Mostrando postagens com marcador criação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador criação. Mostrar todas as postagens

31/08/2017

Mais uma criação de pit bull para lutas é descoberto na Geórgia - EUA

Estes policiais não sabem que tem um bando de desgraçados que criam pit bull para rinha desta maneira? Muito mal informados!!! Já publicamos outros casos aqui no blog. A maioria dos animais que ficam nesta situação são jovens que depois de determinada avaliação são levados para treinos. 

Nesta fase da criação, eles são escolhidos por serem os mais resistentes a tais situações como chuva, sol e falta de alimentação e água. Os que ficam doentes pelas condições, quando tem sorte, levam um tiro porque, na maioria das vezes, morrem a míngua. 

Quando eu falo que estes cães tem que deixar de existir é por causa disto.... eles sempre estão em mãos de bandidos..... Entrem no Facebook do Polk County Police Department para ver dezenas de vídeos sobe os cães que aguardam pessoas para adotá-los. Os policiais estão pedindo ajuda.
---------------
Os policiais da Geórgia acham o pior caso de crueldade animal que já viram
As autoridades do ondado de Polk estão investigando depois de encontrar "uma das piores crueldades para casos de animais que já vimos" na segunda-feira. Estamos trabalhando para encontrar o proprietário do imóvel que poderá enfrentar muitos problemas. De acordo com a página do Facebook do Departamento de Polícia do Polk County, 60 a 70 cães estavam acorrentados cerca de 200 metros atrás de uma casa em Cash Town na Estrada em Aragão, que fica a norte de Rockmart e a cerca de 50 milhas a leste de Atlanta. Muitos dos cães não tinham comida, água ou abrigo. A polícia diz que os cães não são brabos, eles só precisam de cuidados.


14/08/2017

Filhotes se tornam melhores cães-guia quando criados com rigor

Fiquei pensando na "extensão" deste "rigor" e na avaliação da pesquisa. Todos sabem que mães rigorosas produzem filhos e filhotes mais resistentes. Eu mesma testemunho isto. Minha família inteira todas as mães foram rigorosas e produziram pessoas fortes para encarar o mundo. Mães permissivas são um desastre. Agora, quem não sabe disto? Precisava pesquisa para isto? affe!!!!!
---------- 
Apenas certos animais têm a disciplina necessária para se tornarem cães-guia para cegos, e os melhores tiveram mães que lhes mostraram um "amor duro" quando eram filhotes, disseram pesquisadores nesta segunda-feira.

Quando as mães permitiram que seus filhotes aprendessem por conta própria nas primeiras cinco semanas de vida, sem mimá-los demais, eles cresceram e se tornaram melhores cães-guia, afirmou o estudo publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

Filhotes com mães que se dedicavam demais a eles se tornavam ansiosos e mais receosos de novas situações, e tendiam a falhar em um programa de treinamento rigoroso para assistir os cegos.

O estudo foi realizado em uma instalação em Nova Jersey chamada The Seeing Eye, que reproduz e treina cães-guia para cegos.

Pesquisadores da Universidade da Pensilvânia se inseriram no The Seeing Eye, fazendo vídeos e observando de perto 23 mães e seus 98 filhotes durante suas primeiras cinco semanas de vida, afirmou o estudo.

"Queríamos saber se poderíamos diferenciar as mães com base em como elas interagiam com seus filhotes", disse a autora principal, Emily Bray.

"Nós documentamos coisas como sua posição de amamentação, quanto tempo ela passou ignorando os filhotes e quanto tempo ela passou em grande proximidade de seus filhotes ou lambendo e cuidando deles", acrescentou.

Dois anos depois, os pesquisadores voltaram a acompanhar os cães e descobriram que aqueles com mães mais atentas tinham menos chances de se formar e se tornar cães-guia.

Uma medida-chave de sucesso era se as mães dos filhotes os alimentavam quando estavam em pé ou deitadas.

