Mostrando postagens com marcador apartamento. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador apartamento. Mostrar todas as postagens

23/06/2017

Vídeo mostra criança agredir e tentar jogar cachorro pela sacada de apartamento

Gente, a vontade que dá é ir lá tirar o "coisa ruim"  do corpo desta criança.... Deus me livre!!!!! Eu não presto p´ra estas coisas não..... Quem souber o nome da ONG que está a frente do caso, conta p´ra gente dar nosso apoio para conseguirem tirar o animal de lá. Não dá para ficar esperando o bicho ser jogado lá de cima, né mesmo?
-------------
Caso foi registrado na Polícia Civil e será encaminhado ao Conselho Tutelar, em Goiânia. Família alega que menina se defendia de uma mordida.
Um vídeo que circula nas redes sociais mostra uma menina de 9 anos agredir e tentar jogar um cachorro pela sacada de um apartamento, no Jardim Goiás, em Goiânia. As imagens, feitas por um vizinho do condomínio, mostram a criança arremessando o animal no chão e dando vários chutes e socos. Segundo o autor da gravação, as agressões duraram cerca de 15 minutos.

O morador que fez o vídeo entregou as imagens para um grupo de proteção a animais, e a entidade registrou o caso na Polícia Civil. A família da criança esteve nesta quinta-feira (22) na Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai), onde foram ouvidos.

O advogado que os acompanhava foi abordado pela equipe da TV Anhanguera na saída da delegacia, mas não quis dar entrevista.

De acordo com o delegado Luiz Gonzaga Júnior, os responsáveis alegaram que a menina agrediu o animal em um momento de raiva, porque o cachorro a teria mordido. Segundo ele, os pais garantiram que a criança é calma e nunca demonstrou comportamento violento, ainda assim o caso será encaminhado ao Conselho Tutelar.

“O trabalho da Polícia Civil já se exauriu, agora o caso vai ser encaminhado ao Conselho Tutelar, que expedirá um relatório circunstanciado do que aconteceu, e apresentará ao Ministério Público, que pode adotar alguma medida de proteção”, afirmou o delegado.

Animal passa bem
A publicitária Thaisse de Souza Carvalho, membro da instituição que denunciou o caso, obteve uma intimação para buscar o cachorro no prédio, mas afirma que não conseguiu resgatar o animal. “A gente ficou duas horas esperando e eles só receberam o advogado que eles chamaram. A gente quer ver se a gente pega a adoção do cachorro, a guarda do cachorro, no caso, para ele ser bem tratado e bem cuidado até receber uma família. A gente pretende tirar ele de lá. A gente ficou com medo e não sabe o que esta criança pode fazer daqui para frente”, afirmou a publicitária.

Segundo Gonzaga Júnior, o animal foi avaliado por um médico veterinário e passa bem. Ele continua com a família.

18/03/2017

Briga entre mulher, seus 40 gatos e vizinhos revela falta de abrigos para animais em Niterói


Sinceramente, tem situações que não dá para apoiar..... O direito de um termina quando começa o outro, certo? 
------------------------

O bloco 1 do Condomínio Solar do Barão, no Fonseca, tem 12 andares, com um problema no meio: um apartamento com mais de 40 gatos, no sexto andar. O que começou com um desconforto virou uma guerra entre vizinhos, inclusive com agressões físicas, e revelou ainda um problema maior: a falta de espaços para acolhimento de animais na cidade.

Da mesma forma que o odor gerado pelos dejetos dos animais não fica restrito ao apartamento do sexto andar, o problema não ficou somente em debate nas reuniões de condomínio. Desde 2013, processo contra a dona corre na 7ª Vara Cível de Niterói, quando eram apenas 15 animais. A decisão para a remoção já foi desobedecida duas vezes. Agora, o condomínio busca um local para encaminhar os bichanos.

O bloco 1 do Condomínio Solar do Barão, no Fonseca, tem 12 andares, com um problema no meio: um apartamento com mais de 40 gatos, no sexto andar. O que começou com um desconforto virou uma guerra entre vizinhos, inclusive com agressões físicas, e revelou ainda um problema maior: a falta de espaços para acolhimento de animais na cidade.

