Mostrando postagens com marcador aves. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador aves. Mostrar todas as postagens

24/09/2017

Comunicação das aves do Pantanal é projeto de estudo para cientistas

O Globo Repórter do dia 22/09/17 foi muito bom. Separei este episódio porque achei maravilhosa a pesquisa que estão fazendo.... muitoooo legal mesmo!!!! 
--------------- 
Pesquisadores brasileiros e estrangeiros se uniram para estudar e desvendar os mais de 120 tipos de sons que os pássaros da região emitem.
O som da vida. Basta ficar quietinho para ouvir uma orquestra natural. Às vezes é difícil até saber de onde vem o som. Algumas aves emitem mais de 120 tipos de sons, que podem indicar medo, fome ou acasalamento. Mas tudo isso ainda é um mistério para a ciência. Pesquisadores brasileiros da Europa se uniram para estudar os sons dos bichos do Pantanal.

14/09/2017

Globo Natureza: Refúgio dos Guarás


Adoro ver esta série.... Olha que lindos!!!! Quando novinhos tem as penas escuras e quando adultos aquele vermelho incrível!!!!!
---------------
O alimento principal dos guarás é o caranguejo, encontrado com

05/09/2017

Sítio oferece refúgio para aves e outros animais


Acho que em breve não teremos mais nada..... São poucos que se dedicam em salvar nossa fauna e flora..... aliás, salvar o planeta..... Se todos fossem iguais a este advogado, seria bom viver, né?
----------------
Propriedade em Indaiatuba (SP) é preservada por advogado.
Fonte: G1 - Terra da Gente

15/07/2017

Caça predatória de aves em comunidade rural do AP é investigada pela Polícia Civil

Alguém confia na promessa de que "vão investigar"? Acho que precisamos reagir como povo e passar a exigir mais de nossos governantes. Aliás, noutro dia, conversando com amigos chegamos ao consenso que não se fazem mais líderes como antigamente. Infelizmente, hoje, os que aparecem não querem fazer um trabalho idealista ou, então, se corrompem. Ah, céus!!!! às vezes concordo que a facilidade da internet tirou o tesão do cidadão.... 
-----------
Moradores de São Benedito do Pacuí denunciaram que caçadores matam filhotes de ‘cauauá’ em lago perto do distrito. Dema informou que vai investigar para identificar criminosos.

Moradores da comunidade de São Benedito do Pacuí, distrito de Macapá, denunciaram à Delegacia do Meio Ambiente (Dema), o que seria uma caça predatória a aves. A comunidade chama os animais de “cauauá”. A Polícia Civil informou que vai investigar a situação.

A denúncia foi aceita pela delegacia na segunda-feira (10). Segundo o delegado Sávio Pinto, os moradores contaram que começaram a ouvir muitos tiros geralmente após as 16h30, vindos de uma região conhecida como “Campina do Cajual”. No local, que é alagado, os pássaros aproveitam o verão para procriarem e criarem os filhotes.

“Caçadores atravessam a mata e chegando nesse local, eles caçam de forma predatória esses animais. Há relatos de moradores que ouvem muitos disparos de armas de fogo. Depois quando vão olhar tem ninhos quebrados, filhotes mortos. A gente vai fazer uma incursão e vai descobrir quem está fazendo isso para responsabilizar essas pessoas criminalmente”, contou o delegado.

Segundo a denúncia, os criminosos atravessam a mata para chegar na Campina do Cajual, onde os animais estão e, depois de matar as aves, fogem para a comunidade de São Tomé do Pacuí, bem próximo da região. Não se sabe se os bichos são levados vivos do local.

A Dema informou que vai apurar a denúncia. O trabalho começa com duas linhas de investigação. A prmeira de que o crime é feito para o tráfico dessas aves, e a segunda, que elas podem estar sendo caçadas apenas por diversão.

