Mostrando postagens com marcador desova. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador desova. Mostrar todas as postagens

06/04/2015

Tartarugas percorrem quatro mil quilômetros para desovar no litoral brasileiro (video)


Elas saem do Senegal, na África, e vão até o litoral do estado do Sergipe. São três meses de viagem para chegar às praias, fazer ninhos e botar os ovos.
-----------------------------


Jornal Hoje - 01/04/2015

17/11/2010

ENFIM, TARTARUGAS SÃO RESPEITADAS EM SERGIPE

Pois é, o pessoal que repassa aquela meleca de e-mail com fotos de retirada de ovos de uma Praia da Costa Rica, nem se da conta que o repasse que fazem diz que o fato acontece na margem esquerda do Rio Solimões... margem de rio com onda? tartaruga em água doce? ninguém se dá conta das inúmeras contradições? Falei muito sobre o tema por aqui.
http://ogritodobicho.blogspot.com/2010/05/definitivamente-o-fantastico-esclarece.html
http://ogritodobicho.blogspot.com/2010/04/historia-do-matador-de-gatos-que-rola_19.html

Noutro dia li uma declaração do Cap. Watson do SeaShepeard que parece, também, estar muito mal informado. Fico triste, gente!!!! Um único idiota escreve aquela meleca, um pateta reinventa e os ingênuos, achando que estão ajudando, repassam sem refletir na bobagem escrita.

Mas, em 1º de março, publiquei uma postagem denunciando uma verdadeira situação que acontece aqui, no Brasil, bem pertinho. Muito pouca gente escreveu para o Governo de Sergipe, conforme solicitei. Mas, acho que, de alguma maneira, ajudamos um pouco. Cliquem no link para ler:
http://ogritodobicho.blogspot.com/2010/03/ovos-de-tartaruga-sao-destruidos_01.html

Agora vejam a matéria que foi publicada no Record News Nordeste no dia 16/11/10. Fiquei muito feliz de saber que o governo daquele estado está dando atenção ao caso.


.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