Mostrando postagens com marcador ativista. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ativista. Mostrar todas as postagens

01/10/2017

Ativista de Juazeiro do Norte leva a polícia na casa de carroceiro que espanca cavalos

Fico tão feliz quando encontro protetores deste quilate que nem sabem!!!! decidida foi lá e se defende de uma hostilidade que só acabará se as pessoas agirem desta forma. Axé, companheira!!!!! Força!!!! O segundo vídeo mostra o xexelento espancando o animal por nada....
-----------
Fui até ao local acompanhada por policiais e constatei os

29/08/2017

Ativista é ferido por touro após invadir arena para protestar - França

Consegui achar o vídeo porque ficou indisponível na matéria divulgada pelo O Globo. Recortei só o pedaço da cena citada. Lamento pelo nosso companheiro, mas, é compreensível a loucura e adrenalina que estes animais entram em um local que ele sabe, apenas, que tem que se defender, né mesmo?
---------------
Homem foi arremessado no ar por animal que queria proteger
PARIS — Um ativista pela proteção dos direitos dos animais foi ferido após invadir uma arena de touradas neste domingo em Carcassonne, no sul da França. De acordo com a polícia local, o homem, que não teve a identidade divulgada, sofreu um ferimento “longo, mas não profundo” do touro que pretendia proteger.

Um vídeo publicado no Facebook mostra que um homem e uma mulher invadiram a arena para protestar do lado oposto de onde estava o touro, mas o animal se virou e correu em direção à dupla. A mulher consegue escapar, mas o homem não tem a mesma sorte. Com a chifrada, o ativista foi arremessado para o alto, e foi salvo pela intervenção dos matadores.

Fontes disseram à AFP que o manifestante teve “muita sorte” de ter sofrido apenas ferimentos leves. Ele foi levado para o Hospital Carcassonne onde recebeu tratamento. A mulher não sofreu ferimentos, mas foi detida pela polícia.

As touradas são banidas na maior parte da França, mas permitidas em algumas regiões ao sul, protegidas como tradições locais. Defensores da prática alegam a importância cultural desses torneios, mas ativistas pelos direitos dos animais lutam pela proibição total no país.

Touro morto ao final da tourada
Fonte: O Globo
----------------
L'Animal est une Personne fez uma transmissão ao vivo.
FRANCE/CARCASSONNE
CORRIDA ABOLITION !


27/07/2017

James Cromwell é preso em protesto contra o Seaworld de San Diego

É ótimo ele ser preso sempre... chama atenção para a causa.... E ele sabe muito bem disto....
-------------
O veterano ator James Cromwell, de 77 anos, voltou a ser preso nesta segunda-feira (24/7). Além de ser conhecido por papéis em “Babe, o Porquinho Atrapalhado” (1995), “Jornada nas Estrelas: Primeiro Contato” (1996) e “O Artista” (2011), entre outras produções, Cromwell é um assíduo militante de causas sociais, o que geralmente lhe rende visitas à prisão.

Desta vez, ele participava de um protesto da organização PETA, que luta pela proteção dos animais, contra o parque aquático SeaWorld de San Diego. Segundo testemunhas, o ator usava um megafone para protestar contra o abuso de animais e mortes prematuras de baleias orcas, quando foi preso. O protesto foi exibido ao vivo pelo endereço da PETA no Facebook. Veja abaixo o vídeo da manifestação.


No final do mês passado, Cromwell foi condenado a uma semana na prisão por se recusar a pagar uma multa de US$ 250, após ter sido detido num protesto contra uma usina de energia no estado de Nova York, e em 2013 ele foi preso por se manifestar contra testes em animais na Universidade do Wisconsin.

FONTE: pipocamoderna

14/07/2017

Ativista entra na arena e se joga em cima do touro para protegê-lo

Olha, eu não suportaria ver esta crueldade não.... Faria o mesmo que este ativista..... Talvez até pior.... levava uma bomba e explodia com todo mundo junto.... Como pode ainda existir gente que ache que isto é cultura?
-------------------
Um ativista dos direitos dos animais saltou para a defesa de um touro que havia sido esfaqueado durante uma tourada. A enorme fera foi gravemente ferida depois de sofrer feridas da faca de um toureiro. Os manifestantes disseram que o touro estava com uma dor excruciante e não deveria ter permissão para morrer sozinho.

