RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador casal. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador casal. Mostrar todas as postagens

26 de julho de 2017

Casal é ouvido por abandono de pit bull que devorou pinscher e 4 gatos

Quando eu falo não é a toa.... Geralmente, donos de pits são irresponsáveis..... Presta atenção, eu disse geralmente!!!! Já publiquei aqui vários casos. 

Eu penso sempre nos animais que levam a pior e acho que pits não deveria mais nascer, exatamente, porque o fim de suas vidas sempre é dramático.... 

Lembro, também, que nós não lutamos por raças e sim por cães. Não deixa-los nascer e proibir a criação para que estes pobres animais não caiam nas mãos de pessoas irresponsáveis é o melhor para eles. Juízo na cabeça de humanos é impossível e nosso compromisso é com a vida animal.
-----------
Quando o assunto é maus-tratos contra animais, o Brasil possui legislação e autoridades competentes para punir quem comete esses crimes. Em Manaus, dois cachorros, um da raça pit bull e um pinscher, foram abandonados há 4 meses por seus donos após uma separação, em uma casa situada na rua Santa Etelvina, no bairro de mesmo nome, Zona Norte. Com fome e esquelético, o animal maior acabou devorando o menor, além de gatos da vizinhança. Um dos donos foi ouvido pela polícia nesta segunda-feira (24) e o casal será investigado por abandono e maus-tratos de animais.

De acordo com moradores, que não quiseram ser identificados, os animais estavam trancados na casa e sem alimentação regular. O pit bull não resistiu e matou para comer o pinscher. Depois ele matou quatro gatos da vizinhança, que acabaram entrando no terreno.

Os vizinhos afirmam que o casal teve inúmeras discussões e se mudou do local, mas não levou os animais. Eles começaram a se revezar para alimentar os animais. Entretanto, não foi suficiente.

De acordo com Samir Freire, titular da Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente e Urbanismo (Dema), um dos donos dos animais se apresentou espontaneamente na delegacia, nesta segunda-feira (24), após repercussão do caso. Ele explicou que ao se separar da mulher, os cachorros ficaram sob a guarda da ex-companheira. No entanto, segundo o delegado, os dois serão ouvidos no processo de maus-tratos.

Ainda segundo Samir, foi enviada uma equipe da Dema ao local, mas o animal não estava mais lá.

“Quando a equipe chegou à casa, o pit bull já havia sido retirado pela dona do animal, mas mesmo assim, ela deverá ser ouvida. Vamos continuar a investigação”.

Procurada pela reportagem, a advogada e vereadora de Manaus, Joana D’arc, informou que irá tomar providências quanto a essa denúncia. Até esta terça-feira (25), ela deve fazer um boletim de ocorrência na Dema – para exigir providências da polícia.

“Além de procurarmos a Dema para registrar e denunciar os maus-tratos, vamos apurar a situação in loco e saber como está o animal – que deve precisar de cuidados médicos”.

A advogada ressalta que a denúncia de maus-tratos é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605, de 12.02.1998 (Lei de Crimes Ambientais) e pela Constituição Federal Brasileira, de 05 de outubro de 1988. “Por isso é importante que a população, os vizinhos, qualquer pessoa denunciem o quanto antes”. Joana D’arc não é membro da Comissão Especial de Proteção aos Animais da OAB-AM, como a reportagem afirmou anteriormente.

Como denunciar?
Caso você veja algum tipo de situação envolvendo maus-tratos aos animais de qualquer espécie, é necessário formalizar uma denúncia aos órgãos competentes. Sejam domésticos, silvestres ou exóticos, os animais não podem sofrer abandono, mutilação, envenenamento, ou serem presos constantemente em correntes ou cordas muito curtas. Eles devem viver em lugar anti-higiênico, presos em espaço compatível ao porte do animal ou em local com iluminação e ventilação.

A utilização em shows que possam lhes causar lesão, pânico ou estresse, além de agredir o animal fisicamente, colocá-lo em esforço excessivo também são práticas erradas. Em qualquer um dos casos, vá a uma delegacia de polícia mais próxima para registrar o Boletim de Ocorrência (BO), ou compareça à Promotoria de Justiça do Meio Ambiente.

