RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador abrigo municipal. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador abrigo municipal. Mostrar todas as postagens

20 de julho de 2017

TJ condena Prefeitura de Marília a criar abrigo municipal para animais de rua - SP


Muito bom!!!!! parabéns pelas companheiras que estão indo pelo caminho certo!!!! Fico muito feliz quando vejo o pessoal da proteção trabalhando bem.....
----------
O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou a Prefeitura de Marília a providenciar um serviço para recolher animais de rua. O objetivo é capturar esses animais, realizar a castração e encontrar um local onde eles possam ficar.

29 de junho de 2017

Após passar por maus-tratos, pônei Estrela é furtada de abrigo

Eu fico impressionada com a facilidade que ladrões entram neste abrigo público.... aí tem!!!!!
---------
Desde a madrugada de sexta-feira, o animal não foi mais visto no local

Depois de passar por maus-tratos e ser resgatada pela Prefeitura de São Vicente e pela Polícia Militar Ambiental, a história da pônei Estrela, que parecia caminhar para um final feliz semana passada, sofreu uma reviravolta. A novidade ruim é que a heroína de quatro patas desapareceu.

Na madrugada de sexta (23), o local onde o animal permanecia abrigado foi invadido e a pônei acabou sendo levada por criminosos. O crime só foi percebido quando o primeiro funcionário chegou, às 7h30. O intrigante é que, mesmo com cinco animais no espaço, apenas Estrela foi retirada.

O caso
No dia 20, a Reportagem encontrou a pônei amarrada em uma árvore do canteiro central de uma avenida no Náutica 3, em São Vicente, sem comida e sem água. Vizinhos reclamavam que o animal ficava abandonado.

Questionadas pela Reportagem, as autoridades foram no local no dia seguinte e constataram os maus-tratos. Um homem foi identificado como responsável pelo animal e multado em R$ 3mil

Essa não é a primeira vez que o local onde estava Estrela, no Parque Bitaru, é invadido. Na semana passada, quando A Tribuna esteve no abrigo, o dono relatou que o espaço é frequentemente alvo de bandidos.

“Viviam arrombando a porta de uma sala aqui, achando que iriam encontrar algo de valor. Até parei de consertar para que vissem que não tinha nada lá”, afirma Luis Antonio dos Santos, um dos proprietários da empresa C.A. Horse, contratada pela Prefeitura por R$ 18 mil mensais, do Fundo Municipal de Saúde, para a apreensão de animais de grande porte nas vias públicas.

Em abril, três éguas, duas delas prenhas, já haviam sido furtadas. Para tentar afugentar os gatunos, a empresa instalou câmeras e elas, juntamente com um cachorro, fazem a segurança do terreno. Os equipamentos foram quebrados na sexta e não registraram a ação. Luis Antonio agora estuda contratar uma empresa de vigilância.

Prefeitura
Em nota, a Secretaria do Meio Ambiente diz que o boletim de ocorrência foi feito e que o proprietário do animal está sabendo do desaparecimento da pônei.

Como Estrela aguardava o fim do inquérito para saber se seria devolvida ao antigo proprietário ou seguiria para doação, a Prefeitura garante que, “em caso de determinação judicial ordenando a devolução ao dono, ela deve ser executada em todos os seus termos”, sem explicar como faria para devolver a pônei furtada.

A Polícia Ambiental diz atuar na prevenção de crimes e na ação imediata após a ocorrência. Por isso, a investigação fica com a Polícia Civil. O caso foi registrado no 1º DP vicentino, que tenta descobrir o paradeiro da pônei e os autores do furto.

FONTE: atribuna