Mostrando postagens com marcador afetividade. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador afetividade. Mostrar todas as postagens

15/09/2015

Cão e engraxate viram atração no Centro de Santo André

Eu não gostei muito do que li porque os cães disputam território como era de se esperar.... Enfim, devido ao meu instinto de galinha protetora, queria todos os animais debaixo da minha asa..... Cadê o cão velhusco que os taxistas falaram? vão visitá-los, mas, vai embora? para onde? Se alguém da proteção animal puder ou souber de alguma coisa, conta p´ra gente?
--------------------------
Como em toda a grande cidade, o Centro de Santo André tem fluxo intenso de pessoas que andam apressadas, alienadas pelo ritmo frenético imposto pela rotina. Apesar da correria, quem passa embaixo do Viaduto Antônio Adib Chammas nota uma bonita amizade entre um engraxate e seu fiel cachorro.

Luiz Carlos Briz, o Alemão, 51 anos, é famoso na região central andreense. Ele trabalha ali

03/07/2015

Encontro do Sargento Alexandre e outros PM´s com Pitoco

Eu não sei bem da história, mas, parece que este Sargento Alexandre é muito querido de uma comunidade onde são feitas campanhas diversas. Uma é de recolhimento de ração para animais. Quem souber melhor, conta p´ra gente? Fiquei encantada!
----------------------------------------

https://www.facebook.com/SargentoAlexandreOficial/videos/1492889387638465/?fref=nf

video

28/04/2015

Por que nos apegamos aos cães?

Não sei se vale a explicação, mas, sem dúvidas, muitos de nós nos comunicamos com os cães de forma diferenciada, né mesmo? Eu entendo tudo que meus animais querem. Gatos não tanto, mas, cães.... hehehe.....facinho.... graças a oxitocina.... será?
---------------------------------



O contato visual entre uma mãe e seu bebê reforça o vínculo entre eles ao ativar no cérebro da mulher o chamado “hormônio do amor”, a oxitocina. Isso ajuda a criar um apego emocional entre os pais e a cria, ao incentivar comportamentos de carinho e interação.
No passado, estudos científicos já demonstraram que fazer um afago ou olhar nos olhos de um cão

19/08/2013

Companheiros de todas as horas, cães desenvolvem relação de fidelidade com moradores de rua

Não sei nos outros estados, mas, aqui no Rio temos muitos mendigos com seus cães... lembro da saudosa Lya Cavalcanti, uma das minhas mestras, que dizia que jamais deveríamos tocar nos animais dos mendigos pelo vínculo de afeto criado entre eles....
____________________________
Eles dão afeto e, em troca, são tratados como integrantes da família

Eliane com seus dois cachorros:
ela compra ração e diz que os animais são vacinados
O Globo / Daniela Dacorso
RIO - Com mãe alcoólatra e padastro violento, Ivan fugiu de casa aos 4 anos e perambulou pelas ruas, passando frio e fome. Só encontrou apoio e amizade, e descobriu o que era uma família, quando conheceu um grupo de cachorros de rua. A história verídica do menino que sobreviveu com a ajuda de uma matilha aconteceu nas ruas de Moscou na década de 90 e acabou inspirando a peça de teatro “Ivan e os cachorros”, em cartaz na cidade até domingo. Mas a saga do garoto poderia ter se passado no Rio. Embaixo de

05/02/2013

Blocão: cachorros também comemoram Carnaval


Olha, tem gente que acha que é exploração animal... que os animais não devem ser tratados como humanos.... etc etc etc .... aquelas coisas todas que todo mundo fala.... Mas, sinceramente, até sermos uma espécie decente, que haja, pelo menos, formas de carinho e atenção com os animais... Afinal, a gente vê tanta desgraça, né? isto aí acaba sendo pequenino diante de nossa luta pelos direitos dos animais... concordam?

Hoje em dia - Rede Record - 04/02/13

29/08/2012

06/06/2011

LINDA DEMONSTRAÇÃO DA RELAÇÃO AFETIVA ENTRE HOMEM E ANIMAL

Como entendo este companheiro.... A amiga Ana, da OBAFloripa, nos mandou este lindo vídeo e acrescentou que o cachorrão tão amado, morreu em março... pena, não?


.

RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