"Se uma mãe está deitada de bruços, os filhotes basicamente têm acesso livre ao leite, mas, se a mãe está de pé, então os filhotes têm que trabalhar para obtê-lo", disse o coautor Robert Seyfarth.

"Uma hipótese pode ser que você tem que oferecer à sua prole pequenos obstáculos que eles podem superar para que possam ter sucesso mais tarde na vida, porque, como sabemos, a vida como adulto envolve obstáculos", afirmou.

Os pesquisadores continuam estudando como a ansiedade de uma mãe pode ser transmitida aos filhotes. "Com a maternidade, parece que é um equilíbrio delicado", disse Bray. "É fácil dizer 'Ah, as mães sufocadoras são as piores", mas ainda não temos certeza dos mecanismos". 

FONTE: Uol

02/08/2017

Relato da Bionda. A realidade dos cães de raça

Bionda
O assunto é preocupante mesmo porque o aumento de criadores de cães é grande
---------
Olá, eu sou a Bionda!
Sou uma senhora cega e doente de 10 anos de idade. Queria poder contar aqui que vivo desde pequena em um lar amoroso, onde me tratam com os cuidados e carinhos que todo animal merece. No entanto, minha vida foi bem diferente. Eu nasci em uma fábrica de filhotes. O que é isso? Conhecido popularmente como “criação de cães” ou “canil”, é na realidade um local de pesadelo para os animais, onde não somos vistos como vidas, e sim como produtos. Você já viu como funciona uma fábrica, uma linha de produção? Pois é.

Minha mãe era uma “matriz”, ou seja, uma cadela reprodutora. Sua vida consistia em dar à luz novos filhos a cada cio. Desde o primeiro cio, aos sete meses, minha mãe engravidava; dois meses depois (tempo médio da gestação canina), paria; e seis meses depois, em mais um cio, engravidava novamente; e assim sucessivamente até o fim precoce de sua vida.

Em uma dessas gestações em série, eu nasci. Já em meu primeiro cio (começa sempre no primeiro, com todas), começou minha vez de ser explorada. Sucedi minha mãe nessa infeliz “função”. E ela? Foi assassinada (os humanos chamam de “sacrificar”) quando já estava velha e doente, sem condições para parir mais e, portanto, dar lucro para os “criadores” (como se autodenominam nossos algozes).

Agora, anos depois, aqui estou eu velha (em condições normais, shih tzus podem viver de 15 a 20 anos; em fábricas de filhotes, a média é sete anos, se ainda estiver reproduzindo – eu consegui chegar aos 10), cega e doente, como minha mãe. Eu tenho brucelose, uma doença infecciosa bacteriana que não tem cura. Como a contraí? Por causa das péssimas condições de higiene e o grande número de cães juntos no mesmo ambiente onde eu vivia. E não somos apenas nós, as matrizes, que sofremos. Os machos reprodutores e os filhotes também, pois todos ficamos amontoados em gaiolas, sujos (só sendo limpos na hora de ir para as pet shops para serem comercializados ou de serem fotografados para os anúncios nos sites de venda) e desnutridos. Os filhotes são vendidos com 30 dias de vida, para que os compradores pensem que eles vão ficar menores, e os pobrezinhos ainda nem foram desmamados com essa idade.

Assim como minha mãe, meu destino estava selado também em seu desfecho, e eu estava prestes a me encontrar com ela, pois a brucelose afeta a parte reprodutiva - fêmeas abortam e machos ficam estéreis -, representando assim prejuízo para os “criadores”, que não têm interesse em sustentar um animal “inútil” como eu (leia-se: que não irá gerar mais renda para eles, por meio da venda dos filhotes). E como estou aqui para contar esta história? Porque fui resgatada por protetores de animais, que conversaram com o pessoal da Associação Natureza em Forma, que abriu um espaço para que eu, Belinha e Zulu (dois dos meus inúmeros filhos) fôssemos colocados para adoção. Assim como eu, eles têm brucelose e estavam condenados à morte. Agora esperamos uma família que nos veja como cachorros, como “animais especiais” (expressão usada pelos humanos para designar animais doentes, deficientes ou idosos, que precisam de cuidados especiais, ainda que eu ache o termo redundante, afinal, todos os animais são especiais), como vidas, não como shih tzus. E que nos adote para que enfim tenhamos a vida que todo animal merece, com amor e respeito.