“Eles têm ouvido muitos tiros no fim da tarde, geralmente no horário que as aves voltam para alimentar filhotes. Essa caça pode estar se dando por pura diversão, ou até para traficar, vender esses animais. Pode ser que eles estejam fazendo isso para comer, mas eu acho muito improvável porque é um animal magro”, explicou Sávio Pinto.

Ao serem identificados, os caçadores poderão responder pelo crime de caça predatória, previsto no artigo 29 da lei dos crimes ambientais, a 9.605. A detenção é de 6 meses a um ano, mais uma multa, segundo a lei. A delegacia disponibiliza o disk denúncia para receber informações através do número (96) 99132-0777.

FONTE: G1

13/06/2017

Mais de 620 gaiolas usadas em cativeiro ilegal são destruídas em Botucatu

É um ato simbólico e que devia ser vinculado em todas as mídias para surtir o efeito educativo, né mesmo?
----------
Ação faz parte das atividades da Semana do Meio Ambiente. Material foi encaminhado para cooperativa de catadores de recicláveis.

Como parte das atividades da Semana do Meio Ambiente, a prefeitura de Botucatu e a Unesp destruíram 623 gaiolas apreendidas durante operações de combate ao aprisionamento ilegal de aves na cidade.

A ação foi realizada no sábado (10). As gaiolas de vários modelos foram alinhadas por de 300 metros da Rua Lourenço Carmello, nas imediações do Parque Municipal Joaquim Amaral Amando de Barros. Uma máquina de rolo compressor foi utilizada para destruir as gaiolas.

A destruição também serviu como cumprimento judicial, já que ao serem aprendidas pela Polícia Militar Ambiental, as gaiolas devem, por lei, ser inutilizadas. Todo o material resultante da destruição será encaminhado a Cooperativa dos Catadores de Material Reciclável de Botucatu, para ser separado e reutilizado.

O coordenador do Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Silvestres (Cempa), da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp, Carlos Teixeira, cita que a realização busca combater especialmente os criadores de aves clandestinos.

“As ações são contra os criadores clandestinos, que devem ser combatidos. Apoiamos aqueles que fazem a criação legalizada, pois colaboram, inclusive, para a preservação das espécies”, explica.

A prática de aprisionamento de aves sem a liberação dos órgãos competentes é considerada como crime ambiental, segundo a Lei Federal n° 5.197.

FONTE: G1

25/05/2017

Estudo relaciona agricultura ao declínio populacional de aves na Europa

Alguém tem dúvida?
------------------------
Em regiões agrícolas, algumas espécies chegaram a perder mais de 80% de sua população nas últimas décadas. Monoculturas e uso intensivo de agrotóxicos seriam os principais responsáveis por esse cenário.O número de aves na Europa diminuiu significativamente nos últimos 30 anos, revelou um estudo do governo alemão divulgado nesta quinta-feira (04/05). Somente na Alemanha, um terço de todas as espécies de aves teve um declínio populacional significativo desde o fim da década de 1990.

Pássaros que habitam áreas agrícolas da União Europeia são os mais ameaçados. Nestas regiões, foi registrado o desaparecimento de 300 milhões de casais reprodutores entre 1980 e 2010, o que representa uma diminuição de 57% no número de animais.

O estudo mostrou, por exemplo, que a população de abibes diminuiu 80% entre 1990 e 2013. Neste mesmo período, os perdizes perderam 84% da sua população, o número de cartaxos-nortenhos caiu 61% e de cotovias 35%.

"O exemplo mais proeminente é cotovia, que costumava estar em todos os lugares. Atualmente, é raro ouvi-la em algumas regiões da Alemanha. Isso é, porém, apenas um sintoma do desaparecimento de todo um tipo de habitat", afirmou Lars Lachmann, do departamento de conservação de aves da organização ambientalista alemã Nabu.

