Mostrando postagens com marcador comunicação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador comunicação. Mostrar todas as postagens

30/10/2017

Cachorros fazem expressões faciais para se comunicarem com humanos

Olha, eu não sei os outros, mas, eu sei, exatamente, pelo olhar o que meus bichos quererem.... incluindo os gatos....
-----------------
Estudo mostra que erguer as sobrancelhas e mostrar a língua não significam (só) desejo de carinho
Os olhinhos pidões e a língua para fora do seu cachorro podem ser mais que um pedido de carinho. Uma pesquisa

24/09/2017

Comunicação das aves do Pantanal é projeto de estudo para cientistas

O Globo Repórter do dia 22/09/17 foi muito bom. Separei este episódio porque achei maravilhosa a pesquisa que estão fazendo.... muitoooo legal mesmo!!!! 
--------------- 
Pesquisadores brasileiros e estrangeiros se uniram para estudar e desvendar os mais de 120 tipos de sons que os pássaros da região emitem.
O som da vida. Basta ficar quietinho para ouvir uma orquestra natural. Às vezes é difícil até saber de onde vem o som. Algumas aves emitem mais de 120 tipos de sons, que podem indicar medo, fome ou acasalamento. Mas tudo isso ainda é um mistério para a ciência. Pesquisadores brasileiros da Europa se uniram para estudar os sons dos bichos do Pantanal.

08/09/2017

Aparelho permite ligações entre animais de estimação e seu dono

Muito legal..... 
--------------
Por meio do PetChatz, é possível ver e interagir com seu pet em tempo real, além de dar petiscos e até espalhar seu perfume favorito pela casa!

Você sai todo dia para trabalhar e não aguenta ter que deixar seu cão ou gatinho sozinho em casa? O PetChatz promete suprir essa saudade tanto do dono quanto do pet. Trata-se de um aparelho que permite que o dono ligue para seu animal de estimação e possa vê-lo através de uma espécie de webcam. O pet também pode ver o seu dono.

A ligação pode ser feita de um computador, celular ou tablet e o próprio pet também pode ligar para o dono: basta colocar sua pata num espaço específico e o dono receberá a notificação no aparelho que estiver conectado com o PetChatz.


Ainda é possível que o dono acione um comando para dar petiscos aos pets que estão na ligação ou espalhar seu perfume favorito pelo ambiente. O material da câmera é pensado para animais de estimação e promete ser resistente. A câmera está à venda por 379,99 dólares no site da PetChatz e na Amazon.

FONTE: casa.abril

12/12/2016

Troca de “baba” é a maneira mais estranha de se comunicar no mundo animal

Eu acho as formigas bichos incríveis.... são trabalhadoras demais e isto é lindo..... como as abelhas, né? aqui em casa não deixo matar formiga de jeito nenhum...... Agora o lance da baba é demais..... 
------------------------
De acordo com um novo estudo da Universidade de Lausanne, na Suíça, fluidos compartilhados boca-a-boca por formigas contêm proteínas e pequenas moléculas que podem influenciar o desenvolvimento e organização de suas colônias.

A pesquisa foi feita com formigas do gênero Camponotus, conhecidas popularmente como formiga-de-cupim, formiga-doceira ou sarassará.

Trofalaxia
Esse “beijo” ou “troca de baba” é um processo chamado trofalaxia. Muitos pesquisadores consideram-no apenas um meio de compartilhar alimentos.

“A comida é passada para todos os adultos e

27/09/2016

Casal deficiente auditivo usa Libras para se comunicar com o cão de estimação

O que mais me impressionou foi a sensibilidade que tiveram em adotar um cão com a mesma deficiência deles.... muito legal!!!!!
----------------
Os filhos do casal do Rio Grande do Sul são ouvintes e bilíngues: dominam o português e a Língua Brasileira de Sinais


20/09/2016

Golfinhos podem ‘conversar’ como nós, é o que sugere estudo

Quando é que humano vai cair do seu pedestal e entender que os animais são competentes o suficiente para se comunicarem do jeito deles? O problema é que usam as comunicações humanas como referência... eu hein.....
------------------------
Os animais usam sinais dispostos em sentenças, da mesma maneira que humanos

Golfinhos são capazes de “conversar” como os seres humanos, afirma um estudo “linguístico” dos sons emitidos pelos animais. Usando diferentes sinais sonoros (chamados “cliques”), um após o outro, os animais formam sentenças muito semelhantes às frases humanas, afirma o cientista Vyacheslav Ryabov,pesquisador Reserva Natural Karadang, na Rússia, após analisar a gravação de uma dupla de golfinhos.

“Como essa linguagem [dos golfinhos] exibe todas

19/05/2015

Acelera, Rancho dos Gnomos! Veja Ravi se comunicando com os outros leões

Agora, gente, não leve a mal o que vou falar: compartilhar é legal, mas, contribuir para a nova sede do Rancho dos Gnomos, é melhor ainda. Pô, 10,00 reais não faz falta a ninguém.... 

Não é possível que, com a quantidade de compartilhamentos, pessoas notórias engajadas e depoimentos sobre a qualidade dos serviços prestados pelo Rancho dos Gnomos, não se tenha alcançado nem um terço do valor necessário para a compra da nova sede do mesmo. 

