Mostrando postagens com marcador agressão. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador agressão. Mostrar todas as postagens

03/09/2017

Gari é flagrado agredindo cadela em Poços de Caldas

No mínimo estes dois garis nojentos tem que ser demitido, não?
-----------
Garis foram flagrados agredindo um cachorro na rua, durante o expediente, em Poços de Caldas, no sul de Minas Gerais. Câmeras de segurança gravaram o momento em que os coletores de lixo maltratam o animal. O vídeo (abaixo) foi compartilhado em redes sociais e gerou repercussão entre internautas.

Nas imagens, é possível ver o momento em que os funcionários descem do caminhão de coleta para recolher o lixo. Um dos homens joga uma sacola no cão e, em seguida, ele e outro funcionário da empresa de limpeza chutam o animal. Após a agressão, os trabalhadores voltam para o veículo e continuam o serviço. A empresa responsável pelo serviço de coleta da cidade informou que já identificou os agressores mas, por enquanto, nenhuma atitude foi tomada.


 Fontes: Alterosa - Sul de Minas  e  R7

19/08/2017

Deputado agride verbalmente e quase fisicamente uma protetora por conta de denuncias contra a SUBEM

Lamentavelmente, sou obrigada a registrar o comportamento do Deputado Paulo Ramos, contra a protetora Raquel que atua no Rio de Janeiro. Todos sabem que protetores lutam pelos animais no seu estado emocional no máximo. Agora, mesmo supondo que esta protetora estivesse totalmente sem razão, não me parece cabível o descontrole do referido deputado que ontem esteve na Fazenda Modelo, juntamente com o Deputado Carlos Osório, para uma visita devido as denúncias que estão sendo apresentadas contra a atual gestão da SUBEM. Ambos deputados são da Comissão de Proteção Animal da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro.

Transcrevo a ação publicada em um Facebook:
"Hoje teve vistoria na fazenda modelo da Comissão dos Direitos dos Animais da ALERJ.
Pois bem! Vou resumir bem objetivo.
O circo amardo entre confusões e discussões devido a Fazenda maquiar para esconder o caos e irregularidades e proibir os protetores de acompanharem a vistoria. A protetora Raquel Barreto, fala que não participará daquele "CIRCO", eis que o Deputado Estadual Paulo Ramos, em um ato enlouquecido e histérico, resolve de forma truculenta e agressiva começar a gritar com a protetora que resolveu junto com outras protetoras não endossar as irregularidades da Fazenda Modelo, foi quando no auge do seu destempero totalmente desequilibrado e aos GRITOS, o DEPUTADO bate na mão da protetora ao ponto de derrubar o celular dela. Será que o deputado faria isso com um Protetor HOMEM e sem se prevalecer do cargo de "OTORIDADE"?

Transcrevo ainda, as palavras de uma das protetoras que lá estiveram:
"Vistoria na Fazenda vira mera visita. 
Afinal, apos a discussão intempestiva movida aos berros do deputado do PSOL, o mesmo confessou que era uma mera "visita" e disse pra quem quisesse ouvir que era " amigo de infância " do chefe de gabinete Tonico. 
A verdade é que não queriam de jeito algum que as protetoras críticas ao governo estragassem o roteiro planejado para os visitantes, evitando os locais onde seriam facilmente constatáveis a sujeira e o desleixo.  A discussão para afugentar e intimidar as protetoras foi um mero detalhe"

As tais denúncias sobre a atual gestão da SUBEM são de que funcionários (de tratadores à veterinários) estão trabalhando como voluntários porque não há mais contratos para manutenção e administração daquela fazenda e dos 10 postos de atendimento para castração; que existe uma mortalidade excessiva de animais abrigados na Fazenda Modelo; que as castrações pararam em função do fim do material cirúrgico para tal; que não existe medicamento para tratamento dos animais da fazenda; e outras mais.