Por ser mais fácil de serem contadas do que insetos, as aves são consideradas os animais que podem indicar o que está acontecendo com outras espécies de um ecossistema, além de fornecer informações sobre determinado habitat.

Segundo a Nabu, a intensificação da agricultura é a principal responsável por esse declínio populacional. Grandes plantações, monoculturas e o uso intensivo de agrotóxicos reduziram a possibilidade de reprodução e nidificação de insetos e vermes, os principais alimentos de aves.

O estudo mostrou que algumas espécies de insetos perderam mais de 90% de sua população devido ao uso de pesticidas e herbicidas. Para Lachmann, a União Europeia deveria mudar as políticas agrícolas para incentivar agricultores a usar métodos mais saudáveis para o meio ambiente.

"Manter 10% da região agrícola como área de prioridade ecológica já ajudaria. Isso não significa que não possa ser cultivado nesta região, mas que as plantações precisam ser ecológicas, por exemplo, destinadas para o cultivo de frutas", acrescentou o especialista. Outra opção seria o incento da produção orgânica.

Este não é o primeiro estudo que mostra a queda populacional de aves na Europa. Em 2015, dois relatórios revelaram que um terço das espécies de aves do continente está ameaçada ou diminuindo.

FONTE: Terra

11/05/2017

20/04/2017

'Não desconfiamos de ninguém', diz dono de aves usadas em Viracopos e mortas no fim de semana

Os animais foram cruelmente mortos por covardes que, provavelmente, o fizeram por vingança.... nojento mesmo....
------------------------
Dois gaviões e dois falcões foram treinados para afugentar pombos e garças do entorno da pista do aeroporto e evitar acidentes.

Não desconfiamos de ninguém”. A afirmação é do Vítor Manoel Santos, sócio da empresa responsável pelas aves de rapina usadas para afugentar outros animais do entorno da pista do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), e evitar choques com aeronaves durante os pousos e decolagens.

Dois gaviões e dois falcões foram mortos no final de semana. Os sócios registraram queixa na Polícia Civil para descobrir quem invadiu a área onde eles eram mantidos para matar os animais com golpes de facão. As aves foram esquartejadas.

Vítor Santos disse que desde novembro de 2014 o serviço é feito no aeroporto. E mesmo com a morte deles, o esquema não será interrompido.

“Hoje mesmo outras aves serão usadas, temos estrutura para isso”, disse ele.

O mais comum é o uso das aves para afugentar pombos e garças, que podem causar acidentes em caso de colisões com aviões decolando ou pousando em Viracopos.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou ao G1, nesta terça-feira (18), que investiga o caso e que perícias foram feitas no local e nas aves.

Por meio de nota, a Concessionária Aeroportos Brasil Viracopos informou que está colaborando com as investigações dessas mortes.

FONTE: G1

11/03/2017

Caminhos Cruzados - matéria excelente da Revista Piauí

.



Leitora Fabíola nos mandou esta matéria faz uns dias. Demorei para ler tudo. E a conclusão é que é muito bom e bem revelador....

CLIQUE AQUI para ler a matéria de setembro/2016 da Revista Piauí

25/02/2017

Carnaval gera indústria de crueldade com aves por causa de suas penas.

É, realmente, uma alienação total das pessoas que não sabem que aquelas plumas e penas tem origem no sofrimento de um animal.....
------------------------
Carnaval no Brasil é sinônimo de festa, música e diversão. E isso vale tanto para quem já assistiu ao vivo, como para quem acompanha tudo pela tv. Porém, esta enorme e colorida festa popular esconde algumas facetas terríveis. 

Todos os anos, os desfiles das escolas de samba atraem visitantes dos quatro cantos do mundo, maravilhados com o samba e com a exuberância e o luxo das fantasias. Porém, poucos se questionam sobre a origem das plumas e penas

26/01/2017

Vamos abrir a roda, enlarguecer.....


