Mostrando postagens com marcador EUA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador EUA. Mostrar todas as postagens

20/10/2017

Cães de raça e gato são vítimas de crueldade e maus-tratos em Delaware - EUA

Vejam mais um caso de maus-tratos igual aquele que a Luisa Mell resgatou recentemente. Só que aconteceu nos Estados Unidos. Que barbaridade!!!! Vamos acompanhar a diferença de penalidade nos dois casos...
--------------
Um homem morador em Delaware enfrenta mais de 400 acusações de crueldade animal depois que 32 animais

04/10/2017

Gatinho de rua visita uma delegacia de polícia e encontra um lar em definitivo - EUA

Esta fofurinha de gato teve uma sorte danada. Tem gatos que sabem fazer um charme danado, tem uns apavorados, outros super carinhosos e dengosos, né mesmo? Enfim, são maravilhosos.  Este aí é daqueles que qualquer um se derrete!!!!!
----------- 
Um gatinho branco e preto muito confiante em seu charme recentemente fez uma visita incomum a um departamento de polícia em Columbia, Carolina do Sul. Com isto recebeu

29/09/2017

Adolescente pego novamente fazendo sexo com cadela - EUA

Esta imagem ao lado é só para saber o tipo de cachorrinha que este filho do demo pegou.... Agora, me digam uma coisa: para que o mundo precisa de um ser desta natureza e sem solução? é um futuro estuprador ou coisa do gênero... Minha Santa da alta Voltagem, dá um choque neste infeliz de vez..... Tenho pena não, não sou hipócrita..... se nem a justiça dá jeito fazer o quê?
--------

26/09/2017

Menina manda carta com pedido para empresa errada e recebe hamster em casa - EUA

Foi uma boa ação, mas, acho que preferíamos que ele mandasse um de pelúcia, né mesmo? Comercialização de vidas não é uma boa... principalmente dos animais que nos são tão queridos... Enfim....
==========
Uma americana, de 8 anos, decidiu enviar uma carta para a Petco — rede de lojas de produtos para animais — pedindo um hamster para

04/09/2017

Fábrica de filhotes nos Estados Unidos é fechada

O vídeo faz parte de uma campanha da Voluntário Animal. Muito legal.
-------------
Mais uma fábrica de filhotes de cachorros é fechada. Ela operava nos Estados Unidos desde os anos 80. A fábrica foi fechada e os monstros receberam da justiça 25 acusações de crueldade animal e foram condenados a 25 anos de prisão. Graças a Deus todos os animais encontrados no local já foram doados.

19/08/2017

Por que cachorros estão fazendo parte do dia a dia de escolas nos EUA

Cachorros e gatos deviam fazer parte de todos os locais públicos e particulares para mostrar aos humanos o quanto são mais civilizados....
------------
A simples presença dos animais no ambiente escolar é vista como um fator positivo por alunos e educadores

Diretores, professores, funcionários e um cachorro. Desde o início de 2017, esse é o quadro de profissionais que participam das atividades diárias de 37 escolas públicas no estado de Nova York, nos EUA. Até 2016, apenas sete instituições contavam com os chamados “cães de conforto” entre seus estudantes, mas o governo decidiu ampliar o projeto para outras 30 escolas da cidade.

Os animais fazem parte de um projeto curricular chamado Mutt-i-grees (mutt, em inglês, significa vira-lata), desenvolvido por pesquisadores da Universidade de Yale em parceria com instituições de resgate de animais abandonados. A ideia é fazer com que a presença de cachorros ajude no desenvolvimento de habilidades sociais e emocionais entre as crianças.

Existem aulas especiais que contam com a presença dos cachorros e tratam de temas como consciência, percepção de sentimentos, empatia, cooperação e lidar com a tomada de decisão. Para além da ajuda “oficial” dos animais, a simples presença deles na escola é vista como um fator positivo por alunos e educadores.