O homem, que tinha as palavras 'Stop Bullfights' pintadas em seu corpo, acredita ser do grupo ativista Vegan Strike Group. O porta-voz Peter Janssen disse: "O touro estava aterrorizado e com uma dor excruciante - não poderíamos deixá-lo morrer sozinho".

A diretora Elisa Allen disse: "A tourada é um espetáculo abusivo e arcaico que não tem lugar em uma sociedade civilizada.

A PETA elogia esses bravos manifestantes por lembrar aos espectadores que atormentar e matar animais para o chamado" entretenimento "é desprezível. Nas imagens dolorosas, o touro parece estar perto da morte durante o notório festival de San Fermin.


16/06/2017

Conheça o ex-toureiro que se tornou ativista pelos direitos dos animais

Isto poderia ser um vírus que contagiasse todos os outros toureiros, não?
-------------
Sua jornada rumo à recuperação envolveu o reconhecimento de que a tourada é um esporte bárbaro. Hoje, ao invés de se apresentar diante de multidões na prática assassina, o ex-toureiro trabalha como conselheiro da Cidade de Medellín e cria leis de proteção animal, além de arrecadar dinheiro para programas educacionais e de esterilização. Ele também salva vidas, como a de Esperanza, a cadela que ele resgatou de um deslizamento de terra.

Múnera começou a atuar nas touradas aos 12 anos, depois de participar de uma simulação com bezerros durante férias familiares no México. Seu pai levou a família a um restaurante chamado Cortijo de la Morera, onde os convidados jantaram próximos a um local de touradas e puderam se voluntariar para entrar na área. Álvaro se ofereceu sem hesitação e, assim que a família voltou para Medellín, ele começou a ter aulas sobre touradas.

Aos 14 anos, ele teve seu primeiro trauma no ringue, pois testemunhou um açougueiro removendo um feto de uma novilha que acabara de matar (novatos e jovens toureiros muitas vezes lutam com vacas, em vez de touros). Ele gritou e regurgitou, declarando que nunca mais iria participar disso.

Entretanto, seus amigos e seu gerente o convenceram de que deveria continuar. Ele sabia que a experiência era um sinal levando-o para um caminho diferente, mas escolheu ignorá-lo na época.

Três anos depois, ele se tornou um campeão em Medellín, o que chamou a atenção de Tomás Redondo, o gerente de seu melhor amigo e toureiro José “El Yiyo” Cuvero. Tomás queria levar os meninos para a Espanha para atuarem como matadores.

Antes de partir para a Espanha, Álvaro lutou na última vez na Colômbia durante um show de treinamento. Quando ele esfaqueou o touro para terminar a luta, o touro não morreu. Então ele pegou sua espada e fez isso repetidamente. Após a quarta facada, Álvaro observou como o animal agonizou de dor por 15 minutos antes de finalmente dar seu último suspiro.

Novamente, Álvaro quis parar de fazer isso, mas seu contrato já havia sido assinado. Tomás levou Álvaro e José para touradas em toda a Espanha. Álvaro lutou 22 vezes no país até 22 de setembro de 1984. Na cidade de Múnera, que com ironia tem o mesmo nome de sua família, Álvaro perdeu para um touro chamado Terciopelo, que o feriu na perna esquerda e o jogou no ar.

A queda gerou uma lesão na coluna vertebral não reversível na 5ª vértebra cervical que o deixou paraplégico e destinado a viver em uma cadeira de rodas.

Álvaro passou seis meses no Jackson Memorial Hospital em Miami, Flórida (EUA). Ele fez duas cirurgias e, eventualmente, recuperou algum movimento em seus braços e mãos, mas nunca mais poderia andar novamente.

Durante sua permanência na região, ele conheceu muitas pessoas. Quando respondia suas perguntas sobre o motivo de estar em uma cadeira de rodas, elas o comparavam a um assassino em série, que merecia estar naquela situação.

