Mostrando postagens com marcador Inglaterra. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Inglaterra. Mostrar todas as postagens

10/12/2017

Homem atinge um pônei com uma prancha de madeira

Covardão!!!!! ainda bem que o mequetrefe foi punido de alguma forma.... se livrou da cadeia, mas teve que trabalhar de graça.... nojento!!!! Se isto acontece na Inglaterra imagine no resto do mundo.... o tal "serumano" independe de qualquer situação ou local neste mundo....
-------------
O vídeo mostra o momento em que um bandido esmagou

07/12/2017

Ministro do Reino Unido ajuda a salvar cães que seriam sacrificados

Na Inglaterra não tem mimimi... cão mordeu? já era..... Maior sorte destes... Vida longa para os dois!!!!
-------------
Os cachorros Kevin e Dazz ganharam a atenção do país após morderem um morador de Leicestershire e terem sido condenados ao sacrifício

Os cachorros Kevin e Dazz eram cães farejadores de bombas

19/11/2017

Mãe e filhotes de gatos são encontrados presos em mala por mulher que passeava com seu cão

Tem gente que insiste em dizer que fazemos nosso destino. Jura? sempre pergunto aqui no nosso blog se isto pode ser possível diante de casos como este: O que levou a pessoa ir naquela direção onde estavam as vítimas de tamanha covardia? el podia ter tomado outro caminho; o cachorro farejou e alertou a dona. E se tivesse velhinho e perdido o faro, ela imaginaria que ali estavam tantos gatinhos? E assim vão dezenas

17/11/2017

Um grupo de ativistas pressiona um caçador e ele agride uma integrante - Inglaterra

Adorei este grupo que descobri lá na Inglaterra chamado West Midlands Hunt Saboteurs . Eles se dedicam a filmar as caçadas e postar nas redes sociais para que todos saibam o que acontece de verdade nestes eventos promovidos pelos psicopatas da caça. Amei conhece-los!!!!! Quem puder mande uma mensagem de apoio para eles!!!! 

13/11/2017

Homens atiram cães para mar gelado - Inglaterra

Minha Nossa, que maluquice foi esta? pior que ninguém ficou sabendo, né? espero que descubram....
---------
Em Hartlepool, Inglaterra, três homens atiraram animais para a água, puxando-os para fora com uma corda.
Três homens foram apanhados a atirar cães ao mar. O incidente aconteceu em Hartlepool, Inglaterra, e - segundo testemunhas - os animais eram atirados para a água e

04/10/2017

Inglaterra aumenta a punição da crueldade animal para 5 anos de prisão!

A Inglaterra está dando um grande exemplo... exemplo este que deveria ser seguido pelo mundo inteiro..... Seria tudo de bom!!!!!! principalmente porque lá, nos parece, que a lei funciona diferentemente do.... bem, você sabe...
------------
O abuso de animais é um crime grave que está relacionado a outros crimes violentos. Na verdade, os culpados de abuso

14/08/2017

Homem é condenado a prisão após trancar cachorros em varanda à beira da morte

Quando lemos que um caso deste acontece na Inglaterra, ficamos certos que o tal "serumano" existe em todos os lugares do mundo. Mas, que é difícil de aceitar, isto é, pois um país que educa tão bem seus cidadãos não dá para entender este tipo de crime. Agora, o que é legal é que o criminoso é devidamente punido como toda sociedade exige....
-----------
Um homem de Bristol, na Inglaterra, foi condenado a 18 anos de prisão por crueldade contra os animais após prender dois cachorros e deixá-los à beira da morte.

Proprietário de dois cachorros da raça Staffordshire bull terriers, batizados de Ruby e Blacky, Zach Cook, de 25 anos, abandonou os animais na varanda de sua casa. Os dois foram descobertos por autoridades após vizinhos próximos a residência do rapaz desconfiarem de um forte cheiro que vinha da propriedade. No local, policiais encontraram os dois cachorros em condições desumanas, envoltos em urina e fezes. "Ruby e Blacky sofreram crueldades horrendas e negligência porque Zach Cook decidiu trancar eles na varanda e apenas esquecer que eles existiam. 