Em entrevista ao jornal americano The New York Times, Bonnie Durgin, diretor de uma das escolas que participam do projeto, disse que “crianças podem se transformar em ilhas quando têm 13 anos. [O cachorro] vira uma forma de desafogá-las delas mesmas”.

As mais de 30 escolas de Nova York fazem parte de uma rede de mais de 4.000, espalhadas entre EUA e Canadá, que adotam os animais. Os cães trabalham principalmente com crianças que têm necessidades especiais, mas nem por isso deixam de estar presentes no cotidiano do restante da escola.

Inteligência emocional e educação

Segundo a escola de medicina de Yale, a educação social e emocional “é o processo pelo qual crianças aprendem a lidar com suas emoções, se entrosar com outras, ter empatia e compaixão e descobrir habilidades essenciais de trabalho em equipe”.

Os pesquisadores acreditam que há uma relação direta entre o desenvolvimento de habilidades emocionais enquanto criança e a capacidade de, no futuro, adquirir competências acadêmicas. Jovens capazes de lidar bem com seus próprios sentimentos e das pessoas ao seu redor têm maiores probabilidades de serem saudáveis fisicamente, o que os torna mais “receptivos ao conhecimento”.

Cães de conforto nos EUA

A ideia de introduzir cachorros no dia a dia das escolas não é algo exatamente novo. O conceito de “cães de conforto” foi estabelecido nos EUA e em outras partes do mundo, e trabalha com a ideia de levar cães treinados em dar afeto e conforto a pessoas em ambientes como hospitais, asilos, ou que passaram por situações traumáticas ou de alto nível de estresse.

A Universidade da Califórnia, Davis, por exemplo, tem um programa parecido em seu campus desde 2010. Uma vez a cada quatro meses, a universidade leva alguns cachorros que vivem em centros de resgate da região para conviverem com os estudantes na tentativa de amenizar o estresse dos estudos e aliviar as saudades de casa.

FONTE: nexojornal

30/07/2017

Centenas se despedem de cão fuzileiro dos EUA que serviu 3 vezes no Afeganistão

Gente, é emocionante.....morri de pena do velhão cansado de guerra, literalmente falando.... O seu dono, também, estava arrasado.... Foi uma vida de companheirismo, embora a maioria de nós não concorde no uso de animais em trabalho para humanos.
-------------
Labrador preto de 10 anos sofreu eutanásia após adeus oficial e emocionante de combatentes navais.
Centenas de combatentes, ex-colegas e civis dos Estados Unidos se juntaram para dizer adeus a Cena, um labrador preto com 10 anos que serviu em três missões no Afeganistão ao lado de fuzileiros navais. A despedida ocorreu antes de ele sofrer uma eutanásia em Michigan, já que chegou a um estágio avançado de câncer nos ossos.

Cena serviu como fuzileiro naval até a sua aposentadoria em 2014. A cerimônia antes de sua morte foi organizada pelo seu dono, Jeff Young, que foi acompanhado pelo cachorro durante seu período de combate no Afeganistão em 2009 e 2010 e, depois, o adotou oficialmente. Cena o ajudou após o período de guerra e depois virou um ajudante para o transtorno de estresse pós-traumático.

Young chora ao levar caixão de Cena após eutanásia em cerimônia em Michigan
 (Foto: Joel Bissell/Muskegon Chronicle via AP)


"Toda a minha vida adulta estive com Cena", disse Young. "Quando tinha 19 anos, no exterior, aprendendo a ser responsável, eu estava com Cena. Agora tenho 27 anos e preciso dizer adeus a uma das maiores partes da minha vida".

Young contou que os dois atravessaram um rio enquanto escapavam de uma forte troca de tiros. Ele disse que Cena o ajudou a se aquecer durante algumas noites no deserto e foi sua companhia quando perdeu sete amigos e combatentes em três semanas.

