Mostrando postagens com marcador desinteresse. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador desinteresse. Mostrar todas as postagens

01/06/2013

Arrogância minha ou desinteresse de protetores em se capacitar ? caso Vereador Marcell Moraes - política

Sei que sou taxada de arrogante, de me fazer de vítima sem razão, ser dona da verdade, etc etc etc.... Já me desculpei inúmeras vezes pelo que chamam, a "arrogância do saber".... Sem querer, nos tornamos impacientes, mas, por sermos provocados pela ignorância do interlocutor. 

Recentemente, uma escritora amiga (muito querida) e sabedora do quanto sofro por não conseguir me comunicar tão bem quando deveria, me mandou o seguinte:

Quer saber por que as pessoas criativas são arrogantes e autoconfiantes?
As religiões servem de linha de conduta social em todo mundo e elas afirmam que pensar é uma arrogância; que temos que ser humildes; e que devemos aceitar os dogmas religiosos sem questionar... Mas, um estudo comprovou que as pessoas criativas têm a mente mais aberta do que os indivíduos mais simples, mais crédulos, ou mais religiosos e por isso se tonam mais arrogantes e autoconfiantes. Elas questionam e criam soluções para aquilo que todos bloqueiam em suas mentes por alguma razão. 
Para não se submeter as jurássicas regras sociais, racionalizar, ou ter fé em si mesmo, tais pessoas se tornam autoconfiantes, e não do tipo que evita racionalizar, e praticar a chamada falsa modéstia.
Além dos altamente criativos também serem mais autoconfiantes, um pouco de arrogância ajuda as pessoas criativas, no sentido de suportar as constantes críticas que elas recebem contra as suas descobertas ou realizações.
A “Maldição de Cassandra” nos diz que os conhecimentos fornecidos aos pouco inteligentes, ou fracos de espírito jamais serão compreendidos. Tudo porque ela não aceitou dormir com Deus Apolo, ou seja, o falso poder.
E como a sociedade é formada por um pequeno número de sábios, e uma massa enorme de insensatos, os criativos, estudiosos e profetas ficam só. Um dos maiores tipos de solidão é não ter com quem compartilhar o que se descobriu. Pobre Cassandra.... pobre Sheila Moura....

Fiquei emocionada com o carinho de minha amiga e muito conformada com meu destino de optar por "não dormir com o lado incompetente da vida" . Daí sofrer a  "Maldição de Cassandra"..... Aliás, mesmo agora, só por citar tal fato, vou ser considerada arrogante, quer apostar? affeeee, mas, tenho que seguir e valorizar quem se esforça tanto para me compreender que são os meus leitores amados.

Mas, falei tudo isto só para mostrar um exemplo a todos que insistem em não se aplicar nas informações sobre as funções de um vereador, ou melhor, no que seja o PODER JUDICIÁRIO, LEGISLATIVO E EXECUTIVO.  Quem desejar aprender é só ler a Constituição do País. Lá se comprova que políticos fazem o que querem de um povo ignorante, que não sabe se posicionar e que não esfrega na cara deles seu conhecimento.

O exemplo que estou usando é deste vereador da Bahia que, cheio de boas intenções (céus!!!!), resolveu a usar a proteção animal como plataforma de exposição na mídia. Pobres daqueles que se deixam iludir. Todo estes últimos treleles que inventou já rendeu várias reportagens e até moções em outras Câmaras Municipais.....

Marcell Moraes ilude quem não sabe quando diz aí na gravação que o projeto de proibiçao da venda de animais em pet shops é inédito (outros vereadores já tentaram e não conseguiram) e tenta, apenas, se promover com um projeto que qualquer pet shop conseguirá liminares para realizar tais vendas. Como sugeri, ele deve copiar o Município de Curitiba que acabou com a venda de forma inteligente e legal. VEJA AQUI nossa postagem onde leitora nos manda a referida Lei.



Vejam um outro caso denunciado e que todos sabem que é a pura verdade:

RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