O jeito de lidar com a vontade dele de não ter mais que cuidar dos cachorros foi fingir que eles não existiam enquanto ele continuava com a vida dele", afirmou Dan Hatflield, inspetor da "Associação de Prevenção de Crueldade Contra os Animais Royal Society".
"Quando foram descobertos, Blacky estava encolhido perto de Ruby e estava tão magro que todos os seus ossos estavam à mostra. Ruby estava em estado absolutamente terrível. Ela estava em colapso completo e estava deitada na miséria, incapaz de ficar em pé e precisou ser carregada até a van em uma cesta", continuou.

Zach foi preso e condenado na última quinta-feira (10) a 18 meses de prisão pelas acusações de causar sofrimento desnecessário e por não atender as necessidades dos animais de estimação.

Fonte: Rede TV

04/08/2017

Leão marinho sonha quando era livre nos mares - Inglaterra

Um vídeo feito no Zoológico Dudley no ultimo dia 31 de julho mostra um leão-marinho dormindo e provavelmente sonhando. A criatura fofa move suas bigodes e ronca alto no clipe
Os leões marinhos dormem o sono de ondas lentas unihemisféricas - pelo que metade do cérebro está dormindo enquanto a outra metade está acordada e alerta. O leão marinho da Patagônia, também chamado de leão-marinho da América do Sul, é encontrado do Peru  até o Chile no Pacífico e depois do norte ao sul do Brasil no Atlântico.

Fonte: Daily Mail

31/07/2017

Mulher desiste das compras e caça a própria comida

É outra que nem o  Mark Zuckerberg (o dono do facebook) que cria os animais na sua casa e quando quer vai lá no curral e pega o animal, mata e come....Jesus amado, não seria melhor eles se tornarem vegetarianos e dar exemplo de uma vida mais saudável e sem cadáver no prato? Se quiserem ficar com raiva ou mandarem uma mensagem, entrem no Facebook de Lisa Taylor, a podre do momento. Daqui a pouco vai se suicidar e aí vai dizer que foram os ativistas pelos animais....
--------------
Caçadora acredita que o que faz é mais humano do que comer animais que vivam em quintas industriais.
Lisa Taylor, mãe solteira, de Surrey, no sudeste de Inglaterra, deixou de comprar comida no supermercado porque decidiu começar a caçar animais selvagens. A mulher publicou fotografias onde agarra os chifres dos animais que mata, parecendo estar a vangloriar-se das refeições que acabara de conseguir. 

Numa das fotografias, Lisa segura um porco selvagem que acabara de matar. Outras fotografias mostram a caçadora com veados, raposas e galinhas. Depois de caçar os animais, Lisa cozinha a carne e publica algumas refeições na sua página de Facebook, que já atraiu mais de 15 mil seguidores. 

Numa das publicações, Lisa afirma ser "uma mulher que caça e cozinha". "Esta é a minha maneira de comprar carne", diz. Numa imagem, Elisa detalhou o que acabara de caçar. "Isto era um veado que matei em abril de 2015. Era bastante magro e fazia parte do plano de abate". "Não posso acreditar que a temporada de cabritos está a voltar tão rápido. Espero que tenhamos um rebanho saudável e forte de veados", acrescentou.  

A mãe, que gerencia um parque de veados, acredita que o que faz é mais humano e ético do que comer animais que vivam em quintas industriais. Algumas das suas publicações têm causado grande descontentamento nas redes sociais. Criticando a sua decisão de matar animais selvagens, uma pessoa chamou-a de "pessoa nociva". 

Outras pediram-lhe para "deixar as pobres raposas em paz". Contudo, outras pessoas publicaram comentários positivos e de apoio. Elisa Allen, diretora da PETA, disse ao Daily Mail que "há uma palavra para uma pessoa que tem o prazer de matar". "Enquanto esta mulher está claramente desesperada por atenção, tira vidas de animais que não desejavam mais nada para além de uma existência pacífica", continua. "As pessoas não deviam admirar pequenos indivíduos que agridem os outros para se sentirem grandes", conclui.

