Mostrando postagens com marcador aeroporto. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador aeroporto. Mostrar todas as postagens

09/08/2017

Peruano é preso com 26 pássaros silvestres em aeroporto de São Paulo

Pois é, não era para este mequetrefe ficar preso... ô nojo!!!!
------------
O flagrante foi feito em conjunto pela Polícia Federal e Receita Federal

Um passageiro foi flagrado tentando embarcar com 26 pássaros silvestres no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, na manhã desta segunda-feira (7). O flagrante foi feito em conjunto pela Polícia Federal e Receita Federal

Segundo a Polícia Federal, os animais, identificados como canários belgas, foram encontrados com um homem, de nacionalidade peruana, transportando as aves de forma inadequada. Os pássaros estavam em pequenas caixas, dentro de uma mochila, e em cada uma havia dois animais.

Quando servidores da Receita Federal abordaram o passageiro, ele alegou que colecionava aves e que não tinha documentos para comprovar a origem dos animais. Acionada, a PF constatou o transporte irregular, o que configurou maus tratos aos animais.

Sobre onde adquiriu as aves, o homem disse que o negócio foi feito em Itatiba (SP), onde pagou cerca de R$ 6 mil pelos pássaros, mas se recusou a informar o local da aquisição. Ele pretendia levar os canários para o Peru.

Os pássaros foram encaminhados ao Ibama. O passageiro foi indiciado na lei de crimes ambientais por possuir e transportar espécimes da fauna silvestre sem autorização, além de maus-tratos.

FONTE: A tribuna

11/07/2017

Filhote é encontrado em aeroporto com carta emocionante da dona - Las Vegas - EUA

Não estou aqui para meter o dedo na cara de ninguém, mas, se ela amava tanto o pobrezinho porque não procurou diretamente uma ONG para entregá-lo? cadê o amor diante do abandono a própria sorte? o cachorrinho encontrou a pessoa  certa, mas, se não?
----------- 
"Ela não queria me deixar para trás, mas ela não tem outra opção", diz o recado encontrado com o pequeno chihuahua de apenas 3 meses de vida

O fofíssimo Chewy é um chihuahua de apenas três meses de vida. Ele foi encontrado, ferido, num aeroporto de Las Vegas. Mas, antes de julgar o dono da mascote, há um detalhe curioso na história do cãozinho que está chamando muita atenção no Facebook: o cachorro foi achado com uma carta emocionante, que está surpreendendo internautas do mundo inteiro.

“Olá! Eu sou o Chewy!“, começa a mensagem. “A minha dona estava em um relacionamento abusivo e não conseguiu pagar para me colocar em um voo. Ela não queria me deixar para trás, mas ela não tem outra opção“, diz o recado.

Na sequência, a dona do chihuahua assume o texto: “O meu ex-namorado chutou o meu cachorro quando nós estávamos brigando e ele está com um grande nó na cabeça. Ele provavelmente precisa da atenção de um veterinário. Eu amo tanto o Chewy — por favor, ame-o e tome conta dele por mim“, finaliza a mensagem da mulher.


Por sorte, um passante notou o cachorrinho no aeroporto e o levou diretamente para o abrigo “Connor e Millie’s Dog Rescue”. Após conhecer a história da mascote, a dona da ONG, Lindia Gilliam, não hesitou ao receber a mascote: “Eu senti o meu coração despencar até os meus joelhos. Instruí os meus funcionários a levá-lo imediatamente ao veterinário“.

Ela também revelou como pode ser difícil para donos de animais de estimação que estão em relacionamentos abusivos: “É uma situação muito ignorada. Nós queremos enviar uma mensagem para a mãe do Chewy, dizendo que ela fez algo muito corajoso e que ele está a salvo e terá uma vida ótima!“, contou a mulher ao Bored Panda.