É possível denunciar também ao órgão público competente do município, para o setor que responde aos trabalhos de vigilância sanitária, zoonoses ou meio ambiente. Lembrando que cada município tem uma legislação diferente, portanto, caso esta não contemple o tema maus tratos pode utilizar a Lei Estadual ou ainda recorrer a Lei Federal.

Como proceder nas delegacias?
Cabe à autoridade policial receber a denúncia e fazer o boletim de ocorrência. O policial que se negar a registrar estará cometendo crime de prevaricação (retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal – art. 319 do Código Penal). Caso isso aconteça, há como queixar-se ao Ministério Público ou à Corregedoria da Polícia Civil.

Tente descrever com exatidão os fatos ocorridos, o local e, se possível, o nome e endereço do(s) responsável(is). Assim que o escrivão ouvir seu relato sobre o crime, a ele cumpre instaurar inquérito policial ou lavrar Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Também procure levar, caso haja possibilidade, alguma evidência, como fotos, vídeos, notícias de jornais, mapas, laudo ou atestado veterinário, nome de testemunhas e endereço das mesmas. Quanto mais detalhada a denúncia, melhor.

Saiba que você não será o autor do Processo Judicial, que será aberto a pedido do delegado. O Decreto 24645/1934 reza em seu artigo 1º – “Todos os animais existentes no país são tutelados do estado”, Logo, uma vez concluído o inquérito para apuração do crime, ou elaborado TCO, o delegado o encaminhará ao juízo para abertura da competente ação penal onde o “Autor” da ação será o Estado.

FONTE: Em tempo

25 de março de 2017

Casal que andou 80 km para não perder cachorros precisa de ajuda

Eles só dormem com os cachorros, disse a prima do casal..... É difícil as pessoas entenderem isto, né? Fazer o quê?
-----------
Casal vive com os cachorros Paçoca e Milady em um barracão após serem rejeitados no albergue 
Depois de percorrerem 82 quilômetros a pé de Rio Preto a Votuporanga, no início do mês, o casal Carlos Barbato e Renata (Lenon Vinicius de Souza) está em busca de ajuda para começar a construir uma vida a dois, ou melhor, a quatro, na cidade. 

Sem desgrudar dos dois cães vira-latas, que consideram da família, os dois esperam por oportunidades para poder começar a trabalhar e alugar um pequeno imóvel.

“Foi prometido para o Carlos começar a trabalhar como padeiro na próxima semana, mas até receber não dá pra pagar o primeiro aluguel”, disse Alexandra, prima deles. Já Renata está aguardando ser inserida em um projeto da prefeitura. “Arrumamos um cômodo por R$350. Está ótimo para eu, meu marido e nossos dois cachorros, mas está difícil este dinheiro”, contou Renata, que também aceita doações em espécie e rações para os bichinhos.

“Eles já ganharam muitos móveis, só falta sofá e guarda-roupas, que estão guardados aqui em casa”, disse a prima. A família está morando desde a terça-feira, 14, em Votuporanga. Depois de uma caminhada de seis dias passando por cidades e distritos após serem impedidos de embarcar no ônibus com os dois cachorros vira-latas, Paçoca e Milady, o casal se estabeleceu na cidade, que fica a 82 km de Rio Preto, em um barracão abandonado no bairro Boa Vista.

Ao chegarem em Votuporanga, os dois procuraram por Alexandra, que lhes oferece diariamente banho e refeições, mas para dormir eles se aconchegaram no barracão. “Eu não gosto de cachorro dentro de casa e eles só dormem com os cachorros juntos, por isso preferiram ficar no barracão”, conta a prima. Antes de se instalar no local, o casal tentou uma vaga no albergue da cidade, mas também foi recusada por causa dos cachorros. 

23 de março de 2017

Macaco é resgatado após passar 20 anos vivendo com casal na Paraíba


Sinceramente, minha decisão seria melhorar o ambiente e manter o animal com o casal.... Um macaco com 20 anos vai fazer o que? viver em outro cativeiro?
------------------
Macaco-prego tinha sido resgatado de incêndio em mata, diz criador.
Animal silvestre era criado em casa sem autorização do Ibama, diz PM.