Fonte: CM Jornal PT

27/07/2017

Ex jogador de futebol e ator inglês posta em rede social foto de 100 raposas mortas

Bem, parece que este camarada será outro que vai se suicidar.... Tomara!!!!! A galera está pressionando ele direto no Twitter dele. Podre!!!!Ele jura inocência.... Quem acredita levanta o dedo aí!!!!!
----------------- 
- Os entusiastas da caça afirmam que ele foi alvo de hackers da internet por causa de seu amor pela caça
- Jones é um caçador dedicado que gosta de atirar em pássaros, raposas e pescar perto de sua casa de campo de Sussex
- O ex-jogador de futebol afirmou que sua conta no Twitter foi pirateada e ele está em LA
- As instituições de proteção animal reagiram com raiva sobre a fotografia de raposas mortas 

Vinnie Jones enfrentou uma avalanche de críticas dos amantes dos animais depois que uma fotografia de mais de 100 raposas mortas foi postada em sua conta no Twitter. Aparentemente, a imagem apareceu na conta das redes sociais do ex-futebolista com a legenda: "Uma lâmpada de verdade. Alguém vence isso?

O post foi excluído da conta do Jones Jones logo depois que apareceu na noite de domingo, mas ele foi fortemente criticado.
As instituições de proteção animal reagiram com horror ao "massacre" e disseram à ele que "deixasse de praticar um ato tão idiota". Jones negou que ele fosse responsável, alegou que sua conta havia sido pirateada e afirmou que nem tinha visto a fotografia.

Jones, de 52 anos, negou a publicação da foto e insistiu que ele tinha sido alvo de hackers depois de falar publicamente de seu amor pela caça do país. Falando em sua casa na Califórnia, ele disse: "Não tem nada a ver comigo. Eu nunca tinha visto a foto até esta manhã quando pessoas loucas entraram no meu no Twitter dizendo que eu tinha feito isso e aquilo. Eu estava tremendo, eu nunca tinha visto a foto e eu nunca vi aquela quantidade de raposas. Isso é um ataque contra mim. Não sei como foi parar lá ".

As raposas não são uma espécie protegida, por isso é legal matá-las com um rifle ou espingarda em terras privadas na Inglaterra. Os atiradores costumam atirar à noite, usando luzes de alta potência em caminhões de resgates.

A postagem veio depois que Jones, que morou em Los Angeles com sua esposa Tanya, mas que também tem uma casa de campo em Sussex, disse ao Shooting Times este mês: "Se o agricultor tem um problema de raposa, eu amo sair e resolver isso".

O pai de Jones era um guarda-caça e diz que ele tinha cinco anos quando atirou pela primeira vez em um pombo. Depois de uma carreira de 15 anos como futebolista, Jones teve sucesso como ator após seu papel em Lock, Stock e Two Smoking Barrels

Amigo Dave Whitby, dono de uma propriedade que libera caça de raposas em West Sussex, disse que a fotografia foi compartilhada entre os entusiastas das armas. "Ninguém sabe de onde veio a fotografia", disse ele. "Foi postado para mim e eu enviei para Vinnie dizendo:" De onde diabos veio esta foto? Nós pensamos que é no exterior em algum lugar, na Espanha ou na Alemanha. Eu não conheço a história, mas eu pensaria que seria impossível atirar em tantas raposas em um mês, muito menos um dia ". 

O Sr. Jones colocou com 18 coelhos mortos enquanto estava em uma caçada com amigos em janeiro e cuspiu: "Veja como foi a caçada por duas horas, amigo"  

O Sr. Jones confessou durante esta mesma caçada em janeiro ser um caçador apaixonado por raposas, pássaros e pesca. Na foto abaixo, ele se coloca sobre um texugo morto durante uma caçada em 2012 embora não haja provas para sugerir que ele matou o animal.
Jones coloca sobre um texugo morto durante uma caçada em 2012 embora não haja
nenhuma prova para sugerir que ele matou o texugo
Philippa King, da League Against Cruel Sports, disse: "Este é nada menos que um massacre. O extermínio de um número tão grande de raposas não pode ser interpretado como simplesmente lidar com um problema de excesso de  raposa  ou gerenciamento de vida selvagem. A alegria expressada aqui destaca a verdadeira natureza dessa atividade, que está matando vida selvagem por diversão e não tem nada a ver com o controle da raposa".

