Mostrando postagens com marcador cérebro. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cérebro. Mostrar todas as postagens

15/08/2017

Pesquisadores da UFF estudam danos causados ao cérebro pela má alimentação

TIRA O TUBO!!!!!!!!!!!!!!!! quando eu falo que estas pesquisas são meramente um motivo de receber financiamentos do governo não é a toa!!!!!!!!!!!! Por favor, leiam esta "pesquisa" e me digam quem não sabe disto? agora tendo acesso ao Google então, a gente encontra verdadeiros compêndios  sobre o assunto..... Socorro!!!!! pára tudo que eu quero vomitar....
---------------
Crianças mal alimentadas podem apresentar sintomas similares ao autismo
Os pesquisadores da Universidade Federal Fluminense (UFF) avançam nos estudos sobre a relação entre a alimentação e os distúrbios mentais, principalmente nos primeiros anos de vida. O objetivo da pesquisa, realizada pelo Laboratório de Plasticidade Neural (LPN) da UFF, é estabelecer os danos provocados pela má nutrição ao cérebro e de que forma é possível recuperar o desenvolvimento normal com mudanças nos hábitos alimentares e estratégias de suplementação de nutrientes.

A pesquisa, realizada em modelos animais, mostrou que ratos mal alimentados apresentam atrasos significativos no desenvolvimento sensorial, o que sugere que crianças mal estimuladas e/ou mal alimentadas podem apresentar alguns sintomas característicos do autismo, como o atraso na fala, apatia e baixa interação social. Além disso, o estudo, nos modelos animais, sugere danos permanentes, indicando que a má nutrição pode produzir quadros de atraso do desenvolvimento limitando de forma permanente o desempenho da criança e do adolescente.

Os pesquisadores trabalham com nutrição experimental, por meio de testes, para avaliar os efeitos causados por dietas. A partir das avaliações buscam construir conhecimento das condições normais e patológicas do desenvolvimento neural dos indivíduos, inclusive durante a formação do feto na gravidez, com o propósito de evitar distúrbios, deficiências mentais e doenças neurodegenerativas.

“A expectativa é que os resultados dos experimentos possam contribuir para a questão da saúde pública e para a conscientização da população sobre a importância de uma alimentação equilibrada para os mais diversos aspectos do desenvolvimento humano”, explicou o professor e chefe do laboratório da UFF, o neurocientista Claudio Alberto Serfaty.

Segundo o professor, o período crítico de desenvolvimento vai do nascimento até os sete anos de vida, mas que pode se estender até o fim da adolescência. A estimulação ambiental e a nutrição correta e balanceada são fundamentais para o amadurecimento do cérebro.

De acordo ainda com o neurocientista, não é somente a forma da desnutrição proteico-calórica, em que as crianças são de baixo peso e baixa estatura, que preocupa. Existem outras em que a criança tem um bom aporte energético (não perde peso) que são tão preocupantes quanto a forma mais grave de desnutrição, ao menos para o desenvolvimento do cérebro.

“Devemos estar sempre atentos à educação nutricional. Os pais precisam ficar em alerta com as crianças que consomem alimentos industrializados em excesso e se recusam a uma alimentação adequada com fontes proteicas. Comida saudável é aquela que fazemos em casa”, ressalta Claudio Alberto Serfaty. Para ele, o ideal é que toda a população tenha acesso a um melhor padrão nutricional, principalmente as gestantes e as mulheres que estão amamentando, para que o feto e o bebê tenham um desenvolvimento saudável.

Segundo o vice-reitor da UFF, Antonio Claudio da Nóbrega, o trabalho realizado no laboratório mostra um dos mais importantes papeis da universidade, que é o de gerar conhecimento e assim contribuir para a construção de uma sociedade mais saudável com base na informação.

FONTE: JB

25/06/2017

Cientistas analisam cérebro de cães e concluem que eles também são 'pessoas'

Não sei se alguém ainda lembra do Ministro Magri que disse que "cachorro também é gente" e acabou virando chacota em todo país. Seria a hora dele aparecer e dizer: Eu não falei? kakakakaka....
------- 
Pesquisadores obtiveram imagens de atividade cerebral de animais acordados que mostram boas similaridades entre os caninos e nós.

