Mostrando postagens com marcador choque. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador choque. Mostrar todas as postagens

13/07/2017

Organizadores de rodeio condenados por queimar com cigarros e dar choques em animais

Pois é, e esta droga, segundo o atual item da Constituição Brasileira,  não é crueldade..... Deus meu, temos que jogar uma bomba moral naquele Congresso.... Pior que quem presta não quer assumir nada.... Estamos sem saída?
------------
A 2ª Vara Cível da Comarca de Volta Redonda condenou duas empresas responsáveis pela organização da 21ª Festa do Peão de Boiadeiro de Volta Redonda, realizada em abril de 2010, por maus tratos aos animais usados no rodeio. Segundo o Ministério Público Estadual, os animais eram queimados com pontas de cigarro e levavam choques antes de serem soltos na arena. A multa imposta pelo Tribunal de Justiça do Rio, a título de danos morais coletivos, é de R$ 100 mil reais.

As informações são do Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro.

A denúncia foi movida pela 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Volta Redonda, contra as empresas Kavallus Empreendimentos Artísticos LTDA e Proson Agência de Viagens, Turismo e Eventos LTDA.

De acordo com a ação movida pelo MPRJ, a organizadora Proson contratou a Kavallus para promover o rodeio durante o evento. No inquérito civil nº 54/2011, apurou-se que os animais foram torturados e maltratados com choques elétricos, queimaduras por pontas de cigarro e até a introdução de objetos no ânus, com o propósito de estimulá-los antes de serem soltos na arena.

Segundo a sentença proferida pelo juízo da 2ª Vara Cível da Comarca de Volta Redonda, ficou comprovado o uso de choques elétricos em vídeos anexados ao processo. Portanto, as duas empresas foram condenadas, solidariamente, a pagar R$ 100 mil como indenização por danos morais coletivos, com destinação prevista pelo artigo 13 da Lei nº 7.347/85, que determina que ‘os valores vão para um fundo gerido por um Conselho Federal ou por Conselhos Estaduais de que participarão necessariamente o Ministério Público e representantes da comunidade, sendo seus recursos destinados à reconstituição dos bens lesados’.

As empresas também foram condenadas a não realizar e não permitir a apresentação de animais em rodeios mediante o uso de aparelhos de choque elétrico, sob pena de multa de R$ 20 mil por animal envolvido. O Ministério Público afirma que, nos próximos dias, apresentará recurso visando à majoração da indenização por danos morais coletivos.

COM A PALAVRA, A Kavallus Empreendimentos Artísticos LTDA
A reportagem entrou em contato com a empresa, que ainda não se pronunciou. O espaço está aberto para manifestação.

COM A PALAVRA, PROSON
A  reportagem entrou em contato com a empresa, que ainda não se pronunciou. O espaço está aberto para manifestação.

Fonte: Estadão

05/01/2017

Cavalos levam choque no Rodeio Nacional de Finais em 2016 - EUA

Pois é, agora os bandidos querem bancar os bonzinhos. Os maus-tratos da vaquejada é explicito e eles querem jogar areia na vista da sociedade, ou seja, posso jogar o animal no chão violentamente desde que ele caia num colchão de areia e tenha protetor no rabo..... Leiam esta matéria:  Projeto quer vetar crueldade com animais em vaquejadas e depois vejam um vídeo de rodeio americano onde vemos os choques aplicados nos animais além de dedo no olhos dos bichos, amarrar as patas e tudo mais..... podre!!!!
Fonte: LiveLeak

07/09/2016

REVELAÇÃO: Choques, socos e pauladas: a vida do gado que vira bife

A matéria original foi feita pelo Repórter Brasil - Vida de Gado e está excelente porque mostra claramente o que acontece com os animais de consumo até ele chegar na mesa do consumidor. Agora as respostas do JBS (Friboi) é de doer os calos.....
------------------------
Gado é identificado com ferro quente em seu rosto
Um bezerro é queimado no rosto com um ferro quente em Mato Grosso, bois tomam choques elétricos para entrar em um caminhão em Goiás, um animal recebe pauladas ao atravessar um curral em São Paulo e um filhote recém-nascido é arrastado pelo pescoço no Mato Grosso do Sul.

