Mostrando postagens com marcador enfermeira. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador enfermeira. Mostrar todas as postagens

16/05/2017

Cansada de cocôs de cachorro nas ruas, enfermeira de Mogi cria porta sacolinhas e espalha pela vizinhança

Cidadania é isto!!!! educar é a melhor maneira de mudar os hábitos....
--------------
Enfermeira estava incomodada com as fezes deixadas nas ruas e calçadas depois de outros moradores levarem os cães e gatos para passear.

Os cachorros e os moradores de um condomínio de César de Sousa, em Mogi das Cruzes, agora podem andar tranquilamente pela calçada e pelas ruas. Antes, era preciso desviar dos cocôs espalhados pela calçada. Cansada de ver a situação se repetindo quando ia passear com seus cachorros, uma moradora decidiu deixar sacolinhas plásticas disponíveis em garrafas PETs na rua de seu condomínio para incentivar os demais moradores a recolherem as fezes dos animais.

As sacolinhas foram colocadas por Mariane Casa Branca Moura há duas semanas em garrafas plásticas. Ela recortou cada uma para fazer um puxador e ainda deixou um recado: "Esqueceu a sacolinha para limpar a sujeira do seu cão? Retire aqui e mantenha nossa rua e gramados limpos. Você também pode colocar mais sacolinhas nas garrafas. Amamos nossos animais, respeitando a rua de todos.”

Antes da ação, Mariane disse que os cocôs se multiplicavam pelas calçadas quando ia passear com seus quatro cachorros. Em duas semanas, ela conta que a situação melhorou cerca de 90% só por conta de "um povo que ainda não enxergou a luz da civilização", como ela mesmo brinca sobre os "desavisados" que ainda não levam a própria sacolinha para recolher o lixo dos cães.

O que mais deixou Mariane feliz foi o fato de que outros moradores aderiram à ideia e já estão repondo as sacolinhas nas nove garrafas plásticas espalhadas por ela. “Eu sei que foi bem aceito porque eu não fico repondo toda hora. Com o bilhetinho que eu coloquei, as outras pessoas estão reabastecendo as garrafas. Eu coloquei esse bilhetinho justamente para testar se o pessoal ia colaborar e eles estão pondo: todas as garrafas estão abarrotadas de saquinhos plásticos.”

No conjunto residencial onde Mariane mora não é permitido deixar os cachorros soltos dentro do condomínio. Passear com os cachorros e gatos é permitido somente nas calçadas e na rua. Foi lá que ela instalou nove garrafas, algumas amarradas entre os postes e outras nas árvores.

Neste período, o zelador já reparou que as calçadas estão mais limpas. “Eu gosto dos animais, só que alguns donos deixavam as necessidades deles aqui na grama e o pessoal reclamava. Agora, com a ideia que ela teve, as calçadas não têm mais tanta sujeira e não tem reclamação. Melhorou muito e, inclusive, eu vou levar uma dessas garrafas que sobraram e deixar com um amigo meu de Jundiapeba que pediu para colocar lá no bairro dele”, conta Antônio José da Silva.

O morador Bebeto Santana, que estava passeando com seu cachorro, aprovou a iniciativa. “É uma boa. Às vezes a gente tem muitas sacolinhas em casa e não sabemos o que fazer com elas.”

O zelador de um dos condomínios ainda instalou uma lixeira para que os moradores pudessem jogar a sacolinha cheia no lixo.

No mês de março, a Câmara de Mogi das Cruzes aprovou um projeto de lei que obriga os donos dos pets de coletar as fezes dos animais domésticos e dispensar o material em lixeiras “e que no caso de descumprimento ficará o infrator sujeito às cominações legais.”

A medida vale tanto para as ruas, quanto em parques e praças públicas, mas apenas em um caráter informativo, e não é aplicada nenhuma multa.

FONTE: G1

04/04/2016

Rinoceronte que perdeu sua mãe encontra um lugar bem macio para dormir

Gente, tem coisa mais linda do que isto?
----------------------
Quando você é um bebê, às vezes você só precisa realmente de uma sesta. E não há lugar melhor para dormir do que perto de alguém que você sabe que vai mantê-lo seguro.

