Mostrando postagens com marcador epidemia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador epidemia. Mostrar todas as postagens

21/02/2017

Epidemia da contaminação de plástico ameaça paradisíaca ilha de Bali

Os mares estão morrendo.... tudo imundo graças ao vandalismo da espécie humana.... destruir o mundo que sobrevive..... não existe explicação para isto, ou melhor, é a comprovação de minha antiga teoria: somos experimentação genética de gente de outros planetas.... só pode!
------------------------
A Indonésia é, com 3,2 bilhões de toneladas de resíduos de plástico, o segundo país do mundo com maior índice de contaminação pelo plástico.

Praias paradisíacas, extensos cultivos de arroz e centenários templos hinduístas fazem parte da propaganda turística da ilha indonésia de Bali, um éden que batalha contra a epidemia da contaminação de plástico.

A Indonésia é, com 3,2 bilhões de toneladas de

10/06/2016

Coalas estão ameaçados por epidemia de clamídia, ação humana e cachorros

Quem merece? a Austrália é um país que não dá para entender..... Há um ano atrás publicamos a postagem: Risco de abate de coalas em colônia australiana superlotada... E agora os pobres estão com clamídia? Tem dó!!!! Se quiserem ler o que publicamos a respeito dos colas cliquem AQUI e  AQUI
------------------------ 
SYDNEY - Um cheiro doce e podre enche o ar quando Sherwood Robyn, uma coala de 12 anos, é trazida para uma sala de exames no primeiro hospital na Austrália para os marsupiais peludos. De longe, ela parece sadia. Mas uma inspeção mais próxima mostra a "virilha molhada", um sintoma claro da infecção por clamídia que já é epidêmica entre os coalas, símbolos da Austrália, único lugar no mundo onde vivem.

A clamídia está entre os coalas há algum tempo, podendo causar cegueira, infertilidade e até a morte. É uma cepa diferente da doença que atinge os humanos, e cientistas acreditem que pode ter se espalhado a partir do gado trazido pelos colonizadores.

Robyn já está nos estágios avançados da doença sexualmente transmissível e deve ter uma morte

26/03/2012

Denúncia sobre porcos na Coréia do Norte e na Espanha

.
Esta semana alguns leitores nos enviaram um vídeo feito há um ano atrás sobre a chacina de porcos na Coréia do Norte. Na época registramos o fato e, bem pior que serem enterrados vivos, era que antes eram cobertos de ácido para se decomporem mais rapidamente. Por isso eles gritam desesperadamente. Foi um surto de febre aftosa ou suina que atingiu o país e eles resolveram a matar os animais desta forma cruel e inadimissível. NÃO VEJA SE NÃO TIVER CONTROLE EMOCIONAL. Neste trecho é que é visto eles gritarem por estarem sendo queimados pelo ácido.


Apesar dos protestos feitos por pessoas do mundo inteiro, confirmaram que foi o método "ideal" para resolver o problema. Pelo que acompanhei, na ocasião, afirmaram que o fariam de novo, caso preciso. Confiram nossa postagem.

Bem, atualmente, eles só estão encontrando o virus da febre em javalis soltos na natureza. Mas, não estão sob ameaça de novo surto. Tanto que podem comprovar o preço do porco oferecido no mercado normalmente em pregões. Veja o link. Eles estão vacinando em massa os animais. Veja o link coreano especializado em agropecuária.

Agora, pesquisando sobre o assunto acima, cheguei a uma denúncia atual da ONG Igualdad Animal que liberou um vídeo chocante com imagens filmadas em uma fazenda de porcos no El Escobar, localizado em Fuente Alamo, na região espanhola de Múrcia. O vídeo mostra algumas das cenas mais brutais de violência contra animais em fazendas que nossa equipe de investigação já testemunhou. Se quiser ajudar, veja mais informações no site Igualdad Animal



.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