Um grupo de cientistas treinou cães para serem submetidos ao exame de ressonância magnética com a intenção de gerar material científico sobre como o cérebro desses animais funciona. Após dois anos de estudos, um dos pesquisadores, Gregory Burns, defende: os cachorros são 'gente', como nós. As informações foram divulgadas pelo jornal The New York Times.

Gregory começou por treinar a sua mascote, a cadelinha Callie. Foram meses de ensinamentos para que ela se acostumasse a uma máquina de ressonância magnética de mentira, depois uma de verdade. Após alguns meses, conseguiram realizar o exame e obtiveram os primeiros mapas de atividade cerebral.

Os pesquisadores procuraram tratar os animais como se fossem pacientes humanos: não lhes obrigavam a realizar os exames e eles poderiam abandonar a pesquisa quando quisessem.

O sucesso, a promessa de revelar como os cães pensam e o tratamento dado pela equipe de cientistas aos animais, chamaram a atenção da comunidade dos donos de cães e a equipe de Gregory passou a contar com uma dúzia de mascotes caninos para os testes.

Não, ainda não podemos dizer como os cães pensam. No entanto, os resultados acerca de uma área específica do cérebro já podem dar algumas pistas. O núcleo caudado, presente tanto nos humanos quanto nos caninos, está relacionado nos humanos ao prazer causado por coisas que gostamos: comida, música e até mesmo beleza.

Com os cães, os cientistas concluíram que essa área do cérebro apresenta atividade parecida: ela reagia a sinais que indicavam comida, ao cheiro de pessoas conhecidas e até mesmo ao retorno do dono após um período ausente.

“A habilidade para sentir emoções positivas como, por exemplo, amor e apego afetivo, colocaria os cães no mesmo nível de sentimentos comparado ao de uma criança”, escreveu Gregory ao jornal The New York Times. Ele acredita que os estudos servirão para mudar o modo como a sociedade trata os cães.

“Cachorros e, provavelmente, muitos outros animais parecem ter emoções assim como nós. Isso significa que devemos rever o tratamento de animais de estimação enquanto propriedade”, defende.

Fonte: Estadão

15/05/2017

Olhar filhotes de cachorros produz efeito curioso no nosso cérebro

Conclusão? olhar filhotes promove a felicidade..... descobriram isto agora, camaradinhas? 
-----------
Fotos e vídeos de filhotes fofos de cães e outros bichos fazem tanto sucesso que invariavelmente “quebram a internet”. Se você é capaz de perder horas admirando imagens de animais bebês e não entende por que o hábito te deixa tão calmo e feliz, saiba que o fenômeno é universal e possui até explicação científica.

Por que gostamos de ver fotos de filhotes de animais
Uma das principais teorias sugeridas pela ciência aponta que o efeito agradável é acionado pela liberação de dopamina e oxitocina que, no cérebro humano, promove a sensação de recompensa e felicidade. Os mesmos produtos químicos são liberados quando olhamos para bebês e até quando nos apaixonamos por alguém.

A liberação química é desencadeada por sinais visuais típicos de bebês mamíferos, como uma cabeça grande em relação ao tamanho do corpo, olhos grandes, forma de corpo arredondado e superfícies de pele macia.

De acordo com os estudiosos, como os bebês humanos são frágeis e parecem desamparados, nossa resposta biológica nos faz querer cuidar e proteger dos pequenos. O fato ainda proporcionou grande vantagem evolutiva para a nossa espécie.

FONTE: VIX

09/02/2016

O que acontece com seu cérebro quando você assiste vídeos de animais fofos

Fico pensando no que tem dentro das entranhas de um "serumano" quando não sente a mínima ternura por um animal...... 
------------------------
Mais de 219 milhões de pessoas assistiram a um vídeo de 16 segundos que mostra um bebê panda espirrando e assustando sua mãe. No mínimo, isso são 58 milhões de minutos, ou 111 anos, gastos assistindo essa sensação viral.