Laura Ellison, uma enfermeira veterinária THE RHINO ORPHANAGE  na África do Sul, compartilhou recentemente um clipe dela e um rinoceronte órfã chamada Kabelo. É bastante claro Kabelo dormindo com a cabeça pesada em seu estômago, eventualmente, esticando-se para abraçar   seu braço. "Realmente, eu sou apenas o travesseiro", escreveu ela.


Claro, rinocerontes, elefantes e outros animais selvagens nunca são mansos  e não devem ser tratados como tal. Mas quando animais como Kabelo são órfãos - ele perdeu sua mãe para caçadores - os seres

17/02/2016

Justiça reduz indenização a ser paga por enfermeira que matou yorkshire

Como acreditar na justiça deste país? todos que acompanharam o caso, sentiram que a tendência era terminar nesta pizza..... 

Lutamos muito, fizemos nosso papel de indignados e aí vejam no que resultou..... É nojento mesmo..... Desde quando a justiça colocou o caso em "sigilo" e passamos ouvir, via telefônica, que só poderíamos obter informações pessoalmente, sabia que o final seria este. 

Oferecemos todo material para o promotor fazer a ação pública e ele fez, mas, este tal desembargador acabou com tudo..... É nojento!!!!!! Que a pobrezinha Lana nos perdoe por não conseguirmos fazer a justiça que ela merecia..... Eu tenho vergonha de ser brasileira..... Se quiser ler tudo sobre o caso, CLIQUE AQUI.
-----------------
Valor a ser pago por mulher caiu de R$ 20 mil para R$ 5 mil, em Goiás; veja.
Ela foi filmada espancando cadela na frente da filha, de 2 anos, em 2011.

A Justiça reformou a sentença da enfermeira Camila Correia, condenada por agredir e matar uma cadela da raça yorkshire em Formosa, no Entorno do DF, em novembro de 2011. Em decisão monocrática, o desembargador Kisleu Dias Maciel Filho reduziu a indenização a ser paga pela ré de

22/05/2015

Enfermeira acusada de matar cadela yorkshire deve pagar indenização


Queria lembrar aos leitores que esta ação foi fruto do empenho de nosso blog. Pedimos e oferecemos todo material necessário para o Promotor abrir esta Ação por danos Morais Coletivos. Todo dossier do caso está aqui e a postagem que informamos sobre nossa conversa com o Promotor para tal, é esta: CASO DA YORKSHIRE LANA: EM PRIMEIRA MÃO O NÚMERO DO PROCESSO NO TJ/GO .

Sinceramente, eu achei que este julgamento não ia acontecer nunca pois o Juiz titular havia colocado as duas ações em sigilo de justiça e por isso não conseguíamos apurar nada alem do que havia no site do Tribunal de Goiânia. Enfim, a infeliz  da condenada deverá recorrer da sentença. Vamos acompanhar e lembrar que, entre aquelas 400 mil assinaturas que enviamos ao promotor há três anos e meio, estava a sua. Portanto, parabéns por seu empenho e generosidade. Lana poderá descansar em paz!!!! 
--------------------------------------------

Juíza quer que ela pague R$ 20 mil pelos danos morais coletivos, em Goiás.
Mulher foi filmada espancando yorkshire na frente da filha, em 2011

A Justiça condenou a enfermeira Camila Correia, que agrediu e matou uma cadela da raça yorkshire em Formosa, em novembro de 2011, a pagar R$ 20 mil de indenização por danos morais coletivos. O crime, cometido na frente da filha de 2 anos, foi registrado em vídeo por vizinhos e ganhou grande repercussão nas redes sociais.

Responsável pela decisão, a juíza Marina Cardoso Buchdid, da 2ª Vara Cível, das Fazendas Públicas

28/02/2015

Mulher é flagrada agredindo cachorro em Nova Iguaçu - RJ




Briga com o marido e os bichos é que pagam o pato... Que coragem!!!!



---------------------------------------------------------



Moradores da Posse, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense do Rio de Janeiro, resolveram registrar em vídeo os maus-tratos a que eram submetidos dois cachorros da vizinhança. A dona dos

26/01/2015

Teresa Romero perdeu Excalibur por receio do ébola e ganhou Alma

Até hoje não me desceu a história de matarem o cachorro por causa do virus ébola....
----------------------------------
O líder da autarquia de Alcorcón, David Peréz, no momento em que o casal recebeu Alma
A espanhola Teresa Romero sobreviveu ao ébola. O cão foi morto preventivamente, numa decisão que causou polémica. Agora, a auxiliar de enfermagem e o marido adotaram uma nova cadela, a que chamaram Alma.