Caraca!!!!!! é brincadeira ou não sabem como sair da rodinha? kakakaka... Pior que nem sei identificar as aves....
------------------





08/12/2016

Quelônios e aves são furtados de centro de resgate em Manaus

Tem jeito isto? traficantes agindo, com certeza..... ô paiszinho podre!!!!!!!!!!
------------------------
Órgão diz que 'Sauim Castanheira' foi alvo de várias tentativas de roubos.
Recebimento de animais silvestres está suspenso temporariamente no local.

Uma sindicância interna foi instaurada para apurar o desaparecimento de animais do Refúgio da Vida Silvestre Sauim Castanheira, na Zona Leste de Manaus. Oito aves foram furtadas do local no sábado (3), segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas). O recebimento de espécimes está

16/11/2016

Aves machucadas recebem tratamento em ‘academia para araras’ em Goiás


O trabalho é muito legal!!!!
---------
Centro de triagem ajuda as aves machucadas a voltar para a natureza. Fisioterapeutas fazem com que as aves se exercitem para que possam se recuperar.


03/04/2016

Para leitores que gostam de fotos

Para quem gosta de fotos, como eu, veja que coisa mais linda a coloração das penas destas aves.... Aliás, queria dar uma sugestão. Acho que vão gostar:  Fotógrafa capta cães no ar em série divertida . Estou publicando só uma amostra. É bem engraçado!!!!



18/03/2016

ONG da região solta cinco animais selvagens após reabilitação - Guarujá - SP



Bom que estes foram resgatados, tratados e reintroduzidos.... Parabéns aos envolvidos!
-------------------------




Animais estavam desnutridos por consequência da poluição.

07/03/2016

Já conhecia as habilidades das galinhas?

Adoro galinhas.... aliás, adoro aves..... hehehe.... pensando bem, qual é o bicho que eu não adoro? kakaka.... mas, vejam as habilidades das galinhas e já tiveram oportunidade de abraçar alguma delas? é quente demais.... elas são calorosas.....
-----------
Você sabia que as galinhas são incrível? Aqui está a prova ... Há muito mais para galinhas do que muita gente imagina. Galinhas são capazes de resolver problemas de matemática e é capaz de reconhecer até 100 outras aves por suas características faciais.



Fonte: Animals Australian (campanha sugerindo as pessoas que sejam vegetarianas)

24/02/2016

40 cães participaram da competição sangrenta para comemorar o Festival das Lanternas - China

Todo dia a gente descobre mais uma desgraça da China.  No mês de fevereiro há o tal "Festival de Lanternas Chinesas" onde em várias arenas, diversas espécies de animais são obrigados a lutar até a morte mediante apostas. Achei uma luta de cavalos e outra de cachorros (só foto) do ano passado.
--------------------

1995

11/02/2016

Um lixão no meio do caminho interrompe rota migratória de aves

A matéria é excelente!!!!!!!!
------------------------
Depósitos de lixo no Norte da África interrompem rota migratória de aves vindas da Europa, o que pode provocar mudanças profundas no ecossistema

O aumento na produção de lixo e no consumo de alimentos industrializados no Norte da África está impactando diretamente os ciclos migratórios de pássaros que vivem na Europa se deslocam para o continente nos meses de inverno. Os animais, já acostumados a buscar comida em aterros sanitários e nas lixeiras das grandes cidades europeias, estão optando por fazer apenas uma parte da viagem que naturalmente fariam durante os períodos mais frios do ano. Os impactos a longo prazo nessa mudança de comportamento ainda são incertos, mas devem causar desequilíbrio em diferentes ecossistenas.

FARTURA
Aterros sanitários mal cuidados são um banquete para 
aves acostumadas a viver em centros urbanos

Utilizando pequenos GPS implantados em 70 aves da espécie de cegonhas-brancas de oito diferentes locais a Dra. Andrea Flack e sua equipe do Instituto Max Planck de Ornitologia, na Alemanha,

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