Elisa Allen, diretora da Peta UK, disse: "Se as pessoas caçassem cães em pânico por diversão, chamaríamos isso de crueldade com os animais. Vinnie precisa publicar sobre um ato idiota e desafiar sua força diante da proteção ao matar aqueles que não podem se proteger dos valentões? ".

O ativista de Animal Aid, Tod Bradbury, acrescentou: "Tratar animais como se fossem nada mais do que alvos vivos é insensível. Cada uma dessas raposas podem ter deixado filhotes que não terão como se defender".

Um porta-voz da RSPCA disse: "Dependendo das circunstâncias, infelizmente, tais ações são legais, mas sempre recomendamos medidas alternativas - como dissuasões - sejam usadas para evitar esse tipo de morte de animais selvagens '.

A British Association for Shooting and Conservation, a maior organização de tiroteio do Reino Unido, disse que era improvável que a foto da raposa fosse tirada na Grã-Bretanha. Um porta-voz disse: "Seria preciso uma grande quantidade de terra para sustentar uma população tão grande de raposas".

Em 2003, foi relatado que o Sr. Jones teve sua licença de uso de espingarda revogada pela polícia depois que ele foi condenado por ameaçar passageiros em um avião. Ele teria ameaçado "comer o rosto" de um passageiro e gritou: "Eu posso te matar, eu posso matar toda a equipe por £ 3.000". 

Fonte: Daily Mail
Tradução livre do Google para "O Grito do Bicho"

26/07/2017

Começa contagem oficial anual de cisnes da rainha Elizabeth

É muito chique, não? na verdade tem sua importância na preservação destas aves.... São lindos....
----------
Monarquia é dona de todos os cisnes mudos em águas abertas na Inglaterra. Tradição desde o século 12, censo de cinco dias atualmente é usado para ajudar na preservação das aves.

A contagem oficial de cisnes que pertencem à rainha Elizabeth II começou no rio Tâmisa nesta segunda-feira (17). O evento, com duração de cinco dias, data do século 12 e começou como um ritual para garantir que haveria cisnes suficientes para banquetes. Atualmente, porém, está relacionado à conservação: os dados do censo são usados para conferir o crescimento da população das aves.

A monarquia britânica tradicionalmente clama a propriedade sobre todos os Cisnes Mudos em águas abertas, uma espécie de cisnes com bico cor de laranja.

Uma equipe de dedicados contadores oficiais é encarregada de encontrar os cisnes em um trecho específico do rio Tâmisa. Quando um grupo é avistado, eles gritam “todos acima”, então marcam os jovens pássaros e checam se eles têm ferimentos ou doenças.

Em 1985, a população de cisnes da rota havia caído para apenas sete aves devido ao envenenamento por pesos de chumbo. Graças ao banimento do material, houve uma recuperação desde então, mas não aos índices anteriores aos da II Guerra Mundial.

David Barber, o Marcador de Cisnes oficial da rainha, espera que o evento chame atenção para os perigos que os jovens cisnes enfrentam no rio. As ameaças variam de predadores naturais a cães, poluição e roubo de ovos.

Os cisnes também sofrem ferimentos graves por engolirem anzóis ou voarem em direção a arames e às vezes são atacados por pessoas.

Como resultado, o número decaiu nos últimos anos. Mas Barber diz que os resultados preliminares deste ano parecem positivos.

“Pegamos mais aves jovens com menos ferimentos do que antes”, disse ele ao final da contagem no primeiro dia. “Estamos extremamente satisfeitos”.

Os resultados completos só serão divulgados no final da semana, no entanto, já que são necessários cinco dias para que os contadores completem seu percurso Tâmisa acima.

FONTE: G1

25/07/2017

Rainha Elizabeth II adota cão de funcionário que morreu

Até a rainha tem os mesmos medos que todos nós temos: morrer e deixar os bichos sem alguém para olhar por eles, né mesmo? Tem dias que nem durmo pensando nisto..... 

Já falei com Ele: me deixa viver só para enterrar todos meus velhos bichos, depois, pode até me jogar no inferno que não vou reclamar.... afinal, trato é trato..... 

