Mostrando postagens com marcador cadelinha Lana. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cadelinha Lana. Mostrar todas as postagens

17/02/2016

Justiça reduz indenização a ser paga por enfermeira que matou yorkshire

Como acreditar na justiça deste país? todos que acompanharam o caso, sentiram que a tendência era terminar nesta pizza..... 

Lutamos muito, fizemos nosso papel de indignados e aí vejam no que resultou..... É nojento mesmo..... Desde quando a justiça colocou o caso em "sigilo" e passamos ouvir, via telefônica, que só poderíamos obter informações pessoalmente, sabia que o final seria este. 

Oferecemos todo material para o promotor fazer a ação pública e ele fez, mas, este tal desembargador acabou com tudo..... É nojento!!!!!! Que a pobrezinha Lana nos perdoe por não conseguirmos fazer a justiça que ela merecia..... Eu tenho vergonha de ser brasileira..... Se quiser ler tudo sobre o caso, CLIQUE AQUI.
-----------------
Valor a ser pago por mulher caiu de R$ 20 mil para R$ 5 mil, em Goiás; veja.
Ela foi filmada espancando cadela na frente da filha, de 2 anos, em 2011.

A Justiça reformou a sentença da enfermeira Camila Correia, condenada por agredir e matar uma cadela da raça yorkshire em Formosa, no Entorno do DF, em novembro de 2011. Em decisão monocrática, o desembargador Kisleu Dias Maciel Filho reduziu a indenização a ser paga pela ré de

14/10/2013

Amanhã é a continuação do julgamento sobre o caso da york Lana


Sinceramente, gente, eu cansei.... aqueles caras lá do cartório que está rolando o julgamento receberam cerca de 2000 e-mails durante as campanhas que fazemos por conta do julgamento e não dão a mínima resposta.... Acho o Ó da falta de atenção para conosco, o cidadão....

Pior é que tudo lá é "segredo de justiça" e nenhum funcionário pode dar nenhuma informação.... nem saber se receberam nossos protestos, se houve julgamento e tudo mais....

Olha, até agora, está marcado a continuação do julgamento amanhã.... A tarde, apesar de imaginar a resposta, vou tentar saber, ao menos, se houve a audiência porque nem isto eles falam.... é um saco!!!!!!!!!!!



Sobre o andamento do caso da yorkshire Lana - GO

06/06/2013

Notícias sobre o julgamento da acusada do caso da York Lana

Sobre nossa postagem 
URGENTE - julgamento do caso da cadelinha york Lana - Formosa - GO


Acabei de falar com o Fórum de Formosa e o Juiz responsável pelo julgamento do caso deu ordens expressas de não fornecerem nenhuma informação. Somente a Comunicação do Fórum de Goiás terá autorização para divulgar o desenvolver do caso. Mas, já apurei que não foram ouvidas todas as testemunhas, a Ré não foi ouvida e nova audiência acontecerá no dia 31/07/13. Disseram que não podem informar mais por ser "segredo de justiça".... Fazer o quê? como temos juízo, vamos obedecer....

Vou publicar o comunicado oficial que vai sair daqui a pouco.... e, por favor, galera. NÃO VAMOS MAIS ENVIAR E-MAILS, por enquanto.... Eles devem ter sentido nosso desejo de justiça, pois, foram quase 2000 e-mails na caixa deles.... Foi uma ótima manifestação!!!! Parabéns e muito obrigado a cada um que dedicou seu tempo a clamar por justiça pelos animais....

Nossas baterias devem ser direcionadas, agora, para detonar este Prefeito criminoso da cidade Santa Cruz do Arari que fica na Ilha de Marajó, no Pará. 