Cenas como essas foram registradas pela Repórter Brasil em fazendas que fornecem gado à JBS, a maior produtora de proteína animal do mundo e dona de marcas como Friboi e Swift. As práticas dos seus fornecedores violam a política de bem-estar animal estabelecida pela própria empresa. Além disso, o tratamento dado aos bois tampouco segue as recomendações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) sobre o assunto.


Para averiguar como as fazendas fornecedoras da JBS tratam os animais, a Repórter Brasil percorreu quatro estados diferentes entre dezembro de 2015 e fevereiro de 2016. Os locais visitados constam

11/05/2016

Ação contra venda de pele de animais assusta clientes em loja

Muito bom!!!!
----------------
Artigos de couro tinham 'órgãos vivos' e sangue em seu interior.
Campanha foi criada pela Ogilvy, em parceria com o Peta da França.

Uma campanha criada pela agência Ogilvy em parceria com o Peta (People for the Ethical Treatment of Animals) da França chocou clientes que apreciavam bolsas, cintos e casacos de couro em uma loja montada em uma área comercial de Bangcoc, na Tailândia. Assista aqui.


Atraídos pela beleza dos produtos, os clientes foram estimulados a pegar os itens de luxo, quando se depararam com algo chocante.
No interior das peças de couro, órgãos que pareciam vivos pulsavam, enquanto por trás dos cintos pingava uma tinta que imita o sangue de animais que teriam sido sacrificados para a confeção dos produtos.

Fonte: G1

21/04/2016

Petição on-line pede o fim do uso de coleiras de choque em animais

Bem, eu assinei....
------------------------
Uma petição criada pelo Adestrador Online está rodando nas redes sociais para pedir o fim da comercialização e do uso das coleiras de choque em animais. Uma busca rápida na internet mostra como é fácil e barato fazer a compra desse tipo de produto. Ele custa, em média, R$ 130.

Essas coleiras geralmente são utilizadas para educar, evitar fugas e latidos de cães. Em alguns países seu uso já foi banido, já no Brasil existem projetos de lei propondo o

13/04/2016

Macaco leva choque, ganha atenção de médico voluntário e volta para mata

Consequencias da vida urbana....  pobrezinho.....
------------------------ 
Os macacos-pregos vivem em grupinhos, encantam moradores e já aprenderam a viver perto das cidades sul-mato-grossenses, mas acidentes acontecem, às vezes. No início deste mês, um deles levou choque na fiação elétrica e teve que ficar nove dias longe de “casa”. O caso ocorreu em Mundo Novo, a 476 quilômetros de Campo Grande.

O macaco foi encontrado caído na rua com muitos ferimentos pelo corpo, perto do Centro da cidade, no dia 1º deste mês. Ele foi socorrido por equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental), logo após o acidente.

26/12/2015

Visitantes de zoológico ficam chocados ao ver leões devorando zebra

Que horror!!!!!!!!!!! estou chocada!!!!!!!!!!!! os caras pensaram no leão e mandaram a zebra viva p´ra dentro da jaula só porque ela estava doente e ia morrer mesmo? eu não sei não.... não devo ser deste mundo!!!!!!! coragem desta gente.... mas, este sangue frio é típico nos zoológicos europeus, né mesmo?
-------------------------


Visitantes de um zoológico na Alemanha tiveram uma surpresa um tanto quanto extrema no últimofinal de semana. Durante o passeio, um grupo de leões devorando uma zebra dentro de sua jaula foi flagrado pelas lentes das câmeras de um grupo, deixando-os chocados.

Nas fotos, os felinos aparentam estar extremamente contentes diante da carcaça da zebra, já sem

16/11/2013

Boi que caiu em casa leva choque e demora sete horas para ser resgatado

Fico abestada como as coisas acontecem com estes animais.... As autoridades não estão preparadas para situações como estas.... não há especialização no manejo destes animais.... Gente, a ponto do boi desmaiar pelo sofrimento, dá para imaginar o que este bicho passou? Galera de Sampa, dá uma olhada nesta desgraceira.... CCZ do Sumaré não tem caminhão boiadeiro? Jesus me abana!!!!!!! Ontem publiquei sobre o touro lá no Pará e agora a mesma situação em plena cidade de São Paulo? 

G1 SP - 15/11/13

O boi de 450 quilos que caiu sobre o telhado de uma casa, em Sumaré (SP), na noite de quinta-feira

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