Agora, vejam a foto que mostra a rainha descer de sua postura para acariciar um cachorro..... Pena, a Elizabeth ter patrocinado muitas caçadas.... do contrário, ia amar esta rainha....
-----------------
Dona de três cães, a rainha Elizabeth II adotou agora o seu quarto bichinho de estimação. Whisper, cachorro da raça corgi, foi acolhido pela líder britânica depois que seu dono, o guarda real Bill Fennick, morreu no início deste ano.

Segundo o tabloide The Sun, após a perda do dono, Whisper passou a ficar mais tempo com a rainha e ela se encantou pelo animal. O que não é muito surpreendente, já que Elizabeth teve mais de 30 cães da raça.

Com o novo cãozinho, a monarca quebrou uma promessa. Recentemente, ela havia anunciado que não traria mais nenhum pet para a família real, por medo de que eles fossem abandonados caso algo acontecesse com ela.

Fennick era um dos funcionários do Palácio de Sandringham e morreu aos 93 anos de idade. Whisper havia sido um presente da própria rainha ao funcionário e sua mulher, Nancy, que também faleceu há dois anos.

Fonte: Isto É

16/07/2017

Cães morrem de fome e família é proibida de ter animais

Sinceramente, dói demais a gente ver casos como estes, mas, há um consolo quando vemos que a justiça foi feita. A grafia da matéria é de Portugal. Então, não estranhem.
-------- 
Os cães Bruno e Roxy acabaram por não sobreviver.

Uma família, em Inglaterra, foi proibida de ter animais depois de os seus cães terem morrido à fome. Viviam num ambiente "deplorável". O Tribunal decretou uma pena de 10 anos.

Os dois cães foram encontrados com as costelas completamente expostas. Embora ainda com vida, os animais acabariam por morrer.

Michelle Baldwin, de 40 anos, e os dois filhos Shaun, de 21, e Shane, de 19, foram proibidos de ter animais, após serem acusados de abuso animal.

O Tribunal de Magistrados do Norte de Cheshire, em Inglaterra, mostrou as imagens devastadoras do ambiente onde os dois cães, Bruno e Roxy, viviam. Estes apresentavam sintomas evidentes de subnutrição.

A polícia andava a investigar o caso, depois de ter sido feita uma queixa anónima contra a família, que dava conta de mau trato animal. Ao inspecionar a casa, descobriram Bruno e Roxy, numa situação dita como "deplorável".

A polícia entrou em contato com a RSPCA, associação inglesa de defesa dos animais, com sede em Inglaterra e Gales, e esta prontamente interveio.

Uma das inspetoras do caso, Lupson, disse que "ambos os cães estavam muito magros, especialmente Bruno". "O cão estava tão fraco que, assim que o levámos para o veterinário, colocámo-lo numa maca e tentámos salvá-lo", continua.

A inspetora disse que "o andar de cima da casa, onde os cães estavam, era atroz". "Havia lixo em todo o lado e fezes que cobriam todo o chão".

Michelle, a mãe de 40 anos, recebeu uma pena de prisão de oito semanas. Shaun e Shane, os filhos, receberam uma pena comunitária de 12 meses e terão ainda que realizar 200 horas de trabalho não remunerado.
FONTE: cmjornal

01/06/2017

Aulas são canceladas após grave invasão de coelhos em escola na Inglaterra

Que nojeira esta gente destrambelhada que faz um monte de caquinha na natureza e depois diz que os animais viram pragas ... 
------------------------
Desde o início do ano, o colégio britânico Cranborne Middle School precisa lidar com um problema incomum: uma surpreendente praga de coelhos.

Uma epidemia de coelhos na cidade de Cramborne, no sul do Reino Unido, está causando transtornos a uma escola local. Eles transformaram o gramado do colégio em uma espécie de campo minado: não importa onde você pise, ali terá um buraco cavado pelo animal. 

Os coelhos sempre habitaram a região da escola, e com a ajuda do governo e dos esforços da própria instituição, durante anos, a situação se manteve sob controle. Entretanto, desta vez o problema ganhou proporções muito maiores.

