animais (Seda), da direção do Hospital Veterinário do Recife e da Procuradoria do Estado. A mediação foi feita pelo promotor do Meio Ambiente da Capital, Ricardo Coelho.

Inaugurado em 8 de junho, no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, o hospital recebeu críticas de parte da população por negligência e mau atendimento. Protetores e ativistas acionaram o MPPE em 19 de junho e, dois dias depois, técnicos da Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente da Capital e do CRMV foram ao local.

De acordo com o promotor, que não pode participar da inspeção, mas analisou o relatório, várias irregularidades foram encontradas, como falta de medicamentos, médicos especialistas, equipamentos e instalações inadequadas. “Demos um prazo para a Prefeitura responder, mas, na audiência, eles já mostraram que tudo que foi identificado já está sendo sanado”, disse.

Segundo o promotor, caso a Prefeitura não se posicione, o Ministério vai propor uma Ação Civil Pública com pedido de liminar para solução imediata dos problemas.

Balanço
O Hospital Veterinário do Recife realizou mais de três mil atendimentos no primeiro mês de funcionamento – mais de mil além do previsto pela Prefeitura do Recife. Na última terça (12), a primeira unidade de saúde veterinária pública do Norte-Nordeste alcançou a marca de 3.300 cachorros e gatos atendidos para consultas ambulatoriais e emergenciais, castração, vacinação e cirurgias.

Em nota enviada à imprensa, na terça, o secretário-executivo dos Direitos dos Animais do Recife, Robson Melo, falou que “após a euforia dos primeiros dias de funcionamento, o atendimento já começou a se estabilizar”. “Nas duas primeiras semanas, muita gente veio pessoalmente ao hospital, sem marcar consulta mesmo em casos que não eram emergenciais. Depois, boa parte da população entendeu que podia agendar a consulta com calma porque nosso atendimento é contínuo. As pessoas só devem vir sem marcar nos casos mais graves”, explicou.

O hospital abriu as portas com três consultórios, uma sala de cirurgia, sala de pós-operatório, sala de vacinação, laboratório e sala de diagnóstico por imagem. A obra, prevista no plano de governo do prefeito Geraldo Julio, custou R$ 1,5 milhão, em recursos próprios do município.

De acordo com a Prefeitura, a unidade deve oferecer, até o fim do ano, exames laboratoriais e de ultrassom, além de atendimentos especializados, como cirurgias ortopédicas e oncológicas.

Neste primeiro momento, a unidade, que fica na rua Professor Estévão Francisco da Costa, funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h – na hora do almoço funciona é feito apenas o atendimento emergencial. Quem tem bichos de estimação pode agendar as consultas através dos telefones 3355-9415 e 3355-8179, também em horário comercial.

Para os casos de emergência, não é necessário agendamento prévio, mas o animal passa por uma triagem feita por um médico veterinário, que avalia se o caso é realmente grave ou se pode ser marcado. O adulto responsável pelo animal deve levar comprovante de residência, já que a unidade é para os cachorros e gatos do Recife.

FONTE: G1

17 de junho de 2017

Em menos de uma semana de funcionamento, Hospital Veterinário do Recife é alvo de denúncias de donos de animais

Noticiamos aqui sobre a inauguração: Hospital veterinário público é inaugurado no Recife. Agora, lamentamos a situação, embora, ache que no início a coisa precise de ajustes. O que me parece, na verdade, é que a SEDA não esperava um volume tão grande de clientes. Mas, torcemos para que a direção do hospital resolva todos os problemas apresentados.
-----------------
Moradores da capital reclamam que o hospital fica fechado no horário de almoço mesmo com animais passando mal em frente à entrada da unidade. Há, ainda, críticas sobre triagem de animais do lado de fora do hospital.

Apesar de ter sido inaugurado na segunda-feira (12), o Hospital Veterinário do Recife, localizado no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste da capital, é alvo de denúncias feitas por donos de animais que tentam atendimento na unidade de saúde. Em um vídeo gravado na terça-feira (13) e enviado para o WhatsApp da TV Globo, é possível ver uma cadela que morreu durante a espera pelos cuidados veterinários. 

Para o autônomo Rodrigo Santana, que também gravou imagens de um cachorro tendo convulsões em frente à unidade de saúde, o esquema de atendimento precisa ser revisto. “Eu nunca vi um hospital fechar. Ele [o cachorro] só foi atendido porque o pessoal que estava lá fez pressão”, conta. Segundo ele, outros animais também ficaram do lado de fora no início da tarde, à espera da reabertura da unidade de saúde após o horário de almoço dos funcionários.