------------------------------------
NOTA OFICIAL SOBRE O CASO QUE FOI PUBLICADA AGORA:
Notícias do TJGO
Caso Yorkshire: ouvidas testemunhas e marcada audiência para julho



O juiz da 2ª Vara Criminal de Formosa, Fernando Oliveira Samuel, ouviu, na manhã desta quinta-feira (6), testemunhas da ação penal movida contra a enfermeira Camila Correia por maus-tratos de um cachorro da raça Yorkshire. Tanto o Ministério Público (MP) como a defesa requereram a oitiva de outras testemunhas que não compareceram e foi designada nova audiência para o dia 31 de julho, às 9 horas. A ré ainda não foi ouvida.

O caso corre em segredo de justiça, por esse motivo, não se pode revelar mais informações.

Relembre o caso
Um dos vizinhos da enfermeira Camila Correia gravou um vídeo enquanto ela espancava o cachorro da raça Yorkshire na frente da filha, no apartamento da família, no Setor Formosinha. A filmagem dura aproximadamente três minutos e meio e mostra Camila chutando e arremessando o pequeno animal contra a parede, além de jogá-lo diversas vezes no chão e bater em sua cabeça com um balde vazio. Por fim, já quando agonizava, o cão foi aprisionado pelo balde virado para baixo.

O cachorro chegou a ser levado para uma clínica veterinária por policiais militares e bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu em 16 de novembro de 2012, dois dias após as agressões. (Texto: Arianne Lopes – Centro de Comunicação Social do TJGO)
__________________
Matérias a respeito:

02/10/2012

Julgamento da suposta assassina da york Lana foi marcado

.
imagem ilustrativa
No ultimo dia 25, fui dar uma olhada sobre o caso da cadelinha york Lana e deparei com a informação que a audiência de julgamento foi marcada. Liguei para me informar quando seria e quase cai para trás:

25/02/2013 às 14:32hs

Fiquei injuriada, pois, a morte da Lana foi em novembro de 2011, o vídeo com aquelas cenas malditas foi para internet em dezembro do mesmo ano e a denúncia à justiça feita em 25/01/12. Ou seja,  só 16 meses depois, veremos esta criatura indo pela primeira vez responder o crime na justiça!!!!

Agora, galera, saibam que:

27/03/2012

Promotor quer que agressora de cão yorkshire pague indenização por dano moral

.
Mesmo com a ação copiada e o numero do processo informado, pessoas acharam que não era verdade o que publicamos... fazer o quê? nem divulgam p´ra não prestigiar nossas ações... De novo: fazer o quê? ô pobreza de espírito!!!! a luta é coletiva e cada um faz um pedacinho... o que não dá e não fazer nada e botar areia no trabalho dos outros... Tô certa ou tô errada? huuummmm... Vejam o publicado no site do Ministério Público de Goiás... será que assim a galera toda vai divulgar? tomara!!!!!!

26/03/2012 - 16h52
Promotor quer que agressora de cão yorkshire pague indenização por dano moral

24/03/2012

Caso da yorkshire Lana: promotor entra com ação de danos morais coletivos

.
Na metade de dezembro de 2011, um vídeo começou a rodar pela internet com cenas de uma mulher espancando uma cadelinha yorkshire. Diante do horror, resolvemos a apurar e  acompanhar o caso. Primeira coisa a saber era o nome da vítima de um daqueles "serumanos" que tanto abominamos.

Lana, era seu nome. O espancamento acontecera um mês atrás (nov.) na cidade de Formosa/GO e só depois do vídeo ganhar visibilidade nas redes sociais, a polícia apressou a investigação. Desejando saber o grau de tamanha covardia, entrevistamos todos os personagens envolvidos nesta tragédia, excetuando a executora e seu marido. Tudo a disposição em nosso blog. Na metade de janeiro de 2012, o inquérito policial foi finalizado e o caso foi para a Promotoria.