Uma das principais preocupações é de que os alunos, crianças de nove a treze anos, se machuquem tropeçando nas centenas de buracos que os animais abriram ao longo do campo. Por conta disso, todas as atividades externas da escola foram suspensas, assim como o anual Dia dos Esportes, tradicional evento de escolas britânicas.

O zelador do colégio e a polícia florestal estão trabalhando juntos para conter a praga, fechando os buracos assim que eles aparecem além de abaterem alguns dos animais, mas nenhum sucesso foi registrado até agora.

O diretor da escola, Craig Watson, enviou uma carta aos pais dos alunos explicando a situação e as medidas que estão sendo tomadas. Segundo ele, o problema será resolvido até setembro deste ano, quando se reinicia o ano letivo na Inglaterra.

Inglaterra
Esses pequenos animais e o Reino Unido parecem compartilhar algumas histórias estranhas. Como no início do século 18, quando correu a notícia de que uma mulher dava à luz coelhos na Inglaterra . 

"Desde que escrevi pela última vez, a pobre mulher deu à luz três novos coelhos, todos eles mal-formados. O último durou 23 horas dentro do útero antes de morrer. Não sabemos quanto mais há lá dentro", relatou o cirurgião John Howard.

Depois de muita polêmica, a verdade começou a vir à tona, e a mulher, Mary Toft, realmente deu à luz coelhos. Partes dissecadas dos animais foram introduzidas em seu corpo, e em um processo muito incômodo, ela as expelia algumas horas depois.

30/05/2017

Cuidadora é morta por tigre em zoológico no Reino Unido

Coitada da tratadora que morreu por conta da existência de zoológicos... Mais uma tragédia!!!!
-----------------------
Uma funcionária do zoológico da cidade de Hamerton, no nordeste da Inglaterra, morreu após ser atacada por um tigre em uma das jaulas. O Hamerton Zoo Park foi evacuado após o incidente, que ocorreu por volta das 7h15, horário de Brasília. Não há previsão para reabertura.

Segundo a polícia, "aparentemente se trata de um acidente incomum, mas não suspeito". De toda forma, uma investigação foi aberta para apurar as circunstâncias que levaram ao ataque.
"Um tigre entrou em uma jaula em que estava uma cuidadora, que morreu no local. Em nenhum momento durante o incidente houve fuga dos animais, e a segurança do público não foi afetada de nenhuma forma."

Um dos visitantes do zoológico, que não quis ser identificado, disse à BBC que chegou ao local logo após a abertura e que estava próximo da jaula do tigre quando ouviu um funcionário gritar para que todos deixassem o parque imediatamente. "Eu estava tirando fotos dos leopardos. Os papagaios começaram a voar enlouquecidos, fazendo muito barulho", disse outro visitante.

"Depois disso, vi os funcionários correndo para a área dos tigres e leões. Eles então nos mandaram sair do parque e depois de 20 minutos nos permitiram entrar novamente. Mas mais uma vez, os funcionários pediram que deixássemos o parque. Eles não nos contaram o que tinha acontecido, mas foram ótimos e muito calmos na condução da situação."

O zoológico
O Hamerton Zoo Park abriu ao público em 1990 e cobre uma área de cerca de 25 acres. O parque abriga tigres-malaios, tigres-de-bengala, chitas, lobos, raposas, cangurus e uma variedade de pássaros, répteis e animais domésticos.

A nova área das jaulas dos tigres-malaios foi aberta em junho do ano passado. Em outubro de 2008, uma chita escapou do parque e foi encontrada por um garoto de nove anos no jardim de casa.

Fonte: Terra
-------
ATUALIZAÇÃO
Vejam o vídeo da tratadora

22/05/2017

Aranha brasileira que pode comer aves é encontrada em rua da Inglaterra

Agora, venham cá.... como saiu do Brasil, hein?
------------------------
Uma aranha nativa do Brasil e do tamanho de uma mão humana foi encontrada em uma rua de Leicester, na Inglaterra. O grande animal foi deixado em uma caixa e não se sabe quem a abandonou no local.

A espécie denominada caranguejeira-rosa-salmão-brasileira pode comer aves e é encontrada principalmente no nordeste brasileiro.

O morador que encontrou o animal acionou a Sociedade Protetora de Animais (RSPCA) da cidade inglesa, que o recolheu.