A atual direção da SUBEM tem respondido as questões e alega, principalmente, a falta de dinheiro que o prefeito, aliás,  resolveu a liberar recentemente. Confere:

 

Aliás, pelo jeito que liberaram o crédito suplementar, a Sub-Secretaria de Bem Estar Animal - SUBEM,  ainda não tem seu código já que tal verba saiu  através do Gabinete do Prefeito para o FUNPREVI. Gente, a Crivelandia, vai de mal a pior. Sabe o que é FUNPREVI? olha aí e me digam o que tem a ver.....

Minha opinião, é conhecida por todos:
1 - sou radicalmente contra o enfrentamento da direção da SUBEM contra protetores. Hoje foi mais um exemplo já que  o tempo todo as protetoras convidadas para acompanhar a visita dos deputados foram filmadas, intimidadas e monitoradas como se fossem criminosas. Não está certo isto. Na audiência pública que houve alguns meses atrás, foi um verdadeiro confronto de forças. Isto não é certo. Não existem protetores do bem e protetores do mal. Existem pessoas safadas infiltradas na proteção que usam as castrações gratuitas para ganharem dinheiro como já denunciamos aqui no blog várias vezes; existem protetoras apaixonadas que perdem a razão pela paixão; existem lobos na pele de cordeiros que na verdade só usam a causa visando interesses pessoais (em SP já vimos muitos casos); existem protetores que dedicam suas vidas honestas pelo bem dos animais; existem pessoas desequilibradas que estão atuando na causa como em qualquer outro segmento; enfim, são vários os perfis de pessoas que estão no nosso metier, mas, aqueles que estão no poder deveriam agir profissionalmente já que existe o compromisso com a gestão pública;

2 - na verdade, e isto é inegável, existe um descompasso total na administração do atual Prefeito, Marcelo Crivella. Todas as secretarias estão um caos. O que sempre falei sobre ele e outros tantos, é que quando alguém se elege para um cargo executivo, TEM OBRIGAÇÃO DE POSSUIR UM STAF PROFISSIONAL DE CARREIRA, se quiser obter sucesso. Mas, não, hoje em dia são atochadas, na direção dos diversos setores, pessoas para atender os "compromissos políticos" assumidos durante a campanha eleitoral independente do seu conhecimento e categoria. Veja na própria SUBEM: os cargos melhores remunerados são ocupados por pessoas sem nenhum compromisso e qualificação com animais. Estão lá capitaneando recursos para as próximas eleições. Isto, aliás, pode ser comprovado na gestão anterior onde o secretário (atualmente eleito vereador) trocava castração por votos. Denunciamos aqui no blog

3 - o que me parece mais equilibrado é o desarme nesta guerra declarada aqui no Rio de Janeiro já que nosso objetivo é atenção aos animais. Ninguém imagina o quanto sofro ao lembrar que em 1995 lutei tanto para conseguir pioneiramente que uma prefeitura iniciasse um programa de castração gratuita em todo Brasil e que hoje se tornou uma desgraceira geral.  O sucesso do nosso trabalho na ocasião foi que desencadeou a entrada da maldita política na nossa causa. Roubaram meu trabalho para fazer isto? juro que é a maior tristeza da minha vida...... 

Saibam tudo o que publicamos sobre a SEPDA e atual SUBEM
é um dossier surreal  destes últimos 17 anos
===========
ATUALIZAÇÃO ás 19:49hs
Em função das ultimas notícias,  a Prefeitura do Rio publicou este vídeo convidando as pessoas a irem na Fazenda Modelo. 



Publicado pelo Jornal Extra de hoje:
BO da agressão do Deputado Paulo Ramos
===========
ATUALIZAÇÃO: a matéria do Jornal O Dia de 23/08/17 está bem pesada....

02/08/2017

Confronto entre donos de charretes e defensores dos animais vira caso de polícia

Pois é..... a proteção animal para conseguir o fim da exploração de cavalos em charretes acabam sofrendo agressões mesmo porque estes caras, geralmente, são super ignorantes..... Quem lembra de Paquetá aqui no Rio? teve muito protetor que apanhou muito....
-----------
Atrito ocorreu em Tiradentes, onde clima ficou tenso desde a proposta da troca de charretes por triciclos motorizados. Ativista aplaudem a ideia, que desagradou charreteiros.

