RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador animais na religião. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador animais na religião. Mostrar todas as postagens

11 de abril de 2017

Judeus são presos por tentar sacrificar animais no Monte do Templo

Eu não respeito nenhum ritual onde os seres que eu amo, respeito e defendo são imolados em nome de uma crença. Tenho imenso nojo de todos que participam de tais sacrifícios. Se ninguém respeita meus REAIS sentimentos não posso respeitar rituais que só traduzem uma CRENÇA. 
E pelo amor dos Santos Anjos, não me venham estes "guardiões das tradições judaicas" ou de outro segmento qualquer,  me encher a paciência....Não estou disposta!!!!!!!
Leiam minha postagem em 2014 sobre o mesmo assunto: Judeus são presos ao tentar sacrificar animais no Monte do Templo
---------------
Faltando poucos dias para a Páscoa, sete ativistas judeus foram presos em Jerusalém, acusados de planejar o sacrifício de um animal no Monte do Templo. Todos os envolvidos estavam em casa, mas seu líder, Rafael Morris, estava em outro local, tendo sido capturado posteriormente.

O porta-voz da polícia explicou haver provas de que os jovens, ligados ao movimento “Retorno ao Monte do Templo”, queriam fazer o que seria o primeiro sacrifício pascal no local desde a destruição do Segundo Templo, no ano 70. O movimento é considerado extremista pelas autoridades e sua tentativa seria uma “provocação”.

O Monte do Templo é o local mais complicado do Mundo em questões religiosas. Os ativistas haviam declarado sua intenção de sacrificar uma cabra na segunda-feira, mesmo sem ter autorização, o que poderia gerar um conflito com os muçulmanos que guardam o local. O Waqf, autoridade jordaniana que controla o Monte desde o final da Guerra de 1967 não permite sequer que os judeus façam orações no local.

Ainda segundo a Polícia todos os anos ativistas tentam subir ao Monte do Templo com animais para sacrificá-los, e geralmente são impedidos. Contudo, o movimento Returno ao Monte do Templo reclama que eles pediram autorização à Alta Corte de Justiça, alegando que era seu direito de liberdade religiosa.

Na semana passada, o comandante do distrito de Jerusalém, Yoram Halevi, anunciou que estavam proibidas todas as tentativas de sacrifícios de Páscoa na Cidade Velha. Contudo, o Instituto do Templo, outro movimento que defende a necessidade de se retomar a tradição judaica iniciada na saída do Egito e relatada no livro de Êxodo, conseguiu permissão para fazer uma “cerimônia educativa” no pátio da Sinagoga de Hurva, que fica perto do Muro das Lamentações.

Itamar Ben Gvir, advogado que representa os detidos, lamentou que seus clientes não puderam realizar o sacrifício: “Israel está perdendo seu caráter democrático. É lamentável que as pessoas sejam presas só porque desejam cumprir os mandamentos da religião judaica”.

Em nota, Morris declarou ser “uma pena que o Estado de Israel esteja agindo com mão de ferro contra pessoas que só querem renovar um dos mais importantes mandamentos da Torá”. Disse ainda confiar que “para cada ativista que foi preso, dezenas mais se levantarão em seu lugar e irão ao Monte do Templo para realizar o sacrifício pascal”. 
Com informações Ynet News

Fonte: Gospel Prime

28 de abril de 2016

Islamitas processados por abuso sistemático de animais na Inglaterra

Pois é, e os caras são "formados" dentro da religião para matarem os animais "supostamente sem dor". Vai acreditar num infeliz deste? nojentos.... O que é consolador é que na Inglaterra a lei existe....
Fonte: Live Leak
Colaboração: Helô Arruda
--------------------
Três funcionários de abate ritual islâmico e seus chefes foram acusados de abuso "sistemático" de animais mortos, de acordo com a lei islâmica.

Kabeer Hussein, Kazam Hussein, Artur Lewandowski, Robert Woodward e William Woodward foram levados ontem ao Tribunal de Northallerton em North Yorkshire. O caso foi baseado em violações "significativas e sistêmicas" de regras de bem-estar animal, alega Howard Shaw da acusação em seus relatórios.


Ativistas de direitos animais observavam da galeria pública com horror a extensa lista de acusações de crueldade que foram lidas. Os homens trabalhavam na Bowood Yorkshire matadouro de cordeiros,

29 de março de 2016

Seguidores do vodu haitiano se reunem durante a Páscoa para ritual com cabras

Meu Deus.... como alguém pode acreditar que o sangue destes pobres animais é alguma coisa boa neste mundo?
---------------------
A Páscoa no Haiti:
Centenas de seguidores do vodu haitiano se reuniram para a cerimônia religiosa anual em Souvenance um subúrbio de Gonaives, no norte de Port-au-Prince, no domingo de Páscoa. Crentes fazem a peregrinação anual ao seu santo templo, Souvenance Mystique, onde expressaram sua devoção aos espíritos tomando parte em uma série de rituais.


Todos os anos, os seguidores vestem de toda branca, sacrificam animais, banham-se em um lago sagrado e dançam em um transe. E assim celebram um dos dias mais sagrados do calendário Voodoo.
Homens e mulheres podiam ser vistos dançando fora do templo, depois de ter manchado as suas

22 de fevereiro de 2016

Crianças treinam em gato a realização de ritual sangrento - Paquistão

Ativista, após assistir a um vídeo no Live Leak abre uma petição para protestar contra o governo do Paquistão. Vamos ajudar? CLIQUE AQUI para assinar (é lá no final). O gatinho não é ferido no vídeo, caso queira ver.
-------------------
O vídeo chocante está revoltando os assinantes do Liveleak. Ele mostra um grupo de crianças treinando a execução do que é conhecido como Udhiyyah - o sacrifício de um animal durante o Eid al-Adha, evento realizado todos os anos no mundo islâmico no mês de setembro. Durante alguns dias do festival, milhares de animais inocentes como a vaca e as ovelhas são sacrificados em nome da religião.


Estas crianças pensaram que seria uma boa ideia testar suas habilidades sacrificando um gato indefeso. Uma vez que o gato é capturado, o animal vira  presa fácil para as crianças. Por cerca de