Cachorro foi diagnosticado com câncer terminal nos ossos
(Foto: Joel Bissell/Muskegon Chronicle via AP)
A cerimônia de despedida contou com a presença de integrantes da Liga de Combatentes da Marinha dos Estados Unidos, da Polícia do Estado de Michigan, do escritório de investigação do condado de Muskegon, da Polícia Municipal de Muskegon, do Departamento de Bombeiros de Muskegon e de várias outras autoridades, incluindo outro cão oficial, o Rex.

"Qualquer cachorro que tenha servido fora do país merece exatamente o que fiz por Cena, ou até mais", defendeu Young.

Fonte: Globo Natureza
===========
Outro caso no ano passado:

29/07/2017

Polícia apreende cobra exótica em encomenda no Rio vinda dos EUA

O que eu acho engraçado é que o nome do camarada não é divulgado.... Se fosse até para favorecer a investigação policial, tudo bem, mas, a maioria das vezes é aquela situação que todos nós sabemos, né? Que nojo!!!!!
------
Espécie não existente no Brasil tinha como destino Duque de Caxias; na casa do suspeito, outros animais foram encontrados

RIO - A Polícia Federal encontrou uma cobra exótica - que não existe no Brasil -, da espécie cobra-de-milho, em uma encomenda postal originária dos Estados Unidos. Os policiais localizaram e prenderam em flagrante o destinatário, um homem de 29 anos, em sua casa, no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

No local, a PF identificou que eram mantidos em cativeiro outros animais, como outra cobra-do-milho, uma cobra d'água, duas iguanas, um papagaio, um sanhaço, um agapornis e três tizius.

O homem disse à polícia que havia capturado a cobra d´água em uma área de vegetação próxima. Animais como a iguana e o papagaio são considerados espécies ameaçadas de extinção.

De acordo com a PF, o preso foi indiciado por receptação, maus-tratos, captura e manutenção de animais silvestres em cativeiro sem autorização ou licença, assim como por introduzir espécime no País sem a devida licença, cujas penas somadas podem chegar a sete anos de reclusão.

"Após os procedimentos de praxe, ele foi conduzido ao sistema prisional do Estado, onde permanecerá à disposição da Justiça", informou a Polícia Federal.

O nome do suspeito não foi divulgado pela PF.



FONTE: estadao

25/07/2017

Abrigo nos EUA resgata gato de 14 quilos

Gente, olha que baitão.... Tenho um com 9 quilos que é enorme... imagine o carinha aí com 14?
-------
Internautas pensaram que a foto do felino tivesse sido editada

Na última segunda-feira, o abrigo Chatham County Animal Shelter, em Pittsboro, Carolina do Norte, nos Estados Unidos, recebeu mais um gato abandonado. Até aí, nada de novo, já que o local recebe animais abandonados o tempo todo. Porém, quando a equipe viu o gato, percebeu imediatamente que não se tratava de um felino comum: ele tem 14 quilos.

Os funcionários ficaram totalmente impressionados com o tamanho do gato, e mais chocados ainda que um gato desse tamanho foi abandonado, então concluíram que, antes, ele viveu em algum lugar com amplo acesso à comida - se não, não teria engordado tanto.

Então o abrigo publicou uma foto do animal em sua página do Facebook, a fim de encontrar o dono do felino. Nos comentários, muitas pessoas perguntaram se a foto havia sido editada, já que não poderiam acreditar que realmente existisse um gato tão grande - mas ninguém encontrou o dono do animal.

O abrigo não teve problema algum em manter o animal, mas só tinha um probleminha: ele não sabia na gaiola. Então os funcionários decidiram abrigar o gato na sala de descanso, e ele ficou muito feliz nos armários do local.

O gato gigante ainda não tem nome, mas ele será colocado para adoção na próxima segunda-feira, se seu dono não aparecer.