Nesta quinta (6), a ONG publicou uma atualização sobre o estado de Chewy em seu Facebook: “Chewy está completamente recuperado de seus ferimentos e estará disponível para a adoção em quatro semanas, isso se a sua mamãe não fizer contato conosco“, diz o texto.

Eles também garantem que pretendem reunir a dupla: “A segurança dela é uma das nossas principais preocupações. Nós pedimos que vocês respeitem a decisão dela“.


FONTE: vejasp

19/05/2017

Falcões e gaviões são treinados para garantir segurança de aviões

O que fiquei tranquila é que os falcões e gaviões são treinados a não matarem os animais que eles pegam. Dá a ideia de que o trabalho é bem inteligente e respeitoso com o sentido da vida.
----------------






======

Aves de rapina são usadas em projeto para espantar pássaros indesejáveis da região

HILKA TELLES
Rio - Eles são garbosos, altivos, têm porte atlético e até já foram estrelas em filmes famosos. No topo da cadeia alimentar, falcões e gaviões sempre encantaram pela beleza e elegância. Agora, eles se transformaram na mais nova ferramenta utilizada pela Infraero para afugentar aves indesejáveis que rondam o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, na Ilha do Governador, provocando pequenos acidentes com aviões e enormes prejuízos às empresas.
 
O falcoeiro, responsável pelo treinamento da ave, chega a levar cerca de um ano para ganhar a confiança dos bichos, que não matam suas presas

O Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte (MG), foi o pioneiro no uso de aves de rapina para espantar outros bichos de penas que fazem dos aeroportos o seu lar, doce lar. Depois, o projeto se estendeu para Vitória, Confins, Porto Alegre e, em maio passado, aterrissou no Rio — para a alegria de pilotos e passageiros e desespero dos urubus, carcarás, garças e quero-queros que frequentam as pistas de pouso e decolagem.

“Houve uma redução no número de acidentes envolvendo aves, mas ainda é cedo para falar, porque também utilizamos outros métodos de contenção, como armadilhas, por exemplo. Acredito que em mais três meses possamos aferir os resultados do projeto”, afirmou Priscila da Silva Souza, coordenadora de Meio Ambiente da Infraero.

São cinco falcões e sete gaviões treinados especificamente para atacar as cerca de 300 aves que habitam o espaço do aeroporto e voam em grandes bandos. Quando os “galãs” chegam, não tem lugar para canastrões e um do grupo inimigo é sempre subjugado. A partir daí, é método pavloviano: melhor encontrar outras paragens, para não ser o próximo.

Guardiões têm alimentação especial
Marcus Estevan, 25 anos, fascinado pela imponência das aves de rapina, aos 18 anos começou o curso para lidar com esses animais e, agora, é um dos dois falcoeiros que trabalham com os cinco falcões e sete gaviões no projeto da Infraero.

Ele explica que o treinamento das aves consiste em imobilizar, mas não matar o oponente — os animais capturados são soltos no Parque Gericinó, em Nilópolis. Depois que ele pega a outra ave, espera o instrutor se aproximar e trocar a presa dele por um “mimo”: pedaços de rato e codorna congelados.

Mas não é qualquer rato, nem codorna: são criados especialmente para servir de banquete aos figurões dos céus, que só ingerem comida balanceada.

Falcão atinge até 320 km/h
Se a águia tem visão de super-homem, o falcão é uma espécie de caça MIG-25 das aves da rapina: sobe e depois mergulha a 320 quilômetros por hora. Não há como escapar ao bote.

Eles chegam selvagens para o treinamento e interagem com os falcoeiros até que estes, finalmente, conquistem a confiança dos bichanos - o que ocorre em um ano, mais ou menos.

Tratados como astros pela empresa Cepar (Centro de Preservação de Aves de Rapina), as aves trabalham em escalas de até dez minutos para não se cansarem.

29/04/2017

Cachorro "pega voo errado" e vai parar a mais de 1.900 km de seu destino

Quem aguenta com tamanha displicência? Sorte de tê-lo encontrado..... 
------------------------
Um cachorrinho foi parar mais de 1900 km distante de seu destino original quando funcionários de uma companhia aérea o colocaram em um voo errado.