Eu estou compartilhando e postando, mas, já contribui modestamente. Desculpe minha sinceridade, mas, fiz as contas e se cada um fizer sua contribuição,  metade do valor necessário seria alcançado imediatamente.... Vamos lá, galera!!!!! a causa é nobre e precisa de um pouquinho de todos nós!!!!! Quero ver chegar aos 500 mil até o final do mês!!!!! Vamos lá!!!!!! Faz um "rachuxa" entre a família e manda ver.... bora lá!!!!!!

Veja o vídeo do novo leão acolhido pelo Rancho. Ele se chama Ravi e está em quarentena, fato que não o impede de se comunicar com os outros companheiros que lá vivem....



Vejam que delícia duas leoas que moram lá, brincando com caixas de papelão. Lindas!!!!!



Participem, por favor:

15/05/2015

Golfinhos também possuem redes sociais!

A comparação é muito boa.... Nossa colaboradora Helô nos mandou a curiosidade.... E ainda matam e aprisionam estes seres... 
-----------------------------------------------------------


Eles podem não estar no Facebook ou no Twitter, mas os golfinhos, de fato, formam redes sociais altamente complexas e dinâmicas, de acordo com um estudo recente realizado por cientistas no Porto Branch Oceanographic Institute (HBOI) na Florida Atlantic University. 

Os golfinhos são conhecidos por serem animais altamente sociais, e uma equipe de pesquisadores da HBOI estudou mais de perto as interações em um grupo de animais que vive na lagoa  Indian River (IRL), descobrindo como eles se misturam e com quem eles passam o tempo.


 Através de pesquisas  intensivasde foto-identificação realizadas na lagoa, realizadas ao longo de um período de seis anos e meio, os pesquisadores foram capazes de aprender sobre os padrões de

16/09/2014

Podemos comunicar com os nossos animais através de um tablet?

Agora, nós que temos a sensibilidade necessária, sabemos que nossa comunicação com os animais não  precisa de nenhuma "tecnologia", ou não?
--------------------------------

Experiência em desenvolvimento parecem concluir que os animais, se ensinados, aprendem a comunicar através da tecnologia. Há vários casos de sucesso.

Quem tem animais de estimação sabe que é impossível ligar o tablet, o computador ou o telemóvel sem que eles queiram interagir com o

22/08/2014

Estudo aponta que tartarugas 'conversam' para coordenar ações

Que barato!!!!
------------------------
Cientistas observaram que até dois dias antes da eclosão dos ovos, os filhotes de tartarugas emitiam sons vocais. Foto: Reprodução
Sons vocais emitidos pelas tartarugas da Amazônia servem para sincronizar movimentos de migrações e escolher local de desova

São Paulo - As tartarugas de rio (Podocnemis expansa) usam diferentes tipos de comunicação vocal para coordenar comportamentos sociais, de acordo com uma pesquisa realizada no Pará. O estudo, publicado na revista Herpetologica, indica

24/07/2013

Golfinhos chamam uns aos outros pelo nome, sugere pesquisa



O Globo Natureza fez uma matéria muito boa a respeito. Veja só:

Método é semelhante ao que humanos fazem para identificar pessoas.
Cientistas escoceses analisaram espécie nariz-de-garrafa e seus sons.

Golfinho nariz-de-garrafa no Mar do Norte
Foto: Cortesia de Vincent M. Janik/Universidade de St. Andrews
Golfinhos da espécie nariz-de-garrafa (Tursiops truncatus) usam um tipo de assobio ou apito para identificar seus companheiros, de forma semelhante como fazem os humanos ao dar nomes às pessoas. É o que aponta um estudo feito pela Universidade de St. Andrews, na Escócia. Os resultados foram publicados na revista científica "Proceedings of the Natural Academy of Sciences" (PNAS) de segunda-feira (22).

Esse tipo de comportamento, que permite aos animais aprender e copiar sons

24/01/2011

PREFEITO DO RJ: LAMENTAMOS, MAS, VAMOS CONTINUAR COBRANDO JÁ QUE O PREJUÍZO FOI IMENSURÁVEL

MESMO O PREFEITO TENDO SE DESCULPADO PELO "ABSURDO" (SEGUNDO ELE) AQUI ESTÁ MINHA APURAÇÃO SOBRE AS DECISÕES TOMADAS CONTRA A DIVULGAÇÃO DO FATÍDICO FOLHETO NO QUAL A PREFEITURA DO RJ MANDA ABANDONAR OS ANIMAIS EM CASO DE ALARME SOBRE ENCHENTES .
OLHA AÍ, GENTE!! É INACREDITÁVEL!!!!