Um homem foi encaminhado na segunda-feira (20) para Central de Polícia, no bairro do Geisel, em João Pessoa, por criar um macaco-prego dentro de casa, no bairro de Mangabeira, na capital paraibana. Segundo informações repassadas pela Polícia Militar Ambiental, o flagrante foi feito durante uma operação de buscas para localizar motocicletas roubadas. Segundo o criador do animal, ele cuidava do macaco há 20 anos.


Durante a operação, policiais identificaram o macaco-prego sendo criado na casa e preso por uma coleira. Por se tratar de um animal silvestre, o criador do animal foi autuado e encaminhado até a delegacia. Milton Pereira, encaminhado pela polícia por criar o animal silvestre sem autorização, explicou que salvou o macaco durante um incêndio em uma área de mata.

“Ele era pequenininho, estava nas costas de um macaco maior, não sei era o pai ou mãe. Quando começou o fogo, ele caiu. Eu entrei dentro da fumaça, resgatei ele e nesse tempo todo em cuidei dele”, explicou o homem autuado pelo crime ambiental.

Ainda de conforme Milton Pereira, o macaco chegou a se soltar várias vezes, mas sempre retornava para casa ao ouvir os chamados do dono. “Eu pensei em doar para a Bica [o Parque Zoobotânico Arruda Câmara em João Pessoa], mas minha mulher é muito apegada a ele. E além disso, eu achava que os macacos da Bica podiam judiar dele, por ser novato, não fazer parte do bando”, comentou Milton, que confidenciou que sua esposa ficou chorando após a Polícia Ambiental apreender o animal.
 Milton Pereira afirmou que criava animal há pelo menos 20 anos 
dentro de casa, em João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Conforme o comandante da Polícia Ambiental, major Cristovão Lucas, Milton Pereira foi autuado por crime ambiental e multado em R$ 500. Após prestar depoimento, o dono do macaco foi liberado e não precisou pagar fiança. Ele deve responder ao processo em liberdade. O crime ambiental de criar animal silvestre sem autorização prevê pena de seis meses a um ano de prisão.

O macaco-prego foi encaminhado ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) de Cabedelo, na Grande João Pessoa, onde vai passar por exames e em seguida ser liberado na natureza. O macaco-prego são muito comuns na América do Sul e podem viver até 40 anos.

Macaco-prego foi encaminhado para Centro de Triagem de 
Animais Silvetres na Grande João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)

7 de março de 2017

Casal cria animal de estimação de uma tonelada no interior de SP

Agora, imaginar que um bicho deste é levado para um matadouro, para uma arena de touros ou para rituais satânicos é demais prá cabeça da gente não? não estou me referindo a raça do bonitão aí, mas, o quanto estes bichos tão poderosos são mansos se assim forem tratados...... 
--------------------
O Samukinha viajou até o interior de São Paulo para conhecer um casal que chama a atenção por onde passa. Wilson e Márcia criam um animal de estimação, que já é conhecido na cidade de Tietê. O bicho tem uma tonelada e é conhecido como Abacaxi. Veja só a história que o Samukinha encontrou no interior de São Paulo.

Fonte: Domingo Espetacular - 05/03/17

7 de dezembro de 2016

Casal de brasileiros viaja de SP ao Alasca alimentando cães de rua

Muito legal!!!!! não sei porque a vida não me deu um companheiro que gostasse de bichos... teria sido tão bom..... ou será que não? credo, podia agora estar num manicomio.....
------------------------
Sergio Medeiros e Eleni Alvejan viajaram mais de 13 mil km desde 2015, quando venderam tudo e saíram de São Caetano, na Grande São Paulo, até o Alasca, nos Estados Unidos.

O Projeto Mundo Cão, criado pelo casal em 2013 para ajudar animais abandonados nas ruas, ganhou o mundo e viajou até a América do Norte

8 de novembro de 2016

Casal de pinguins gays comemora 10 anos de união

E viva a adversidade!!!!!! 
------------------------
Apesar do chavão de que relacionamentos gays não duram muito, olhando bem o que não falta é exemplo de casais de dois machos que estão juntos há muitos, muitos anos. Alguns até no mundo animal: essa semana, dois pinguins humboldt do zoológico de Bremerhaven, na Alemanha, estão celebrando dez anos de vida a dois.