Não foi possível tirar uma foto do canil onde eu estava, então coloco esta baixada da internet 
para ilustrar como é uma fábrica de filhotes - e tem piores!

E por que peço esse outro olhar sobre nós? Porque se todo esse mal acontece a cachorros (gatos também, vale lembrar!) em criadouros de todo o mundo, é porque, assim como os “criadores”, há pessoas que enxergam os animais como mercadorias, objetos a serem comercializados – mesmo conceito equivocado que faz outros tantos humanos abandonarem animais, por considerá-los descartáveis. Muitos não compram por maldade, apenas desconhecem a cruel realidade das fábricas de filhotes (“criações de cachorros” e “criações de gatos”) e a alegria de adotar quem precisa. Mas há aqueles que compram animais porque querem uma determinada raça, muitas vezes por estar na “moda”! Ou querem nos exibir em competições de beleza. Ou simplesmente dão extremo valor a um pedaço de papel que chamam de “pedigree”. Acontece que nossas vidas não têm preço, não somos mercadorias nem símbolo de status!! É assim que queremos que nos vejam na hora de nos adotar.

Essa aqui é a Belinha, de três aninhos...
A Natureza em Forma tem um lema: “Penso, logo adoto”. A maioria dos amigos que fiz por aqui, que também aguardam ser adotados, é de SRD – sem raça definida, vulgo vira-lata. Já ouvi deles cada história! Nós, cães de raça vindos de canis, vivemos os horrores do confinamento e exploração, mas o pessoal que veio das ruas também passou por péssimos bocados, diversos tipos de violência e acidentes. Então qual o sentido de comprar animais, e financiar os maus-tratos que expus neste texto, quando você pode dar uma chance a tantos outros que precisam ser salvos de uma vida tão difícil? E mesmo que você conheça um criador que só faça a cadela parir no máximo três vezes em sua vida e trate todos muito bem, qual o sentido de comprar um amigo? Você compra seus amigos humanos? Você compra amor? Pois é. Ou a raça que é realmente importante (de cães, gatos e humanos)? E se você quiser cruzar sua cadela ou cachorro para ficar com seus descendentes, pergunto: é mesmo necessário? Com tudo o que contei acima? Por que não dar uma chance àqueles que já estão vivos, que não pediram para nascer, mas estão por aí sofrendo? E mais: algumas pessoas acreditam que a cadela precisa parir pelo menos uma vez na vida por questões de saúde ou comportamentais. Isso não é verdade, muito pelo contrário: a castração pode prevenir inúmeras doenças (inclusive câncer), prolongar a vida do animal e ainda diminuir casos de abandono (como daqueles humanos que cruzam seus cães, ficam com um filhote, vendem alguns outros e abandonam os que sobram).

Penso, logo adoto! Pense nisso tudo que contei aqui, com base em minha (dura) experiência e no que ouvi dos veterinários da ONG, e leia também algumas matérias publicadas aqui mesmo no blogue sobre o comércio de vidas. Por fim, pense na seguinte analogia: uma mulher humana presa em uma cadeia lotada (canis são prisões para cachorros) desde que nasceu, sendo forçada a parir de nove em nove meses (gestações resultantes de sexo forçado também), desde o início de sua vida fértil, por volta dos 12 anos de idade. Quando ela dá à luz, alguém vem tirar seu filho com um mês de idade, ainda lactente, para ser vendido. E essa mulher vai parindo sucessivamente, até não poder mais. E quando chega esse momento, ela é assassinada. É isso o que acontece com os cães e gatos de raça cujas vidas são colocadas à venda. Nunca compre animais. Adote sempre. Penso, logo adoto!