Como cresceu em uma cultura onde a tourada é considerada um “esporte cultural” nacional, ele nunca havia pensado na extrema crueldade da prática. Após a rejeição que enfrentou em Miami, ele começou a refletir sobre sua escolha.

De assassino a defensor dos animais
Depois de uma pequena recuperação, Múnera começou a fazer cursos no Miami Dade Community College. Ali, ele conheceu uma garota e começou a namorá-la. O assunto de sua lesão ou sobre seu passado nunca surgiu.

Um mês depois, um aluno informou a garota o que havia ocorrido com Álvaro. Como era uma amante dos animais, ela terminou com ele imediatamente, informou o Long Haul Trekkers.

Nesse momento, ele finalmente percebeu que ele não tinha o direito de tirar a vida dos outros. Depois de ignorar os dois primeiros sinais que quase o fizeram parar de ser toureiro, ele finalmente reconheceu o terceiro, o sinal que o forçou a parar de lutar na mesma cidade que tem seu nome.

Se ele não estivesse com Terciopelo, nunca teria sido transferido para os EUA, onde a tourada é vista como uma atividade cruel e assassina. Ele possivelmente continuaria apoiando essa covardia que era o que conhecia.

Em uma tentativa de se redimir das vidas que assassinou durante a juventude, Álvaro decidiu se tornar um defensor dos animais. Ele atua na Câmara Municipal de Medellín desde 1997 e agora é o líder político mais influente da cidade no que se refere ao combate às touradas.

Seu trabalho resulta na criação de leis que protegem animais – a cidade promulgou 15 leis até o momento, incluindo uma unidade de polícia contra a crueldade animal que investiga denúncias abuso de animais, arrecadando dinheiro para unidades de castração móvel que castram até 100 animais gratuitamente todos os dias.

Além disso, o ex-toureiro conseguiu o financiamento para apoiar o La Perla, o primeiro abrigo sem mortes induzidas na América Latina, que abriga mais de mil cães e gatos.

Se as touradas são protegidas como uma “expressão cultural”, elas essencialmente acabaram em Medellín após protestos convencerem uma grande porcentagem de colombianos de que essa extrema crueldade não deveria continuar.

Embora o número de touradas anuais permaneça essencialmente o mesmo, os números de frequentadores caíram na Plaza de Macarena, de 12 mil lugares, em Medellín, com uma média que varia de cinco mil e quinhentos a seis mil participantes desde 2008. Além disso, prefeitos de cidades de todo o país expressaram rejeição às touradas.

Esperanza
Em 2015, um deslizamento atingiu a cidade de Salgar, matando em torno de 78 pessoas, o desastre mais mortal na Colômbia desde um terremoto de 1999.

Um amigo de Álvaro que é veterinário visitou a cidade para ajudar as vítimas animais. Ele conheceu Esperanza, uma cadela encontrada presa em um pântano. Ela era incapaz de caminhar, não reagia e tinha fraturado o maxilar durante o deslizamento.

A cadela morava em uma oficina de reparo de automóveis e tinha sido atropelada. Ela teria a morte induzida, mas a injeção foi mal administrada e Esperanza conseguiu sobreviver nas ruas até o incidente. Como Álvaro, ela era uma sobrevivente e ele imediatamente sentiu-se conectado a ela.

Esperanza, que significa “esperança” em espanhol, passou os dois primeiros meses com Álvaro e sua família. Ela estava muito amedrontada. mas aprendeu a confiar nos seres humanos e agora irá abraçar a primeira chance que já recebeu. Álvaro considera a ligação que tem com a cadela uma relação de almas.

Além dela, ele também adotou diversos outros cães abandonados que vivem com seu irmão em sua fazenda perto de Medellín. Álvaro também resgatou dois burros, incluindo uma chamada Dulcinea, que era explorada em corridas, que agora são proibidas graças ao trabalho do ex-toureiro e de seus colegas.

Embora ele não possa apagar seu passado nem compensar as muitas vidas que exterminou, Múnera e seus colegas, membros do conselho da cidade e de grupos de proteção animal, são responsáveis por algumas das leis mais importantes para os animais na América Latina.