Teresa Romero foi contagiada com ébola depois de atender o missionário espanhol, Manuel Garcia Viejo, que viria a falecer no hospital Carlos III, em Madrid, em outubro de 2014. Passou 30 dias internada, muitos deles entre a vida e a morte, mas fica para a

21/08/2014

Enfermeira peruana cuida de 175 gatos doentes em sua casa em Lima

Mais uma das nossas.... e é bem caprichosa...
----------------------------

A enfermeira peruana Maria Torero ao lado de seus gatos em sua casa em Lima (Foto: Martin Mejia/AP)
Maria Torero recolhe gatos com leucemia felina nas ruas.
Animais recebem tratamento, comida e até roupas.

Uma enfermeira peruana transformou sua casa em um hospital para gatos com leucemia felina em Lima, no Peru. Maria Torero abriga atualmente 175 animais doentes, que se espalham por um apartamento de oito cômodos e dois andares, ocupado por dezenas de pratos de alimentação e

03/08/2013

Audiência de enfermeira filmada agredindo yorkshire é adiada em GO

Complementando nossa postagem a respeito:
______________________
Justiça de Formosa não informou o motivo do novo adiamento.
Enfermeira foi filmada em 2011 agredindo o cão na frente da filha.

O julgamento da enfermeira acusada por maus-tratos, por ter sido filmada espancando um cachorro da raça yorkshire, foi adiado pela segunda vez. O crime aconteceu em Formosa, cidade goiana do Entorno do Distrito Federal, em novembro de 2011. Nas cenas, a mulher agride o animal na frente da filha, que na época tinha apenas dois anos.

A audiência estava marcada para quarta-feira (31) e como o processo corre em segredo de Justiça, não se sabe

23/05/2013

Enfermeira abandona filho de quatro anos e cachorro machucado em casa

O apresentador Marcelo Rezende esculhamba os dois crimes!!!!! Graças a Deus, hoje, o cidadão está consciente do crime de maus tratos aos animais e mete bronca com denúncia e tudo mais.... Gente, nunca pensei de estar viva para assistir a isto!!!!!! Yessssssss.....
____________________________
O animal foi encontrado com a boca sangrando e os dentes quebrados. Os vizinhos chamaram a polícia que, quando chegou à casa, se surpreendeu também com uma criança de quatro anos. A mulher foi autuada em flagrante por crime de abandono de incapaz e por maus tratos aos animais, e corre o risco de perder a guarda do filho.

Cidade Alerta - Rede Record - 22/05/13

27/03/2012

Promotor quer que agressora de cão yorkshire pague indenização por dano moral

.
Mesmo com a ação copiada e o numero do processo informado, pessoas acharam que não era verdade o que publicamos... fazer o quê? nem divulgam p´ra não prestigiar nossas ações... De novo: fazer o quê? ô pobreza de espírito!!!! a luta é coletiva e cada um faz um pedacinho... o que não dá e não fazer nada e botar areia no trabalho dos outros... Tô certa ou tô errada? huuummmm... Vejam o publicado no site do Ministério Público de Goiás... será que assim a galera toda vai divulgar? tomara!!!!!!

26/03/2012 - 16h52
Promotor quer que agressora de cão yorkshire pague indenização por dano moral

11/02/2012

CASO DA YORKSHIRE LANA: LEIAM, EM PRIMEIRA MÃO, A DENÚNCIA DO PROMOTOR

Todos sabem que estamos acompanhando de perto o andamento na justiça da ação contra aquela criatura que torturou e matou a cadelinha yorkshire chamada Lana. Ontem divulgamos a notícia publicada no site do MP de Goiás e hoje apresentamos, em primeira mão, a denúncia do Promotor Lucas Costa.