E com tudo isso em mente, venha nos conhecer! Estamos aqui na rua General Jardim, 234/240 – República (centro de São Paulo).

Lambeijos!

FONTE: centrodeadocao

27/07/2017

No exterior, Pitbull está em listas de raças proibidas

Na maioria dos países, raças de cães de combate são proibidas. Isto a pedido da própria proteção animal que vê nesta proibição uma maneira de evitar as tragédias que envolvem animais de porte grande. Só aqui no Brasil é que vejo protetor defendendo raça.... Protetor tem que defender cães, ou não?
---------
Raça é responsável por cerca de sete em cada dez ataques de cachorros, diz pesquisa

Nos Estados Unidos, existem normas locais com variadas restrições à circulação de cães considerados perigosos, principalmente em locais públicos. Em Denver, no Colorado, e em Miami, na Flórida, por exemplo, os pitbulls, dentre outras raças, foram completamente banidos. Quem desrespeitar a lei está sujeito a multas.

Pitbulls, mostram pesquisas, são responsáveis por cerca de sete em cada dez ataques de cachorros. O rottweiler está em segundo na lista de raças mais violentas. Em 2015, segundo a Sociedade Americana de Cirurgia Plástica, mais de 28 mil pessoas passaram por procedimentos reparatórios nos Estados Unidos por causa de mordidas caninas.

Em Portugal, uma lei de 2003 prevê que animais perigosos ou potencialmente perigosos devem sair nas ruas com focinheira e coleira de corda curta. Também foram criados cadastros locais de animais que representem algum risco às pessoas.

Já a Dinamarca tem uma das regras mais restritivas do mundo sobre o assunto, que vem sendo ajustada desde a década de 1990. Pelo menos 13 raças são vedadas no país - e também qualquer cão resultado de mestiçagem entre elas. Na lista, estão o pitbull, o buldogue americano e o fila brasileiro.

Nos casos em que há dúvida sobre a raça, as autoridades pedem ao dono que prove a origem. Se um de raça vedada atacar uma pessoa ou outro animal, policiais devem sacrificá-lo. A norma teve forte resistência de grupos defensores desses cães.

FONTE: r7

30/06/2017

Homem de 84 anos tem 180 colmeias em casa e cria abelhas como 'animais' de estimação

Quando pequena, conheci um homem na cidade de Paraíba do Sul chamado S. Zé do Mel. Ele andava com um monte de abelhas em volta dele. Lembro dele andando na estrada de terra com seus cachorros e aquele monte de abelha em volta dele. Elas não picavam ele, mas, quando alguém chegava perto, iam em cima. Ele dizia que elas só agiam assim com as pessoas que não gostavam de bichos.... Grande Zé do Mel
-----------------
Meliponicultor Hermelindo Sandri se apaixonou pelos insetos aos 8 anos e chegou a batizar uma das espécies que cultiva em casa.

Eermelindo Sandri, de 84 anos, foi na contramão da criação de cães, gatos e outros bichos fofos e tomou uma decisão inusitada há sete décadas. Com 180 colmeias espalhadas pelo quintal de casa em Artur Nogueira (SP), ele se apaixonou pelas abelhas desde o primeiro contato e cuida delas como animais de estimação.

O "amor à primeira vista" pelas abelhas aconteceu aos 8 anos, quando ele construiu uma caixa para preservar os insetos que encontrava. Com o tempo ele se tornou meliponicultor - criador de abelhas sem ferrão. “Eu falei: ‘pai, eu estou com dó da abelha, dó do bichinho, eu vou guardar’”, relembra Sandri.

