RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador acompanhar. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador acompanhar. Mostrar todas as postagens

16 de fevereiro de 2017

Atleta paralímpico recebe primeiro cachorro do Projeto Genocão

Os animais mostrando sua superioridade, né mesmo? Isto é exploração animal? é, mas....
------------
Programa treina cachorros para exercer a função de cão assistente e coterapeutas às pessoas com deficiência física

O Projeto Genocão teve início nesta segunda-feira (13) com a entrega do primeiro cachorro do programa que treina animais para exercer a função de cão de assistência e coterapeutas às pessoas com deficiência física.


Batizada de Paçoca, a fêmea da raça golden retriever, de 2 anos de idade, foi doada ao paratleta Lucas França Couto Junqueira, da Seleção Brasileira Paralímpica de Rugby Masculino, que sofreu um

10 de setembro de 2016

Cinco cachorros resgatados se tornam companheiros fiéis de policiais no Chile

Que coisinhas mais delicinhas!!!! como é bom ler e ver coisas do gênero, não? o humano tem solução....
------------------
Os cães haviam sido abandonados em um terreno baldio, mas agora moram na delegacia.
Eles não receberam nenhum treinamento especial, mas esses cinco cachorros acompanham as rondas dos policiais na cidade de Quilpué, no Chile. O motivo de tamanha lealdade é a gratidão. Os cães haviam sido abandonados em um terreno baldio e foram resgatados pelos policiais.



Agora eles moram na delegacia, onde receberam caminhas, água, comida e carinho. A polícia está aproveitando a presença dos cães na comunidade para alertar contra o abandono de animais.

Fonte: Portal do Dog

24 de junho de 2016

Os bombeiros estavam a apagar um incêndio na floresta, mas olhem para o burro que está atrás deles…

Que coisinha mais linda.... o burrinho acompanhou o tempo todo o trabalho dos bombeiros...
------------------------ 
Recentemente, um incêndio entre a Califórnia e o Arizona fez com que os bombeiros dos Estados Unidos não tivessem mãos a medir. Mais de 1.000 casas foram evacuadas. Enquanto os profissionais lutavam para apagar o fogo, eles avistaram algo por entre o fumo e as chamas…

Era um burro, que vinha na sua direção. Os bombeiros rapidamente agarraram nas mangueiras para lhe

2 de novembro de 2015

Enem 2015: Cadela fica quatro horas em local de prova aguardando a dona

Que bonitinha, não? acompanhando a dona na tristeza e na alegria..... kakakaka.....
------------------------
Uma cadela preta vista do lado de fora da Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) chamava a atenção de quem transitava pelo local neste sábado (24), primeiro dia de prova do Enem 2015 (Exame Nacional do Ensino Médio). O que muita gente não imaginava era que o bichinho estava aguardando sua dona, a estudante Alexia Figueiredo, 16, terminar a prova do Enem.

Segundo contou a mãe da estudante, Jaqueline Figueiredo, 42, a filha estava um pouco nervosa

21 de setembro de 2015

Domador russo vai votar acompanhado do seu urso

Que coisa nojenta, não?
--------------------------------
Na região de Leningrado perto de São Petersburgo, um homem foi votar com o seu animal de estimação. O enorme animal era bastante amigável. O dono do urso foi reconhecido por ser um domador de animais 


Fonte: Live Leak

31 de agosto de 2015

27 de fevereiro de 2015

Cadela que acompanhava enterros é sepultada no RN





Acho que vale a pena dar uma lida.... Piabinha era querida.....
------------------------------------------------









A quarta-feira (18) não marcou apenas o encerramento do carnaval. Para os moradores de uma cidade do interior potiguar, a data também marcou o fim da curiosa história de uma cadela. Piabinha, uma vira-lata de 10 anos que ficou conhecida por acompanhar de perto todos os enterros realizados em Campo Redondo, morreu nesta Quarta de Cinzas após complicações no parto. Os filhotinhos não foram encontrados. O sepultamento da vira-lata parou a cidade. Em retribuição, e sob muitos aplausos e buzinaço, dezenas de pessoas fizeram um cortejo fúnebre e seguiram de perto o sepultamento do animal. George Araújo, de 42 anos, é professor. Ele dá aulas de inglês e português em uma escola estadual de Campo Redondo e também trabalha numa rádio comunitária. Ele foi um dos que acompanharam o enterro de Piabinha. “Nos últimos três anos, a vira-lata foi a todos os enterros que aconteceram aqui na cidade. Eu, particularmente, a chamava de cachorra solidariedade”, acrescentou.

Piabinha foi encontrada e adotada pelo casal Francisco de Assis Filho e Maria das Vitórias. A cadela estava dentro do chiqueiro da família, ferida após ser atacada por um dos porcos. As mordidas foram tão graves que Piabinha chegou a perder parte de uma das patas traseiras. “Ela tinha quase sete anos quando a achamos e começamos a cuidar dela. Isso foi há três anos. Então, um parente querido da nossa família morreu, e a cachorra acompanhou todo o velório. Desde então, ela passou a seguir todos os sepultamentos”, disse Maria das Vitórias ao portal G1. Ainda de acordo com o professor George Araújo, a cadela conquistou a admiração e o respeito da população. “A quantidade de moradores presente no enterro da Piabinha foi a prova disso. Nós resolvemos acompanhar o sepultamento dela, do mesmo jeito que ela fazia pelos humanos”, disse ele. Piabinha foi enterrada próximo ao cemitério municipal de Campo Redondo e ganhou aplausos.

23 de setembro de 2014

Cão adotado acompanha velório de idosa que recuperava presos no RS

O que é um cão..... e tem gente que se acha superior....
-------------------------------
Maria Ribeiro da Silva Tavares morreu aos 102 anos em Porto Alegre. Milke, de 5 anos, permaneceu a maior parte do tempo ao lado do caixão.


Não foi só a tristeza de amigos e familiares que chamou a atenção durante o velório da assistente social Maria Ribeiro da Silva Tavares, de 102 anos, que há mais de sete décadas prestava apoio para

10 de junho de 2014

Cão passa 4 dias em frente a hospital esperando pelo dono internado no PI



Mais um caso para a gente reverenciar estes seres maravihosos...
----------------------
Revista Eletônica "O Grito do Bicho" - Fazendo a notícia na luta pelo direito dos animais do céu, da terra e do mar.
Obama, como é chamado o animal, só deixou hospital quando dono teve alta.
José Geraldo Filho cuida do cachorro há oito anos.

Um cachorro chamou atenção dos funcionários de um hospital localizado na Zona Sul de Teresina após passar quatro dias do lado de fora à espera do seu dono que estava internado. Obama, como é chamado o vira-lata, chegou no domingo (1º) e só deixou o local nesta quarta-feira (4) quando o comerciante José Geraldo Filho teve alta.

16 de março de 2013