Mostrando postagens com marcador dificuldade. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador dificuldade. Mostrar todas as postagens

26/09/2017

Por que é tão difícil pegar uma mosca? inacreditável...

Juro que não sabia destas habilidades dos animais. Quando eu falo da superioridade deles é por causa destas coisas!!!! Uma mosca, como diz a matéria, nos humilham em sua capacidade!!!! showzaço!!!!
-----------------
Insetos têm poder semelhante ao de super-heróis: para eles, nossos movimentos são lentos demais.

01/05/2017

ONGs que cuidam de animais abandonados relatam dificuldades

Eu tenho maior respeito por esta turma que chamo carinhosamente de "linha de frente". Não é fácil não, gente!!!!!!A dedicação destas pessoas é de tirar o chapéu.... Axé para todos!!!! Muita força!!!! E que possam receber a ajuda que merecem tanto da área governamental quanto de todos nós..

---------------

ONGs que cuidam de animais abandonados relatam dificuldades.

Fonte: G1 Mato Grosso

30/03/2017

Com dívida de R$11 mil e 27 cachorros na própria casa, cuidadora diz que vai fechar abrigo

A gente quer ajudar.... mas, como podemos no meio de tantas protetoras necessitadas?
------------------------
Tudo começou quando uma amiga lhe perguntou se poderia adotar dois cães em fase de tratamento. Em dois anos e meio a cuidadora Cinthia Amorim, responsável pelo abrigo de cães “Anjos Peludos de Cuiabá” tenta de todas as formas continuar resgatando animais na capital. 

Assumindo todos os gastos, ela não possui mais condições de manter o abrigo e já possui mais de R$ 11 mil reais em dívidas com veterinários por conta dos tratamentos dos animais que resgata, por isso ela declara: “eu amo o que eu faço, mas o abrigo vai fechar se eu não conseguir ajuda”.

São 27 cachorros sob a responsabilidade de Cinthia Amorim. No quintal de sua casa ela construiu o abrigo para os animais debilitados e abandonados na rua que resgatava. Não foi uma decisão planejada, apenas foi acontecendo. Sempre que encontrava um animal precisando de ajuda humana ela recolhia e levava para casa, cuidava, levava ao veterinário e posteriormente oferecia para adoção solidária. O problema é que as pessoas para adotar nunca apareciam e o número de animais foi só aumentando.

Com o passar do tempo, as pessoas passaram a contatá-la via facebook também para realizar resgates e ela passou a se deslocar para recolher os animaizinhos necessitados. O problema, segundo ela, é que o trabalho voluntário começou a ser visto pelos outros como uma obrigação.

“As pessoas me ligam e falam que tem um cachorro que querem doar e exigem que eu vá buscá-lo, mas eu não tenho obrigação de fazer isso e também não tenho mais condições. Outras dizem que vão ajudar com ração, dinheiro ou que virão aqui ajudar a limpar e dar carinho para os animais, mas nunca aparecem”, diz Cinthia.

A protetora ainda conta que recebe acusações de que esteja enriquecendo com o dinheiro doado para cuidar dos animais. “Eu tenho R$ 11 mil reais de dívida com veterinários, minhas despesas mensais com os cachorros chegam a R$ 5 mil.

Meu salário de R$ 1 mil vai todo para cuidar dos cachorros e ainda falta. As contas de água e luz meu marido paga porque são junto com as contas da casa, até o produto de limpeza eu compro junto com as compras de mercado de casa. O dinheiro das doações mal paga a ração, quanto menos os tratamentos com veterinário”, desabafa a protetora.

“Quando troquei minha moto por um carro os boatos ficaram maiores, mas ninguém vê que é um carro antigo e que eu fiz isso para poder fazer os resgates dos cachorros”, completa Cinthia.
Aos prantos, Cinthia relata a angustia entre fechar ou continuar com o abrigo. “Meu marido reclama que eu gasto todo o dinheiro com os cachorros, mas eu não posso abandoná-los. Apesar disso eu não tenho condições de continuar com o abrigo sem ajuda.

Eu sei que preciso fechar, doar os cães o quanto antes e parar de fazer os regastes, mas eu amo o que eu faço e não quero parar, mas preciso de ajuda. Quando eu contei para minha filha que ia acabar com o abrigo ela começou a chorar e disse ‘não desiste mãe, seu trabalho é tão bonito’. Eu não queria parar, a coisa mais feliz pra mim é pegar um cachorro só pele e osso e recuperar ele, deixar saudável e bonito”.

Para não fechar o abrigo a protetora necessita de ajuda fixa. De acordo com ela, já houve a tentativa de manter um grupo mensalistas, com pessoas dispostas a doarem R$ 10 reais por mês, mas das 60 pessoas que se comprometeram a participar do grupo, apenas 20 depositaram.

