Mostrando postagens com marcador bull terrier. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador bull terrier. Mostrar todas as postagens

15/09/2015

Cachorro bull terrier salva seu dono que estava sendo atacado por um touro

Meu Jesus de Nazaré, por que não acabar com isto? Este vídeo é de 2011, mas, tenho certeza que continua acontecendo do mesmo jeito..... ou seja, cães e touros participando em espetáculos nojentos como este....
--------------------------------------



15/07/2014

Cães são resgatados em estado de inanição em Rio Preto



As pessoas capazes de promover tamanho maus-tratos a animais, não são dignas sequer de respirarem....
----------------------
Vitória e Lex se recuperam depois de tratamento (Foto: Reprodução / TV TEM)
Pit bull e bull terrier foram encontrados muito magros. 
Resgates foram feitos por protetoras e pela Polícia Militar nesta semana.

Dois casos de maus-tratos contra animais ganharam destaque nos últimos dias nas redes sociais em São José do Rio Preto (SP). Uma cachorra da raça pit bull e um bull terrier foram encontrados muito

13/06/2014

Cadela furtada de estúdio é vendida e encontrada pelos donos via Facebook



Pura sorte mesmo....
-----------------
Revista Eletônica "O Grito do Bicho" - Fazendo a notícia na luta pelo direito dos animais do céu, da terra e do mar.
Uma cadela de três meses da raça bull terrier foi furtada de um estúdio de tatuagem na Rua Alferes José Caetano, no Centro de Piracicaba (SP), na madrugada de domingo (8), e recuperada após uma "corrente" feita no Facebook pelos donos. A mascote, chamada Madonna, foi encontrada nesta segunda-feira (9) na casa de outra família, que havia comprado o animal do suposto ladrão por R$ 100. Os donos divulgaram o caso na rede social e foram avisados por amigos quando a nova compradora postou fotos do bicho de estimação.

04/06/2014

Dono de cão o deixa amarrado em poste com colar de tijolos para ele ficar “mais forte” - Inglaterra


O que vale é que no Reino Unido as leis funcionam.... aqui no Brasil? fala sério...
---------------------------
Crueldade: Dono de cão o deixa amarrado em poste com colar de tijolos para ele ficar “mais forte”
Um proprietário de um cão, cuja raça é resultado de misturas com Bull Terrier, está sendo acusado de crueldade.

O cachorro foi encontrado amarrado em um poste, exposto ao sol, usando um tipo de “colar” de tijolos envolto por fitas adesivas. Quando questionado, ele apenas disse: “É para torná-lo mais forte”.

O caso ocorreu no Reino Unido e a denúncia foi feita por moradores que perceberam a grande dificuldade que o cão enfrentava ao tentar se movimentar com o peso no pescoço.

12/02/2013

Gatinho é morto por bull terrier em condomínio no Recreio - RJ


Estou publicando esta denúncia, pois, todos sabem que minha saúde não está me permitindo cair dentro de muitos casos. Quem puder dar uma força para nossa leitora Fabiana, eu agradeço:

***************
Olá.
Sou Fabiana de Oliveira Garcia e primeiramente gostaria de agradecer vocês pelo trabalho de proteção aos animais. Eu mesma tenho vários animais que tirei das ruas e que cuido como se fossem meus filhos. 

Estou entrando em contato para denunciar e pedir ajuda em um caso de crueldade que resultou na morte de um filhotinho de gato, o qual eu tratava e alimentava.nos jardins do condomínio Barra Bali II - Recreio dos Bandeirantes (onde moram minha mãe e irmã).  O autor do crime trata -se de um adolescente chamado Derek e também morador do mesmo condomínio, dono de um Bull Terrier, que estava portando este animal sem focinheira e com uma coleira do tipo retrátil. Ao chegar no jardim onde o gatinho `morava´; propositalmente alongou tal coleira para facilitar a caça ao gatinho. Instantes depois o animal já tinha sido brutalmente assassinado(conforme foto em anexo). 

Como  minha mãe mora no 1o andar e com vista para este jardim, antes de descer, eu , minha irmã e minha mãe escutamos o amigo do Derek gritando: `Derek, você matou o gatinho.´Quando eu e minha irmã chegamos lá embaixo, vimos o gatinho morto e o Derek indo embora calmamente, como se nada tivesse acontecido, demonstrando grande frieza nenhum remorso.

O que vem nos indignando é que no dia seguinte, o tal Derek desceu com o seu Bull Terrier ainda sem focinheira e novamente alongava a coleira do seu cão, permitindo que este entrasse novamente nos canteiros à caça dos outros gatinhos que também moravam aqui. Não bastasse tal afronta.,logo depois a irmã do Derek ( de aproximadamente 9 anos) desceu portando o mesmo Bull Terrier e da mesma forma adentrava propositalmente o canteiro e deixando que o cão livremente se movimentasse a procura de gatos. Tal fato foi registrado em video por mim. Diante disso, me senti obrigada a retirar três gatinhos dos tais jardins e levá-los para minha pequena casa em Vargem Grande aonde já residem 2 cães idosos, 2 gatos e uma pombinha cega. 

Passei também a filmar o Derek comprovando em alguns videos o seu descaso e até mesmo o seu deboche diante estes tristes fatos culminando em uma atitude provocadora e agressiva comigo, inclusive se contradizendo em video sobre sua versão de morte do gatinho. Vergonhosas também, foram as atitude dos pais do Derek pois se omitiram completamente; e da empresa de segurança do condomínio, cujo segurança em serviço na hora do assassinato tratou o gatinho morto como lixo dizendo que seu corpo não poderia permanecer até a chegada da viatura policial(chamada por mim para fazer um boletim de ocorrência).
  
Finalmente não quero marginalizar o Bull Terrier pois é apenas um animal mal conduzido pelo seu dono. Apenas peço encarecidamente para que os pais do Derek respondam judicialmente pelo crime que aconteceu. Para que hajam outras vítimas. Fico à disposição para maiores esclarecimentos por e-mail ou contato telefõnico: 7661-7311
Grata pela atenção
Fabiana Garcia




AS FOTOS A SEGUIR SÃO FORTES. NÃO VEJA SE NÃO TIVER ESTOMAGO. SÃO DO GATINHO:

RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