FONTE: vetanimal

12/04/2017

Gary Yourofsky, um dos mais famosos ativistas veganos do mundo, se afasta da militância

Como eu entendo o Gary quando ele fala de críticas dentro do próprio movimento que militava. Isto é triste mesmo..... ser traído por gente que até então considerávamos no mesmo front, é broxante para qualquer um.... Seja bem-vindo ao barco, colega!!!!! liga não.... tudo passa....
------------------------
Ele alega exaustão por críticas, principalmente de dentro do movimento.

O ativista norte-americano Gary Yourofsky, famoso por palestras incisivas sobre o veganismo, publicou um longo texto em sua página oficial no Facebook explicando por que não vai mais fazer ativismo.

Comparando sua decisão à aposentadoria de grandes atletas, Gary afirma que está exausto mentalmente e que não tem mais a paciência necessária para ensinar. O título de seu texto, que em português é algo como “Peguei, tá com você!”, faz um paralelo com a brincadeira infantil pega-pega. Na analogia, Gary acaba de cumprir sua missão em relação aos animais e convoca o próximo a assumir o compromisso.

Gary tem 46 anos e passou quase metade de sua vida palestrando, dando entrevistas e advogando de várias formas em favor dos animais. Foram 21 anos de declarações contundentes, algumas delas controversas, inclusive mal vistas dentro do movimento vegano.

Segundo seu texto, Gary palestrou por 2.660 escolas e faculdades onde falou para mais de 60.000 pessoas que não eram veganas. Ele viajou por 30 estados nos Estados Unidos e foi preso 13 vezes em ações diretas contra exploradores de animais. Muita gente foi influenciada por ele a conhecer melhor o veganismo, tanto presencialmente em suas palestras, quanto pelos vídeos na internet.

O ativista alegou que parte de sua exaustão vem de críticas de pessoas do próprio movimento vegano. Segundo ele, muitos ativistas não admitem que se faça ativismo vegano sem incluir outras lutas e causas. Gary diz em seu texto que os “veganos que fazem saudação ao sol e trocam abraços de energia” são mil vezes mais desgastantes de lidar do que com carnistas.

Gary finalizou seu texto dizendo que será vegano para sempre. Ao lado do título de seu texto, uma frase indica que aquele é o último texto publicado por ele em mídias sociais.

FONTE: vista-se

18/02/2017

Caçadores debocham de ativista

A campanha foi feita em 2016. Leia na Revista Quem.
Os caçadores só descobriram agora....
Clique AQUI para ler os comentários nojentos


17/12/2016

Ativista fica nua em Liverpool incentivando tirar os animais das ceias de Natal

Ativista despida deita sobre um prato de legumes no centro de Liverpool como um protesto contra os bizarros jantares tradicionais de Natal. A Diretora da PETA Elisa Allen disse ao Liverpool Echo que a intenção da ONG é incentivar as pessoas para estender o espírito de datas comemorativas da paz e boa vontade a todos, deixando, assim, os animais fora de seus pratos neste Natal.
Fonte: Daily Mail
Tradução livre para "O Grito do Bicho"



08/12/2016

Ativista explica a preocupação de atos arriscados sobre a vaquejada



A ativista Laura Pereira de Melo fez uma live explicando o risco que corremos ao fazer o que não estamos preparados e que poderá colocar em risco tudo que já conseguimos. 
----------------------





01/11/2016

Vídeo ironiza perda de ação na justiça sofrida por ativista vegana

Meu Deus!!!!! né brinquedo não!!!! e a gente ainda tem que ver um lance deste.... Parece que o cara é amigo dos caçadores de javalis já que este vídeo estava publicado no facebook de dois deles..... Meu Deus!!!!! É preciso ter cuidado ao falar.... Alguém sabe com quem foi? precisamos dar apoio emocional por conta da situação.... que horror!!!!! Isto se for verdade, claro!!!!
---------------

Trutis Bacon Bar
Ontem às 07:54 ·
01/11 DIA DO VEGANO. Venha comemorar com a gente e tenha tenha SUA CONTA PAGA POR UMA FEMINISTA VEGANA. Sério!!!!
Assista e descubra como!Curtiu? dê seu like, mas também compartilhe pô, ajude a espalhar essa Mitagem histórica.