Constantemente Cinthia pede ajuda pelo facebook e muitas pessoas chegam a comentar e se mostrando dispostas a ajudar, mas nem sempre o auxílio realmente chega. “É uma choradeira sempre, eu tenho que implorar, falar que o abrigo vai fechar, me humilhar e ainda tem gente que diz que eu ganho dinheiro com isso.

As pessoas julgam sem saber. Uns dizem que vão doar ração, outros dizem ‘resgata tal cachorro que eu ajudo’ e depois esquece. Falam pra mim ‘o mundo precisa de pessoas como você, seu trabalho é lindo’, e é mesmo, mas custa dinheiro. Cuidar de cachorro não é só dar ração. Não adianta só resgatar, porque assim ele só vai ter um teto”, diz a protetora.

Cinthia também recebe doações de roupas e sapatos que compõem o bazar que realiza para ajudar na arrecadação de dinheiro para manter o abrigo. Além disso, ela diz que tentou organizar um evento para que as pessoas fossem conhecer o local, mas apenas uma pessoa foi.

Sua luta também é para transformar o abrigo em Organização Não Governamental (ONG), pois assim empresas privadas podem ajudar por meio de dedução do imposto de renda. “O problema está sendo a burocracia. Não tenho auxilio para redigir o estatuto”.

Quem puder colaborar com o abrigo “Anjos Peludos Cuiabá” basta entrar em contato com Cinthia pela página no facebook AQUI. Para doar por meio da vaquinha online acesse AQUI. Mais informações também pelo telefone de Cinthia Amorim (65) 9 9683-4983.

Banco do Brasil 
Conta corrente: 21014-5
Agência: 4043-6

Caixa Econômica
Conta Corrente: 23872-7
Agência: 0686

FONTE: olhardireto

24/08/2016

População encontra dificuldade para castrar animais no Grande Recife


Gente, na cidade de Recife que tem uma Secretaria de proteção animal só faz castração pela manhã? caramba, o resto da matéria dá vontade de chorar...... não deixem de ver a fala do diretor do hospital veterinário.... que tristeza...
--------------------



A Prefeitura do Recife informou que não há um prazo para a ampliação no horário de atendimento.

03/06/2016

ONG que cuida de animais abandonados está precisando da sua ajuda - Natal - RN



A dificuldade é por todo país..... Pessoal de Natal que puder ajudar, manda ver. Entrem no Facebook da ONG PATAMADA e passem o mouse no topo para obter informações de como ajudar.
--------------------




Publicado em 2 de jun de 2016
A dona da instituição está preocupada com o número de animais que ela encontra nas ruas com algum tipo de enfermidade. Mas para manter os bichinhos bem tratados e alimentados é preciso a doação de alimentos e remédios.

23/05/2016

Por tratamento caro, Bolinha deve ser colocado para adoção em Cuiabá

Tadinho do Bolinha.... será que ninguém pode ajudar o gordinho? ele tem que ficar com alguém que não tenha cachorro.... Saiba mais sobre o caso CLICANDO AQUI .
------------------------ 
Animal voltou a engordar depois de sair de clínica veterinária de Cuiabá.
Cão era obeso e foi resgatado de lanchonete de posto na BR-364 em MT.

O cachorro Bolinha, resgatado de uma lanchonete de um posto de combustíveis em Mato Grosso em setembro de 2014, deve ser colocado para adoção nos próximos meses. No ano passado, o vira-lata deixou a clínica em Cuiabá na qual fez tratamento contra a obesidade após ter perdido 16 kg e foi para a casa de Michelle Scopel, da ONG OPA-MT. Entretanto, passou dos 20 kg para 27

23/04/2016

Sociedade 'Amor a Quatro Patas' sofre com falta de recursos para cumprir pagamentos - Acre


É bom saber que temos companheiras ativas lá na cidade do Rio Branco, mas, lamentavelmente, vivendo os mesmos problemas do país afora. Quem for da área e puder dar uma força, manda ver..... Agora, um comentariozinho a parte: que apresentador fraquinho, não? tadinho....
-------------------------


26/03/2016

Desabafo de Cintia Frattini que recolheu as porcas do Rodoanel

As pessoas acham que cuidar de quase 100 porcos não custa nada. Cintia abriu seu portão para receber as porcas vítimas daquele acidente do Rodoanel em SP. Fez algumas modificações em seu sítio para acomodar todos eles. Só que as coisas não acabaram aí. O custo de manutenção destes animais é alto e é por isso que precisamos ajudá-la nesta empreitada para acomodar melhor os animais. Vamos ajudá-la, gente? Clique na nova VAKINHA e doe alguma coisa, por favor.