O idoso cultiva insetos que não possuem ferrão, uma alternativa encontrada por Sandri para criar as abelhas em casa. Com muitas variedades de espécies, ele possui raridades nas colmeias, como a segunda menor abelha do mundo, e uma batizada por ele próprio.
“Eu conheço variedade de abelha que não está catalogada. Tanto é que tem uma que eu coloquei o meu nome. Meu sobrenome é Sandri, coloquei Sandrina”, conta.

Abelhas que ensinam
Com 76 anos de convivência com as abelhas, Sandri adquiriu muito conhecimento sobre as espécies. O meliponicultor passou, então, a fazer experiências para testar a inteligência dos insetos.

“Eu queria saber se ela sabia o vertical e o horizontal perfeito, e sabe. Você tomba a colmeia um pouco, ela muda todo o esquema da casa dela. Você vira de novo, e muda tudo de novo”, explica. O idoso também decidiu compartilhar todo o aprendizado e começou a fazer palestras sobre a sua criação. Requisitado, ele não cobra nada e já foi inclusive para outros estados para falar sobre o assunto.

“A última palestra que eu dei tinha 120 pessoas, das quais tinha de quatro países diferentes. O mais gostoso é que ninguém me ensinou nada, eu aprendi manipulando as abelhas”, conta.

Dentre as variedades, Sandri possui a segunda menor espécie de abelha do mundo (Foto: Reprodução / EPTV) 

Saudável
Entre os ensinamentos, ele explica aos participantes das palestras como pegar o mel de colmeias de abelhas perigosas sem precisar de proteção. “Eu tiro mel da abelha com ferrão de cara limpa, só de sunga. Você faz uma fumaça, de preferência de algodão, com roupa velha. [...] Aí, acaba circulando fumaça dentro da colmeia e abelha nenhuma te ataca mais”, diz.

Sem precisar se preocupar com ferrões dentro de casa e utilizando um simples canudo, ele consegue tomar o mel de suas criações direto da colmeia. O que a família do meliponicultor não consome, ele doa para amigos e conhecidos, e faz um alerta para o poder medicinal do produto.
“Tenho 84 anos e eu tenho saúde, graças a Deus e graças às minhas meninas”, garante Sandri.

Fonte: G1 - EPTV

22/02/2017

São Francisco proíbe venda de gatos e cães de criação em lojas de animais

Tínhamos que adotar isto aqui no Brasil inteiro..... Não dá para continuar com esta indiferença do governo.... Aliás, de que governo podemos falar, né? a vontade de sumir é grande.... eita paíszinho de meleca!!!!! precisamos reagir, gente!!!! em vez de carnaval partir para moralizar o Brasil......
------------------------
A medida recebeu o voto unânime do Conselho de Supervisores da cidade e pretende combater a criação intensiva para fins comerciais e incentivar adopção de animais

A partir de agora, São Francisco, nos Estados Unidos, junta-se a outras cidades norte-americanas, como Los Angeles, Chicago, Filadélfia ou Austin, ao impedir a venda, em lojas de animais, de cães e gatos que não tenham

01/02/2017

É melhor para as crianças ter um cachorro do que um irmão, aponta estudo

Desculpe, mas nisto eu não concordo.... bom é ter os dois.... Fui filha única e sinto muito a falta de um irmão....
------------------------
Um pet ou um novo irmãozinho, do que seu filho gostaria mais? Ele até pode estar pedindo um irmão ou irmã, mas teria satisfação maior no relacionamento com algum animal de estimação --ainda mais se fosse um cachorro. Essa é a conclusão de um estudo da Universidade de Cambridge que investigou a influência do convívio com animais no desenvolvimento da

04/01/2017

Criação de renas na Finlândia está ameaçada

Será que assim os caras vão pensar mais em parar de comer carne? humanos estragam tudo mesmo.....
------------------------
A tradição milenar dos criadores de renas na Finlândia está ameaçada pela queda da produção de carne no país e por animais predadores

Amanhece nos arredores de Salla, uma cidade na Lapônia, ao norte do Círculo Polar Ártico na Finlândia, um lugar tão distante que seu slogan é “Salla: No meio do nada”. Os últimos raios de luz da noite polar desapareceram. O silêncio é total.