Se você ainda não viu, pode adicionar seu tempo a esta conta:

Há, ainda, todo um canal no YouTube dedicado às aventuras de pequenos hamsters comendo alimentos minúsculos, comemorando

29/07/2015

Cientistas criam robô com cérebro controlado por bactéria

Esta gente usa os animais p´ra fazer as melecas que vem na cabeça.... Sinceramente, eu não aguento estas pesquisas.....
-------------------------------------------------
Usar o cérebro de animais para controlar robôs não é exatamente uma ideia nova, mas as abordagens usadas até agora vinham se concentrando em simular o cérebro de animais em computador, para que esses programas controlem os robôs.

Agora, Keith Heyde e Warren Ruder, da Universidade da Virgínia, nos Estados Unidos, demonstraram que controlar um robô não exige um cérebro inteiro – basta uma bactéria.

“Nós criamos um modelo in silico de um microbioma vivo, projetado com biologia sintética, que interage com um hospedeiro robótico

10/07/2015

Nicolelis demonstra como cérebro de dois ou mais animais pode trabalhar em conjunto

Meu Deus!!!!!!!!!!!! este tal Nicolelis tinha que ser preso num manicômio!!!!!!!!!!!! Ele se supera em loucura a cada dia... Pior é que recebe aplauso de todo mundo que faz questão de ignorar tudo que se passa nos bastidores da experimentação!!!!!!! Temos que dar um jeito de parar esta loucura!!!!!!!!! experiências que não levam a nada.......... Caso queiram saber um pouco das loucuras deste monstro publicadas em nosso blog, CLIQUE AQUI.
---------------------------------------------------
Macacos combinaram parte da atividade cerebral para realizar tarefas motoras ou outras operações computacionais

A ilustração publicada no estudo científico mostra que cada macaco tinha uma movimentação diferente a ser feita. No entanto, quando os três faziam juntos, o grupo atingia um único objetivo, que era movimentar um único ponto em um monitor (Foto: Reprodução/Scientific Report)

Neurocientistas da Universidade Duke, na Carolina do Norte, EUA, demonstraram um novo paradigma, derivado do conceito de interfaces cérebro-máquina. Eles mostraram como os cérebros de

18/02/2015

Gato se recupera de cirurgia para retirada de faca do seu cérebro - Rússia

Tem coisas que a gente não sabe explicar, né mesmo? Olha p´ra isto.... ainda bem que foi atendido e vai se recuperar. Tem um pequeno vídeo ao final da postagem.
--------------------------------


Um gato escapou milagrosamente da morte depois de ser esfaqueado na cabeça com uma faca de cozinha. 

O animal foi encontrado entre arbustos por uma protetora com a lâmina enfiada em seu crânio na cidade de Sevastopol, na Península da Criméia, e foi levado para um veterinário que ficou impressionado com a sorte do bichano que

17/09/2014

Peixe de estimação passa por cirurgia para retirada de tumor

Caraca, isto é inacreditável..... sabia de cirurgia em peixes, mas, com esta complexidade parece até invenção.... a conferir.... Se bem que, tem muitos pesquisadores que usam peixes para fazer suas experiências mais mirabolantes.... são uns malucos mesmos... pior que abençoados pela opinião pública.....
----------------
O pequeno George teve um tumor retirado e poderá viver por muitos anos
Procedimento foi bem-sucedido e George poderá viver por muitos anos, segundo médico veterinário

Um casal australiano teve de pagar centenas de dólares por uma cirurgia de risco em seu peixe de estimação de 10 anos, após ser descoberto um tumor cerebral que estava impedindo que ele

28/06/2014

Opositores de Miguel Nicolelis revelam bastidores



Agora, vejam mais uma das revelações sobre o famoso exoesqueleto. Claro que este cara aí da matéria deve ter ferrado com muitos macacos, mas, ficamos sabendo mais sobre os porões da pesquisa... É a maldita "CORRIDA HIGH TECH"....pobres animais... são usados e abusados em massa....
------------------------
Chip no cérebro faz tetraplégico mover a mão 

Um chip de eletrodos implantado diretamente no cérebro de um paciente tetraplégico conseguiu fazê-lo mover a mão. A tecnologia, criada por cientistas do Instituto Batelle, de Columbus (EUA), usa um bracelete especial que estimula os músculos do braço do paciente.