------------------


Facebook de Cintia Frattini
Leia nossas publicações a respeito dos Porcos do Rodoanel

14/11/2015

Porque seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele

Curioso, gente...... mas, será que é isto mesmo? os meus inclinam sempre que emito um som diferente.... daí, acho que ele pensa: ué, você não fala assim.....
------------------------ 
Sabe quando o seu cachorro inclina a cabeça para o lado depois de receber uma bronca? Não, ele não está tentando ser fofo para amolecer o seu coração. Na realidade, o animal pode estar com dificuldades em ver o rosto do dono.

Tanto os olhos, quanto a boca, são componentes importantes para formar as expressões faciais do ser humano. Como os cachorros possuem uma inteligência emocional elevada, eles conseguem "ler" o rosto para obter informações sobre o estado emocional de qualquer pessoa.

No entanto, é preciso ver as feições para fazer essa decodificação. E isso pode ser um problema para os cães.

10/10/2015

Por que será que não se consegue agendar castração na Prefeitura do Rio?

A publicação de um vídeo na internet por uma protetora de animais aqui do Rio de Janeiro mostrando um cidadão confessando ter vendido seus votos em troca de castração para o próprio Secretário de Proteção Animal da nossa cidade, deu o que falar. (CONFIRA AQUI)

Várias pessoas me escreveram confirmando que isto acontece durante as feiras de adoção promovida pela SEPDA. É feito um cadastro da pessoa  tanto para castração quanto para adoção ou vacinação e é entregue o cartão pessoal do Secretário que sempre está presente. E eu achando que ele ia pessoalmente para prestigiar a causa.... Cruz credo, sou muito ingênua!!!!!

De qualquer maneira, fui pesquisar, pois, meus leitores sabem que só publico aquilo que posso comprovar. Aqui está o que apurei:

1 - No  site da SEPDA tem a informação que a marcação das castrações não serão mais feitas por internet e sim por telefone. CONFIRA AQUI. Só que, segundo informações constantes em página do facebook específico (CONFIRA AQUI),  é muito difícil ou mesmo impossível o atendimento. Alguém chega a escrever que só indo mesmo nos eventos de adoção.

2 - Telefonei ontem para uma protetora que costumava castrar em containeres e ela disse que agora só se consegue indo nos locais que tem feira de adoção ou na Fazenda Modelo. Sinceramente, antes desta denúncia da venda de votos por castração, eu achava que as coisas estavam indo muito bem e a dificuldade de marcação seria porque o povo realmente se conscientizou que tem que castrar seus animais mesmo.  SÓ QUE NÃO, PELO JEITO!

3 - Fui analisar o facebook pessoal do Secretário da SEPDA (Luis Antonio Ramos) onde peguei algumas informações.  Antes tinha uma pagina do facebook que era usado para dar satisfação de tudo que rolava naquela secretaria, mas, não achei mais. Aliás, olhei também  o site da SEPDA e, na parte de estatística, fiquei abestada, pois, consta que só foram feitas 1597 castrações no mês de agosto/2015. Credo, quando eu dirigia o programa de castração em 2000, com um único posto, fazia uma média de 500/mês. Como, então, com 9 postos esta secretaria faz  só 1597?

4 - Mas, no face do Secretário, reparei coisas muito estranhas como fotos da logo da Prefeitura em segundo plano (leia-se dinheiro do cidadão carioca), fotos e vídeos com logomarca do nome do secretário, e, uma série de coisinhas sutis que nos levam a concluir pensamentos muito negativos, ou seja, o uso de serviço público para interesse pessoal.



5 - Não entendeu? repara aí: o vídeo abaixo fala dos animais que vão para a Fazenda Modelo e que terão uma nova vida, induzindo que seria graças ao secretário que estampa sua logo:


6 - No vídeo acima aparece esta imagem abaixo com painel ao fundo da Prefeitura (Prefeitura = nós, cidadãos já que pagamos toda esta zorra). Pode isto? O Secretário, alem de bonitinho, parece que é muito educado e gentil. Quem o conhece diz isto. Podemos confirmar nas respostas que faz questão de dar em seu face a quem lhe escreve.  Lamentável, mas, ouvi falar que estaria usando o programa público para divulgar seu nome pois seria candidato nas próximas eleições.... Será verdade? É difícil de acreditar.....


7 - Sinceramente gente, eu estava  convicta que este programa de adoções que este secretário implantou na SEPDA estava indo de encontro com as expectativas da população. Mas, parece que não é assim. No popular, é o tal ditado "reverência com o chapéu alheio". Agora, verdade seja dita: não sei se ainda funciona assim, mas, tem vereadores que tem total controle das castrações em determinados postos pela cidade (só eu sei do posto do Eng. de Dentro e de Vicente de Carvalho). Repito que, no momento, não sei como funciona, mas, teve um tempo que quem marcava era o gabinete do vereador..... Que horror!!!!!!