11 de outubro de 2016

Um dos tipos de crimes ambientais mais cruéis é registrado em Santa Inês - MA

Gente, nós vamos esperar este casal ser morto? vamos pressionar as autoridades..... covardia....
---------------
Em Santa Inês (MA), é um dos tipos de crimes ambientais mais cruéis: a caça de animais silvestres. Os caçadores invadem a propriedade de um casal de lavradores, que luta para manter preservada uma pequena área de mata, mas a ação criminosa desses caçadores tem tornado essa tarefa cada vez mais difícil.

video

27 de setembro de 2016

Casal deficiente auditivo usa Libras para se comunicar com o cão de estimação

O que mais me impressionou foi a sensibilidade que tiveram em adotar um cão com a mesma deficiência deles.... muito legal!!!!!
----------------
Os filhos do casal do Rio Grande do Sul são ouvintes e bilíngues: dominam o português e a Língua Brasileira de Sinais

video

23 de setembro de 2016

Casal chora ao se despedir de gato que seria sacrificado e vídeo repercute - RO

Pretinho parece que está se recuperando bem..... graças a Deus!!!! e a todos que ajudaram....
--------------------
Felino estava com problemas renais e casal não tinha dinheiro para cirurgia.
Despedida chamou atenção e moradores fizeram 'vaquinha', em Jaru (RO).


video


Uma despedida dolorosa chamou a atenção de algumas pessoas que estavam na recepção de uma clínica veterinária de Jaru (RO), a 290 quilômetros de Porto Velho. No estabelecimento, um casal

29 de agosto de 2016

Jorge Souza e Laura Keller rebatem críticas após fotos com búfalos

Agora, para tirar fotos os búfalos servem? mas, eles estão sendo mortos...... será que o casalzinho está sabendo? mesmo estes daí sendo bem tratados não valia a pena saberem disto e protestarem? p´ra quem não sabe, eles ganharam o reality Power Couple Brasil.

------------------------
Alguns internautas apontaram que o casal estava maltratando os animais

Jorge Souza e Laura Keller postaram no Instagram algumas imagens de um ensaio fotográfico que fizeram durante um passeio selvagem pela Ilha de Marajó, no Pará. Porém, os cliques acabaram gerando inúmeras críticas ao casal.

Alguns internautas apontaram que o casal estava maltratando os animais. "Dó danada dos bichos olha a carinha deles. Desculpe curto vocês, mas não vou curtir", comentou um internauta. "Que horror, para que fazer isso. Eles estão machucados", escreveu outro. "Que dó dos

6 de agosto de 2016

Casal acha cadela furtada há quase 2 meses após denúncia em rede social - SP

Maior sorte!!!!! redes sociais são poderosas!!!
------------------
Um casal de Olímpia (SP), que teve a cachorra da raça shitzu furtada no dia 11 de junho depois de ladrões invadirem a casa onde moram, conseguiu recuperar o animal de estimação quase dois meses depois do furto, após uma denúncia anônima de que a cachorra estava em uma casa em Sertãozinho (SP).


video

4 de agosto de 2016

Casal do ES diz que vizinha doou cães da família durante a lua de mel

ATUALIZAÇÃO às 07:30:
Polícia soluciona caso de cães doados por vizinha sem autorização da dona.  A dona dos cachorros publicou esta foto dizendo que só falta um para voltar. Veja AQUI. Mas, que este caso foi esquisito foi.
-----------------------------------
Dona de animais disse que eles foram deixados sob os cuidados da vizinha.
Quando voltou, ela descobriu a doação e agora a polícia investiga o caso.

video

A Polícia Civil investiga o desaparecimento de quatro cachorros da servidora pública Kleidy Klipper, moradora de Campo Grande, Cariacica, no Espírito Santo. Ela e o marido deixaram os animais sob

9 de julho de 2016

Casal de Ursos-Polares faz sucesso no aquário de São Paulo

Gente, eu queria deixar registrado aqui a matéria feita pelo programa Mais Você que mostra a "maravilha" que é a vida destes dois ursos que estão expostos nos Zoo de SP.  Nossa saudosa intrépida Marli Delucca nos deixou um vasto material sobre a realidade destes ursos que são chamados de Aurora e Peregrino.  Clique aqui no seu Mural Animal para ficar a par de tudo.