FONTE: noticias.band.uol

20/07/2017

Trump é o primeiro presidente dos EUA sem animal de estimação em quase 150 anos

Imagina.... Trump, defensor da caça e sem nenhum sentimento pela vida animal estaria se preocupando com uma "tradição" da Casa Branca? Fala sério!!!!
--------
Em toda a sua história, a Casa Branca foi o lar de mais de 300 animais

Bush pai tinha dois cachorros. Clinton tinha um cachorro e um gato. Bush filho possuía três cachorros, um gato e uma vaca -a Ofelia. Obama, por sua vez, dividiu a Casa Branca com Sunny e Boo, dois cães d'água portugueses. Já Trump, o 45º mandatário dos EUA, pelo menos até agora, não adotou nenhum animal de estimação.

O levantamento, feito pela revista "The Economist" com base em dados disponíveis no site "Presidential Pet Museum", mostra que o republicano é o primeiro presidente sem pets em quase 150 anos.

De acordo com a publicação, antes de Trump, o último mandatário dos EUA que não teve a companhia de nenhum animal de estimação foi Andrew Johnson, que sofreu um processo de impeachment em 1869.

Em toda a sua história, a Casa Branca, além de abrigar presidentes em exercício, foi o lar de mais de 300 animais. Por lá, viveram, desde centenas de cachorros, cavalos e pássaros, até urso, tigre e jacaré em passagens ocasionais.

Franklin Roosevelt, o 32º presidente dos EUA (de 1933 a 1945) foi, de longe, o que mais abrigou animais na Casa Branca: 50, incluindo uma coruja e um galo de uma perna só.

Segundo a revista, os presidentes democratas têm uma média de seis animais cada, contra nove dos republicanos.

Primeiros pets
Jaime Spitzcovsky, colunista da Folha de S.Paulo, em texto publicado em 2002, disse que o historiador Douglas Brinkley afirmou ser "quase obrigatório" aos moradores da Casa Branca abrigar um animal de estimação. "Exigimos um 'primeiro-pet'", disse numa analogia com o termo "primeira-dama".

A importância de cães presidenciais é tamanha que virou até livro, como o "Pets na Casa Branca", da americana Jennifer Boswell Pickens, que possui mais de 200 fotos e histórias de animais.

FONTE: folhape

19/07/2017

História completa sobre o cão que resgatou um filhotinho de cervo do mar - EUA

Como sempre, vou lá fuçar para trazer mais informações para nossos leitores. O Facebook do Mark Freeley, está repleto de matérias sobre o episódio do cão Storm salvando o filhote de cervo. Virou uma celebridade. Aliás, estou publicando o vídeo mais completo que achei sobre o resgate. Li, também, noutra matéria que o bichinho já com o fôlego meio recuperado se assustou, provavelmente, com os latidos dos cães de Mark e correu para o mar  novamente. Mas, daí o veterinário já presente se jogou na água e o recuperou com ajuda de sua mulher que correu ao seu encontro. A matéria está em inglês, mas, dá para a gente entender bem. Por final, publico um vídeo do bichinho já em casa e aquecido.
--------------
Um cachorro da raça Golden Retriever provou-se um herói no estado norte-americano de Rhode Island depois de salvar um filhote de cervo de afogar-se nas águas da região. O resgate do cão chamado Storm foi filmado pelo seu dono.  Mark Freeley postou o vídeo, que viralizou, no Facebook.

Mark relata que na manhã deste domingo (16) estava passeando com Storm pelas areias de PJ Harbor, região portuária de Rhode Island. De repente, seu cachorro pulou nas águas próximas e começou a nadar vigorosamente atrás de algo. 

Foi a partir do retorno do cachorro às margens que o dono começou a registrar em vídeo o ocorrido, finalmente entendendo o que havia acontecido: puxado pela  boca de Storm, estava o filhote de um cervo que se afogava.

A gravação mostra o cão levando o cervo até areia. O animal se move ainda com dificuldade, tentando ficar em pé. Storm, então, o solta e passa a cutucar o bicho como se para observar alguma reação. O filhote parece cansado, mas vivo. Segundo testemunhas, o cão e seu dono teriam ficado na companhia do cervo até a chegada de um médico veterinário. A expectativa é que ele se recupere plenamente. Enquanto isso, o vídeo publicado por Mark Freeley no Facebook não para de bombar.

