Mostrando postagens com marcador drones. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador drones. Mostrar todas as postagens

24/05/2017

Os novos guardiões da natureza selvagem: drones

A coisa funciona legal!!!! que bom, não? espero que os animais sejam efetivamente beneficiados.
--------------
Tem gente que morre de medo de drones, que pensam neles como enviados do inferno ou quando muito espiões do governo, detestam bisbilhoteiros (com certa razão) e buscam exercer seus direitos de extermina-los, mas a verdade é que eles são muito versáteis e úteis, servindo para inúmeras coisas: monitoramento de plantações, identificação de campos minados, transmissão ao vivo, etc. Estamos avançando ao ponto de utilizar enxames em missões de larga escala.

A novidade, que nem é tão nova assim é combater a caça ilegal, realidade comum em diversos países da África. No geral caçadores entram em área protegidas, que são grandes demais para contar com pessoal suficiente e fazem seu estrago, em geral abatendo elefantes e rinocerontes atrás dos chifres e presas de marfim.

As estatísticas são cruéis: um rinoceronte é abatido a cada 10 horas no continente africano, a caça ao animal aumentou 9.000% na última década. A situação dos elefantes é ainda pior, com um sendo morto a cada 14 minutos. Há diversas iniciativas para combater essa situação e uma delas é justamente utilizar drones, equipados com sistemas de inteligência artificial e visão computacional.

O Google e a WWF iniciaram um projeto de financiamento em 2014 de modo a estimular empresas locais e instituições a desenvolverem suas soluções, contando com o apoio da ONG e da gigante das buscas e uma dessas iniciativas veio da Lindbergh Foundation, com seu programa “Air Shepherd”.
drone-ai-poaching-combat

Em parceria com a companhia especializada em aprendizado de máquina Neurala, eles desenvolveram uma rede de drones equipados com visão infravermelha e que são extremamente silenciosos, de modo que eles podem ser operados da base durante a noite e na moita sem que os caçadores percebam, mas a intenção mesmo é torna-los totalmente autônomos.

A Air Shepherd não dispõe de pessoal suficiente para monitorar os feed de vídeo o tempo e dessa forma, a Neurala trabalha para alimentar o sistema “Neurala Brain” para que com o tempo os drones possam identificar sozinhos manadas de animais e grupos de invasores próximos (tanto a pé quanto em veículos) dispostos a caça-los.

Feito o reconhecimento, os drones enviarão as informações para a base e as autoridades locais e os caçadores serão pegos no ato.

É uma excelente iniciativa, muito bem-vinda para acabar com caçada indiscriminada de animais em extinção e punir os responsáveis, ainda que em alguns casos o carma realmente seja instantâneo.


Fonte: Meio Bit

17/09/2016

Polícia holandesa será 1ª a utilizar águias para derrubar drones

No dia 15, o programa "Mais Você" apresentou  a matéria Aeroportos empregam falcoeiros para evitar acidentes causados por aves e hoje vi esta aqui do G1. Ou seja, a eterna exploração humana dos animais.
-------------------
A polícia da Holanda será a primeira do mundo em utilizar águias para derrubar drones em pleno voo, após submeter as aves a um processo de treinamento, informou nesta segunda-feira (12) o site de notícias "DutchNews".

Polícia da Holanda treina águias para atacar drones sem autorização (Foto: Reprodução/YouTube/Politie)

Apesar de as aves pertencerem a uma empresa privada, a polícia deve começar a utilizar as suas próprias a partir de junho do ano que vem. As autoridades começaram o adestramento em janeiro,

08/05/2014

Drones estão ajudando a evitar a caça ilegal na África

Imagina você:  todos os setores da vida estão se esmerando na utilidade da tecnologia para alcançar seus objetivos, MENOS pesquisadores que usam animais.... são uns bolorentos, fedidos e paranóicos.... Olha que legal este lance de drone....
___________________

Uma matéria da revista Science desta semana relata que biólogos vão passar a usar uma nova ferramenta para fazer estudos e ajudar animais em regiões distantes, os Drones serão usados para identificar animais, como os elefantes, que vivem em áreas onde humanos também vivem, e com isso os confrontos existem, e são prejudiciais tanto para os elefantes quanto para os humanos.

Também conhecidos como veículos

RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