Num experimento realizado há dez dias, feito em colaboração com a Universidade do Estado do Ohio, o voluntário Ian Burkhart, 23, conseguiu mover dedos individualmente e flexionar o punho de sua mão direita para frente e para trás.



Na prática, foi a primeira vez que um chip foi conectado diretamente ao córtex motor, a área do cérebro

10/06/2014

Testes em Animais: Cientistas estão cortando crânios de gatos, deixando-os abertos para conectar eletrodos no cérebro



A utilização dos animais para estes experimentos não é novidade, mas, já que fizeram uma matéria para criticar, a gente reforça, né mesmo?
----------------------
Testes em Animais: Cientistas estão cortando crânios de gatos, deixando-os abertos para conectar eletrodos no cérebro
Gatos foram paralisados, tiveram seus crânios abertos e eletrodos colados em seus cérebros, costelas e ao redor de sua espinha, em uma experiência angustiantes feita pelo laboratório de uma universidade.

Os animais estavam sendo usados pelos cientistas para que seja possível entender melhor o funcionamento do corpo humano, mas os procedimentos são tão cruéis que muitos já foram mortos.

13/02/2013

Miguel Nicolelis continua suas maluquices.... "sexto sentido" em ratos, pode?


Sinceramente, minha opção seria internar este infeliz..... Para ler a matéria completa da Veja CLIQUEM AQUI.

Equipe de Nicolelis cria "sexto sentido" em ratos
Por meio de implantes no cérebro, animais passaram a ser capazes de sentir a luz infravermelha, habilidade inédita em mamíferos

13/07/2012

Religião atrofia o cérebro?

.


Olha, a reportagem é interessante, mas, o título é meio estranho para o contexto. Estou publicando porque fiz um paralelo com o que andamos discutindo por aqui... aquele lance sobre os paradigmas que atingem os animais, lembram? Se quiserem ferver os miolos, cliquem AQUI  para ler....
Não briguem comigo, tá? 
como diz a galera: tô só repassando...
 kakakaka....

19/05/2012

Experimentação animal: Projeto permite que pacientes paralisados controlem braço mecânico com a mente

.
Gente, será que este cara é da turma do Miguel Nicolelis ou concorrente? se for concorrente..... kakakakaka.... deixou o dito cujo comendo poeira.... Lembram daquele repórter do Fantástico que disse que os macacos estavam se divertindo enquanto estavam sendo torturados pelo Nicolelis?  Pois, é... Quantos morreram se divertindo, não?
Bem, agora é que estes pesquisadores estão afinando os ponteiros... testando em humanos... Já tem outros casos, mas, nenhum do talzinho....


"Um experimento científico realizado nos Estados Unidos permitiu que dois pacientes que estavam paralisados do pescoço para baixo pudessem realizar tarefas controlando por meio de sua mente um braço mecânico.
Cathy Hutchinson conseguiu controlar mentalmente braço mecânico
Graças à técnica, a americana Cathy Huthinson pôde, pela primeira vez em quase 15 anos, beber um líquido sem a ajuda de outra pessoa.
O invento liga um sensor implantado no cérebro a um computador, que traduz sinais elétricos em comandos.
O projeto foi realizado pela Universidade de Brown, nos Estados Unidos, juntamente com o Departamento de Assuntos de Veteranos do Estado americano de Rhode Island, e do Departamento de Neurologia do Hospital Geral de Massachusetts e a Escola de Medicina de Harvard, em Boston."
BBC - 17/05/12
.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