Mostrando postagens com marcador detidos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador detidos. Mostrar todas as postagens

19/10/2015

Ativistas são detidos na entrada do zoológico do Rio


Gente, eu não sabia do protesto, mas, ontem um grupo de ativistas fez manifestação na porta da Fundação Rio Zoo reivindicando a transformação do espaço do zoológico em santuário. Só que foram detidos, mas, liberados em seguida. Não consegui apurar porquê. 

Se quiserem ler algumas de nossas postagens a respeito de toda patifaria desta Fundação, CLIQUEM AQUI.

Vídeos ao final  retirados do facebook

CONVOCAÇÃO que fizeram para o protesto:

21/05/2015

Ativistas são detidos após desenho contra sacrifício de animais.

Que protesto maravilhoso!!!! parabéns aos companheiros!!!! pena que não deu para terminar.... da próxima eles conseguem!!!! Se precisarem de ajuda para se livrarem dos problemas "jurídicos", fala p´ra gente dar uma força!!!!! Nosso leitor Márcio  nos contou que foi a matéria mais falada na terça-feira lá em POA... muito bom!!!!!
-----------------------------------------------

Quatro ativistas da causa animal foram detidos na noite desta segunda-feira no momento em que faziam um desenho no tapume do Parque da Redenção, em Porto Alegre. A pintura simula o sacrifício de um cabrito.

O grupo foi interrompido por policiais da Guarda Municipal e levado ao Palácio da Polícia, onde foi registrada a ocorrência. Um deles assumiu a autoria e deve responder por pichação em patrimônio público
— A gente não sabia que precisava de autorização. Achávamos que o tapume poderia ser pintado. É uma forma de protesto contra o sacrifício de animais, pela libertação animal. Não é nada ofensivo, nada grave — comenta Rafael Martinelli.

Deputados derrubam projeto que proíbe sacrifício de animais
Os ativistas foram flagrados por volta das 21h. Às 22h30min, eles já haviam sido liberados pela polícia. O desenho, inacabado, deve permanecer no tapume. À esquerda do cabrito, no balão, seria escrita a seguinte a frase: “Se a fé é sua, por que devo morrer por ela?”

Fonte: Zero Hora

02/04/2014

Doze fotógrafos detidos por crime ambiental

Tem mais é que prender mesmo.... temos que mostrar que alguma coisa de bom acontece.... o que é pena que é polícia prende e a justiça solta..... Se eu fosse promotor eu já teria desistido da profissão.... deve ser frustrante....
_____________

Todas as câmeras digitais apreendidas
e as atividades de fotografia subaquática
foram suspensas por 30 dias.
Foto: PF/ Divulgação
Eles foram flagrados alimentando peixes com pães e ração canina, ocasionando enorme impacto ambiental

Doze fotógrados subaquáticos foram detidos, tiveram os equipamentos recolhidos e ficaram 30 dias sem exercer a função, depois de serem flagrados alimentando peixes na zona de visitação das piscinas naturais de Maragogi, distante 5 km da costa, no Litoral Norte de Alagoas. A operação, realizada pelo Núcleo Especial de Polícia Marítima da POlícia Federal (PF) em conjunto com o Instituto Chico Mendes de Conservação da

11/12/2013

Polícia Ambiental detém dois por maus tratos contra animais - Barretos - SP

Sei lá, entende, mas, situações como estas, nos dão um grande alento.....
____________________

Policiais Wendel e André Luis com o cachorro
que foi abandonado - Foto: Luis Nascimento
Dois indivíduos foram surpreendidos abandonando o cachorro em vicinal

Os policiais militares ambientais André Luis e Wendel estavam em patrulhamento por volta das 11h10 de segunda – feira, pelo km 6 da vicinal Nadir Kenan depararam com dois indivíduos em um veículo Volkswagen Santana.

Os ambientais  viram quando os dois indivíduos pararam o carro e retiraram do interior do porta malas um cachorro marrom sem raça definida.

Eles  abandonaram o animal na vicinal e empreenderam fuga, porém, acabaram sendo detidos.

Leia a matéria na edição de terça-feira (3) no jornal O Diário. 

FONTE: O Diário

RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