Por meio de nota enviada ao G1, a Secretaria Executiva dos Direitos dos Animais do Recife (Seda) explicou que o animal do vídeo foi atendido por veterinários, mas veio a óbito na terça (13). Em relação à crítica sobre o fechamento do Hospital Veterinário do Recife na hora de almoço, a pasta esclareceu que a suspensão do atendimento é feita apenas nas consultas, que acontecem das 8h às 12h e das 14h às 18h, e que casos de urgência e emergência não requerem marcação prévia.

“Minha intenção é fazer com que o serviço melhore, porque a triagem dos animais não tem sido feita por veterinários e muitos animais têm esperado do lado de fora. Acredito que definir se um caso é ou não é urgente é um trabalho que deve ser feito por um profissional”, afirma Santana.

Mais respostas
Entrevistado pelo G1, o secretário executivo dos Direitos dos Animais, Robson Melo, informa que a análise de cada um dos cachorros que chegam até o local é feita exclusivamente por veterinários. “O que acontece do lado de fora é a conferência de uma lista diária, para verificar quais os animais que estão agendados para cirurgia e quais estão agendados para consultas. Não é uma avaliação do estado clínico”, esclarece.

Ainda de acordo com o veterinário, que também tem feito procedimentos cirúrgicos nos animais levados ao hospital, a interrupção no trabalho acontece apenas no setor dos funcionários terceirizados, responsáveis pela limpeza. “Cada um tem seu horário de almoço e, ainda assim, dividimos em dois grupos para o serviço não parar completamente. Já os veterinários trabalham em todos os horários”, afirma.

Em nota, a Seda lamentou a morte da cadela na terça (13) e explicou que o animal foi levado ao hospital no início da manhã por duas crianças desacompanhadas de um responsável. O veterinário responsável pela triagem solicitou que as crianças voltassem acompanhadas de um adulto para assinar documentos, mas os dois garotos voltaram à unidade de saúde durante a tarde.

Fonte: G1

11 de junho de 2017

Hospital veterinário público é inaugurado no Recife

Que maravilha!!!!! Muito sucesso para seu funcionamento... que ele possa efetivamente ajudar os animais.... O prédio é muito bonito, né mesmo? simples e alegre.
-------------
Depois de dois anos de espera, será inaugurado, nesta quinta-feira (8), o Hospital Veterinário do Recife (HVR,) no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife. A primeira unidade de saúde veterinária pública das regiões Norte e Nordeste vai oferecer atendimento clínico e emergencial, vacinação e exames para cães e gatos.

18 de março de 2017

Inauguração do Hospital Veterinário do Recife é adiada mais uma vez

Gente, eu fico tão agoniada com este negocio de Dia Nacional dos Animais!!!!! onde foi estabelecido isto? conta p´ra gente qual o decreto ou lei, pelo amor da Santa do Macarrão Cozido?
------------------------
Em teoria, esta terça-feira (14), Dia Nacional dos Animais, deveria ser momento para celebrar. No entanto, no Recife as notícias não são muito boas nessa área de direitos dos animais. Isso porque o Hospital Veterinário do Recife (HVR), localizado no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste da cidade, ainda não saiu. A previsão, segundo a Secretaria Executiva de Direitos dos Animais (Seda), é de que o equipamento público seja inaugurado ainda no primeiro semestre deste ano, mas ainda não há uma data específica. O HRV, que é uma das promessas de campanha do prefeito Geraldo Julio, deveria ter sido entregue em março de 2016, foi adiado para setembro do mesmo ano, e até agora está fechado.

Nessa segunda-feira (13), inclusive, um vídeo em que a professora e protetora dos animais Walkiria Alves, 47 anos, questiona a demora para a inauguração do Hospital e chama atenção para o descaso com o lugar vem sendo amplamente compartilhado no Facebook e já tem mais de 14 mil visualizações.


Fiz as imagens no sábado pela manhã e publiquei o vídeo no domingo. Minha conta no Facebook já recebeu o aviso de que vai ser bloqueada porque tem gente denunciando como falso. Mas eu estive lá e mostrei que o terreno do hospital veterinário está cheio de lixo, além de vizinhos do lugar denunciarem que lá está servindo como desova de animais mortos ou doentes. Só não quero que esse hospital tão importante para nós defensores dos animais seja invadido ou arrombado e depredado por vândalos", reclamou a ativista.