Da mesma forma que o odor gerado pelos dejetos dos animais não fica restrito ao apartamento do sexto andar, o problema não ficou somente em debate nas reuniões de condomínio. Desde 2013, processo contra a dona corre na 7ª Vara Cível de Niterói, quando eram apenas 15 animais. A decisão para a remoção já foi desobedecida duas vezes. Agora, o condomínio busca um local para encaminhar os bichanos.

Cidade sem abrigos

Em dezembro, a Vigilância Sanitária de Niterói tentou visitar o apartamento dos gatos. A porta não foi aberta, o que não impediu a confecção de documento relatando o forte mau cheiro. Em janeiro, a porta se abriu para um oficial de Justiça. Segundo o relatório dele, havia mais de 40 animais no local, que não tem mobília.

Apesar da visita, a Vigilância Sanitária não indicou um abrigo por um simples motivo: a prefeitura não tem um. A moradora foi multada pelo órgão, que aguarda, agora, que a Justiça determine a entrada dos seus agentes no imóvel para a retirada dos animais e decida para onde os gatos serão levados. Uma nova visita será feita ao local.

O problema acontece também nas áreas comuns do prédio, já que a moradora coloca alimentos para os bichos no pátio. Os animais destruíram o parquinho e bebem água na piscina.

— Ninguém aguenta mais isso. Moro no 5º andar e vivo com tudo fechado — desabafa Ari Chateaubriand, de 49 anos.

‘O cheiro acontece, reconheço’

“Os animais precisam ser protegidos. Não se pode deixá-los na rua. Eles têm o apartamento inteiro para andar. O cheiro acontece, reconheço, mas eu limpo tudo, uso água sanitária. Não vou discutir se o espaço é adequado. Se tivesse dinheiro, teria um sítio. Os vizinhos é que me perseguem”, disse a dona dos gatos.

FONTE: extra.globo

16/02/2017

Condomínios não podem proibir animais domésticos

É tão bom ver matérias do gênero!!!! lutamos tanto para que os srs. advogados se mancassem disto....
----------------
Publicado em 15 de fev de 2017  - Juiz Henrique Teixeira explica que Constituição Federal garante o direito de criar cães e gatos em apartamentos.

11/09/2015

Cachorro é salvo por bombeiros de dentro de apartamento em Sorocaba


Caramba, será que aconteceu alguma coisa com os donos? Já vi casos que os donos são acidentados e ninguém sabe..... Sei lá.... Vamos ver primeiro o que houve....
-----------------------------------------


Homens do Corpo de Bombeiros resgataram um cachorro nesta segunda-feira (7) em Sorocaba (SP). O animal foi retirado de um apartamento no bairro Central Parque, na Zona Oeste da cidade. Segundo informações dos moradores do condomínio de onde o animal foi retirado, os donos do cachorro foram viajar e deixaram o bicho sozinho dentro do apartamento. Eles disseram, ainda, que há vários dias ele estava sozinho e chorava muito. Francisco Bezerra dos Santos flagrou quando os bombeiros usaram uma escada para acessar o local e enviou o vídeo via WhatsApp. O cão foi retirado pela janela e entregue ao síndico.

20/01/2015

Casal cria porco de 300 quilos em apartamento - Canadá

Olha que coisa mais gostosa!!!!!!! esta gente se espanta com tudo.... o que é que tem cuidar de um porco num apartamento? eu, hein?
--------------------------------
No começo de 2013, o casal canadense Steve Jenkins e Derek Walter adotaram Esther, uma porquinha de apenas um mês de vida, que eles acreditavam ser um leitão pigmeu. Porém ao passar das semanas, o animal foi crescendo e tomando proporções gigantescas, bem maiores do que o esperado. Dois anos e 300 quilos mais tarde, a “pequena leitoa” se transformou em um animal gigante e  que comercialmente valeria uma boa quantia em dinheiro.

Mas como todo animal de estimação, a porca Esther já fazia

11/08/2014

Vizinhos denunciam homem que abandonou animais em apartamento na Bahia

Como é que pode alguem fazer isto? abandonar ...  largar os bichos a própria sorte?


Fala Brasil - Rede Record - 09/08/14

Os vizinhos do apartamento denunciaram o dono do local, após ouvirem os latidos dos cachorros. Ele trancou oito cães e dois gatos em situação precária, com muita sujeira e sem comida. Veja! 

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