Viralizadas, as cenas do resgate já somam mais de 1,2 milhões de visitas e 30.000 compartilhamentos só nas primeiras 24 horas desde a postagem.

Fonte: UOL








17/07/2017

Policial resgata uma tartaruga. As 'cenas emocionantes' são gravadas..... kakakaka...

Juro que não queria  publicar, mas, olha p´ra isto....... Policiais  de Westmoreland, cidade da Pensilvânia, EUA,  demonstraram enorme coragem e bravura ao resgatarem uma "enorme e perigosa" tartaruga perdida no passeio! Esse vídeo é revelador!!!!!!! kkkkk..... mostra o comportamento de um policial diante de uma situação perigosíssima. As imagens já alcançaram mais de 33 milhões de visualizações...... kkkkkk... por que será? credo, que vergonha!!!!!

Caminhão cheio de enguias capota e deixa rastro de gosma nos EUA



Este mercado asiático tem que ser controlado. Comem de tudo. Agora vejam: a enguia quando estressado libera a tal gosma. Isto quer dizer que sentem e sofrem, ou não? Meu Deus, e estes sul-coreanos comem eles aproveitando a substância p´ra cozinha-los? Nem Jesus na causa!!!! Mais fotos aqui.
-----------------
Um caminhão carregado de enguias capotou nos Estados Unidos deixando a pista coberta por uma secreção branca e pegajosa (veja o vídeo).
As mixinas -- ou peixes-bruxas -- costumam liberar a substância quando estão estressadas. Foram ao todo 3,4 mil kg do animal despejados na pista.
As enguias tinham como destino a Coreia do Sul. Os sul-coreanos comem o peixe e usam a secreção para cozinhar. Ninguém ficou ferido no acidente.

Fonte: G1 Mundo

Depois de nove meses perdida nas montanhas, cachorra volta para casa nos EUA

O destino é algo estranho e fabuloso. O que levou a resgatista olhar para a cadela, recolher, postar e aí reencontrar seus donos... Fascinante!!!!
--------
De acordo com responsável pelo resgate, o animal entrou em "modo de sobrevivência". Após período longe de casa, cachorra perdeu audição e metade do peso corporal.

Depois de ficar nove meses perdida, Mo está de volta a sua casa. Uma idosa de 12 anos da raça Chesapeake Bay Retriever, ela se perdeu em setembro de 2016, enquanto caçava com seus donos, Darwin e Cindy Cameron.

O casal ficou dois meses perto da pequena aldeia de Horseshoe Bend, a 50 km de Boise, cidade onde vivem no estado da Idaho, procurando por Mo. No entanto, as nevascas e as condições meteorológicas adversas do inverno no hemisfério norte tornaram a busca impossível.

Tudo mudou quando Cheri Glankler, que trabalha com resgate de cães há 20 anos, encontrou uma cachorra no mês passado, em um rancho perto de onde Mo havia se perdido. Sua aparência indicava que ela estava, há algum tempo, vivendo em contato direto com a natureza.

Glankler então postou uma foto da cachorra no Facebook, e a imagem rapidamente chegou ao casal - que já estava hesitante depois de tantos chamados que se revelaram falsos.

"Eu estava confiante que era ela", afirmou Glankler ao "Idaho Statesman". "Mas não queria dar esperanças falsas a eles", ponderou.

De acordo com a imprensa local, Mo perdeu a audição e metade do peso corporal enquanto estava perdida. Glankler explica que ela entrou em "modo de sobrevivência".

Foi por meio da pequena cama em que dormia na casa dos Cameron que não restaram dúvidas de que a cachorra resgatada por Glankler era mesmo Mo. "Quando ela começou a cheirar a cama, era óbvio. Há uma diferença na forma que os cães cheiram suas próprias coisas e a forma com que eles cheiram as coisas de outros cachorros", explicou Glankler ao "Idaho Statesman".

