Mostrando postagens com marcador criatório. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador criatório. Mostrar todas as postagens

20/05/2017

Poodle é resgatada de uma fábrica de filhotes e recebe amor de uma nova família

Minha Nossa, olha a pobrezinha onde vivia a vida inteira!!!!! Fico pensando que, nesta hora, outras tantas estão sofrendo a mesma dor. Denunciem sempre criadores de animais que fazem isto.
--------------
Uma poodle que passou sua vida inteira vivendo em uma gaiola pequena em criatório de cachorro na Carolina do Norte está agora aprendendo a viver ao lado de dois outros cães em uma família amorosa.

BB, a poodle foi resgatada de um criatório de cachorro perto de Charlotte, em setembro passado, quando a Humane Society dos Estados Unidos invadiu a propriedade. A equipe encontrou BB, bem como 150 outros cães, gatos e cabras que viviam em condições semelhantes. BB nunca tinha visto luz solar ou grama antes de ser resgatada.

A equipe não poderia dizer o quanto BB era idosa, mas poderia dizer, por seus mamilos inchados que tinha reproduzido diversas vezes e tinha alimentado muitos filhotes.

Acredita-se que BB passou sua vida inteira vivendo em uma gaiola de fundo de arame apertado na propriedade. "Ela era muito pequena e mostrava ser uma criatura indefesa", disse Jessica Lauginiger, gerente de crimes animais da HSUS, ao The Dodo . "Eu coloquei minha mão na jaula, e ela veio e cheirou um pouco. Ela era muito hesitante para a atenção humana, mas ela queria sair dali.

A propriedade em que BB foi mantida fechou e HSUS, juntamente com a ajuda do departamento do xerife local e agências policiais, resgatou todos os animais. BB foi recebida por Brenda Tortoreo, uma ex-recepcionista no Hospital Animal Cabarrus em Kannapolis, Carolina do Norte.

Ela disse que quando ela conheceu BB, a pobrezinha estava "morrendo de medo". "Ela não queria comer, não queria beber e eu me sentia tão mal por ela. E eu disse:  Esse é o que eu vou levar para casa".

Uma vez que BB estava saudável o suficiente para deixar o hospital de animais, Tortoreo levou-a para sua casa. "Coloquei o BB no chão e ela andou em círculos - não correndo, mas andando", disse Tortoreo. "Acho que é tudo o que ela sabia fazer", completou.

Tortoreo disse que BB estava com medo da grama porque não sabia o que era. "Ela nunca soube o que era o sol" - disse Tortoreo. "Ela não sabia o que era a grama, e ela estava apavorada com isso." 
Mas agora, o BB está se adaptando a sua nova casa e está "comendo muito bem" - ela passou de pesagem de três libras e meia a dez libras.

"Há cerca de três semanas ela começou a me lamber - ela nunca tinha feito isso antes", acrescentou Tortoreo. "Ela realmente saiu de sua concha. Ela é minha princesinha.

A Sociedade Humana dos Estados Unidos escolheu o BB como modelo de uma campanha de arrecadação de um dia para a organização. O dinheiro levantado na campanha ajudará outros cães como o BB deixar de ser explorada comercialmente como reprodutora.



Fonte: Daily Mail
Tradução livre do Google para "O Grito do Bicho" 

17/05/2014

Fazenda em Porto Feliz mantém mais de 2 mil jacarés em criadouro - SP

Mais exploração animal..... o tal humano é uma espécie decadente e destruidora....
_____________________
Animais são destinados para a produção
de carne e pele - Foto: Reprodução/TV TEM
Animais são destinados à produção de carne e pele.
Criação exige autorização do Ibama e cuidados com a segurança.

Uma fazenda de Porto Feliz (SP), que antes produzia café, hoje investe na reprodução de jacarés do papo amarelo, uma das seis espécies encontradas no Brasil. Os animais são destinados para a produção de carne e de pele. O local, que no início da atividade tinha apenas 100 répteis, abriga 2,4 mil animais em 52 recintos atualmente.

Na fazenda do interior paulista, o veterinário Luís Bassetti, especialista no

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