A principal suspeita é de que alguém manteve o animal como estimação até perceber o quão difícil é criá-lo. Segundo Steve Smith, da RSPCA, animais de estimação exóticos costumam ser levados para a entidade por conta disso.

“Apesar do tamanho, a aranha não é agressiva”, afirmou Steve ao jornal “Mirror”.

FONTE: Yahoo

12/05/2017

Zoológico da Cúmbria, onde 500 animais morreram de forma controversa, renova licença

Se isto acontece na Inglaterra, o que esperar do resto do mundo!!!!!! Minha Santa dos Anéis Perdidos, o que dá p´ra fazer num caso destes?
--------------
O zoológico onde mais de 500 animais morreram em menos de quatro anos recebeu uma renovação de sua licença das autoridades.Um relatório desanimador do South Lakes Safari Zoo, de Dalton-in-Furness, Cúmbria, revelou que 486 animais morreram de causas que incluem emaciação e hipotermia entre dezembro de 2013 e 2016.

David Gill, o fundador do zoológico teve um pedido de licença recusado em março deste ano após passar a atração para as mãos de uma nova empresa, a Cumbria Zoo Company Ltd, em janeiro. Mas agora, o Barrow Borough Council emitiu uma nova licença após uma inspeção recente, que mostrou sinais encorajadores de melhora nas instalações.

Dois filhotes de leopardo da neve (não fotografados) foram descobertos 
parcialmente devorados na área onde viviam no zoológico (Foto: REX Features)
Em um relatório entregue ao conselho no início deste mês, inspetores nomeados pelo governo elogiaram “a palpável mudança na cultura e na atitude dos funcionários, bem como seus níveis de compromisso, dedicação e entusiasmo, além de seus planos ambiciosos de dar continuidade ao trabalho, agora que o proprietário/diretor não está mais envolvido com o zoológico”.

A reviravolta aconteceu apenas um ano após o zoológico ser multado em 255.000 libras por violações de saúde e segurança após a cuidadora Sarah McClay, de 24 anos, ter sido morta por um tigre da Sumatra.

Um relatório desanimador também revelou que dois filhotes de leopardo da neve, Miska e Natasja, foram descobertos parcialmente devorados. Apesar das melhorias aparentes, a Captive Animals Protection Society ainda faz críticas duras ao jardim zoológico.

Em um comunicado, o grupo disse: “quatro dos oito novos diretores do Cumbria Zoo Ltd são antigos diretores ou gestores do South Lakes Safari”.

“A CEO do Cumbria zoo, Karen Brewer, esteve presente em uma inspeção feita no South Lakes Safari em 2011. Nessa ocasião, os inspetores se mostraram muito preocupados com a vida e o bem-estar dos animais”.

Fonte: Yahoo

09/05/2017

Dez bombeiros resgatam uma ovelha presa em uma fenda estreita - Inglaterra

Minha Nossaaaaaaaaaa!!!! que sorte da criaturinha que foi vista pelos alpinistas.....
-----------
Uma ovelha presa em uma rachadura de apenas 40 centímetros de largura em Todmoren, uma cidade inglesa à 27 quilômetros de Manchester. Alguns alpinistas que passaram pelo local ficaram surpresos e alertaram as autoridades. Dez bombeiros vieram para o resgate e alguns tiveram que descer até cinco metros para segurar o animal com cordas. Toda a operação foi gravada pelas equipes de resgate, que batizaram como a ovelha Dolly . "Felizmente ela foi resgatada ilesa quase noite mas quando começou a clarear ela correu alegremente se reunindo ao seu rebanho", disse o chefe do corpo de bombeiros Cleckheaton, no comando da missão, através de um comunicado. Em sua opinião, a maior sorte de Dolly foi ter uma espessa camada de lã que ajudou a amortecer a queda.

Fonte: El País
Tradução livre do Google para "O Grito do Bicho"

05/05/2017

Homem covarde se esconde atrás de uma van para espancar seu cão

Quando isto acontece num país como a Inglaterra, o que esperar de países miseráveis.... Os animais sofrem muito nas mãos de humanos nojentos como este....
-----------------
Um homem foi preso depois que ele foi filmado espancando um cão atrás de uma van branca em pleno dia. O vídeo foi gravado em Oldham , Inglaterra, enquanto caminhava com seu cachorro.