A proposta de substituir as charretes de Tiradentes, na Região Central, por triciclos motorizados tem criado polêmica e resultou nesta terça-feira em boletim de ocorrência policial, com denúncias mútuas de agressões de pessoas favoráveis e contrárias à inciativa. Desde a sexta-feira o clima é de tensão entre charreteiros e defensores dos animais, depois que um deputado estadual se reuniu com o prefeito e sugeriu a substituição dos veículos de tração animal. 

Nesta terça, de acordo com a Polícia Militar, um casal de ativista fazia compras em um depósito de construção na Rua Alvarenga Peixoto, em frente à casa de um condutor de charretes, e ao se encontrarem teve início uma discussão. Em pouco tempo, a mulher e seu marido se viram acuados por um grupo de charreteiros e a PM foi chamada.

A ativista afirmou que foi agredida fisicamente, mas, de acordo com a polícia, não apontou quem foi o agressor. Já a irmã de um dos charreteiros acusou a mulher de agredi-la. Militares seguiram para o local e 10 pessoas envolvidas na confusão foram levadas para a delegacia, incluindo o casal de defensores dos animais. Caberá agora à Polícia Civil investigar o caso.

19/07/2017

Um refugiado muçulmano da Somália agride uma mulher por causa dos seus cães - Áustria

Quando os países se negam a receber refugiados deste gênero, são criticados.... Quem poderia imaginar que um meleca deste, pedindo asilo num país, iria agredir uma mulher porque ela passeava com seus cães. Que gente maluca, meu Deus!!!!! falo mesmo, religião que não respeita os animais eu cuspo mesmo.....Vão pros quintos do inferno!!!!! Aliás, em fevereiro deste ano publiquei  Cão e seus filhotes são enforcados no Paquistão por causa de religião. É o que muçulmanos fazem com os animais. Gente podreeeeeeee..... Matam milhares de animais no tal "Dia do Sacrifício" que  desde 2010 venho publicando sobre. Confira AQUI.
--------------
Um ataque chocante ocorreu em plena luz do dia em Viena.  Ingrid T. (54 anos) foi para o hospital após um ataque brutal. Motivo: seus dois cachorros! "Os animais são impuros", como afirmou o atacante, um candidato a asilo oriundo da Somália. Ela foi operada duas vezes no Hospital Wilhelminen porque seu joelho foi esmagado. Um joelho artificial foi implantado cirurgicamente. Por que tudo isso aconteceu? Porque isso é sobre cultura. Um muçulmano, por causa do Corão, considera os animais impuros, sujos. Enquanto agredia a mulher que passeava com seus cães dizia: "Nós não queremos cães, eles são sujos".

Fonte: LiveLeak 

23/06/2017

Vídeo mostra criança agredir e tentar jogar cachorro pela sacada de apartamento

Gente, a vontade que dá é ir lá tirar o "coisa ruim"  do corpo desta criança.... Deus me livre!!!!! Eu não presto p´ra estas coisas não..... Quem souber o nome da ONG que está a frente do caso, conta p´ra gente dar nosso apoio para conseguirem tirar o animal de lá. Não dá para ficar esperando o bicho ser jogado lá de cima, né mesmo?
-------------
Caso foi registrado na Polícia Civil e será encaminhado ao Conselho Tutelar, em Goiânia. Família alega que menina se defendia de uma mordida.
Um vídeo que circula nas redes sociais mostra uma menina de 9 anos agredir e tentar jogar um cachorro pela sacada de um apartamento, no Jardim Goiás, em Goiânia. As imagens, feitas por um vizinho do condomínio, mostram a criança arremessando o animal no chão e dando vários chutes e socos. Segundo o autor da gravação, as agressões duraram cerca de 15 minutos.