Fiz questão de publicar para comprovarem que o prezado Promotor seguiu também o entendimento policial de que houve o crime continuado. Entenda o que é crime continuado:

"O art. 71, caput, do CP identifica o crime continuado “quando o agente, mediante mais de uma ação ou omissão, pratica dois ou mais crimes da mesma espécie e, pelas condições de tempo, lugar, maneira de execução e outras semelhantes, devem os subseqüentes ser havidos como continuação do primeiro”. E, portanto, nestas circunstâncias, considera que a solução penal deve ser a aplicação da “pena de um só dos crimes, se idênticas, ou a mais grave, se diversas, aumentada, em qualquer caso, de um sexto a dois terços”."

Não sabemos como será o entendimento do juiz deste caso. Se for este, ela será julgada pelo crime mais grave podendo até ser presa. Quanto algumas perguntas que nos fazem sobre a cumplicidade ou omissão do marido da criatura diante dos maus-tratos contra o animal, temos que considerar que em nenhum momento foi comprovado a presença dele durante as sessões de tortura feitas em Lana. Ele pode, tranquilamente, alegar que nunca viu nada de errado já que passava o dia fora em seu trabalho. Quem vai provar o contrário? Creio que por isso, ele não foi citado. Bem, estou dizendo, ACHO..... Assim que tiver uma folga vou tentar falar com o Dr. Firmino.

Outra coisa: a lei existe sim para punir abusos e maus-tratos contra animais e só precisamos derrubar o PL famigerado do Nonô (se Deus quiser até março vamos fazê-lo) para então liberar todos os PL a ele apensados, inclusive, o que aumenta as penas para 4 anos. Já digo logo que não pode ser mais tempo por ditames do judiciário.

Isto posto, leiam a denúncia do Promotor clicando na imagem abaixo


_______________________
Se quiserem ver nossas postagens a respeito do caso

10/02/2012

CASO DA YORKSHIRE LANA: PROMOTOR DENUNCIA A ENFERMEIRA CAMILA

O promotor considerou todo material policial encaminhado ao MP e denunciou a infeliz. Agora, haverá um prazo para a defesa apresentar suas razões. Depois, o juiz dará a sentença. Até lá, nada a fazer. Só acompanhar. Estou tentando falar com o promotor para ele fazer a tal ação por danos morais coletivos. É meio complicado, mas, vamos tentando. Leiam o publicado:
________________________
07/02/2012 - 10h35
MP denuncia enfermeira por agressão e morte de yorkshire em Formosa

O Ministério Público ofereceu ontem (6/2) denúncia criminal contra a enfermeira Camila Correa Alves de Moura Araújo dos Santos, acusando-a de crime ambiental e delito previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), em razão da agressão e morte de um yorkshire, ocorrida em Formosa, em novembro do ano passado.

Na peça acusatória, o promotor Lucas Danilo Vaz Costa relata que, nos dias 12 e 13 de novembro de 2011, a denunciada feriu o cachorro em sua residência, na presença da filha J. de 1 ano e 6 meses. Na avaliação do MP, a menina foi submetida a constrangimento ao testemunhar a agressão. De acordo com o promotor, Camila maltratou, deu vários chutes, golpes de balde na cabeça, puxões e tamponamentos de balde no animal, o que levou à morte o pequeno cachorro com poucos meses de vida.

Ao agir desta forma, sustenta a acusação, a enfermeira cometeu os crimes descritos no artigo 32, parágrafo 2º, da Lei 9.605/98 (Lei dos Crimes Ambientais), quando se pratica maus–tratos, ato de abuso, a animais silvestres, domésticos, nativos ou exóticos, bem como no artigo 232, da Lei 8.069/90 (ECA), quando o acusado submete criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância a vexame ou a constrangimento.

A pena prevista para crime ambiental varia de 3 meses a 1 ano de reclusão e multa; já para o delito do ECA a punição é de seis meses a dois anos de detenção. (Ana Paula Barreira / Estagiário da Assessoria de Comunicação Social do MP-GO, supervisora de estágio Ana Cristina Arruda)

Fonte: MP de Goiás
______________________
Vejam a notícia mais recente publicada em 11/02/12
http://www.ogritodobicho.com/2012/02/caso-da-yorkshire-lana-leiam-em.html
_______________
Nossas postagens a respeito do caso

.