Em 11/02/12, publicamos, em primeira mão, a denúncia-crime contra a acusada feita pelo Sr. Promotor Criminal da Cidade de Formosa em Goiás, Dr. Lucas Danilo Vaz Costa Júnior. CONFIRAM. Aliás, nesta postagem, estão os links em que  divulgamos todo material apurado. Sobre esta ação, informamos que o Juiz ainda não citou a acusada, talvez, por estar cheio de assuntos prioritários. Temos que entender. Estamos aguardando o andamento e com certeza, terá um final justo.

imagem ilustrativa
De lá p´ra cá, as boas energias trazidas pela causa de defesa dos animais, nos colocaram em contato com o Sr. Promotor do Meio Ambiente da Cidade de Formosa, Dr. Heráclito D´Abadia Camargo. Conversamos algumas vezes sobre a possibilidade de ser feita uma Ação Civil Pública por Danos Morais Coletivos, como foi o caso da cadela Preta, ocorrido em Pelotas, RS (ago/2010).

Encaminhei todo material que tínhamos a respeito e, no início de março, ele começou a dar indícios que conseguiria fazer, apesar, da quantidade gigantesca de processos complicadíssimos que o cercam naquela promotoria. Aliás, esta semana, um dos promotores sofreu um atentado por conta de questões do meio ambiente. É, pessoal, é coisa p´ra macho mesmo!!!!! Que Deus proteja os homens justos porque só temos eles para nos ajudar.

Então, com a satisfação de mais um passo vitorioso por justiça à nossa Lana, publicamos a primorosa ação feita pelo Promotor Heráclito que recebeu o nº 201201045988 no Tribunal de Justiça do Estado de Goiás. Para ler



.

19/01/2012

POLÍCIA CONCLUI INQUÉRITO SOBRE CASO DA YORSHIRE LANA

Agressora vai ser indiciada por maus-tratos e constrangimento de criança.
'Na prática, vai ser difícil que ela seja presa', acredita delegada.
Rafaela Céo
Do G1 DF

11/01/2012

NOTÍCIAS SOBRE O CASO DA CADELINHA YORKSHIRE COVARDEMENTE ASSASSINADA - FORMOSA - GO




Nos não nos esquecemos mesmo da crueldade e covardia de um "serumano" praticada contra um pequenininho cão na cidade de Formosa, em Goiás!!!!!

Liquei para o Dr. Firmino, titular do 1º Distrito da Cidade de Formosa - GO, e apurei o seguinte:




  • o caso já voltou para a Dra. Renata Brandimart que, após ter instaurado o inquérito na ocasião da denúncia, saiu de férias. Acredito que ela seguirá a mesma linha de conduta que o Dr. Frimino seguiu durante este período. Na cidade existem, apenas, dois distritos policiais e quando um dos delegados saem para férias, licença ou viagem, o outro substitui;
  • ambos delegados estão estudando, juridicamente, a inclusão do crime continuado para aumentar a pena a ser avaliada pelo juiz;
  • foi feito a avaliação psicológica da menina ontem, como programado, e o laudo deverá chegar até o final de semana. Aliás, o depoimento feito pelo autor das imagens vindo de outra cidade, já chegou;
  • pelos cálculos otimistas, a Dra. Renata deverá, na próxima semana, encaminhar o inquérito ao Fórum da Cidade para ser distribuido ao promotor;
  • comentei se haverá envolvimento do marido no crime como cúmplice e conivente. Está sendo estudado tal possibilidade;
  • agora, a droga é que o advogado de defesa da tal "criatura", vai tentar derrubar a "multa" do IBAMA sob a alegação que não houve procedimento administrativo correto. Sempre falo para vocês que, se não houver todo cuidado e empenho de um delegado para montar o inquérito de forma correta, os advogados ganham nestas contestações, facilmente. Daí, o juiz não tem como ignorar, entederam? Vamos ver como o IBAMA vai se sair nesta.
Bem, quando chegar ao promotor, vamos ver se ele considera a Petição, onde constam mais de 400 mil assinaturas, como desencadeadora de uma Ação de Dano moral Coletivo, como foi o da cadela Preta, certo? Agora, vamos continuar aguardando o desenrolar dos atos legais e até comentei com o delegado sobre se ele tinha idéia da repercussão do caso e da reação pública a respeito.