O morador que fez o vídeo entregou as imagens para um grupo de proteção a animais, e a entidade registrou o caso na Polícia Civil. A família da criança esteve nesta quinta-feira (22) na Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai), onde foram ouvidos.

O advogado que os acompanhava foi abordado pela equipe da TV Anhanguera na saída da delegacia, mas não quis dar entrevista.

De acordo com o delegado Luiz Gonzaga Júnior, os responsáveis alegaram que a menina agrediu o animal em um momento de raiva, porque o cachorro a teria mordido. Segundo ele, os pais garantiram que a criança é calma e nunca demonstrou comportamento violento, ainda assim o caso será encaminhado ao Conselho Tutelar.

“O trabalho da Polícia Civil já se exauriu, agora o caso vai ser encaminhado ao Conselho Tutelar, que expedirá um relatório circunstanciado do que aconteceu, e apresentará ao Ministério Público, que pode adotar alguma medida de proteção”, afirmou o delegado.

Animal passa bem
A publicitária Thaisse de Souza Carvalho, membro da instituição que denunciou o caso, obteve uma intimação para buscar o cachorro no prédio, mas afirma que não conseguiu resgatar o animal. “A gente ficou duas horas esperando e eles só receberam o advogado que eles chamaram. A gente quer ver se a gente pega a adoção do cachorro, a guarda do cachorro, no caso, para ele ser bem tratado e bem cuidado até receber uma família. A gente pretende tirar ele de lá. A gente ficou com medo e não sabe o que esta criança pode fazer daqui para frente”, afirmou a publicitária.

Segundo Gonzaga Júnior, o animal foi avaliado por um médico veterinário e passa bem. Ele continua com a família.

20/05/2017

Estudantes denunciam professor por agressão a cachorro em escola na Liberdade

Pau neste professor mequetrefe!!!!!
----------
Um vídeo gravado por uma aluna e que mostra a reação do professor diante do animal têm causado revolta e polêmica nas redes sociais
Estudantes do Colégio Estadual Duque de Caxias denunciaram a agressão de um professor a um cachorro durante a aplicação de uma prova na instituição, que fica no bairro da Liberdade. Segundo os estudantes, a agressão aconteceu na quarta-feira (17). Um vídeo gravado por uma aluna e que mostra a reação do professor diante do animal têm causado revolta e polêmica nas redes sociais. 

Nas imagens, o homem vai para cima do cachorro com um pedaço de madeira. Ele usa a madeira para tentar atingir o animal, que seria um cachorro de rua e entrou no estacionamento da escola fugindo da chuva. O professor, identificado apenas como Luiz, ensina Química na instituição. 

De acordo com uma aluna, o cachorro entrou no colégio por volta das 8h da quarta-feira, enquanto alunos faziam uma prova. “Ele parecia ter sido atropelado ou estar com medo da chuva, porque estava muito assustado. Como a sala tem janela para a garagem, o cachorro subiu na janela e começou a latir e chorar. Parecia que achou que alguém ia ajudá-lo”, relata a jovem, que preferiu não se identificar. 

De fato, ela conta que os estudantes – de uma turma do 2º ano do Ensino Médio – ficaram ansiosos para ajudá-lo. Foi quando o professor se irritou. Primeiro, ele teria saído da sala com uma mochila. Quando voltou, pegou o celular e ligou para alguém da escola tirar o animal da sala. Uma funcionária tentou tirar o cachorro da janela, mas acabou ficando com medo. 

“Ele (o professor) voltou de novo com uma sombrinha e um pedaço de pau. Com esse pedaço de pau, ele começou a bater no cachorro”. Em seguida, o professor teria saído correndo atrás do cachorro, que corria de medo. O animal saiu da escola, mas, pouco depois, retornou ao estacionamento. “Ele voltou a correr atrás do cachorro”. O animal foi colocado para fora por ele novamente. 