Ontem passei a Nota para o Jornalista Marceu Vieira da Coluna Ancelmo Gois, do Jornal O Globo. Não sei se mais alguém passou, mas, hoje saiu esta notinha abaixo.
Pois bem, liguei para a Jornalista que é responsável pela pauta do RJTV e ela informou que não tinha sido enviado nenhuma Nota de correção pela assessoria de imprensa do Prefeito. Liguei para o Sub-secretário da SEPDA, Leonardo, que me pediu, até amanhã, para informar o que tinha sido resolvido..... grrrr.... Pedi o tel. da assessoria para eu falar direto. Pediu meia hora.... grrrrr..... Como não ligou, liguei no celular para o assessor de imprensa da SEPDA que aí me informou...na hora!!!! Vocês acreditam na dificuldade? verdade, eu juro!!!!

Liguei, em seguida, para a Assessoria do Prefeito que informou que só mandará nota para a TV Globo depois que for confeccionado o novo folheto. Perguntei prazo e a assessora disse que estão correndo sobre o assunto, e que, talvez, até amanhã, esteja pronto!!!! Sabendo como isto funciona, ponto para o Prefeito Edupaes que deve ter dado ordem para agilizar.... imagina se não, quando isto ficaria pronto?

AVISEI a Assessora que continuaríamos cobrando ao Prefeito sobre a inexplicável situação imposta a todos os cidadãos cariocas que respeitam a vida animal e que pagam, religiosamente, seus impostos. Foi um prejuízo incalculável para todos nós que educamos uma sociedade inteira sobre o respeito À VIDA, concordam? Então, amigos, continuemos a cobrar do nosso prezado Prefeito a devida urgência sobre este estrago educacional.

Já pensou se hoje (DEUS NOS GUARDE!!! MIL VEZES) acontece uma tragédia destas aqui no Rio? Todo mundo vai largar seu bicho com o potinho de água e comida na sua casa que será levada pela enxurrada.
Gente, como um leitor nosso bem falou: a tal Defesa Civil sabia que estava fazendo "caquinha" e para disfarçar usou seu "politicamente correto" orientando colocarem comidinha e água para os bichinhos.... Fala sério!!! a polícia tinha que chamar este cidadão para responder inquérito policial já que inúmeros crimes foram praticados nesta insensatez. Uma leitora, também, nos falou: p´ra que potinho de água no meio de uma enchente? kakakaka... ridículo, não é mesmo?

Continuamos com nosso dever de cobrar até que os telespectadores do RJTV (com repetição ao público do Jornal da Noite da Globo News) sejam informados.
A Iracema Hochman, cunhou uma frase, já um bom tempo, que acho muito legal citar agora: o poder público nos presta serviços e não favores

Escrevam para o prefeito com suas palavras ou copiem esta sugestão de texto:
email edupaes@uol.com.br
cc: falabicho@falabicho.org.br
_____
Senhor Prefeito da Cidade Maravilhosa Rio de Janeiro
EDUARDO PAES

Lendo o Blog "O Grito do Bicho", onde está denunciado que o Senhor "orientou" os moradores de uma comunidade do RJ a abandonarem seus animais quando ouvissem o sinal de alerta de chuva instalado no local, fiquei pensando na sua desconsideração às vidas que rolariam morro abaixo pela enxurrada. Isto somente porque não poderiam (?) ser alojados nos CIEP´s juntamente com seus donos. Muito "humanitariamente" o Senhor recomenda, num planfeto, que deixem água e comida para os animais.
Senhor Prefeito, na qualidade de protetores e zeladores da vida animal no mundo inteiro, perguntamos: o Senhor acha que ESTÁ ocupando o cargo de prefeito para isto? O Senhor pretende ESTAR prefeito por quanto tempo?
Aguardamos sua resposta comprovando, claro, as medidas imediatas para recolhimento deste panfleto e a informação, não só junto aos moradores da área como na imprensa, que, diante de qualquer catástrofe, todos terão o direito de acomodar qualquer animal que faça parte de uma família ou mesmo aqueles que forem resgatados por qualquer cidadão. Afinal, o orçamento da Secretaria de Proteção Animal da Cidade do RJ - SEPDA e aquele mundo de "Fazenda Modelo", estão aí para quê?
Atenciosamente
Nome
Cidade
Estado
Pais

___________
Postagens relacionadas:
http://ogritodobicho.blogspot.com/2011/01/mande-seu-recado-para-o-
prefeito-do-rj.html

http://ogritodobicho.blogspot.com/2011/01/prefeitura-do-rio-que-tem-uma.html

26/11/2010

O QUE FAZ OS PERUS SE COMUNICAREM?

Excetuando o fato tenebroso de ser uma criação de perus para serem comidos, achei engraçado a comunicação da galera em resposta ao cara que falava com eles... Aliás, o título do vídeo é: "Não sei quem estava no palco, mas, a platéia estava gostando!"

Quando pequena, ia nas férias para uma fazenda em Paraíba do Sul. Lá tinha 8 perus e vivi esta experiência, também. É muito engraçado, gente!!!! Eu falava e eles respondiam. Eles são capazes de brincar de esconde esconde, sabiam?

Uma vez um deles voou em cima de mim porque eu tinha dado milho para as galinhas e ele não estava na hora. Eu não vi ele chegar e pulou nas minhas costas me jogando no chão, o covardão!!!!! kakakaka.... arrebentei meu beiço que ficou inchadão durante uns 15 dias.... nunca mais esqueço disto...


.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