22 de junho de 2016

Mãe ganso vê uma mulher agarrando seus bebês e aí....

Nossa leitora Sandra nos mandou.... kakaka.... muito bom!!!!!
------------
Quando as mulheres têm filhos, a vida passa a ser em torno deles. Mas se pensam que só os humanos têm estes instintos estão enganados. Por exemplo, as mães ganso também são muito protetoras e fazem tudo o que for preciso para manter os filhos em segurança, tal como vimos na história em que a mãe ganso chamou um polícia para salvar a sua cria. E esta mãe ganso não é diferente…


Uma família ganso, o pai, a mãe e os oito bebés, decidiram atravessar a estrada. Os animais nas estradas correm sérios riscos de serem atropelados e, para que o pior não acontecesse, uma mulher

17 de maio de 2016

Cães-guias viram “cupidos” e unem casal de deficientes visuais

Sandra Leoni, nos mandou esta matéria.... Fiquei pensando que eu, também, podia arrumar um pano de prato velho para enxugar minha louça, né mesmo? Tenho tantos cachorrinhos e gatinhos que poderiam dar um jeitinho nisto..... kakakakaka.... A história é muito legal!!!!!
---------------------------
A história de amor do advogado Genival Santos (37) e da dentista Kátia Antunes (33) lembra muito a do filme “101 Dálmatas”. Na história, Pongo e Roger se apaixonam por Brenda e Anita.
Os cães-guias do casal, a labradora com retrivier Leila e o labrador Sam, foram trazidos juntos de Michigan, nos Estados Unidos.

“Fomos buscar os cães nos EUA, por meio do Instituto Iris, na mesma época [em 2006]. Durante os treinamentos de comando do cão, de até 12 horas por dia, aproveitava para paquerar a Katia,

6 de fevereiro de 2016

Receita para cura do câncer é amor e casal retribui com adoção de animais

Linda mensagem para quem está enfrentando esta barra.....
------------------------
São ao todo dois cachorros, um deles tetraplégico, e dois gatos.
Marido ainda raspou a cabeça para superar doença com a mulher.

No auge do namoro e um ano antes do casamento, o diagnóstico: câncer de ovário. A doença rara foi um baque na vida da fisioterapeuta Marina Belini Morilha, de 31 anos. No entanto, o apoio do companheiro foi tanto que ela superou as dificuldades e o casal ainda decidiu adotar animais "excluídos" pela

3 de fevereiro de 2016

Casal troca presentes de casamento por ração para animais abandonados

Muito legal mesmo, não?
------------------------
Em vez de presentes, um casal de São Paulo pediu algo diferente no seu casamento: doações de ração para ajudar animais abandonados. A iniciativa foi da atriz Viviane Fernandes e o empresário Fabiano China, e eles foram atendidos. Os convidados aderiram à ideia e foram arrecadados mais de 200 quilos de ração que já começaram a ser distribuídas para protetores e também  moradores de rua que cuidam de animais carentes.

“Fomos entregar o convite de

3 de novembro de 2015

Casal de ursos polares nadam juntinhos e podem gerar filhotes em cativeiro


É uma patifaria só.... Se quiserem saber da verdade dos fatos sobre estes ursos do Aquário de SP, clique em Mural Animal... Vão ficar arrepiados!!!!
---------------------------------


  • redetv 02/11/2015

  • Casal de ursos polares, Aurora e Peregrino, atraem crianças e adultos em passeio pelo Aquário de São Paulo.

    14 de setembro de 2015

    Casal se recusa a abandonar cães durante enchente no Japão

    Olha, não sei vocês, mas, eu chorei muito quando vi este vídeo... pura emoção....
    ----------------------------
    Uma grande enchente atingiu a cidade de Joso, no Japão. Para garantir que todos fossem resgatados, um casal ficou abraçado com seus dois cachorros no telhado de casa.

    O imóvel estava prestes a ser completamente destruído pela correnteza quando um helicóptero apareceu para fazer o resgate. No vídeo é possível notar que os dois se recusam a abandonar seus cães. Primeiro, a mulher e um dos cachorros foram levados até o helicóptero e depois, o homem e o outro cachorro.