Mostrando postagens com marcador corais. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador corais. Mostrar todas as postagens

11/03/2017

Corais da Grande Barreira da Austrália voltam a apresentar branqueamento

.
Na Austrália é tudo se perdendo....
--------------------
Ecossistema que se estende sobre 2.300 km sofreu no ano passado o episódio mais grave de branqueamento já visto, devido à mudança das temperaturas do oceano.

Os arrecifes da Grande Barreira de Corais australiana voltaram a branquear pelo segundo ano consecutivo, indicaram nesta sexta-feira (10) responsáveis científicos.

O ecossistema que se estende sobre 2.300 km - o maior do mundo - sofreu no ano passado o episódio mais grave de branqueamento já visto, devido à mudança das temperaturas do oceano em março e abril.

Novamente os arrecifes de corais sofreram uma descoloração, observou o parque marinho da Grande Barreira de Corais.



"Infelizmente, as temperaturas foram elevadas neste verão na Grande Barreira de Corais, e estamos aqui para confirmar um novo caso de branqueamento maciço pelo segundo ano consecutivo", declarou o diretor do parque, David Wachenfeld, em um vídeo publicado no Facebook.

O branqueamento dos corais é um fenômeno de enfraquecimento que se traduz em uma descoloração, provocada pelo aumento da temperatura da água. Isso leva à expulsão das algas simbióticas que dão aos corais sua cor e seus nutrientes.

Branqueamento dos corais é um fenômeno de enfraquecimento que
 se traduz em uma descoloração (Foto: BIOPIXEL/AFP)

A Grande Barreira, inscrita no Patrimônio da Humanidade desde 1981, está ameaçada pelas mudanças climáticas, por inundações agrícolas, desenvolvimento econômico e proliferação de estrelas do mar que destroem os corais.

Os arrecifes da Grande Barreira de Corais australiana voltaram a branquear pelo segundo ano consecutivo, indicaram nesta sexta-feira (10) responsáveis científicos.

O ecossistema que se estende sobre 2.300 km - o maior do mundo - sofreu no ano passado o episódio mais grave de branqueamento já visto, devido à mudança das temperaturas do oceano em março e abril.

 Novamente os arrecifes de corais sofreram uma descoloração, observou o parque marinho da Grande Barreira de Corais.

"Infelizmente, as temperaturas foram elevadas neste verão na Grande Barreira de Corais, e estamos aqui para confirmar um novo caso de branqueamento maciço pelo segundo ano consecutivo", declarou o diretor do parque, David Wachenfeld, em um vídeo publicado no Facebook.

O branqueamento dos corais é um fenômeno de enfraquecimento que se traduz em uma descoloração, provocada pelo aumento da temperatura da água. Isso leva à expulsão das algas simbióticas que dão aos corais sua cor e seus nutrientes.

A Grande Barreira, inscrita no Patrimônio da Humanidade desde 1981, está ameaçada pelas mudanças climáticas, por inundações agrícolas, desenvolvimento econômico e proliferação de estrelas do mar que destroem os corais.

Fonte: G1 Natureza

25/10/2016

Mudanças Climáticas e a morte dos Corais

Tudo está morrendo.... nossa paciência também...... Estes animais são lindos........
------------------------ 
Embora sejam organismos sésseis quando maduros (ficam sempre parados, como árvores), com formas variadas e exóticas e também tenham um esqueleto duro como pedra, os corais são seres vivos. Corais são animais do filo Cnidária, o que os faz parentes próximos das águas-vivas — de fato suas larvas são animais móveis minúsculos, muitas vezes microscópicos, que lembram miniaturas de águas-vivas. Quando maduros, utilizam o carbonato de cálcio dissolvido na água do mar para construir seus exoesqueletos calcários muito duros, sobre os quais os corais das gerações futuras construirão seus próprios corpos. Após milhões de anos, as gerações sucessivas de corais mudam a paisagem

RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