Mostrando postagens com marcador danos morais coletivos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador danos morais coletivos. Mostrar todas as postagens

22/05/2015

Enfermeira acusada de matar cadela yorkshire deve pagar indenização


Queria lembrar aos leitores que esta ação foi fruto do empenho de nosso blog. Pedimos e oferecemos todo material necessário para o Promotor abrir esta Ação por danos Morais Coletivos. Todo dossier do caso está aqui e a postagem que informamos sobre nossa conversa com o Promotor para tal, é esta: CASO DA YORKSHIRE LANA: EM PRIMEIRA MÃO O NÚMERO DO PROCESSO NO TJ/GO .

Sinceramente, eu achei que este julgamento não ia acontecer nunca pois o Juiz titular havia colocado as duas ações em sigilo de justiça e por isso não conseguíamos apurar nada alem do que havia no site do Tribunal de Goiânia. Enfim, a infeliz  da condenada deverá recorrer da sentença. Vamos acompanhar e lembrar que, entre aquelas 400 mil assinaturas que enviamos ao promotor há três anos e meio, estava a sua. Portanto, parabéns por seu empenho e generosidade. Lana poderá descansar em paz!!!! 
--------------------------------------------

Juíza quer que ela pague R$ 20 mil pelos danos morais coletivos, em Goiás.
Mulher foi filmada espancando yorkshire na frente da filha, em 2011

A Justiça condenou a enfermeira Camila Correia, que agrediu e matou uma cadela da raça yorkshire em Formosa, em novembro de 2011, a pagar R$ 20 mil de indenização por danos morais coletivos. O crime, cometido na frente da filha de 2 anos, foi registrado em vídeo por vizinhos e ganhou grande repercussão nas redes sociais.

Responsável pela decisão, a juíza Marina Cardoso Buchdid, da 2ª Vara Cível, das Fazendas Públicas

24/03/2012

Caso da yorkshire Lana: promotor entra com ação de danos morais coletivos

.
Na metade de dezembro de 2011, um vídeo começou a rodar pela internet com cenas de uma mulher espancando uma cadelinha yorkshire. Diante do horror, resolvemos a apurar e  acompanhar o caso. Primeira coisa a saber era o nome da vítima de um daqueles "serumanos" que tanto abominamos.

Lana, era seu nome. O espancamento acontecera um mês atrás (nov.) na cidade de Formosa/GO e só depois do vídeo ganhar visibilidade nas redes sociais, a polícia apressou a investigação. Desejando saber o grau de tamanha covardia, entrevistamos todos os personagens envolvidos nesta tragédia, excetuando a executora e seu marido. Tudo a disposição em nosso blog. Na metade de janeiro de 2012, o inquérito policial foi finalizado e o caso foi para a Promotoria.

Em 11/02/12, publicamos, em primeira mão, a denúncia-crime contra a acusada feita pelo Sr. Promotor Criminal da Cidade de Formosa em Goiás, Dr. Lucas Danilo Vaz Costa Júnior. CONFIRAM. Aliás, nesta postagem, estão os links em que  divulgamos todo material apurado. Sobre esta ação, informamos que o Juiz ainda não citou a acusada, talvez, por estar cheio de assuntos prioritários. Temos que entender. Estamos aguardando o andamento e com certeza, terá um final justo.

imagem ilustrativa
De lá p´ra cá, as boas energias trazidas pela causa de defesa dos animais, nos colocaram em contato com o Sr. Promotor do Meio Ambiente da Cidade de Formosa, Dr. Heráclito D´Abadia Camargo. Conversamos algumas vezes sobre a possibilidade de ser feita uma Ação Civil Pública por Danos Morais Coletivos, como foi o caso da cadela Preta, ocorrido em Pelotas, RS (ago/2010).

Encaminhei todo material que tínhamos a respeito e, no início de março, ele começou a dar indícios que conseguiria fazer, apesar, da quantidade gigantesca de processos complicadíssimos que o cercam naquela promotoria. Aliás, esta semana, um dos promotores sofreu um atentado por conta de questões do meio ambiente. É, pessoal, é coisa p´ra macho mesmo!!!!! Que Deus proteja os homens justos porque só temos eles para nos ajudar.

Então, com a satisfação de mais um passo vitorioso por justiça à nossa Lana, publicamos a primorosa ação feita pelo Promotor Heráclito que recebeu o nº 201201045988 no Tribunal de Justiça do Estado de Goiás. Para ler



.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