8 - Agora, segundo observações dos dados publicados no face Secretário, as vagas para castração são distribuídas de acordo com as feirinhas de adoção. Senão, vejamos em apenas dois eventos printados abaixo: 204 + 185 já são 389 castrações. P´ra mim, este numero seriam de castrações extras, mas, pelo jeito, são retiradas da cota geral prevista para o mês, ou estou errada?  Para quem não sabe, as castrações são "terceirizadas" (convênio).



9 - Achei, também, nesta postagem do face do Secretário uma pessoa que confirma que são distribuídos cartões pessoais com o nome do secretário. Inclusive ela reclama das condições dos animais levados para adoção. A aproveitei uma outra pessoa que pergunta como anda a "fila das castrações". CONFERE ABAIXO:



10 - Olha, eu fiquei muito decepcionada em conferir tudo isto.... Estava tão crédula nesta gestão tanto que até mandei uma denúncia que me chegou sobre uma capivara perdida num valão aqui da cidade. Mas, ele não me respondeu. Pelo que soube, a SOS Aves é que foi resolver as paradas das capivaras que resolveram a nadar pelos rios e canais daqui. CONFERE MEU PEDIDO DE AJUDA ABAIXO:


11 - Enfim, pessoal, devido ao meu estado de saúde estou totalmente limitada em ações. Acho que esta denúncia merece uma notificação ao Ministério Público sob alegação de improbidade administrativa e possível crime eleitoral já que no face do Secretário ele se apresenta como "político" . Olha abaixo do nome dele.


12 - Só para complementar, vejam o que diz a Lei Eleitoral:

        Art. 1o  - A Lei 9.504, de 30 de setembro de 1997, passa a vigorar acrescida do seguinte artigo:


01/10/2015

Convivendo entre 110 animais: empresário retira cães e gatos das ruas para cuidar deles em casa

É.... a barra quando pesa as pessoas acabam falando besteira.... se bem que, em certos casos, ele até tem razão ao citar pessoas que se aproveitam da desgraça do animal para fazer dinheiro.....
--------------------
Voluntário que já gastou R$ 12 mil por mês com animais diz que agrada Deus fazendo isso. São 25 quilos de ração de cães por dia e 150 quilos de ração de gato por mês 

São mais de 60 cachorros e 50 gatos convivendo harmoniosamente no mesmo ambiente, mantido pelo empresário Francisco Alves, o Peninha. “Os animais são comparados a uma criança que precisa de cuidados e respeito”.

Ele recolhe cães e gatos da rua e os leva para casa, onde dá abrigo e comida, além de atenção médica, tudo por conta própria. “Eu não sou protetor ou responsável por nenhuma ONG, nunca pedi nada para ajudar esses animais”, afirma o empresário, que faz duras críticas às ONG’s  que usam a internet para pedir doações para cuidar apenas de animais acidentados e esquecem dos

21/11/2014

Voluntários têm dificuldade em manter animais abandonados



Não é fácil não..... força para tanta gente boa que tem se dedicado a causa de defesa animal.
------------------------------------


BOM DIA DF - 20/11/14
Muita gente se dedica a resgatar animais nas ruas. São principalmente cachorros e gatos abandonados. O problema é como dar conta de tanta despesa, quando o trabalho é totalmente voluntário.

04/02/2014

Augusto Abrigo pede ajuda - Brasília - DF

Vejam os vídeos e quem puder ajudar, aqui estão as contas:


xxxxxxxxxxxx

Matéria feita pela afiliada da Rede Globo

JA - Rede Globo - 01/02/14

O Abrigo Augusto, que cuida de cerca de 300 animais vítimas de maus-tratos, no Jardim Ingá, em Luziânia, pede ajuda para não fechar as portas. A entidade, fundada há seis anos, enfrenta dificuldades financeiras.
xxxxxxxxxxxx

Vejam a matéria da afiliada da Rede Record

DF TV - Rede Record - 22/01/14

06/07/2013

Donos "chegam a chorar" às associações por não terem comida para os animais

É galera, a situação de humanos, pega aqui, pega acolá......
_______________________________

As associações zoófilas são cada vez mais solicitadas por donos que "chegam a chorar" por não terem dinheiro para alimentar os animais e que assumem não terem comida para eles próprios, denunciou a Liga Portuguesa dos Direitos dos Animais.

A Presidente da Liga Portuguesa dos Direitos dos Animais (LPDA), Maria do Céu Sampaio, disse à agência Lusa que a situação tem vindo a agravar-se nos últimos dois anos, mas que está a atingir "proporções nunca vistas".

O desemprego, a perda de casa por incumprimento com o banco e a emigração forçada são algumas das razões que contribuem para cada vez mais pessoas não conseguirem manter os seus animais.

Maria do Céu Sampaio enumerou ainda o aumento do IVA na comida para

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