25/01/2012

CASO DA YORKSHIRE LANA: EM PRIMEIRA MÃO O NÚMERO DO PROCESSO NO TJ/GO

Ainda está para ser distribuído no sistema, mas, o número do processo referente ao caso da yorkshire Lana é 201200251460

Só deverá estar no ar,  a partir de amanhã no site
www.tjgo.jus.br  - Consulta Processual/Processos 1º Grau

Não adianta ficar com frisson, gente!!!! Está tudo correndo como o esperado. Deve entrar no MP só no final do dia e hoje. Vou conversar com o Promotor amanhã para saber se ele poderá fazer a ação por danos coletivos tendo por base a petição com mais de 400 mil assinaturas.

Aguardem e NÃO VÃO ATRÁS DE INFORMAÇÃO DIFERENTE DESTA, pois, será especulação.
.

23/12/2011

INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O CASO DA CADELA YORKSHIRE LANA - FORMOSA - GO


INFORMAÇÕES RECOLHIDAS SOBRE O CASO

1 - o Domingo Espetacular vai apresentar uma grande matéria a respeito na próxima edição (25/12);

2 - ontem o marido e a empregada foram ouvidos pela polícia. Parece que a empregada falou muito bem dela e o marido não acrescentou nada de importante. Disse que estava estudando quando a polícia bateu na porta do apt. dele, que nunca tinha visto a mulher maltratar a cadelinha e que não vira ela descer para o play quando a mulher deu fim a vida de Lana. Não viu nada....

3 - o marido teria dito que comprara um cão shitsu numa FEIRA DE FILHOTES e como 4 dias depois ele ficara "doente", trocou por uma yorkshire que teria custado mais 500 reais. Lana estava morando com eles, ou melhor dizendo, sendo torturada por eles, há um mês e meio. Supondo que a cadelinha tenha sido vendida com 2 meses e somando mais o tempo dentro daquela casa de horror, ela teria uns três meses e meio de vida.... E a maldita considerava ela um "monstro" porque fazia xixi e cocô pela casa.... Quando penso nisto, sinto um engasgo na goela!!!!!

4 - o marido teria informado que, no dia seguinte à ocorrência policial, jogou o corpo da cadelinha num containere de lixo localizado numa avenida da cidade... Jesus amado, perdoe meus pensamentos!!!!!

5 - a impressão que se tem, supostamente percebida por pessoas que tiveram contato com a acusada, é que, embora arrependida, ela não considera o fato como motivo de tamanho estardalhaço... afinal, era um cachorro, somente. Parece ser do tipo de pessoa sem apego a nada e sem sentimentos de pena. A impressão que tiveram, também, do marido, é que seja daquele tipo de pessoa indiferente às coisas. A mãe morreu? morreu... Ganhou na mega-sena? ganhou.... Ou seja, o mesmo sentimento para qualquer situação. Entretanto, ouvi falar que é um bom médico... Vai entender?

6 - algum grupo de São Bernardo está se preparando para ir lá em Formosa? se sim, avise para possamos anunciar e assim aumentar o número de participantes. Eu vou no dia do julgamento... ah, isto é certo!!!!! Mas, é preciso que se saiba que, devido às festas de final de ano, todo país entra em recesso e tudo funciona em plantão. E outra coisa, o inquérito não sairá da delegacia enquanto as psicólogas não fizerem um laudo sobre a criança (será dia 10), ou seja, temos um bom tempo de espera;

7 - este crime foi um aprendizado para todos nós da defesa animal como para as autoridades do país. Acho que deveriamos explorar como aliados o segmento de autoridades policiais no fortalecimento do desejo antigo de mudança nas penalidades destes crimes. E pensar que até 1998 era uma contravenção penal..... Tem delegado que nem sabe que isto é crime... tratam como contravenção... é mole?

8 - algo que não pensamos: HÁ MALES QUE VEM P´RA BEM!!!! diz o ditado...
Suponhamos que a policia civil de GO não estivesse em greve, recebessem a denúncia e a resolvessem com um TCO (como no caso do cão de Recife) como manda a lei? Lana teria morrido em vão.... A acusada teria pago umas cestas básicas e já estaria matando outros cães do mesmo jeito.... Tudo foi uma conspiração a favor de nossa causa, embora, não louvamos o sofrimento desta cadelinha que não merecia isto, em nenhuma hipótese...