03/08/2016

Ativistas criam partido animalista

Em 2012 noticiamos aqui sobre  a tentativa de criar um partido político pelos animais. Demos a maior força e ficamos decepcionadas quando vimos tudo sumir, sem mais nem menos. Confira:
Alguém sabe o que aconteceu com Partido Pelos Animais - Brasil?  Espero que este grupo atual que se inicia tenham competência e persistência para tocar p´ra frente. Cliquem na imagem para ler.:


07/06/2016

Pesquisadores da Uenf fazem campanha para salvar animais que podem ser sacrificados - Campos - RJ

Vejam vocês a situação dramática que está todo Estado do Rio de Janeiro. Em abril publicamos que: Animais correm risco de ser sacrificados devido à falta de energia na Uenf, em Campos. Um mês depois a gente depara com mais esta notícia.... Jesus abraça a causa!!!!! nosso país está um lamaçal só...... Se quiser saber da tal Vakinha que estão fazendo para comprar comida para os animais, CLIQUE AQUI.
------------

ET.: mesmo sendo animais de pesquisa merecem comer, não?

06/06/2016

Empresa cria modelo de cachorro sintético para ajudar estudantes de veterinária

Tenho que repetir, né mesmo? quando os caras querem, usam a tecnologia para tirar os animais da tortura dos experimentos e aprendizado.... Olha só que espetáculo.....
------------------------
A empresa SynDaver Labs, que tem sede nos Estados Unidos, criou um produto que promete ajudar os estudantes de medicina veterinária. Os cientistas da empresa desenvolveram um molde de cachorro feito de material sintético que é capaz de reproduzir o peso e os órgãos de um animal de verdade.

A ideia do projeto, batizado de SynDaver Canine, é permitir que os estudantes utilizem o modelo para

03/06/2016

Experimentos usam células-tronco para criar animais com órgãos humanos

O que me impressiona é não haver limite para estas "invenções" humanas que não levam a nada..... Enquanto houver este bate-cabeça para o poder médico-científico, não vamos avançar.... Temos que desmoralizar estas iniciativas constantes destes doidos que não estão privilegiando a cura de doenças, mas, encontrando financiamento para suas maluquices.....
------------------------
Agência dos EUA aplica moratória em financiamentos: ‘considerações sobre ética e bem-estar dos animais’

RIO — Criar porcos com órgãos humanos. Este é o objetivo de um grupo de cientistas do Instituto Salk para Estudos Biológicos, sediado na Califórnia, que atua num nascente e promissor campo que reúne modernas técnicas de edição genética e células-tronco. A ideia é sedutora, com potencial para acabar com as filas de transplante, mas

01/06/2016

Vamos ajudar a criação de um Abrigo de cães na Polinésia Francesa? é só um click...

A coisa funciona assim: as pessoas apresentam um projeto  para o site Realiz e sendo aprovado, vai para o ar.  Daí ele fica recebendo aprovações. Aqueles mais votados recebem até 2500 Euros (cerca de 10 mil reais) para ajudar na sua realização. Na Polinésia Francesa tem um projeto de criação de um santuário para cães abandonados. Podemos ajudar apenas clicando no "Je Vote", a direita do site. Então, galera amiga, aos trabalhos.... Votem e divulguem, por favor!!!!!


