RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador cio. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cio. Mostrar todas as postagens

23 de setembro de 2017

Porque devemos castrar sempre os animais

Às vezes a gente encontra desculpas, mas, tem cães que são bem podrinhos.... O que estes dois aí fazem é bem covarde. Ele metem o cacete no pobre coitado que teve a falta de sorte de cruzar com fêmea no cio. Mesmo compreendendo que é a "suposta" natureza, continuo achando que, também, tem cachorro nojentinho. Tenho um aqui em casa (Lobinho) que é um nojo. Por nada, sai desembestado e ataca qualquer um que esteja mais perto.... Nunca vi um bicho igual. Agora, acho melhor a gente castrar, castrar, castrar e castrar mil vezes para que cenas como estas não aconteçam, né mesmo? 
-----------
Três cães disputam fêmea no cio e atacam o que conseguiu cruzar.

26 de janeiro de 2017

Bombeiros resgatam cinco cachorros presos em manilha de Juiz de Fora



Olha o problema de uma cadela no cio....
---------------
Trabalho durou três horas e uma retroescavadeira teve que abrir passagem para os animais. Cadela estava no cio e atraiu outros quatro animais por um bueiro.




Bombeiros de Juiz de Fora, na Zona da Mata, tiveram muito trabalho na manhã desta terça-feira para resgatar cinco cachorros que ficaram presos em uma manilha de escoamento de água da chuva da

15 de setembro de 2015

Professor salva cães em rodovia e repercute em redes sociais e mídia - SP

Olha, gente, o professor agiu muito legal, mas, o que não entendi foi o cara que estava filmando sem fazer nada.... pô, a gente não sabe o final dos animais. Espero que  ele fale hoje no programa Encontro da Fátima Bernardes.  Se ainda não viu o vídeo, veja abaixo:
------------------------------------------

O que você faria se encontrasse cinco cães perambulando pelas pistas de uma movimentada rodovia da da Grande São Paulo, colocando as suas vidas e a dos motoristas em risco, onde trafegam carros, ônibus e caminhões em alta velocidade?

video

Ao ver essa situação, o professor Murilo Germano Ferreira, 30 anos, decidiu agir, de forma segura e