9 - devemos entender esta conspiração do destino e a inspiração de todos os envolvidos que fez o país inteiro (o exterior também está se pronunciando) tomar conhecimento das mazelas que nós todos combatemos no nosso dia a dia;

10 - no caso da acusada perder a guarda da filha, o marido ficará com ela. Bem, não se separando da acusada, ela continuará com o contato com a menina. Alguém sabe como a Lei age nestes casos? pois, parece que o importante seria o afastamento total desta mulher e desta criança, ou não?

11 - soubemos que a acusada continua escondida, juntamente com a família. O médico é paraense e, provavelmente, eles sairão da cidade pelo clima de vingança formado entre seus habitantes. Acho que caberá a todos nós acompanharmos o destino desta pessoa para evitar que ela mate outros animais porque é uma preguiçosa que não gosta de limpar xixi e cocô de um cão.... Aliás, o que ela pensou? que cachorro não fazia xixi e cocô?

12 - segundo apurei, a polícia já ouviu todas as pessoas envolvidas e só está aguardando o laudo das psicólogas e a chegada do depoimento do Claudemir (autor das imagens) que vem de MT, já que é morador daquele Estado.

13 - como falei ontem, não temos que ficar mais revoltadas do que o necessário. A mulher, se condenada, terá atenuantes já que é ré primária. Vamos torcer para que o promotor do Ministério Público faça uma boa denúncia e o Juiz a condene com a máxima pena que cabe o crime. É claro que ele terá opções interessantes.... hehehehe.... Vamos aguardar os trâmites da lei, sempre nos manifestando. De minha parte, estarei atenta às novidades.
____________________
Saibam mais informações na postagem de ontem clicando AQUI
.

22/12/2011

INFORMAÇÕES SOBRE O CASO DA MORTE DA CADELINHA YORKSHIRE

CASO DA CADELINHA YORKSHIRE LANA:
O MARIDO E A EMPREGADA DA ACUSADA SERÃO OUVIDOS HOJE PELA POLÍCIA
CONIVÊNCIA OU OMISSÃO NO CRIME?

Gente, um esclarecimento que vou dar:

1 - o crime que a Sra. Camila cometeu contra o animal e a filha dela é crime de menor potencial ofensivo, ou seja, não comporta prisão. Pode ser sentenciada a serviços sociais e multada. Portanto, não adianta ficar pedindo prisão, pois demonstra só desconhecimento. Isto só aconteceria se ela fosse sentenciada por um juiz e tivesse péssimos advogados.

2 - graças ao partido que governa nosso país, NÃO EXISTE MAIS PRISÃO EM FLAGRANTE. Os deputados, p´ra não prender bandidos que poderiam ser um deles (ou parentes), apoiaram a lei que acabou com este tipo de prisão. Portanto, não caberia a ação com referência ao caso. Não adianta culpar a polícia e a justiça... é coisa da corja de deputados, tá?

3 - a função de um delegado (Polícia) é indiciar; do promotor (Ministério Público) é denunciar; do juiz (Tribunal) é condenar ou não.


4 - apesar do Conselho de Enfermagem dizer que só poderia expulsá-la por avaliações técnicas, poderíamos questionar se o Conselho Ético deles não funciona. A questão da morte da cadelinha só tem valor para nós, mas, a questão da exposição da filha é gravíssimo e temos que atuar melhor neste argumento, pois, através dele conseguiremos maior punibilidade desta criatura. Repararam que ela (por orientação dos advogados) só se declarou culpada do crime ambiental? ah é? ela acha que vai passar batida no resto? vai não.....

Portanto, temos um longo caminho pela frente e não adianta ficarmos agoniados/as porque até o Delegado reunir as peças do inquérito (depoimentos, laudos, atestados, etc.) vai demorar. Por ex.: os psicólogos marcaram o atendimento da criança para o dia 10 de janeiro. Isto quer dizer que, até lá, é garantido que o inquérito não seja terminado, certo?

Depois, vou informar com número de leis e tudo mais todas estas informações técnicas para que os céticos confirmem... hehehehe.... O raio do tempo não me deixa fazer o serviço completo de uma vez só!!!!!
.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