Nos vídeos, é possível ver que os estudantes gritam para que o professor pare de tentar atingir o cachorro. “Todo mundo gritava, mas ele não respondia a gente. A turma toda ficou indignada”. Ainda segundo a estudante, a direção do colégio tentou justificar a ação do professor, dizendo que ele teria batido no ar ou no mato. “Mas a gente viu ele bater no cachorro. A sala inteira viu. Foram muitas vezes. Ele (o professor) disse que foi tentar defender a gente, mas o cachorro não estava fazendo nada”.

Após a confusão, o professor teria dito que deixaria os alunos sem os pontos qualitativos – pontos de participação que fazem parte da nota final. “Uma aluna gritou com ele e ele gritou de volta e bateu na mesa dela. Ela saiu chorando e fez a prova na diretoria. Ele expulsou outras duas alunas da sala. Nessa confusão, ninguém fez uma boa prova”. O homem ainda teria insinuado que o cachorro era de algum dos alunos. "Ele achou que o dono estava na sala e começou a dizer que quem merecia apanhar era o dono do cachorro, sendo que na verdade não era ninguém. Ele dava aula tranquilo, sempre brincava com a gente. Mas, naquele dia, não foi assim". 

Segundo a estudante, o professor teria sido afastado na quinta-feira (18). No Facebook, alunos postaram sobre o ocorrido. “Foi horrível presenciar isso. Lamentável”, escreveu uma garota. “Então, fica a situação: se ele agride um animal, ele facilmente pode agredir uma pessoa, ou seja, um aluno. Fica a minha pergunta: será que uma pessoa dessa pode ser professor?”, desabafou outro jovem, em seu perfil pessoal. 

'Medidas cabíveis'
Na tarde desta sexta-feira (19), um grupo de representantes de entidades da causa animal esteve no colégio para conversar com a direção. No entanto, só encontraram o porteiro da escola, segundo o presidente da União das Entidades dos Animais da Bahia (Unimais), Carlos Ferrer. “As entidades de todo o estado já tomaram conhecimento não vamos deixar isso passar em branco. Não tem como a gente achar que é normal”.

A vereadora Ana Rita Tavares (PMB), que acompanha o caso, disse ao CORREIO que vai adotar as providências judiciais para o caso. “Ele vai ser denunciado no MP (Ministério Público do Estado), no Juizado Especial Criminal, e vai haver uma ação contra o Estado da Bahia por danos morais. Vamos pedir que seja aberto um processo disciplinar administrativo pedindo a demissão dele”, anunciou. 

Ana Rita acredita que o vídeo uma comprovação da agressão. “É indesculpável, inadmissível. Além da dor do animal, as crianças foram afetadas. Um professor com a conduta dele não pode permanecer”. Nem a vereadora nem o presidente da Unimais prestaram queixa à polícia. 

O CORREIO procurou o Colégio Estadual Duque de Caxias, mas nenhum representante da escola quis comentar o caso. Em nota, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) informou que enviará técnicos à instituição “para apurar o que aconteceu exatamente e adotar as medidas cabíveis”.

03/05/2017

Homem é flagrado agredindo cachorro em Itamaraju - BA

Pessoal, vamos mandar nosso recado à Ouvidoria da Prefeitura desta cidde. Entrem neste link e preencham o formulário. Coloquem o link da nossa postagem para que eles saibam do que se trata. Vamos mostrar que este pobre cachorro não pode ficar nas mãos deste homem nojento!!!!!
--------------------
Um funcionário público da Prefeitura de Itamaraju foi flagrado no quintal de uma casa torturando um cachorro, no Distrito de Pirajá, interior do município. 

O vídeo foi feito por um vizinho que, revoltado com a maldade do homem, registrou a ação e divulgou nas redes sociais.

Nas imagens, o agressor, que ainda não teve a identidade divulgada aparece dando tapas e socos no animal e o suspende por uma corda, que estava amarrada ao pescoço do cachorro.

O agressor pode responder por maus tratos e a depender de suas atividades, ele ainda pode perder o emprego.