O filhotinho de labradoodle Cooper saiu do aeroporto de Halifax, no Canadá, com destino à Deer Lake, também no Canadá, onde parentes de sua dona, Terri Pittman, iriam cuidar dele. Isso porque, ela estava viajando no mesmo dia para a Jamaica, onde iria participar de um casamento.

No entanto, os funcionários da WestJet acabaram colocando o Cooper em um voo que foi para Hamilton, a mais de 1900 km de seu destino original. A situação ficou ainda pior quando o cãozinho escapou da coleira quando foi "se aliviar" após o pouso.

Pittman cancelou sua viagem e foi até Hamilton para procurar seu cachorrinho. Por sorte, ela o encontrou depois de uma grande busca.

A companhia aérea pediu desculpas pelo ocorrido e afirmou que vai bancar todos os gastos que Pittman teve por conta do problema, incluindo passagens aéreas, refeições e hotéis.

"A segurança e o cuidado dos animais de estimação, tanto quando estão viajando como carga ou quando estão na cabine, é sempre uma prioridade para a WestJet, e sinceramente pedimos desculpas ao proprietário do animal de estimação pelo ocorrido", afirmou a porta-voz da companhia aérea, Lauren Stewart.

FONTE: Uol

20/04/2017

'Não desconfiamos de ninguém', diz dono de aves usadas em Viracopos e mortas no fim de semana

Os animais foram cruelmente mortos por covardes que, provavelmente, o fizeram por vingança.... nojento mesmo....
------------------------
Dois gaviões e dois falcões foram treinados para afugentar pombos e garças do entorno da pista do aeroporto e evitar acidentes.

Não desconfiamos de ninguém”. A afirmação é do Vítor Manoel Santos, sócio da empresa responsável pelas aves de rapina usadas para afugentar outros animais do entorno da pista do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), e evitar choques com aeronaves durante os pousos e decolagens.

Dois gaviões e dois falcões foram mortos no final de semana. Os sócios registraram queixa na Polícia Civil para descobrir quem invadiu a área onde eles eram mantidos para matar os animais com golpes de facão. As aves foram esquartejadas.

Vítor Santos disse que desde novembro de 2014 o serviço é feito no aeroporto. E mesmo com a morte deles, o esquema não será interrompido.

“Hoje mesmo outras aves serão usadas, temos estrutura para isso”, disse ele.

O mais comum é o uso das aves para afugentar pombos e garças, que podem causar acidentes em caso de colisões com aviões decolando ou pousando em Viracopos.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou ao G1, nesta terça-feira (18), que investiga o caso e que perícias foram feitas no local e nas aves.

Por meio de nota, a Concessionária Aeroportos Brasil Viracopos informou que está colaborando com as investigações dessas mortes.

FONTE: G1

23/03/2017

Cão de serviço morto em aeroporto de Auckland gera comoção

Este caso já aconteceu há uns dias e fiquei tão injuriada que me neguei a publicar..... Se fosse uma criança assustada e perdida nas pistas, mandavam matar? nojo..... fiquei muito revoltada.....
------------------------
O Aeroporto de Auckland irá abrir uma investigação interna para apurar o ocorrido.

O falecimento de Grizz, um cão especializado em localização de bombas, gerou grande revolta na Nova Zelândia e acendeu o debate sobre a real importância da vida de um animal de serviço.

Depois de ter se assustado durante o trabalho e corrido para a pista de pouso aproximadamente às 4 da manhã, os funcionários instruíram os policiais a matá-lo depois de supostamente terem tentado capturá-lo por 3 horas.

Segundo a imprensa local, o cachorro não se encontrava no asfalto, mas sim na lateral da pista. Mesmo assim, os pilotos se recusaram a pousar e arriscar a vida dos passageiros até que a situação se resolvesse. O impasse causou o atraso de 16 vôo domésticos e internacionais.

