RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador bar. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador bar. Mostrar todas as postagens

29 de julho de 2017

Corujas são a atração de bar em Tóquio

O programa Mais Você, apresentado pela Ana Maria Braga, mostrou um bar em Tóquio onde corujas fazem companhia aos usuários enquanto comem ou bebem. Ela exalta o sucesso do empreendimento e em nenhum momento, apesar das corujas apresentarem bons tratos, ela se dá conta que na verdade as aves são exploradas. Mas, o que esperar de alguém que cria gado de corte, né mesmo? Ela demonstrou tanto espanto que faltou informação da produção. Lá no Japão tem vários bares onde se convive com gatos, cães, ratos, cobras, aves e outros mais.
-------------
Local abriga 70 aves de cerca de 15 espécies, que podem interagir com os clientes

video

10 de maio de 2016

Bar de Londres inova com o cão garçom!


Sinceramente, entre vê-los abandonados, prefiro numa atividade como esta. É exploração animal? sim... é.... mas, pelo menos ganham muito carinho, né mesmo?
-----------------------------




O bar Kronenbourg de Londres resolveu inovar no atendimento: "contratou" cães para servirem cerveja e queijo para os clientes. Os cães foram especialmente treinados para carregar barris de cerveja gelada.

7 de outubro de 2015

Cadela fica em frente ao bar onde dono morreu em Araçatuba - SP

Mais uma demonstração do quanto estes seres estão acima de nossa compreensão. Só não acredito que a cadela não queira ir com a família....
Fonte: G1
----------------------------------------

'Nega', como é conhecida, vivia aproximadamente há um ano com a vítima. 
Família não consegue levá-la para casa, porque não quer sair do local.

A amizade entre uma cadelinha e o seu dono comoveu moradores do bairro Alvorada, em Araçatuba (SP), na tarde deste sábado (3). A cadela “Nega”, que pertencia ao homem que morreu na noite desta

20 de março de 2012

Lei de proteção aos animais determina toque de recolher para gatos no Japão

.
Os gatos-cafés são locais onde as pessoas interagem com os animais, que geralmente são proibidos de viver em apartamentos do país. Mas uma lei polêmica obriga os estabelecimentos a recolher os animais às 20h, justamente no horário de maior movimento.


Pelo mundo - Globo News - 16/03/12