No vídeo de Walkiria, que atua como defensora dos animais há cerca de nove anos, ela denuncia que o equipamento público está pronto "pela metade" e, mesmo supostamente equipado, não abriu as portas para atender os animais carentes da cidade. Sobre as denúncias feitas no vídeo a Seda se pronunciou através de nota oficial:

"No que diz respeito ao Hospital Veterinário do Recife, a Seda informa que as obras foram concluídas. No momento, estão em andamento os processos licitatórios para compra de equipamentos e medicamentos, além do processo seletivo simplificado para abertura de vagas temporárias de médicos veterinários e outros postos. Informamos ainda que a unidade de saúde animal deverá abrir as portas para a população ainda neste primeiro semestre de 2017.

O equipamento, localizado na Avenida Professor Estevão Francisco da Costa, no Cordeiro, vai contar com médicos veterinários que atuarão nas áreas clínica, cirurgia, anestesia, emergência, laboratório, radiografia e ultrassonografia. Com um terreno de 4,3 mil metros quadrados, sendo 1,3 mil de área construída, o Hospital Veterinário do Recife terá três consultórios, três salas de cirurgia, um bloco cirúrgico, laboratório, unidade de recuperação, posto de enfermagem, ambulatório, emergência com dois isolamentos, sala de exames e dois canis."

Para defensores dos direitos dos animais, o hospital é de fundamental importância para melhorar a assistência aos bichos de estimação da população de baixa renda. Orçado em R$ 3,7 milhões, o equipamento atenderá apenas cães e gatos, o que corresponde a 99% dos animais domésticos da cidade. Na primeira etapa, a previsão de que sejam realizadas 90 consultas e 20 cirurgias por dia.

FONTE: ne10.uol

16 de janeiro de 2017

Hospital Veterinário adota medidas para acabar com abandono de animais - PI


É uma atitude extremamente covarde, mas, ainda acho pior o mequetrefe que abandona o animal na rua..... ao Deus dará.... só de pensar em qualquer forma de abandono me arrepia a alma!!!!!!
-----------------

G1 - Piauí

1 de dezembro de 2016

Inaugurado hospital veterinário público construído com doação de bilionário

Que maravilha, não? Parabéns a Deputada Regina pela conquista....
------------------------
Foi inaugurado nesse sábado (25) o primeiro hospital veterinário público do Rio Grande do Sul. A construção do centro de saúde só foi possível graças à doação do bilionário Alexandre Grendene, que tirou do próprio bolso cerca de R$ 7 milhões para dar início à obra.

Localizado na Grande Porto Alegre, a Unidade de Saúde Animal Victória foi projetada para ser referência no Brasil. Equipado com blocos cirúrgicos, consultórios, UTI, setores de

21 de outubro de 2016

Hospital veterinário cria banco de sangue móvel para aumentar coleta de animais doadores

Achei a ideia legal....
-----------
Assim como na medicina humana, os cães também precisam de transfusão de sangue. Estima-se que, em São Paulo, os hospitais veterinários utilizam cerca de mil bolsas por mês. No entanto, o volume de sangue coletado não é o suficiente e, por isso, um hospital veterinário criou um banco de sangue móvel para ir aos locais onde há um grande número de animais doadores.

Hoje em Dia - 13/10/16

7 de outubro de 2016

MP libera R$ 30 mil para Hospital Veterinário de Uberaba - MG


É uma luta para se atender os animais. Isto acontece com animais domésticos, silvestres, exóticos, e todos mais. Quando se tem um MP sensível que ajuda, aí fica muito bom!!!!
-----------------------
Dinheiro vai ajudar a manter o tratamento de animais como o urubu Neymar que foi encontrado dentro de uma residência e da lobo guará Abbey, atropelada em uma rodovia.

video

Primeiro hospital veterinário público do DF ainda não funciona

Estes homens públicos são uns irresponsáveis mesmo..... Há um ano pronto e nada.....
------------------------
O Ibram informa que ainda não recebeu a construção porque estuda a viabilidade do projeto de urbanização do local. Além disso, o órgão está avaliando qual o melhor modelo de gestão do espaço e diz que o processo para obtenção da licença de funcionamento está em andamento.

O primeiro hospital veterinário público do Distrito Federal ainda não começou a funcionar. Embora tenha sido concluído em outubro do ano passado, o maior dos seis galpões da unidade,

24 de agosto de 2016

População encontra dificuldade para castrar animais no Grande Recife


Gente, na cidade de Recife que tem uma Secretaria de proteção animal só faz castração pela manhã? caramba, o resto da matéria dá vontade de chorar...... não deixem de ver a fala do diretor do hospital veterinário.... que tristeza...
--------------------



A Prefeitura do Recife informou que não há um prazo para a ampliação no horário de atendimento.

