Mostrando postagens com marcador agrotóxicos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador agrotóxicos. Mostrar todas as postagens

03/07/2017

Cerca de 400 mil abelhas morrem em seis dias em apiário de Araras, SP

Meu Deus, mesmo que estejam sendo exploradas, não mereciam morrer envenenadas.....
------------
Prejuízo de R$ 150 mil pode ter sido causado por agrotóxicos em laranjal. Esse foi o terceiro caso de mortandade no local desde novembro no ano passado.

Pelo menos 400 mil de abelhas morreram em um período de seis dias em um apiário de Araras (SP), gerando um prejuízo de R$ 150 mil. Essa foi a terceira vez que o apicultor Lúcio Aparecido Tacagnelli enfrenta a mortandade nas colmeias desde novembro do ano passado. Ele suspeita que a aplicação de agrotóxico em um laranjal seja a causa.

O apiário fica a 700 metros de um laranjal, que foi pulverizado com agrotóxico na semana passada. Quando um inseto entra em contato com o defensivo acaba contaminando todo o enxame. “As abelhas pegaram veneno nas asas e ficaram pálidas e brilhando. Ficaram atordoadas. Eu comecei a tratar e elas nem comeram o mel da garrafa”, disse Tacagnelli.

Milhares de abelhas morreram em apiário de Araras (Foto: Marlon Tavoni/ EPTV)

Segundo ele, o inseticida teria contaminado pelo menos 45 das 300 colmeias. Em fevereiro deste ano, 100 colmeias foram perdidas após um avião despejar agrotóxico em um canavial perto do apiário. Ele contratou um laboratório para analisar os insetos e, segundo ele, o laudo comprovou contaminação por agrotóxicos. Em novembro do ano passado, ele também perdeu 100 colmeias depois da pulverização da lavoura, já somando um total de 2 milhões de abelhas mortas.

Recuperação
Cada colmeia produz cerca de 26 quilos de mel por ano. Com tantas perdas, ele ainda não sabe quando vai conseguir recuperar a produção. “Não consigo mais recuperar essas abelhas, tudo perdida. Tenho que renovar o enxame, fazer um novo, para ver se consegue sobreviver outra vez”, lamentou.

Orientações sobre perdas
O projeto Colmeia Viva, em conjunto com a Unesp e a UFSCar, faz um levantamento de dados sobre a mortalidade de abelhas no Estado de São Paulo. Apicultores e meliponicultores podem relatar perdas e esclarecer dúvidas pelo telefone 0800-771-8000. Uma cartilha onine também dá orientações.

Fonte: G1

07/02/2017

Temer antecipa 'pacote do veneno' e proíbe Anvisa de se manifestar sobre agrotóxicos

Pela Madona!!!!!! onde vamos parar com um homem perigoso deste à frente do Ministério da Agricultura?
------------------------
Ministério da Agricultura assume controle das informações sobre venenos já registrados. Pasta dirigida por Blairo Maggi vai excluir Anvisa e Ibama e controlar sozinha registro de novos agroquímicos

São Paulo – A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), subordinada ao Ministério da Saúde, não presta mais informações a respeito de agrotóxicos, inclusive sobre aqueles registrados antes de 2016. A informação é da assessoria de

02/05/2016

Vinícola usa patos para substituir agrotóxicos e adubar vinhedos

P´ra tudo tem jeito certo, né mesmo? equilíbrio é tudo...
---------------------------
Diariamente as aves se espalham por toda a área produtiva, onde passeiam livremente pela manhã e tarde.

A vinícola também se orgulha de dizer que a tática foi essencial para que eles conquistassem 
o selo de biodiversidade da WWF. | Foto: Reprodução/Facebook

A vinícola sul-africana Vergenoegd Wine State tem uma lista de funcionários bastante inusitada. Para que os vinhedos se mantenham sempre produtivos e saudáveis, o local conta com a ajuda de mais de

29/05/2014

Conselho aprova resolução sobre reconhecimento de métodos substitutivos

As coisas estão andando na direção ao sucesso de nosso pleito que é a libertação dos animais presos em laboratórios para pesquisas. Continuemos com a pressão, mas, enquanto isto, leiam que as autoridades estão reconhecendo os métodos substitutivos.... muito bom.... Foi no dia 22, mas, temos que registrar tal avanço.
------------------
Decisão permite que o País adote novos métodos para testes de agrotóxicos, cosméticos e medicamentos, destaca gestor

O Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (Concea) aprovou a resolução normativa que define o processo de reconhecimento de métodos alternativos validados para substituição progressiva e segura de ensaios

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