30/05/2016

Mais um pit bull morto a queima-roupa

Por que sou contra a criação de cães  pits e outros semelhantes? é porque, na sua maioria, tem destinos trágicos como este.....  O pobre ainda se abaixa e abana o rabo para seu executor..... ô nojo!!!!! dispenso o blá blá blá de quem não quer se convence disto afirmando que é criação e mais blá blá blá..... Enquanto não se convencem, os pits nascem nas mãos de gente irresponsável que os destinam para caça a javalis e lutas de cães em residencias particulares e iates mar afora.... Eu canso de falar, mas, não querem ouvir!!!!!!! Assistam, então, como pits morrem na sua maioria!!!!!!
---------------------------------

18/05/2016

Cães criados em condições degradantes no Reino Unido

Gente do Céu, olha o tamanho desta fábrica de filhotes!!!!!
--------------
As imagens, captadas numa criação na Irlanda do Norte, revelam centenas de cães presos em jaulas, sem luz natural e em condições semelhantes às de animais criados para abate.

As cadelas que estão prestes a dar à luz ou já foram mães são mantidas em caixas de madeira, uma prática que é ilegal.


A denúncia foi feita por um programa de investigação "Panorama BBC", que obteve secretamente as imagens. O programa mostra a realidade por detrás da indústria, na qual os animais são criados em

29/03/2016

Prefeitura cria novo órgão de proteção animal em Juiz de Fora - MG

Muito bom!!!!! parabéns a galera por esta conquista!!!!! 
------------------------
Departamento de Controle Animal é veiculado ao Demlurb.
Grupo vai planejar, implantar e coordenar proteção na cidade.

Foi criado, na última quarta-feira (23), o Departamento de Controle Animal (Decan) em Juiz de Fora. O projeto conta com quatro servidores municipais que vão planejar, implantar e coordenar políticas públicas de proteção animal na cidade. O grupo é veiculado ao Departamento Municipal de Limpeza Urbana (Demlurb).

Durante o evento de posse dos

24/03/2016

Tigres morrem em condições miseráveis para produção de vinho

A Anda fez uma ótima tradução do Jornal Daily Mail. A matéria está bem informativa sobre mais uma crueldade praticada contra tigres naquele maldito país chamado China.
------------------------ 
Milhares de tigres estão morrendo em condições miseráveis em fazendas mascaradas como parques de vida selvagem da China, para sustentar um negócio multimilionário de venda de vinho feito com os seus ossos, segundo revelou uma investigação do MailOnline.

Novos ricos chineses que têm a falsa crença de que consumir ossos de tigres os deixa mais fortes e aumenta a sua potência sexual estão pagando mais de 700 dólares por uma

15/03/2016

O que é mais revoltante, as condições em que os frangos são criados ou a aprovação da proteção inglesa?

Gente do Céu!!!!! Nossa querida Helô traduziu esta matéria porque achei muito importante para refletirmos sobre esta questão de ONGs atestarem o tratamento dos animais de consumo. Sabemos que existem pessoas radicais incapazes de reconhecer certas dificuldades que existem no manejo de animais seja no lugar que for.  Mas, de qualquer maneira, vamos refletir. Eu não acredito que a RSPCA esteja cumpliciando com maus-tratos. O que me preocupa são os donos destas granjas se aproveitarem dos "selos" que ONG´s dão e relaxarem no trato dos animais.
Fonte: Daily Mail
Colaboração: Helô Arruda
----------------------------------
Imagens secretas de um longo galpão com 16.000 galinhas, na escuridão, apertadas umas por cima das outras, escorregando nas próprias fezes foram feitas por um investigador de direitos animais na Inglaterra.


O cheiro de amônia era medonho, mas a visão conseguia ser pior. Muitas aves estavam carecas, cobertas de ácaros e com feridas provocadas por bicadas. Era uma visão revoltante. No entanto a cena acontecia com galinhas legalmente classificadas como “criadas em liberdade” e o que deveria uma

22/01/2016

Caso de dona morta pelo próprio cão causou preocupação aos donos de animais de estimação


Os caras que falaram na matéria prestaram um desserviço.... informações equivocadas e contraditórias, pois, no início uma moça mostra a mordida de um cão de raça  comprado com toda atenção.
------------------------



EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