08/04/2017

Protetoras de animais são agredidas em Itanhaém - SP

Meu Deus!!!!!! elas chamaram a polícia e ela..... não apareceu!!!!! Segundo as protetoras que tiveram contato com a cadela, ela está bem magra e permanece acorrentada. 
Foto: Arquivo Pessoal
------------------------
Três protetoras da vida animal – Alcione Catarina Bacheschi Sponton, Célia Leandro da Silva e Ercília Ribeiro de Oliveira – da Organização Não-Governamental (ONG) Star Shine, do Jardim Umuarama, em Itanhaém, foram agredidas por uma família de comerciantes da Rua João Celestino da Costa, do Jardim Corumbá, após terem ido averiguar uma denúncia de maus tratos contra uma cadela, que estava presa numa pequena corrente, sem comida e água.

O caso ocorreu no último dia 31 e foi registrado no boletim de ocorrência 790/2017, sob acusação de lesão corporal, injúria e furto, visto que, na confusão, o telefone de uma das protetoras desapareceu. “A cachorrinha estava bem magrinha. Ao chegarmos no local conversamos com a mãe do comerciante que disse que queria que levássemos a cachorra embora”, explica Alcione.

Segundo conta Alcione, enquanto estavam conversando, o filho do comerciante saiu na rua e, num excesso de fúria, passou a agredir as protetoras, causando vários hematomas.

Além do filho, outros membros da família passaram a agredir as mulheres, que estavam apenas tentando fazer cumprir a lei municipal que proíbe maus tratos a animais.  

“Fomos jogadas no chão. Eu, por três vezes. Puxaram a Lia Ribeiro (Ercília) pelos cabelos e atacaram a Célia machucando-a também. Um sujeito gordo que é vizinho ou parente ameaçou-nos de morte. Disse que Itanhaém teria três mortes, pois ele daria um tiro na cara de cada uma de nós. Em determinado momento, eu estava sendo segurada por três deles para que a matriarca e seu marido me batessem. Ficamos inviabilizadas de fazer qualquer coisa. Foi um ataque covarde contra nós”, explica a protetora.

O celular de Célia foi quebrado após ser atirado contra um muro. O celular de uma das mulheres sumiu.

“Chamamos a polícia pelo 190, mas não apareceram. Fizemos exame de corpo de delito e boletim de ocorrência. Agora, o processo irá correr. Pelo que os vizinhos falaram, os sobrinhos dos agressores já estão presos. Agora, se acontecer algo com essa cachorra, se ela sumir, responderão sobre isso também na Justiça. Pois, já estamos entrando com processo criminal”, revelou a protetora.

Alcione afirma que a violência sofrida não chega perto do que a cadela deve estar sofrendo, pois as protetoras não conseguiram resgatar o animal. “O que mais dói é a impotência. O caso chegou à Polícia Ambiental e estamos aguardando que a cadela seja retirada das mãos deles. Gostaríamos que outros órgãos de proteção animal nos auxiliassem nessa empreitada em defesa dos animais”, finaliza.

21/02/2017

Vídeo mostra mulher agredindo cadela com chutes e tapas em rua de Macapá

Mas, que mulher nojenta....
--------------------
Dona do animal recebeu imagens e conta que vai formalizar uma denúncia. 
Caso teria ocorrido na quinta-feira (16), no bairro Universidade, na Zona Sul.

A professora Cristiane Mesquita, de 40 anos, conta que se surpreendeu quando chegou do trabalho, na quinta-feira (16), e recebeu um vídeo de um vizinho. Nas imagens registradas por um circuito de segurança, uma mulher que passa pela rua agride com chutes e tapas a cadela da professora.


Cristiane detalha que quando saiu para trabalhar não percebeu que a cadela, da raça vira-lata, tinha saído da casa. Ela mora num residencial fechado, localizado no bairro Universidade, Zona Sul de

14/12/2016

Homem espanca e cega cachorro na Bahia após flagrar animal em quintal

------------------------

Animal foi atraído por cadela no cio, diz polícia; caso ocorreu em Itambé.
Homem foi preso, mas liberado após prestar depoimento e assinar TCO.

