RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador césio. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador césio. Mostrar todas as postagens

22 de março de 2011

ANIMAIS - CONTAMINAÇÃO NUCLEAR - EXEMPLOS

Não me levem a mal pela sinceridade que vou usar. É sobre uma petição que rola na web e que vários leitores me repassaram. Diz ela que cachorros abandonados em áreas de contaminação nuclear no Japão serão mortos em 72hs se os donos não os resgatarem. Pede nossa assinatura para que isto não aconteça. Santa ingenuidade!!! Seguinte:

- desde quando o Japão ouviria reivindicações de proteção animal tendo uma frota de baleeiros que mata baleias descaradamente usando argumentação de "fins científicos"?

- desde quando o Japão ouviria argumentações depois de ter sido desmascarado para o mundo através do premiado documentário "The Cove"? VEJA AQUI NOSSA POSTAGEM

- desde quando o Japão ouviria nossos pedidos depois que se negou a falar sobre uma estudante japonesa que se matou por conta de aulas de anatomia na faculdade de veterinária que cursava?

- o principal: em três dias para cancelar uma ação destas? Olha, eu pesquisei nos sites citados na referida petição e não li nada a respeito.... salvo minha incompetência na hora de pesquisar.


Temos que perceber que o movimento evolutivo que vemos no Japão em respeito à vida animal, é, evidentemente, graças ao trabalho de ong´s locais e pela consequência do fenômeno chamado Internet no mundo inteiro. Culturas estão sendo difundidas e os japoneses viram que gostar de bicho é algo que faz bem a sua saúde (vide as diversas matérias sobre aluguel de cães para convívio, bares com gatos, etc.).

Então, vamos analisar melhor estas petições que aparecem e economizar forças até mesmo em função da lição que aprendemos, recentemente, sobre a morte das capivaras em Campinas, no Estado de SP. Em se tratando de preferenciar saúde, a humana vem primeiro, em segundo e até o final da fila de opções. É o caso destes animais no Japão que, não reclamados pelos donos, serão mortos por terem sidos atingidos pela radiação nuclear.

Ontem conversando a respeito com meu amigo Carlos, ele lembrou algo muito importante para ser citado aqui. Em setembro de 1987 tivemos aqui em Goiânia - GO, um caso famoso de contaminação nuclear que virou até filme. Os donos de um ferro-velho abriram um equipamento radioterapico, achando que seria, apenas, sucata.

A contaminação pelo césio contido no equipamento, foi generalizada no bairro e muita gente morreu ou ficou gravemente doente até hoje. Acontece que, na casa deles havia um cão chamado Sheik que foi abandonado na casa morrendo a cada dia. Uma morte terrível. Leiam a rápida pesquisa que fiz sobre o assunto

CLICANDO AQUI


A foto, foi a única que achei pelo Google. Se alguém tiver outras, manda p´ra gente, por favor.


Sem chiliques por causa da pergunta: alguém prefere que os animais morram da maneira descrita no dossiê acima? Eu não, prefiro até discutir como serão mortos. Aliás, estou sempre para abrir um debate, entre nós, sobre o conceito de vida e morte. Eu chego lá....

Finalmente, vejam uma frase que pincei da pesquisa que fiz e que foi dita por um técnico em energia nuclear, na ocasião :
"Como recolher o cachorro Sheik que, depois de longa agonia, morreu e estava lá como uma bomba?"
.