Glankler é categórica ao afirmar que Mo foi quem salvou a si mesma. "Mesmo quando estava aqui e eu a levava para passear, ela estava procurando. E ela sabia quem ela estava procurando. Ela é incrível", conta ela, que deu a Mo um apelido mais do que justo: a Lenda.

FONTE: G1

16/07/2017

Homem é condenado a 16 anos de prisão por matar gatos nos EUA...

Sinceramente, não dá gosto a gente saber que um bandido destes está preso por 16 anos? Queria tanto que nosso país levasse a sério as penalidades contra maus-tratos aos animais..... 
----------------
Um tribunal de Santa Clara, na Califórnia, nos Estados Unidos, condenou um homem acusado de matar 21 gatos a 16 anos de prisão. De acordo com a Time, Robert Roy Farmer acumulou penas de crueldade contra animais.

Robert seduzia os gatos, que acabavam por serem atraídos por comida. A maioria deles pertencia a vizinhos do homem, que então notavam o desaparecimento dos animais. Em seguida eles começavam a aparecer mortos.

Os crimes ocorreram em 2015. Nesse mesmo ano ele foi preso enquanto dormia em um estacionamento, mas o julgamento só teve a sentença anunciada nesta semana. Na ocasião foram encontrados com ele um gato morto, sangue, luvas de couro e uma faca de pesca.

10/07/2017

Policial atira contra cachorros após alarme de casa disparar acidentalmente - EUA

O cara matou os cachorros de graça..... um deles abanava o rabo.... A única coisa que alivia o nosso coração é que a lei americana funciona....
----------
As imagens podem causar indignação nos amantes dos animais. Na noite do último sábado (8), um policial da cidade de Minneapolis, nos Estados Unidos, invadiu o jardim de uma casa e atirou nos dois cachorros de Jennifer LeMay.... 

Ciroc e Rocko, como são chamados pela família, correram para ver do que se tratava quando ouviram o homem pular a cerca, mas as imagens da câmera de segurança mostram que os dois não investiram agressivamente contra o policial.  

O primeiro cão atingido parece muito ferido e abalado.   Os bichinhos estão bem, mas Jennifer e seus quatro filhos tiveram que desembolsar milhares de dólares em contas de veterinário e cirurgias. Em nota, a polícia de Minneapolis afirmou que uma investigação já está em andamento, mas disse não ter informações adicionais para a imprensa.

"Nós estamos cientes do incidente recente envolvendo um policial da MPD (Minneapolis Police Department) que respondeu a um alarme residencial audível e disparou contra os dois cachorros da casa. Toda vez que um policial dispara sua arma, fazemos uma investigação", diz o texto.   As duas filhas de Jennifer, de 18 e 13 anos, chegaram em casa por volta das 20h50 (horário local) do sábado. Uma delas alega ter se atrapalhado  com o teclado do sistema de segurança e, acidentalmente, disparado o alarme. Ela imediatamente entrou em contato com a empresa responsável pelo equipamento e o som foi desativado às 20h54.

Os policiais chegaram às 21h15; um deles permaneceu parado em frente à residência, mas o outro deu a volta e pulou a cerca do quintal. Depois de atirar nos cães, pareceu ponderar a situação por mais 20 segundos antes de dar meia-volta e pular a cerca para sair.   "O meu cachorro estava balançando o rabo. Ele nem estava se movendo ou investindo contra o policial. 

Meus cães estavam fazendo seu trabalho na minha  propriedade. Nós temos o direito à segurança no nosso quintal", disse a mãe.   Jennifer ainda relatou que só não levaram os animais para o veterinário imediatamente porque o outro policial, que estava parado em frente à casa prometeu que uma "equipe de cuidados" chegaria em questão de minutos, mas ninguém apareceu.   