Um homem de 33 anos foi preso após espancar e cegar os dois olhos do cachorro de uma vizinha, no município de Itambé, região sudoeste da Bahia. Segundo informações da delegacia da cidade, o vira-lata estava no quintal do agressor, atraído por uma cadela que estava no cio. O homem foi levado até a delegacia na sexta-feira (9), mesmo dia da agressão, e liberado após

09/12/2016

Cavalo exausto apanha de adolescente em Três Lagoas - MS

Meu Deus!!!!! e um bando de gente assiste isto sem fazer nada? Pior que a gente não fica sabendo do cavalo. Eis aí porque somos contra cavalgadas.... Olhei o Facebook da denunciante e não achei informação.
--------------
Um vídeo divulgado na última segunda-feira (5) no Facebook, mostra um cavalo sendo agredido por duas pessoas, uma delas menor de idade, na Lagoa Maior em Três Lagoas – 334 km de Campo Grande. Diante do abuso sofrido pelo animal, internautas e integrantes de protetoras mostraram-se revoltadas.


Após uma tradicional cavalgada que aconteceu no sábado (3) em Três Lagoas, o cavalo foi levado até a Lagoa Maior, que fica dentro da cidade, para tomar água. Ao chegar no local, o cavalo se deitou

27/10/2016

Homem agride cachorro com pauladas em Brasília

A desculpa é a bebedeira, né? pois eu vou encher a cara de cachaça e cobrir ele de porrada p´ra ele sentir o que é bom..... safado, covarde.....
----------------
Um homem agrediu o seu cachorro de estimação dentro de casa, em Brasília. Uma vizinha gravou tudo e enviou o vídeo para o jornalismo da Rede Record. Nas imagens, é possível observar o desespero do cachorro. Ele tenta fugir da garagem, mas não consegue. Nas imagens, o cachorro grita de dor. Quando o cachorro conseguia fugir, o agressor ia atrás e continuava a bater no bicho.

Cidade Alerta - 22/10/16

22/09/2016

Polícia identifica homem que agrediu cachorro em Valença - RJ

No último dia 19 publicamos sobre o caso e hoje aqui vai a matéria que identifica o criminoso que ficou com raiva do cachorro porque a namorada, para não atropelar o animal, freou e acabou deixando o carro morrer. Ele, com raiva, resolveu a descontar no Amarelo sua bebedeira...... Mas, não vai ter caô não.... vai responder inquérito sim!!!!!! canalha covarde safado!!!!!!
-------------------------
video

16/08/2016

Audiência de idosa que agrediu cachorro a pauladas em Cachoeiro

P´ra ser sincera, acho isto está cheirando a politicagem. Pô, isto foi um crime e cabe a polícia apurar e a justiça condenar. O resto é desnecessário..... Eu hein..... eu é que não ia lá dar IBOPE a quem armou o circo.... Ah, me poupe!!!!!! qual o objetivo? massacrar a mulher mais ainda? se bem que tem uma briga danada entre protetores sobre este caso..... ah,me poupe.... não gosto disto...
-----------------------
Ela será ouvida pela Comissão de Maus Tratos da Assembleia Legislativa, na Câmara de Vereadores do município. A comissão é presidida pela deputada Janete de Sá

A idosa Cremilda da Silva Conceição, que espancou o próprio cachorrono bairro Boa Vista, em Cachoeiro de Itapemirim, vai prestar depoimento na Comissão Contra os Maus-Tratos de Animais da

11/08/2016

Detido em Santa Cruz do Capibaribe suspeito de matar cachorra a pauladas

ATUALIZAÇÃO:
-----------------
Este cara tem parte com o coisa ruim..... como alguém normal pode ter esta coragem? 
-----------------
Um homem de 33 anos foi detido na segunda-feira (8) suspeito de matar uma cachorra a pauladas em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. A ação foi flagrada por câmeras de segurança. No vídeo, é possível ver o animal sendo agredido com pauladas e chutes.


