Mostrando postagens com marcador deserto. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador deserto. Mostrar todas as postagens

15/04/2016

Idosa que se perdeu no deserto é salva com ajuda de cachorrinha nos EUA

Gente, quando vi esta matéria na Band cheguei a espumar de raiva porque não fala em nenhum momento o que aconteceu com a cachorrinha. Daí quando vi na Globo fiquei mais tranquila....embora não mostre o resgate dela.  

Por isso sou a favor de, toda vez que o jornalista não informar sobre o destino do animal que esteja envolvido numa determinada matéria,  a gente reclamar e meter bronca cobrando....tô errada? estes profissionais precisam aprender, pô!!!!!!

video

20/01/2015

Árabes torturam um cachorro passando com o carro por cima algumas vezes

O lance foi na Arábia Saudita..... alguém acredita isto ser possível? pois é..... o cão está com uma corrente pendurada se não estou enganada..... devem ter levado o pobre animal para dar cabo no deserto.... desgraçados e malditos humanos!!!! tenho nojo desta gente maldita que tortura bichos.... Foi lá que rolou o caso daquele cara que torturou uma raposa. Lembra aqui. Pior é que nem temos a quem denunciar..... De qualquer maneira vou escrever para a Embaixada da Arábia Saudita no Brasil. Quem quiser, taí o endereço:

Morada: SHIS, Q. 10, Conj. 9 – Casa 20, 70471-900 Brasília Brasil Telefone: (0055) 3248-3525 / 3523 / 2201 Fax: (0055) 3364-6184 E-mail: embsaud@tba.com.br
bremb@mofa.gov.sa 
-------------------------------------

30/08/2014

Será julgado o árabe que tortura raposa do deserto - Arábia Saudita

Eu gosto de fazer nossas postagens com as devidas informações. Ao ver este imbecil torturando esta raposa do deserto, fui correr atrás de mais detalhes. Aqui estão... foi uma trabalheira danada...
-----------------------------------
Foi enviado a Comisão Saudita para Vida Animal, um vídeo divulgado nas redes sociais sobre a tortura de uma raposa. Finalmente, conforme o solicitado pela Comissão, foi expedido uma Carta Oficial do Ministério do Interior mandando prender e aplicar uma punição rigorosa contra o algoz da pobre raposa.


O chefe da Comissão Saudita  Wildlife, príncipe Bandar bin Mohammed Al-Saud, considerou "vergonhoso e nojento" a atitude daquele árabe salientando que ele deveria ser preso antes que  penalidades mais severas lhe fossem aplicadas. Além, o principe pediu a promulgação de leis rigorosas para punição de atos de crueldade contra animais. 

Fonte: Alhayat

Publicado em 28/08/2014

--------------------
Agora, o tal cidadão que apareceu no vídeo se chama Ahmad Al-Shammari e alegou que não cometeu pecado nenhum e vai alegar no seu julgamento que matou a raposa porque ela estava provocando enormes perdas ao comer galinhas e ovos. 

Confirma que a torturou porque ela atreveu-se a atacar Hzirta (acampamento árabe no deserto). Diz ele que as raposas são conhecidas por serem travessas e que ele não queria mata-la. Mas, entre proteger sua Hzirta dos seus ataques, preferiu pegá-la e puni-la exemplarmente.


Acha que prestou um serviço aos moradores do deserto porque ela atacava as aves locais, as galinhas, pintinhos e até o gado. Ele arrancou os bigodes da raposa como forma de desmoralizá-la. O vídeo, que foi vinculado na TV árabe durante o mês sagrado do Ramadan, revoltou os árabes mulçumanos que aguardam o julgamento. 

 Fonte: SABQ On line
Tradução livre com auxilio do Google

09/09/2013

Bode expiatório: ritual onde um bode era queimado e outro deixado morrer no deserto

Por conta da postagem que fiz contando sobre o ritual judaico de usar galinhas para livrar seus seguidores dos pecados que cometeram até então, uma leitora nos lembrou muito bem a questão do "bode expiatório" que está lá no Velho Testamento. Para não ficarem me enchendo a paciência alegando que estou perseguindo os judeus, que sou nazista, que sou parente do Hitler, e mais argumentações de quem não tem como justificar tamanha baboseira, estou reproduzindo a Wikipédia. Agora não percam tempo de me escreverem ofendendo ou falando palavrão que não vou publicar. Vou continuar gritando e informando a todo mundo sobre rituais que usam animais, doa a quem doer!!!!!

William Holman

O bode expiatório era um animal que era apartado do rebanho e deixado só na natureza selvagem como parte das cerimônias hebraicas do Yom Kippur, o Dia da Expiação, a época do Templo de

RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