Os dois cachorros são da raça American Staffordshire Terrier; embora tenham aparência de cães de guarda, os animais desta linhagem costumam ser dóceis, brincalhões, amigáveis e sociáveis com estranhos. Estão com a família LeMay desde filhotes e ajudam no tratamento de ansiedade dos dois meninos de Jennifer.

Fonte: UOL

Empresa dos EUA promete lançar carne artificial em 2018

Realmente, o grande problema será o custo. Mas, penso eu que assim que lançarem o produto, muita gente vai querer comprar e com o tempo vai ser possível abaixar o preço. Sinceramente, onde estão os grandes investidores que não enxergam este filão? Agora, não consigo entender porque sai absurdamente caro tal produção....
-----------------
Alimentos serão produzidos por meio de células-tronco
A empresa norte-americana Hampton Creek, especializada em criar maionese vegana, anunciou que lançará até o fim do próximo ano uma carne sintética para comercializar em supermercados. "Até o final do próximo ano, nós vamos ter algo no mercado. Será de muita ajuda o fato de colocarmos os nossos produtos nas lojas em vez de ter de começar as relações do zero", explicou o CEO da companhia, Josh Tetrick.

Mundialmente, já existem várias empresas que estão trabalhando para produzirem carne sintética. No entanto, apenas a "Memphis Meats" havia anunciado que iniciaria a produção e faria a comercialização do alimento apenas em 2021. A produção de frango e pato sintéticos teria um custo de US$6 mil.

"As empresas tradicionais de carne poderiam se tornar investidores significativos. Estamos em contato com muitas delas no mundo inteiro. Espero que uma ou duas parcerias se materializem em breve", acrescentou Tetrick.

O desafio para todas as empresas não é conseguir produzir a carne a partir de células-tronco individuais, mas fazer o produto ter um preço competitivo no mercado. Em 2013, o pesquisador holandês Mark Post apresentou pela primeira vez um hambúrguer sintético. O alimento tinha meio quilo de carne produzida em laboratório e teve custo de U$1,3 milhão.

A produção da carne é feita a partir de células retiradas do músculo animal e cultivadas in vitro até formarem filamentos de tecido. No entanto, os cientistas da Hampton Creek tentam trabalhar alternativas mais econômicas de origem vegetal.

Patos são "presos" nos Estados Unidos sob acusação de "vadiagem"

Agora, cá p´ra nós.... a dona dos patos fala tranquilamente que não esperava que eles fossem tão longe porque só iam até os vizinhos.... Hein? na hora que alguém fizer um almoço deles ela vai falar o quê? que pateta!!!!
--------------
Polícia dos EUA prendeu patos flagrados "vadiando" em posto de gasolina A polícia do condado de Susquehanna, que fica na Pensilvânia (EUA), passou por um momento inusitado na última terça-feira (4), data em que é comemorada a independência norte-americana. Quatro patos foram culpados pelo dia "cheio" das autoridades locais.

Os policiais "prenderam" os animais, sob acusação de estarem "vadiando" - de acordo com o perfil oficial da delegacia do condado no Facebook. Os patos foram flagrados do lado de fora de um posto de gasolina da cidade. Os policiais colocaram os bichos na viatura e os devolveram para a dona.

"É um quatro de julho que ninguém nunca esquecerá", disse Cindy Osiecki, dona dos animais, para a rede de TV ABC.

Ela admitiu que ficou muito surpresa com o telefonema que recebeu da polícia relatando o fato: "Eu pensei que era engraçado. Pensei algo como: 'você está falando sério?' Recebi como resposta um 'sim, nós os pegamos'. Porque acho que as pessoas estavam tentando pegar meus patos, e todos os alimentavam. Até mesmo os policiais os alimentavam com pão".

A polícia não deixou de reportar o fato em sua página no Facebook. "Patos sob custódia? O agente Sheehan levou quatro patos sob custódia após eles estarem 'vadiando' no Pump e Pantry em New Millford. Conseguimos encontrar o dono para ir buscá-los".