De acordo com a Polícia Civil, a agressão ao animal aconteceu no fim de semana, no Bairro Cruz Alta. A cachorra não resistiu à gravidade dos ferimentos. O suspeito vai prestar depoimento na Delegacia de Polícia Civil do município.

Fonte: G1

19/07/2016

Flagrante de maus-tratos a cavalo em exposição - BH - MG

ATUALIZAÇÃO em 20/07/16:
Tratador flagrado agredindo cavalo em exposição em BH é demitido
---------------
O safado agride o cavalo de graça... ô nojo!!!!!! e que adianta assinar termo de responsabilidade? quero ver se vai responder ao menos com trabalho em alguma ONG de proteção....
-------------------------
Caso aconteceu na Gameleira, que recebe exposição do mangalarga marchador. Associação de criadores repudiou o episódio e disse que autor assinou termo de responsabilidade 


As imagens mostram o tratador chicoteando o animal nas pernas e nas costas. O cavalo tenta se desvencilhar, mas não consegue por que está preso por uma corda. O vídeo foi publicado no domingo 

03/06/2016

Neonazistas invadem restaurante vegano, jogam carnes nos clientes, gritam insultos e fogem

Que horror!!!! agora, este tipo de reação parece mostrar que veganos estão incomodando, não? isto é muito significativo, embora, lamentável!!!!!
------------------------
Não foi apenas uma brincadeira.

No último domingo (29) um pequeno restaurante vegano foi invadido por um grupo de vândalos de extrema direita na Geórgia, país com cerca de 3,7 milhões de habitantes entre a Europa e a Ásia.

Cravada entre a Rússia e o Azerbeijão, a Geórgia vive uma

28/05/2016

Agressões a animais são recorrentes no Vale do Aço - MG



Gente, sabe o que me encanta? é que gente muito jovem está engajada na causa de defesa animal... Isto é maravilhoso!!!!! Teremos muita chance de sucesso por conta disto.... Só faço mesmo uma recomendação: preparo melhor para conduzir as ações....
---------------------------

video

27/05/2016

Cadela da raça boxer foi agredida por dona em Pirassununga. Grupo registra boletim de ocorrência na polícia - SP

ATUALIZAÇÃO EM 01/06/16: 
Mulher que arrastou e agrediu cadela boxer em vídeo é multada em R$ 3 mil
-----------------
Eu não entendi a mulher fazer isto sendo, segundo depoimento, uma pessoa que tem animais recolhidos da rua. Vejam ao final que a cadela está bem e que está nas mãos de companheira de causa.
--------------
Caso de maus-tratos aconteceu na quarta-feira (25) em Pirassununga (SP).
Indignados, integrantes de grupo de proteção animal registraram um B.O.

Um vídeo com maus-tratos a uma cadela de Pirassununga (SP) causa revolta nas redes sociais. A imagem, que já tem mais de 80 mil visualizações, mostra o animal sendo arrastado por uma mulher de 36 anos, que pisa na garganta e chuta a barriga de uma boxer de 8 meses. A cadela chega a gemer de dor.

Facebook de Luiz Escoba

Um grupo de proteção animal registrou um boletim de ocorrência nesta quinta-feira (26). A Polícia Civil informou que vai abrir um inquérito na próxima segunda-feira (30). O crime de maus-tratos é

07/05/2016

Empregado agride égua alegando que ela não cumpriu ordens - Flórida - EUA

Assinem a petição pedindo punição exemplar para a covardia deste camarada. CLIQUEM AQUI e o espaço da assinatura é bem lá no final à esquerda.
--------------------------
Um homem em Parkland, Florida, foi flagrado por uma câmera de segurança agredindo uma égua que ele afirma não ter  atendido suas ordens.  O suspeito, de 24 anos de idade, James Hutchinson, foi preso e acusado de maus tratos de animais por causa do incidente.


A proprietária da égua, Dana Dotty, alegou que  contratou Hutchinson, um graduado recente da Broward College, para limpar seus estábulos seis dias por semana. Ela afirma que ficou consternada

RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