É que ontem, durante a estréia do Programa BBB12, da Rede Globo, os 16 participantes, durante a prova de confinamento dentro de um carro, citaram o assunto da "mulher que matou o cachorrinho". Ouve-se uma voz masculina indignada no meio deles: "deveriam fazer com ela o que ela fez com o cãozinho" apoiado por todos....

Isto é um estudo acadêmico e tanto!!!! né não?
_________________________
Nossas postagens sobre o assunto: 

28/12/2011

UM POEMA SOBRE A YORK LANA E A LUTA EM SUA DEFESA

Nos enviaram um cartão constando vários endereços eletrônicos sobre o movimento de justiça para a cadelinha Lana. Olha aí...


Aliás, vendo o blog citado no cartão acima eu achei esta imagem e lembrei que uma leitora nos falou (nos comentários de uma de nossas postagens sobre o tema), em fazer uma ação de danos morais coletivos. Porém, ela não me enviou o seu e-mail. Acho que o nome é Myrthes, se não falha a memória. Gostaria muito que ela entrasse em contato comigo. Vejam a comparação do caso Preta:


Leiam o lindo texto da poeta Gilda Pinheiro de Campos em homenagem à Yorkshire Lana, brutalmente assassinada.


.

22/12/2011

INFORMAÇÕES SOBRE O CASO DA MORTE DA CADELINHA YORKSHIRE

CASO DA CADELINHA YORKSHIRE LANA:
O MARIDO E A EMPREGADA DA ACUSADA SERÃO OUVIDOS HOJE PELA POLÍCIA
CONIVÊNCIA OU OMISSÃO NO CRIME?

Gente, um esclarecimento que vou dar:

1 - o crime que a Sra. Camila cometeu contra o animal e a filha dela é crime de menor potencial ofensivo, ou seja, não comporta prisão. Pode ser sentenciada a serviços sociais e multada. Portanto, não adianta ficar pedindo prisão, pois demonstra só desconhecimento. Isto só aconteceria se ela fosse sentenciada por um juiz e tivesse péssimos advogados.

2 - graças ao partido que governa nosso país, NÃO EXISTE MAIS PRISÃO EM FLAGRANTE. Os deputados, p´ra não prender bandidos que poderiam ser um deles (ou parentes), apoiaram a lei que acabou com este tipo de prisão. Portanto, não caberia a ação com referência ao caso. Não adianta culpar a polícia e a justiça... é coisa da corja de deputados, tá?

3 - a função de um delegado (Polícia) é indiciar; do promotor (Ministério Público) é denunciar; do juiz (Tribunal) é condenar ou não.


4 - apesar do Conselho de Enfermagem dizer que só poderia expulsá-la por avaliações técnicas, poderíamos questionar se o Conselho Ético deles não funciona. A questão da morte da cadelinha só tem valor para nós, mas, a questão da exposição da filha é gravíssimo e temos que atuar melhor neste argumento, pois, através dele conseguiremos maior punibilidade desta criatura. Repararam que ela (por orientação dos advogados) só se declarou culpada do crime ambiental? ah é? ela acha que vai passar batida no resto? vai não.....

Portanto, temos um longo caminho pela frente e não adianta ficarmos agoniados/as porque até o Delegado reunir as peças do inquérito (depoimentos, laudos, atestados, etc.) vai demorar. Por ex.: os psicólogos marcaram o atendimento da criança para o dia 10 de janeiro. Isto quer dizer que, até lá, é garantido que o inquérito não seja terminado, certo?

Depois, vou informar com número de leis e tudo mais todas estas informações técnicas para que os céticos confirmem... hehehehe.... O raio do tempo não me deixa fazer o serviço completo de uma vez só!!!!!
.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