Em um comunicado oficial, o Aeroporto de Auckland anunciou que irá abrir uma investigação interna para averiguar o que pode ter acontecido para que os eventos de desdobrassem dessa forma.

É bem difícil acreditar que não havia nenhuma forma mais humana de lidar com a situação e que eles realmente precisavam matar o cachorro. Muitos questionamento definitivamente precisam ser respondidos.

Para começar, não estamos falando de qualquer animal. Grizz era um cachorro treinado e acostumado a comandos. Como pode ele não ter respondido a ninguém, ou ter se assustado de tal forma a ficar inalcançável. A algo muito errado com contexto que levou o cão a fugir dessa forma.

Além de mostrar uma falha grave na segurança do aeroporto que permitiu que Grizz corresse solto na pista de pouso, esse infeliz incidente só deixa claro que não há nenhum plano de ação para momentos como esse, vide eles não terem um tranquilizante no local. Um cachorro, diga-se de passagem trabalhador do local desde maio de 2016, foi morto. Uma vida que simplesmente foi tirada em consequência ao que obviamente foi uma série de erros por parte dos funcionários.

FONTE: portaldodog

22/03/2017

Três tigres bebês resgatados no aeroporto de Beirute



Mais um caso sobre tigres..... Olhem os pobrezinhos....
-------------
Um grupo libanês de defesa dos direitos dos animais anunciou ter salvado três tigres bebés da Sibéria, encontrados desidratados e infestados de vermes no aeroporto de Beirute, em trânsito para um jardim zoológico sírio.

As crias foram resgatadas pela Animals Lebanon no início da semana, depois de terem passado mais de sete dias fechados numa caixa e em condições “inaceitáveis” naquele aeroporto.

Os animais chegaram ao aeroporto a 7 de março, vindos da Ucrânia, e por uma suposta confusão sobre a viagem, passaram uma semana dentro de uma caixa de madeira, adiantou à AFP a vice-presidente da organização Maggie Shaarawi. “Ninguém lá foi, não havia lugar para eles urinarem, estavam no meio de urina e fezes, não havia forma de beberem.”


As imagens recolhidas pela Animals Lebanon mostram os pequenos tigres debilitados, cobertos de vermes e de excrementos. Quando o grupo de defesa dos animais soube da expedição dos tigres pediu ao Ministério da Agricultura que se inteirasse das condições da viagem e da conformidade com as convenções libanesas e internacionais. Um juiz ordenou então que os animais fossem entregues à Animals Lebanon devido a “sérias preocupações sobre o seu estado de saúde”.

A responsável da organização não adiantou pormenores sobre onde se encontram agora os tigres, mas garantiu que irão permanecer sob proteção da organização até que a justiça decida “o reenvio, ou não, para o seu proprietário”. A licença que acompanhava a expedição dos animais indicava o envio por um “empresário privado” da Ucrânia para o Zoo Samer Alehsenawi, perto de Damasco, escreve a AFP.

O Líbano é desde 2013 membro da Convenção internacional sobre espécies selvagens ameaçadas de extinção e em julho passado o ministério libanês da Agricultura emitiu um decreto que visa o tráfico de grandes felinos, como leões, tigres e pumas, impondo aos jardins zoológicos autorizações oficiais.

Fonte: SOL/SAPO/PT

14/12/2016

Aeroporto de São Francisco contrata porquinha para desestressar passageiros

Acho isto formidável porque sensibiliza muitas pessoas que aprendem a conviver e sentir o bem que os animais nos fazem ao doar total amizade.
----------------
RIO - Esperar por uma conexão dentro de uma aeroporto é uma das piores partes de se viajar. Para distrair quem está vivendo a situação, o Aeroporto Internacional de San Francisco (SFO) "contratou" a porquinha Lilou. Sua função é passear pelos saguões divertindo e distraindo quem espera pelo próximo embarque.

video

E ela não está sozinha: Lilou é a primeira porquinha do Wag Brigade, um time de animais de estimação que conta com mais de 300 cachorros, gatos e coelhos. Todos os animais fazem parte da

13/09/2016

Capturada a gata perdida no aeroporto Francisco Sá Carneiro - Portugal

Os casos acontecem em todo mundo. Esta menina aí teve sorte de ser encontrada e resgatada, né?
------------------------
A gata que estava perdida no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na Maia, desde terça-feira foi capturada esta quinta-feira à tarde por uma equipa de voluntários.

