Mostrando postagens com marcador apoio financeiro. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador apoio financeiro. Mostrar todas as postagens

27/02/2014

Ibama recebe animais de reserva em crise financeira - Amapá

É NOJENTO DEMAIS!!!!!!!!!!!!!!!

Sei que é cair em lugar comum, mas, tenho que repetir: tenho vergonha de ser brasileira e me sentir impotente por não poder fazer nada diante do aparelhamento que o PT fez neste país. Hoje nada anda, nada adianta e o descaso é cada vez maior... Os poderes todos estão corrompidos....

Ontem, ao ver este caso, fiquei convencida que o que podia ser uma salvação é um desastre total.... Todos os Centros de Triagem do IBAMA estão nas piores condições, daí, como receber animais que precisam de atendimento porque seu responsável jogou a toalha diante da patifaria que se tornou tudo que nos rodeia? 

Cara, instalaram no meio da Reserva Ambiental um sistema de ESGOTO!!!!!!  fato que impede o dono da reserva "vender" a visitação dos animais para sustentá-los..... Provavelmente, tal esgoto foi imposição/irregularidade da prefeitura local..... Malditos sejam!!!!!!!!!!!!  Alguém tem uma sugestão além de tacar fogo em tudo?

video
Jornal do Amapá - Rede Globo - 26/02/14

17/05/2012

Confira a sinopse do enredo da Beija-Flor de Nilópolis sobre cavalos Mangalarga Marchador

.
Gente, vocês sabiam do poder deste setor no Brasil? juro que p´ra mim foi uma surpresa..... Qual será o objetivo? só divulgar a raça de cavalos? sei não.... era mais barato uns 10 anúncios na Globo em horário nobre, ou estou errada?
_________________________

Rio - A Beija-Flor lançou, nesta terça-feira, a sinopse do enredo de 2013. O tema vai contar a história do cavalo Mangalarga Marchador e terá apoio financeiro da entidade que representa o setor do Brasil. No último Carnaval, a azul e branco ficou em quarto lugar.

Enredo: Amigo Fiel

Amigo, sou um animal feliz e venho contar a minha história. Nasci pequenininho, no início da evolução animal, e cresci de acordo com o tempo, me tornando inteligente, companheiro, amável e elegante.
Quando o Homem deixou de ser nômade para fixar sua morada, deixei de ser selvagem para acompanhá-lo, e me tornei o fiel amigo dos viajantes, ajudando a matar a sua sede, uma vez que com o bater dos meus cascos no solo, descobri e fiz jorrar refrescantes fontes de água. Usei ainda a minha força para a agricultura e migração, transportando homens e mercadorias, de um lado para o outro, fazendo crescer os povos.

Foto: Divulgação

RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