25 de julho de 2016

Hospital veterinário popular oferece até 50% de descontos para cães e gatos, no Rio

Isto é muito bom!!!!! todos os municípios e bairros deveriam fazer o mesmo!!!!!!
---------------------------
Os cuidados com os bichinhos de estimação estão ficando mais baratos com o surgimento de clínicas e hospitais populares para pets. O primeiro hospital veterinário com preços acessíveis foi inaugurado em Padre Miguel, na Zona Oeste do Rio, e oferece descontos de 30% a 50%, em procedimentos como consultas,

12 de julho de 2016

Cachorra bate pata e perde movimento da coluna

Gente, este programa Plantão Animal é bonzinho, né? agora, repara, alem da história, o show que é este hospital lá em Sampa!!!!! um "petáculo".... Parabéns a todos os envolvidos!!!! serviço de qualidade!!!! 
-------------------
Cachorrinha assustada com novos donos, correu para fugir de banho e acabou perdendo os movimentos das patas traseiras.


RedeTV! Entretenimento -

18 de junho de 2016

Onça é capturada em galinheiro na zona rural de Campo Florido - MG


Animal foi encontrado na tarde desta quinta-feira (16) pelo dono da fazenda. Suçuarana foi levada ao Hospital Veterinário de Uberaba para exames.
------------------------

video



17 de maio de 2016

Hospital Público Veterinário de SP recebe centenas de casos por dia - Tatuapé - SP


Acho este hospital um barato!!!!! não canso de ver matérias sobre ele.... o pessoal trabalha muito bem!!!! Parabéns a todos e seria tão bom se todas as prefeituras copiassem o exemplo de Sampa, não?
-----------------------



São histórias emocionantes tanto dos bichos, quanto dos donos. Veja como é feito o trabalho no hospital, localizado na zona leste da capital paulista.

12 de dezembro de 2015

Cães e gatos são abandonados no Hospital Veterinário da PUC-PR

Que dó, meu Deus!!!!!! como uma pessoa tem coragem de abandonar um animal doente, fragilizado e precisando do apoio do dono num lugar estranho..... Olha a carinha desta figurinha aí ao lado... parece ser velhinho, não? ah, se eu pudesse ficar com todos os velhinhos deste mundo.....
-------------------------------------


video
G1 Paraná - RPC - 
Aproximadamente 20 animais deixados lá estão disponíveis para adoção.

12 de junho de 2015

Comovente: catadora passa a dormir na rua para poder tratar a doença da cachorrinha


Não sei se estou muito sensível, mas, chorei muito ao ver a matéria.... Shirley, quase minha xará, dá um show de amor aos animais..... comovente mesmo....
-----------------------------------------------




São Paulo no Ar - Rede Record - 11/06/15

O SP no Ar mostra uma história impressionante de amor pelos animais. Shirley Ferreira é uma catadora de material reciclável que mora em um barraco simples no bairro de Itaquera, na zona leste de São Paulo. A Vitória, cachorrinha dela, adoeceu. Shirley caminhou até o Tatuapé para levar Vitória ao hospital veterinário público. Vitória precisa passar por um tratamento, mas não pode ficar internada porque a doença dela é contagiosa. Sem condições para pagar o transporte até o hospital todos os dias, Shirley resolveu morar com a cadelinha na rua, em frente ao hospital. Assista!

7 de maio de 2015

Hospital Veterinário enfrenta dificuldades para manter atendimento em Passo Fundo - RS



É lamentável esta situação vivida em nosso país....Pior é ter a certeza que as coisas não funcionam porque, por trás, existe tão somente pessoas incompetentes ou trapaceiras.... Dinheiro não falta... Tô errada?
----------------------------------------------




video
Jornal do Almoço - Rede Globo - 06/05/15

21 de abril de 2015

Gato vira 'enfermeiro' em hospital veterinário na Polônia

Leitor Carlos nos mandou esta matéria super legal....
--------------------------------------


Além da equipe de médicos e atendentes, um hospital veterinário e abrigo para animais na cidade de Bydgoszcz, Polônia conta com um grande diferencial: na equipe, um "enfermeiro" felino

Em meio a cachorros, gatos e outros animais que acabaram de passar por uma cirurgia, passeia pela instituição o atento Radamenes, um gato que sobreviveu a uma infeção respiratória e hoje "trabalha" no hospital.

Segundo informações compartilhadas pelo abrigo, Radamenes não apenas se aproxima de outros animais debilitados, como ainda faz massagem, "limpa" e até esquenta outros bichinhos que circulam pela instituição.

Fonte: Brasil Post (mais fotos)