O animal ia ser enviado de avião para França, a pedido da dona, quando a pessoa que a levava, um sobrinho, foi obrigada a retirá-la da transportadora para passar no Raio-X.

Paulo contou, ao JN, que avisou o segurança que "a gata era brava e que, já em outras ocasiões, o

04/08/2016

Do aeroporto a Deodoro: assista à operação de chegada dos cavalos

Ontem, publicamos um vídeo com o transporte dos animais. Hoje estou publicando este mais completo. Fico impressionada com todo aparato.... impressionante....
---------------------
A chegada de uma delegação ao aeroporto costuma exigir uma operação especial para recepcionar os atletas e encaminhá-los para a Vila Olímpica de Deodoro. 

video

Na noite da última sexta, não foi diferente no aeroporto internacional do Galeão, no Rio de Janeiro. Mas quem desceu do avião não foram atletas, mas, sim, cavalos que disputarão as provas de hipismo

06/04/2016

TAM indenizará passageira após gato desaparecer em voo

Pelo menos, o gatinho foi achado, mas, tantos outros perdidos, né? Agora, 5 mil reais de indenização é dose!!!!!!!! isto porque a dona recorreu porque a justiça mandou pagar só mil reais.... Detalhe? a TAM vai recorrer dos 5 mil!!!!!!! ô nojo!!!!!
------------------------
A TAM Linhas Aéreas S/A foi condenada a pagar R$ 5 mil por danos morais para passageira que não localizou o gato de estimação após a aterrissagem do avião em que viajou. O animal ficou desaparecido durante nove horas, mas depois foi localizado.

A cliente comprou passagem na companhia aérea para realizar uma viagem de Santiago do Chile a Porto Alegre, com conexão em São Paulo, e

14/01/2016

Cachorro invade pista e fecha Aeroporto de Congonhas em SP



Gente, o cachorro tem dono porque está gordinho.... Vamos divulgar para ver se alguém o encontra.... Será que não foi cachorro perdido de companhia aérea? tem tudo para ser..... Quem tiver notícia avisa p´ra gente?
------------------------------


video

30/07/2015

Família reencontra gato perdido em avião há mais de um ano nos EUA

Ô, Deus, dá uma colher de chá e faz os animais perdidos em aeroportos aqui no Brasil terem o mesmo destino!!!!! a vantagem do microchips é esta....
----------------------------------
O gato Bogie é enviado de volta para sua família 19 meses após escapar em um voo da United Airlines (Foto: Jennifer Kishimori/CatFriends via AP)
Animal escapou de caixa em voo da United Airlines há 19 meses.
Homem que cuida de gatos de rua o encontrou no Havaí e rastreou donos.

Uma família americana reencontrou na semana passada seu gato de estimação mais de um ano e meio depois de ter perdido o animal durante uma viagem de avião nos Estados Unidos.

A separação ocorreu há 19 meses, quando a família se mudou do Havaí para Detroit, no Michigan. Bogie, um gato siamês, deveria ter ido junto, mas escapou de sua caixa em um voo cargueiro da United Airlines. A família achou que tinha perdido o gato para sempre.