Os patos estão em casa agora com Cindy e sua família. "Não é que eles queiram ficar longe de casa, mas foi a primeira vez que eu vi que eles foram tão longe. Normalmente, eles vão até os meus vizinhos", explicou a dona.

FONTE: noticias.uol

Orangotango escapa de zoológico após abrir buraco em rede

Gente, o grandão sai e nem sabe o que fazer..... ele deve ter pensado: cadê aquela tela que tinha na minha frente? Só que a gente não sabe como ele foi resgatado.
----------------
Neste domingo, na Carolina do Norte (Estados Unidos), um orangotango escapou no Zoológico de Greenvile, provocando uma interrupção nas atividades do local, enquanto os organizadores cuidavam para resolver este problema.  

Não existem vídeos do orangotango aterrorizando os visitantes do zoológico. A própria fuga do animal, no entanto, foi capturada em vídeo por uma pessoa identificada pela rede de TV Fox como "Emilie S". O orangotango chamado Kumar conseguiu fazer um buraco grande o suficiente para que ele se encaixasse e conseguisse sair do local.

Tudo neste vídeo chama a atenção - desde o 'feito' do orangotango de conseguir escapar do local, até a reação da pessoa que conseguiu registrar a sua fuga. O fato de ninguém ter se ferido durante este episódio também foi digno de de nota.   A fuga do orangotango foi reportada rapidamente, e o animal não conseguiu entrar na área do zoológico onde estavam os humanos. 

A equipe do local conseguiu 'prender' os visitantes na loja de presentes, e usou mangueiras de água para afastar todos os orangotangos do recinto por tempo suficiente para consertar a jaula.   A interrupção do zoológico durou apenas 30 minutos, e a única  'vítima' foi o próprio local, que parou de funcionar por causa do episódio.

Fonte: UOL

06/07/2017

Quase humano: gorila que gosta de ver vídeos no celular vira atração

O grandão demonstra que gosta sim de ver as imagens do celular..... Poxa, deviam colocar uma TV para eles, ou não?
------------
O santuário dos gorilas já era uma das atrações mais populares do zoológico de Louisville, nos Estados Unidos. Recentemente, porém, o local ganhou ainda mais atenção. Alguns visitantes perceberam que os animais estão interessados em tecnologia. Os telefones celulares dos turistas estão transformando a rotina dos bichos. E os gorilas adoram isso. 

"Acabamos de entrar na jaula do gorila. Eu estava realmente olhando para o bebê gorila. Estávamos nos preparando para sair", disse Lindsey Costello para a Khou TV. "Eu me virei e vi esta senhora sentada em um banco junto à janela, e o gorila estava bem ao lado dela, e ela estava mostrando o vídeo ao gorila"

Nos 20 minutos seguintes, Lindsey Costello sentou-se com um dos gorilas, Jelani, mostrando os vídeos dos outros animais. Um amigo fez o registro da imagem, que rapidamente se tornou viral. Mas a turista explicou que a imagem não mostrou os verdadeiros talentos do gorila. 

"Quando ele se cansava do vídeo, ele movia com a mão e passava para outro", explicou Lindsey. "Se eu mexia no telefone, ele impedia. Ele realmente gostou dos vídeos". 

"Eles realmente curtem que as pessoas façam algum tipo de interação com eles, sentem e mostrem as imagens, e façam coisas interessantes", disse Jill Katka,  curador assistente do local. "Nós temos gorilas mais velhas que realmente amam as crianças". Jill Katka ainda explicou que Jelani aprendeu a amar a tecnologia em uma idade jovem. O fato de a foto ter "viralizado"  ajuda a atrair atenção das pessoas para espécies criticamente ameaçadas de extinção. "Ele cresceu olhando fotos e interagindo com as pessoas", falou Katka. "Isso só faz dele um maravilhoso embaixador dos gorilas".

Fonte: UOL Tabloide

RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