Mostrando postagens com marcador amamentando. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador amamentando. Mostrar todas as postagens

12/04/2016

Policial dá dois tiros e mata cadela durante abordagem em Curitiba - PR

ATUALIZAÇÃO  EM 13/04/16
Defensores dos animais fazem protesto por cachorra baleada por PM em Curitiba
------------------------
Gente, que ódio deste tipo de policial.... sem sentimento nenhum... quanto despreparo.... nojento mesmo!!!!! a pobrezinha não resistiu e estava cheia de filhotes..... Claro que os moradores de rua iam vender os filhotes..... tudo muito nojento mesmo.....
--------------------------
Um vídeo feito por câmeras de segurança e divulgado nas redes sociais choca quem o vê e até quem apenas fica sabendo dele. Nas imagens, feitas na madrugada de domingo (10), um policial aparece atirando em uma cadela que estava com oito filhotes em uma marquise da Avenida Sete de Setembro, no Batel, em Curitiba.



Segundo a descrição do vídeo, a confusão começou no momento em que policiais militares teriam ido abordar moradores de rua. Um dos policiais teria empurrado um dos moradores e a cadela, que

17/12/2013

Cadela adota dois filhotinhos de tatu - Guaporema - PR


G1 - 15/12/13

Uma cena curiosa está chamando a atenção de moradores de Guaporema, no noroeste do Paraná. Na cidade com pouco mais de dois mil habitantes, uma cadela está amamentando dois filhotes de tatu há um mês.  De acordo com a dona da cachorra, a cena é ainda mais inusitada, pois a cadela está tendo leite mesmo sem nunca ter engravidado.

Os dois tatus foram levados para a casa de Ortência Regina Alves depois que a mãe dos filhotes foi atropelada por um trator em uma lavoura de cana-de-açúcar. O marido de Ortência trabalhava na hora do acidente e decidiu levar os animais para casa para eles não passarem fome. Os visitantes despertaram o interesse da cadela da família, chamada de Faísca, que não quis mais ficar longe dos tatus. “A reação dela foi instintiva. A Faísca viu o meu marido dando leite para os filhotinhos e, de repente, deitou no chão como se quisesse amamentá-los”, lembra a dona de casa. “Foi então que o meu marido colocou os filhotinhos perto dela, e começaram a sugar o leite direto das tetas dela”, conta.
saiba mais

Por conta da diferença de espécies, a família decidiu devolver os filhotes de tatu para o local onde foram encontrados. Mas, tiveram que voltar atrás da decisão por causa da Faísca. “Um dia depois de termos levado os filhotes, a cachorra ficou muito doente. Levei ela em um veterinário, comprei remédio, troquei de ração e nada de ela melhorar. Somente depois que buscamos os tatuzinhos e deixamos eles na cama dela é que ela melhorou”, diz. Ainda segundo Ortência, o veterinário que atendeu a cachorra ficou impressionado porque, mesmo sem ter dado cria, a cadela tinha leite.

Pseudogravidez
Conforme o veterinário Maicon Puertas Sorrilha da Silva, Faísca desenvolveu uma pseudogravidez, ou seja, uma gravidez falsa no período que ela estava fértil. “Há uns 70 dias a cadela entrou no cio e com a presença dos filhotes teve uma falsa gestação, desenvolvendo todos os sintomas normais de gravidez, até produzir leite”, explica. “Nessas situações, isso é bem comum de acontecer”, acrescenta o veterinário.

Os tatuzinhos chamados de Pancho e Panda são bem parecidos com a mãe adotiva, conforme Ortência. “Eles estão parecendo uns cachorrinhos agora. Pelo menos estão tendo as mesmas atitudes. Quando eu ou o meu marido chegamos em casa, eles vem correndo cheirar, lamber os nossos pés”, diverte-se. “E claro que todas as ações são vigiadas de perto pela mãe que não deixa ninguém chegar perto deles”.

A família sabe que não poderá manter por muito tempo os animais silvestres em casa, mas acredita que nenhum órgão ambiental vai tirá-los da casa sabendo que eles são bem tratados. “Se eles acharem que há um lugar melhor, onde eles não vão passar fome, a gente não vai ter o que fazer. Mas, se não fosse a gente os filhotinhos teriam morrido de fome”, finaliza.

Fonte: G1

29/05/2013

Amigas resgatam cadela atropelada após verem fotos no Facebook

Esta é a única razão que suporto o tal do facebook....


"Duas amigas resgataram uma cadela atropelada na Vila João Vaz, em Goiânia, depois de verem fotos dela, completamente debilitada, no Facebook. Mesmo ferida e sem o movimento das patas traseiras, ela amamentava os seus quatro filhotes quando foi resgatada. O animal, contudo, precisará fazer ainda nesta semana uma cirurgia na coluna, que custa R$ 2 mil, dinheiro que também está sendo arrecadado por meio de uma campanha em rede social."

Leia a matéria completa no G1... tem outras fotos... muito boa reportagem!

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