Há cerca de seis meses, um morador do Havaí encontrou o gato na rua, e passou a cuidar dele junto com outros animais. “Tem alguns gatos que eu cuido na rua Ualena, perto do

13/03/2015

GOL lança serviço para transporte de animais na cabine em voos domésticos

DEMORÔ!!!! A TAM já tinha saído na frente com este procedimento. CLIQUE AQUI para conferir. Agora, tudo bem, independente disto, vão continuar a oferecer os péssimos serviços no transporte de cães de porte que não possam ir na cabine de passageiros? é, porque o grande problema é este, né mesmo? Aliás, alguem sabe se a TAM deu conta da cadela Mel que deixou fugir no aeroporto de Guarulhos? Lembrem do caso AQUI.
----------------------------------------

A GOL Linhas Aéreas Inteligentes lança um novo serviço para os seus clientes em todos os voos domésticos. A partir de hoje, cães e gatos poderão viajar na cabine de passageiros, acomodados abaixo da poltrona, desde que atendam aos requisitos indicados pela companhia. 

 “Os animais de estimação são hoje considerados parte da família e seus donos querem estar mais

23/02/2015

Japoneses são presos por contrabandear mais de 100 animais em extinção



Mas que cara de pau.... não sabiam.... Parece até com o Lula e a Dilma aqui no Brasil que nunca sabem de nada..... piada!!!!!
---------------------------------------------------






Jornal da Record - 21/02/15

Os dois japoneses foram flagrados com mais 100 animais no aeroporto de Bangkok, na Tailândia. Eles alegaram que não sabiam que era proibido exportar animais no País.

10/02/2015

Houve, sim, um equívoco’, diz diretor da TAM sobre sumiço de cachorrinha

Que raio de equívoco? eu hein.....
Vejam a matéria do Fantástico de 08/02/15 clicando na imagem da Mell. Deus queira que ela seja encontrada.....


Nossa postagem a respeito:
URGENTE: a TAM deu sumiço numa cadela no aeroporto de Guarulhos

07/02/2015

Novo aeroporto para animais em Nova York

Eu não entendi bem como vai funcionar isto. Se alguem entendeu, me fala? sei que ando meia "lerdinha"....
-------------------------------
O projeto chamado como "The ARK (a “ARCA”), está previsto para estrear no próximo ano no aeroporto internacional de Nova York (JKF), o aeroporto foi escolhido para ser o novo berço do transporte animal, o terminal servirá tanto para animais domésticos quanto para selvagens.

O The Spot Experience (um provedor de rápido crescimento de serviços do animal de estimação em Nova York) afirmou ter uma parceria exclusiva com a desenvolvedora Racebrook Capital para lidar com

28/01/2015

Mulher afoga cachorro que não foi autorizado a viajar em aeroporto dos EUA

Mulher foi presa depois que pessoas encontraram o animal morto no banheiro
Ontem publicamos sobre o desespero da dona da cadela Mell que está perdida no aeroporto de Guarulhos por conta da incompetência da TAM. Hoje, a gente depara com um troço destes.... Que diferença de sentimentos, não?
----------------------------------------
Cynthia Anderson, de 56 anos, foi detida depois de afogar o cão no vaso sanitário do banheiro do terminal

Uma americana afogou seu cachorro de duas semanas em um vaso sanitário no aeroporto regional de Nebraska, na Região Central dos Estados Unidos, porque não foi autorizada a embarcar no avião com o animal, informou um meio de comunicação local na noite de segunda-feira.

Na sexta-feira, Cynthia Anderson, de 56 anos, acabou detida depois que várias pessoas relataram à polícia que havia um cachorro morto no banheiro, segundo o jornal Daily Mail. A mulher, queria embarcar em um avião com seu cachorro, mas não pôde porque o filhote de Doberman era muito novo e não cumpria com as normas para viajar.

Segundo um policial interrogado pelo jornal, a mulher que veio da Flórida, levou o cachorro ao banheiro do aeroporto, onde teria afogado o animal no vaso sanitário.