Ele caminhava com o cão, e se sentido protegido pela veículo, se agacha e começa a esmurrar-lo. Em seguida o pega e joga-o no chão antes de começar a socá-lo novamente. O vídeo foi compartilhado por um grande numero de usuários das redes sociais, mas,  parece ter sido carregado pela primeira vez por Misha Javed.

Ela escreveu: "Então, no início da tarde, esse homem nojento espancou seu cachorro! Eu não posso acreditar como alguém pode fazer algo assim para o seu próprio cão !! Eu nem quero imaginar o que ele faria com o mesmo cão dentro de casa. Isso me deixa doente e só desejo  que o cachorro ainda esteja bem. Por favor, todos os que vivem em Oldham , compartilhem este post para que possamos descobrir quem é o proprietário real deste cão que precisa ser retirado dele. Quando meu irmão o confrontou, ele disse que "ninguém tinha nada a ver com isso".

Um outro usuário de redes sociais postou esta manhã que o homem tinha dois cães e agora ambos foram apreendidos após o incidente. A polícia disse que o homem com 35 anos se entregou à polícia e foi preso por crueldade com animais.

O inspetor-chefe John Haywood disse: "Em torno de 10.25am na segunda-feira 1 maio 2017 uma denúncia foi feita à polícia através de um vídeo que mostrava um homem agredindo covardemente um cão na área de Oldham. A violência contra um humano ou animal nunca é a resposta e vamos continuar a punir as pessoas que insistem num comportamento repugnante como este. O criminoso está sob custódia e será interrogado mais tarde depois que reunirmos as informações necessárias".

Fonte: Metro
Tradução livre do Google para "O Grito do Bicho"

07/04/2017

Empresas dão licença remunerada para quem tem um novo cachorrinho

Vamos todos para Londres? kakakaka.... deve ser muito bom viver no Reino Unido embora existam uns senões ligados a caça, tratamento de animais de fazenda, serumanos.... mas, nada é perfeito, né?
------------------------
LONDRES - Para muitas pessoas, um cachorrinho é o mesmo que um filho. Então, por que não dar aos novos “pais” os mesmos direitos concedidos aos trabalhadores que têm um bebê, digamos, tradicional? Em pelo menos três empresas do Reino Unido, os pais de cachorrinhos têm direito a uma licença remunerada para ajudar com a adaptação do mascote à nova casa e para estreitar os laços com os donos.

Segundo um levantamento feito pela empresa de seguros para animais Petplan citado pelo site “Business Insider”, 5% dos donos de cachorros no Reino Unido receberam de seus empregadores a oferta de algum período de licença remunerada para ajudar na delicada fase de adaptação ao novo lar.

Entre os empregadores que oferecem o benefício estão a Mars Petcare — divisão da gigante Mars dedicada a alimentos para animais. De acordo com o site, a fabricante de rações como Pedigree e Royal Canin oferece licença de dez horas e permissão para levar o bichinho ao escritório depois disso.

LICENÇA PARA LUTO

Já na empresa de tecnologia BitSol Solutions, quem adota ou compra um filho de quatro patas tem direito a uma semana de licença remunerada, o mesmo período oferecido pela cervejaria BrewDog, explica o Business Insider.

Animais de estimação geralmente vivem pouco tempo, e sua morte não é fácil de ser encarada. Por isso, afirma o Business Insider, cresce o número de empresas que permitem ao funcionário se afastar do trabalho quando perde o pet.

Na Mars, há um dia de licença além de horários flexíveis. Já a empresa de softwares VMware e a de saúde Maxwell Health oferecem dias flexíveis.

Quem trabalha trabalha no Kimpton Hotels & Restaurants, em São Francisco, pode se afastar por três dias, e na companhia de seguros de animais Trupanion, por um dia.

A drogaria canadense Shoppers Drug Mart, conforme o Business Insider, permite “dias de folga” (sem esclarecer tanto) quando há perda de um familiar, o que inclui os pets.

FONTE: extra.globo

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