14/09/2016

Ativista invade palco do SESC para tentar salvar animal que estava sendo maltratado em peça

Ma-ra-vi-lha!!!!!!!!!!!!!!! muito bom!!!!!! parabéns!!!!!
------------------------
O SESC da cidade de Santos foi multado pela prefeitura em R$ 2.000,00.

Na última sexta-feira (9), o grupo vegano Vox Vegan (Facebook) esteve no SESC da cidade de Santos, litoral de São Paulo, para protestar contra a peça teatral “4”. O nome da peça é uma alusão ao número de atores que entram em cena.

11/08/2016

Ativista é morta enforcada durante assalto na zona rural de Caçapava - SP

Meu Deus, meu Deus, meu Deus..... recentemente perdemos uma protetora aqui no Rio que morreu assassinada também...... O que está acontecendo neste mundo, meu Deus? O Senhor tem que dar um basta nisto tudo!!!!! está inviável viver com estes demônios soltos aqui na Terra....
--------------------
Vítima morava em chácara em que atendia animais de rua.
Mulher foi morta depois de ter celular e R$ 50 roubados.



Um homem de 37 anos foi preso nesta terça-feira (9) depois de matar uma mulher enforcada durante um assalto na zona rural de Caçapava. A vítima de 46 anos, que era ativista em uma ONG que abriga

12/07/2016

Ativistas realizam ato e pedem hospital público para animais - Niterói - RJ

A notícia é do dia 03, mas, acho que vale a pena registrar. O pessoal de Niterói está trabalhando. Tomara que consigam.... aquela cidade merece!!!!!
------------------------
Ação ocorreu o Campo São Bento, em Icaraí, Zona Sul de Niterói

Ativistas que defendem a instalação de um hospital público para animais na cidade realizaram na manhã desta domingo no Campo São Bento, um ato público com recolhimento de assinaturas. De acordo com um dos realizadores, a ideia é chamar a atenção do poder público para a causa.

“Essa ação de hoje é só uma parte do que estamos fazendo por essa questão. Há dois meses entramos com uma ação popular na Justiça Estadual reivindicando políticas de saúde e bem estar dos animais

23/06/2016

Ativista livra 1 mil animais da morte em festival de carne de cachorro

Todos ajudando..... é Jesus na causa.....
-------------------
Ativista que libertou animais
Enquanto o mundo inteiro assiste com horror ao festival de carne de cachorro de Yulin, na China, o ativista Marc Ching, dos Estados Unidos, e sua namorada foram até a China e colocaram seu plano em ação: libertaram 1 mil cachorros que estavam em seis abatedouros.

Outros ativistas também estão libertando animais. No festival, que começou na semana passada e dura dez dias, espera-se a matança de 10 mil

06/06/2016

Ativista é brutalmente agredido e detido ao invadir praça de touros em Campo Pequeno - Portugal

ATUALIZAÇÃO em 07/06/16
Não será nossa última ação, diz ativista atacado por invadir tourada em Lisboa  
--------------------
Gente, a matéria é de um periódico de Portugal, portanto, não estranhem a escrita, ok? Mas, que maravilha nosso companheiro holandês, não? Confiram tudo em Vegan Strike Group
----------------
Um activista holandês, membro de um grupo que luta pelos direitos dos animais, invadiu a praça de touros do Campo Pequeno, para protestar contra as touradas, tendo acabado por ser agredido e detido. 


Peter Janssen entrou na arena do Campo Pequeno, no intervalo da tourada “Grande Corrida Vidas /Correio da Manhã” da passada quinta-feira, para se manifestar contra estes eventos tauromáquicos.

24/05/2016

Brigitte Bardot denuncia Parceria Transatlântica: ‘Será uma catástrofe’

Nossa musa mandando seu recado.... Ave, Brigitte!!!!!!
------------------------
Brigitte Bardot, famosa atriz e ativista dos direitos dos animais, não confia na eficiência do governo da França e é por isso que não saúda o acordo de TTIP.

A atriz e ativista dos direitos dos animais Brigitte Bardot disse à Sputnik que apesar do escândalo com o tratamento antiético de animais que abolou a França há alguns meses, parece que o governo não pode empreender nenhuma ação

28/04/2016

Acusado de incendiar veículos durante protesto contra testes em animais é condenado

Faz parte das consequências do ativismo.... Sempre deve ser medido....
------------------------
Ele foi condenado pelo crime de incêndio e sentenciado a seis anos e oito meses de prisão em regime inicial fechado, pagamento de 21 dias-multa, e a indenizar a Fazenda Estadual no valor de R$ 56.761,97.

Um manifestante acusado de incendiar viatura da Polícia Militar e veículo de emissora de televisão durante protesto contra testes de laboratório em animais foi considerado culpado pela 1ª Vara Criminal de São Roque. Ele foi condenado pelo crime

22/03/2016

Veterinária encontra dono do cavalo que foi espancado apos cair - Arujá - SP



Raramente eu publico um assunto sem apurar. Este vídeo me chegou e lá fui fuçar. Descobri que o caso está em andamento graças a uma companheira médica veterinária moradora na cidade. Tentei melhorar as imagens pelo youtube, mas, não consegui. Parece que Jussara iria retirar ontem o animal do dono devido ao risco que o bicho corre. Aliás, todos os outros, também, pelo jeito. Agora, fiquei abestada por conta dos comentários de pessoas irracionais que fizeram questão de vomitar um festival de idiotices no face da Luisa Mell  contra a veterinária voluntária. Um horror!!!!! Acompanhem o caso com a Jussara:
-----------------------------


Facebook de  Jussara Sonner
Bem sobre o cavalo agredido que foi postado em video. Hj fomos ao DP de Aruja onde fomos muito bem atendidos. Estavamos eu, Iracy, Cibele e sua mãe, vereador Renato Caroba e a Patrícia Gomez Perez Mendes que ja tinha passado as imagens para o delegado e investigadores ontem mesmo. Resumindo: fomos ao local com a viatura da polícia, e todos os envolvidos estavam presentes no

23/02/2016

Na Carolina do Norte mulher é presa ao tentar salvar cachorros e galos

Agora, vejam vocês.... a inversão da situação.... em vez de priorizarem o estado dos animais, a denunciante foi presa pela polícia por invasão de domicílio, é mole? eu hein.... tá maluco?
Fonte: The Dodo
Colaboração: Helô Arruda
----------------
Para um motorista que passasse ao longo de um trecho deserto de estrada em Lansing, Carolina do Norte, poderia parecer uma espécie de caos com galos magros e até cães esqueléticos.

Fica pior quando você sai do carro. É quando os cães começam a uivar. Há pelo menos três deles, muitas vezes de pé em cima de uma casa de cachorro, solitário, latindo para o céu.

Só Lisa Fitzpatrick, que trabalha em resgate de animais, não passou direto. Uma mulher que viveu em uma propriedade vizinha chamou Lisa depois de ler sobre seu trabalho  no jornal.


Lisa contou: Eu vi cães que morrem de fome, eu vi cães que morrem em lutas de cães. Alguns beagles foram colocados lá fora e nunca mais saíram de lá. Diferentes cães, mas o mesmo inferno.

15/02/2016

Bióloga é condenada após críticas na web a restaurante por venda de iguaria

Temos que ter todo cuidado do mundo quando tomamos este tipo de atitude. Apoiamos a companheira que está envolvida, mas, só tendo sorte de encontrar um juiz sensível à nossa causa para tira-la desta enrascada...
-------------------
Indenização por danos morais foi fixada em R$ 5 mil pela Justiça de MT.
Crítica em rede social foi feita porque restaurante serve foie gras.


A Justiça de Mato Grosso condenou uma bióloga a pagar R$ 5 mil de indenização por danos morais à dona de um restaurante de classe média alta de Cuiabá após críticas feitas em uma rede social em

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