FONTE: Em

27/01/2015

URGENTE: a TAM deu sumiço numa cadela no aeroporto de Guarulhos

URGENTE, DIVULGUEM EM SUAS REDES SOCIAIS!!!!! VAMOS ENCHER A TAM DE E-MAILS COBRANDO PROVIDÊNCIAS PARA ENCONTRAREM A MEL QUE ESTÁ PERDIDA DESDE O DIA 18/01!!!!!!
------------------------------------------------

Nossa amiga Marta da ONG Aila, nos mandou este e-mail. Vamos escrever para a TAM cobrando notícias de Mel, a cadela que deixaram fugir.... Mel tem 7 anos e deve estar desesperada..... bagagem.grull@tam.com.br. 
Coloquem com cópia para o e-mail atendimento.fale@tam.com.br e façam referência ao protocolo inicial da dona da cadelinha que é 60451375/1. Qem puder ligar, como eu fiz, o numero é 0800123200. O meu registro foi 60604163. Aliás, se quiser ler outros casos ocorridos na TAM, clique AQUI


 -------------------------
Assunto: Perda da Minha cachorra no embarque da TAM 
Data: 26.01.2015 11:44 
De: Amanda dos Santos <aman20066@hotmail.com> 
Para: "aila@aila.org.br" <aila@aila.org.br> 

Bom Dia Marta! 
Estou entrando em contato com você, solicitando uma imensa ajuda!

No dia 18 de janeiro (domingo), minha família foi viajar para Bahia, partindo do aeroporto de Guarulhos, no voo JJ3398. Confiando na empresa TAM, levaram minha cachorra. Porém no momento do embarque, minha família foi informada de que a cachorra havia fugido. Desde então, estou entrando em contato com a TAM, e a unica informação que eles me dão, é que as buscas já foram iniciadas. Entrei em contato com a ouvidoria da TAM, a pessoa que me atendeu me passou o seguinte protocolo 60451375/1 e disse que a TAM e o aeroporto tinham a obrigação de me dar uma posição dentro de 5 dias uteis. Entrei em contato com a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e eles ficaram de entrar em contato com a TAM e tentar resolver o caso. Consegui o contato do supervisor da TAM, e o que foi dito, é que as buscas continuam, e que estão procurando nas extremidades do aeroporto, porem ele acredita que minha cachorra esteja dentro do aeroporto. A pergunta que eu fiz pra ele foi a seguinte: 
- Como um animal pode sair de dentro de um aeroporto internacional e não ser visto pela segurança, ou não terem visto nas câmeras? Ele não me respondeu. E se minha cachorra estiver dentro do aeroporto, a equipe não é capaz de encontra-la dentro de 7 dias? Essas são perguntas que não foram respondidas pela TAM e nem pelo aeroporto.
Fomos no aeroporto de Guarulhos para tentar ter algumas respostas, e pedimos a caixa onde a Mel (minha cachorra) estava sendo transportada, e eles me informaram que a caixa não estava la. Onde esta essa caixa?

Gostaria que essa história fosse resolvida. Peço encarecidamente que me ajude. 
Marta, te autorizo a fazer a divulgação desse e-mail.
Desde já, agradeço.
Atenciosamente,
Amanda dos Santos.
______________________

Atualização do caso em 02/02/15
TAM perde cachorra e oferece aos donos outro cão no lugar

04/01/2015

Nos EUA, aeroporto usa cachorros para amenizar estresse

Interessante..... é..... fazer o quê? acho que mesmo sendo utilizado, reverte algo de bom para os animais





Um cachorro fez sucesso no Aeroporto Internacional de São Francisco. Para amenizar o estresse pré-vôo, o aeroporto, com o apoio da Sociedade para a prevenção de Crueldades contra os animais, recrutou um "cão terapeuta" que vestia um colete escrito "pet me", me acaricie. O especialista em clientes, Christopher Birch percebeu que os cães são um sucesso com as crianças e ainda mais com os adultos. A experiência agradou e cerca de 25 cachorros e seus respectivos assistentes estarão atuando no aeroporto.

RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